Semana da Pátria
1º a 07 de setembro de 2017

07 de setembro – dia da Pátria: Vida em primeiro lugar
“A paz é o nome de Deus” (Papa Francisco)

”O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, reforçou a motivação para o Dia de Oração e Jejum pelo Brasil na carta enviada aos padres, diáconos, religiosos e leigos da Arquidiocese, na segunda-feira, 28. Na carta, Dom Odilo também recorda a celebração do aniversário da dedicação da Catedral da Sé no dia 5 de setembro.
. ”Peço que se organizem Missas e turnos de oração e adoração, na intenção posta; diáconos, ministros extraordinários da sagrada comunhão e equipes litúrgicas poderão ajudar. Para as Missas, oriento que se tomem as indicações do Missal Romano para as celebrações ‘pelo bem público’. As leituras poderão ser escolhidas de acordo com a circunstância”, orientou Dom Odilo.
Segundo o Arcebispo, será uma maneira diferente de se comemorar o Dia da Independência do Brasil. “E não esqueçamos de pedir a intercessão e a proteção de Nossa Senhora Aparecida pelo Brasil”, acrescentou.”

Acesse: Padre Jonas Orem em Línguas Brasil 

Diante do grave momento vivido por nosso país, dirijamos nossa oração a Deus, pedindo a bênção da paz para o Brasil.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vivemos um momento triste, marcado por injustiças e violência. Para construirmos a justiça e a paz, em nosso país, necessitamos muito do vosso amor misericordioso, que nunca se cansa de perdoar.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Estamos indignados, diante de tanta corrupção e violência que espalham morte e insegurança. Pedimos perdão e conversão. Nós cremos no vosso amor misericordioso que nos ajuda a vencer as causas dos graves problemas do País: injustiça e desigualdade, ambição de poder e ganância, exploração e desprezo pela vida humana.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Ajudai-nos a construir um país justo e fraterno. Que todos estejamos atentos às necessidades das pessoas mais fragilizadas e indefesas! Que o diálogo e o respeito vençam o ódio e os conflitos! Que as barreiras sejam superadas por meio do encontro e da reconciliação! Que a política esteja, de fato, a serviço da pessoa e da sociedade e não dos interesses pessoais, partidários e de grupos.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso Filho, Jesus, nos ensinou: “Pedi e recebereis”. Por isso, nós vos pedimos confiantes: fazei que nós, brasileiros e brasileiras, sejamos agentes da paz, iluminados pela Palavra e alimentados pela Eucaristia.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso filho Jesus está no meio de nós, trazendo-nos esperança e força para caminhar. A comunhão eucarística seja fonte de comunhão fraterna e de paz, em nossas comunidades, nas famílias e nas ruas.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Neste ano em que celebramos os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, queremos seguir o exemplo de Maria, permanecendo unidos a Jesus Cristo, que convosco vive, na unidade do Espírito Santo.

Amém!
(Pai nosso! Ave, Maria! Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo!)
“Refugiei-me no amor de Deus para sempre…” (Salmo 52 (51), 10)

Fonte: Arquidiocese São Paulo
: CNBB    

Pedido da CNBB é que prece seja feita pelos fiéis nas paróquias e comunidades católicas em 15 de junho, na Solenidade de Corpus Christi.

CNBB

A presidência da CNBB, atendendo ao pedido de seu Conselho Episcopal de Pastoral (Consep), reunido em 30 a 31 de maio, elaborou uma sugestão de oração pelo Brasil, recomendando que seja na Solenidade de Corpus Christi, em 15 de junho, os fiéis se unam em prece nesta intenção.

“Como o Santo Padre pediu que rezássemos pela paz no mundo, poderíamos pedir às nossas comunidades que rezem pelo Brasil. Diante de tantas incertezas, corrupção, violência, injustiças, elevemos juntos a nossa oração. No dia em que celebramos a presença singela, próxima, alimentadora, esperançada de Jesus entre nós na Eucaristia, prestemos esse serviço ao nosso país”, expressou em carta aos bispos, enviada junto com a oração, Dom Leonardo Ulrich Steiner, secretário-geral da CNBB

Abaixo, segue a íntegra da oração:

 

Jornada de Oração pelo Brasil

Dia de “Corpus Christi”

15 de junho de 2017

A verdadeira paz começa no seu coração

 

Diante do grave momento vivido por nosso país, dirijamos nossa oração a Deus, para que dê a paz ao Brasil e ao mundo inteiro. “Reconhecemos a necessidade de rezar constantemente pela paz, porque a oração protege o mundo e o ilumina. A paz é o nome de Deus”. (Papa Francisco)

 

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vivemos um momento triste, marcado por injustiças e violência. Necessitamos muito do vosso amor misericordioso, que nunca se cansa de perdoar, para nos ajudar a construir a justiça e a paz, em nosso país.

 

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Estamos indignados, diante de tanta corrupção e violência que espalham morte e insegurança. Pedimos perdão e conversão. Cremos no vosso amor misericordioso que nos ajuda a vencer as causas dos graves problemas do País: injustiça e desigualdade, ambição de poder e ganância, exploração e desprezo pela vida humana.

 

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Ajudai-nos a construir um país justo e fraterno. Que todos estejam atentos às necessidades das pessoas mais fragilizadas e indefesas! Que o diálogo e o respeito vençam o ódio e os conflitos! Que as barreiras sejam superadas por meio do encontro e da reconciliação! Que a política esteja, de fato, a serviço da pessoa e da sociedade e não dos interesses pessoais, partidários e de grupos!

 

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso Filho, Jesus, nos ensinou: “Pedi e recebereis”. Por isso, nós vos pedimos confiantes: fazei que nós, brasileiros e brasileiras, sejamos artesãos da paz, iluminados pela Palavra e alimentados pela Eucaristia.

 

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!

Vosso filho Jesus está no meio de nós, no Santíssimo Sacramento, trazendo-nos esperança e força para caminhar. A comunhão eucarística seja fonte de comunhão fraterna e de paz, em nossas comunidades, nas famílias e nas ruas. Seguindo o exemplo de Maria, queremos permanecer unidos a Jesus Cristo, que convosco vive, na unidade do Espírito Santo. Amém!

 

(Pai nosso! Ave, Maria! Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo!)