A alegria é como o oxigênio da nossa vida. 

Não podemos cultivar sentimentos negativos, pois “a alegria do Senhor é a nossa força”.

Deus é a nossa alegria e a nossa salvação. Quando assumimos o Senhorio de Jesus em nossas vidas, nossa alma se alegra e cultivamos a verdadeira alegria. O Senhor nos quer felizes e, para isso, Ele nos concede a graça. Deus não nos permite passar por situações que não possamos suportar.

O Senhor é fonte de alegria, tranqüilidade, serenidade, amor, paz. É necessário que você se abra. Não deixe que nada o perturbe ou amedronte. Deus cuida de tudo. Se agora está muito difícil, tenha paciência! A quem tem Deus nada falta!

A maior alegria do coração de Deus é ver a sua vontade se realizando na vida de seus filhos. E a alegria de Deus é a nossa alegria! 

A primeira coisa que acontece quando saímos de perto de Deus, quando damos as costas para Ele, é a perda da alegria. Queremos ficar alegre, mas não conseguimos. Fazemos mil coisas, damos gargalhadas, bebemos umas e outras, mas a alegria mesmo não sentimos. 

Foto: Natália de Matos Oliveira

A vontade de Deus, para nós, é a alegria.

Alegria, diz a palavra de Deus, é um inesgotável tesouro de santidade. A alegria do coração é a vida do homem, a vida da mulher, a vida do jovem, a vida do adulto, do velhinho, da criança.

Se tomarmos consciência de que Deus está no controle de nossa vida, não teremos o que temer. Ao contrário, tudo será motivo de ação de graças. A vontade de Deus, para nós, é a alegria.

Quando estamos unidos a Cristo, é possível sermos alegres, apesar dos sofrimentos, das dores e tribulações. 

No sistema capitalista em que vivemos, temos uma falsa liberdade e uma falsa alegria. E assim ele vai tirando Deus de nosso interior. É como uma hemorragia interna em que perdemos sangue sem perceber e, quando percebemos, o estado já pode ser trágico. Deus é a causa de nossa alegria, não o dinheiro.

O Espírito Santo transforma os nossos sentimentos.

Abandonar-se à tristeza é deixar-se ir morrendo aos poucos. A alegria é como o oxigênio da nossa vida. Se perdemos a alegria e nos intoxicamos com a tristeza, somos arrastados para a morte.

Problemas e tristezas costumam nos afastar do Senhor, mas deve ocorrer o contrário: só Ele é capaz de nos devolver a verdadeira alegria, a paz e tudo aquilo de que necessitamos.

A tristeza de nada adianta; ela só abre a porta do nosso coração para o inimigo, e, quando isso acontece, ele assume o comando. É preciso resistir e deixar que o Espírito Santo encha o nosso coração de alegria, pois a alegria do Senhor é a nossa força.

Para viver a alegria, é necessário abrir-se ao Espírito Santo, que renova o nosso interior e transforma os nossos sentimentos. Acima de tudo, é preciso querer possuir essa alegria. É uma decisão. Quando nos decidimos, Deus entra com a sua graça.

Leia também:

:: Maria sempre se antecipa

:: Na Canção Nova, foi ela quem tudo fez!

“Não entregues tua alma à tristeza…”

Se queremos ser santos, esta é a nossa fonte. Se você quer ter uma vida longa, ser jovial, o segredo é a alegria. Para as mulheres, é um segredo de beleza. Ele pode ser usado e não tem contra indicação.

Essas ruguinhas que se formam por causa do sorriso, da alegria que brota espontânea, são inconfundíveis. As outras ruguinhas, as da tristeza, do abatimento, as rugas na testa… essas sim geram envelhecimento.

Tristezas virão, mas não podemos entregar a nossa alma a ela. A fonte da sua alegria é o Espírito Santo. Por isso, “Não entregues tua alma à tristeza…”. (Eclo 30,22)

Oração

Senhor, porque creio em Ti, renuncio a toda tristeza que caiu sobre mim . Rompo com a tristeza, com a decepção e com todo tipo de frustração. Coloco toda tristeza aos pés da cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Não quero acumular entulhos no meu coração. Ao contrário, quero cultivar a alegria. Retira toda raiz de tristeza. Dá-me o teu Santo Espírito. Quero fazer da minha vida uma alegria constante para os outros. Dá-me a tua alegria e a tua paz.  Amém!