Amigos,

comunico que no dia 22 de abril, as  20.40 hs, entrevistarei D. Filippo Santoro, bispo de Petrópolis, na Escola da Fé, Tv Canção Nova; vamos conversar sobre o Ano Sacerdotal, questão da pedofilia, PNDH-3, participação das Comunidades e Novos Movimentos nas dioceses e paróquias, e outros temas. Poderá haver participação pelo email escoladafe@cancaonova.com e pelo tel 12-3186 2600.

No dia 29 de abril entrevistarei o Dr. Ricardo Marques Dip, Desembargador do Tribunall de Justiça do Estado de São Paulo, diretor do Centro de Estudos de Direito Natural do Conselho de Estudos Hispânicos “Felipe II”, é um dos representantes mais caracterizados em nossos dias da tradição clássica do direito natural.

Prof. Felipe Aquino

 

 

Você sabe o que é redução embrionária?

 

Quando se faz a inseminação artificial, vários óvulos de uma mulher são fecundados pelos espermatozóides. Algumas vezes cerca de 8,9,10 óvulos são fecundados e surgem os embriões humanos. Desses, uns quatro ou cinco podem ser implantados na mulher para a gravidez acontecer. Pode acontecer de todos vingarem, ou mesmo nenhum deles vingar, isto é, sobreviver e se desenvolver.

Mas, quando vários vingam, três, quatro, cinco… então, para que não aconteça uma “gravidez de alto risco”, se faz a “redução embrionária”; isto é, são eliminados (abortados), descartados, um ou dois embriões, os fetinhos, indesejáveis, que tenham menos condições de se desenvolverem bem.

O que você pode ver no filme acima é o um filme real de um ultra–som, onde se pode ver nitidamente a eliminação (aborto) de um fetinho de dez semanas (cerca de 4 cm) no interior do útero da mãe, através de uma agulha que lentamente chega ao coraçãozinho do feto e ali lhe aplica um veneno mortal. São três fetos e é feita a eliminação de um. Isto é a “redução embrionária”, usada algumas vezes na inseminação artificial.

Este filme real nos foi cedido pela Dra. Alice Teixeira Ferreira, formada em Medicina pela Escola Paulista de Medicina, doutora em Biologia Molecular e com pós-doutorado na “Research Division of Cleveland Clinic Foundation, Cleveland, Ohio, Estados Unidos em 1972”; e Livre Docente em Biofísica, pela Universidade Federal de São Paulo – EPM em1996.

Penso que o horror que você vai ver dispensa maiores comentários e mostra a gravidade do crime do aborto, especialmente neste caso de se eliminar um feto já em desenvolvimento.

Prof. Felipe Aquino – www.cleofas.com.br

Missa dá grande ibope na Globo

Folha de São Paulo – Ilustrada – 09.10.2007

CÁLICE 1 – Embora não seja ameaçada pelas concorrentes, a Globo vive uma situação inusitada. A “Santa Missa” foi seu maior “share” no final de semana _mais do que a novela das oito, que subiu na quinta e na sexta.

CÁLICE 2 – A “Santa Missa”, celebrada
em São Paulo pelo padre Marcelo Rossi, teve sete pontos de audiência e 59% de “share” _ou seja, foi sintonizada por 59% dos televisores ligados no horário. O “share” do futebol foi de 46% na Grande SP.  Bento XVI pede que se reze o Rosário pela paz nas famílias e no mundo 

CIDADE DO VATICANO, domingo, 7 de outubro de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI convidou este domingo a rezar o Rosário pela paz nas famílias e pela paz no mundo. «É a mensagem que a Virgem deixou em suas diferentes aparições». «Penso, em particular – disse da janela de seu apartamento –, nas de Fátima, ocorridas há 90 anos, aos três pastorinhos, Lúcia, Jacinta e Francisco, nas quais se apresentou como “a Virgem do Rosário”, recomendou com insistência a oração do Rosário todos os dias, para alcançar o fim da guerra».«Nós também queremos acolher o materno pedido da Virgem, comprometendo-nos a rezar com fé o Rosário pela paz nas famílias, nas nações e em todo o mundo», afirmou.«O Rosário é um meio doado pela Virgem para contemplar Jesus e, ao meditar em sua vida, amá-lo e segui-lo cada vez mais fielmente», explicou o Papa, recordando o papel decisivo que São Domingos de Gusmão, fundador da Ordem de Pregadores (dominicanos), desempenhou na difusão desta prática a partir do ano 1214. 

Desafios da época pós-moderna, segundo Bento XVI 

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 4 de outubro de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI ilustrou nesta quinta-feira os desafios da época pós-moderna ao novo embaixador italiano na Santa Sé, Antonio Zanardi Landi, durante a cerimônia de apresentação de suas cartas credenciais. Entre estes, o Papa citou rapidamente – pois o contexto não lhe deixava mais espaço – «a defesa da vida do homem em cada uma de suas fases, a tutela de todos os direitos da pessoa e da família, a construção de um mundo solidário, o respeito pela criação, o diálogo intercultural e inter-religioso». 

Bento XVI agradece documento sobre crianças mortas sem batismo CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 5 de outubro de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI agradeceu aos teólogos e teólogas que redigiram um documento no qual se afirma a esperança de salvação para as crianças falecidas sem ter recebido o batismo. «A esperança da salvação para as crianças que morrem sem Batismo» foi publicado pela Comissão Teológica Internacional com grande impacto na opinião pública. 

Ao receber nesta sexta-feira os membros desta Comissão reunidos em assembléia plenária, o Papa mencionou os pontos fundamentais nos quais o documento se baseia: «a vontade salvífica universal de Deus», «a universalidade da mediação única de Cristo», «o primado da graça divina» e «a sacramentalidade da Igreja». «Confio em que este documento – confessou – constitua um ponto de referência útil para os pastores da Igreja e para os teólogos, e também uma ajuda e um manancial de consolo para os fiéis que sofreram em suas famílias a morte inesperada de uma criança antes que recebesse o banho de regeneração.»A função da Comissão Teológica Internacional é ajudar a Santa Sé e especialmente a Congregação para a Doutrina da Fé e examinar questões doutrinais de maior importância.  Papa convida dois prêmios Nobel para Academia Pontifícia das Ciências –

O alemão Klaus von Klitzing e o taiwanês Yuan Tseh-Lee 

CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 9 de outubro de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI nomeou como membros da Academia Pontifícia das Ciências dois prêmios Nobel: o físico alemão Klaus von Klitzing e o químico taiwanês Yuan Tseh-Lee. Klaus von Klitzing (nascido em 1943) dirige desde 1985 o Instituto Max Planck de Ciências do Estado Sólido de Stuttgart. Foi premiado com o Prêmio Nobel de Física em 1985, graças a uma importante descoberta no campo da eletricidade, que permitiu a outros cientistas estudar com enorme precisão as propriedades de condução dos componentes elétricos.  

Yuan Tseh-Lee (nascido em 1936) foi nomeado em 1974 como professor de química na Universidade de Berkeley (nos Estados Unidos). Em 1986 recebeu o Prêmio Nobel de Química pelo desenvolvimento da dinâmica de processos químicos elementares. Desde 15 de janeiro de 1994 é presidente da Academia Sinica, principal complexo de pesquisa científica e humanística da República da China.  A Academia Pontifícia das Ciências foi fundada em Roma em 1603 com o nome de Academia dos Linces (Galileu Galilei foi membro), e está composta por oitenta «acadêmicos pontifícios» nomeados pelo Papa a partir da proposta do Corpo Acadêmico, sem discriminação de nenhum tipo.  

Seu presidente, eleito por quatro anos, é desde 1993 Nicola Cabibbo, professor de Física na Universidade
La Sapienza de Roma, e ex-presidente do Instituto Nacional Italiano de Física Nuclear. 
  Igreja e pais de família se opõem à aberrante “Guia sexual” para crianças no Panamá  PANAMÁ, 2007-10-09 (ACI).- As autoridades da Igreja no Panamá assim como numerosas associações de pais de família rechaçaram energicamente uma guia docente para crianças sobre Educação Sexual que inclui o bestialismo –as relações sexuais com animais– como uma das práticas “normais” que devem ser ensinadas.Anabell Herrera, presidenta da Liga para a Proteção Ambiental e Animal, denunciou que este guia, que poderia ser a base de um anteprojeto de lei, promove as relações sexuais de crianças com animais.Herrera qualificou como “aberrante e imoral” a intenção de levar a Assembléia Nacional de Deputados um anteprojeto deste tipo.A entrevistada citou que o guia estabelece que este tipo de “atividade sexual” é uma “alternativa para o manejo dos impulsos sexuais”, especialmente durante a adolescência em áreas rurais, quando supostamente “não há fácil disponibilidade de casal”. 

Renovação Carismática celebra encontro nacional na Espanha MADRI, 2007-10-09 (ACI).- A Renovação Carismática Católica no Espírito (RCCeE) celebrará nos dias 13 e 14 de outubro seu encontro nacional que tem como lema: “Alegrai-vos no Senhor” e que busca se um momento de “grande fraternidade e de graça”. O evento, que começará às 10:00 a.m., realizar-se-á no Palácio Municipal de Congressos de Madri no galpão de exposições Juan Carlos I e contará com a presença do fundador e Presidente da Comunidade de Jesus Fraternidade Católica das Associações Carismáticas de Aliança, Matteo Calisi. A RCCeE é uma organização mundial reconhecida pelo Conselho Pontifício dos Laicos em 1990 e integra na Renovação Carismática Católica (aprovada em 1975 pelo Papa Paulo VI). 

Apenas 3% dos brasileiros considera o aborto “moralmente aceitável” SÃO PAULO, 2007-10-10 (ACI).- A empresa Datafolha revelou que apenas 3% da população do Brasil considera que o aborto é um ato “moralmente aceitável” e um estarrecedor 87% o reprova totalmente.Datafolha, é propriedade do poderoso jornal Folha de São Paulo -que para os pró-vida é o jornal mais abortista do país- realizou um sondagem para esboçar o novo “perfil da família brasileira”.Uma das conclusões do estudo é que hoje os brasileiros se mostram mais tolerantes com a homossexualidade mas menos tolerantes com o aborto em comparação a 1998. 

O Papa insiste à plena comunhão entre católicos e ortodoxos VATICANO, 2007-10-10 (ACI).- Ao finalizar a Audiência Geral desta quarta-feira, o Papa Bento XVI recordou que nestes dias se celebra em Rávena (Itália) a 10° Sessão Plenária da Comissão Mista Internacional para o diálogo teológico entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa, e insistiu a procurar a plena comunhão desejada por Deus.O Pontífice recordou que a comissão confronta um tema teológico de particular interesse ecumênico: “Conseqüências eclesiológicas e canônicas da natureza sacramental da Igreja. Comunhão eclesiástica, conciliar e autoridade”.“Uni-vos a minha oração –convidou o Santo Padre– para que este importante encontro ajude a caminhar para a plena comunhão entre católicos e ortodoxos, e se possa chegar o quanto antes a compartilhar o mesmo cálice do Senhor”.

Vaticano nega compra da equipe de futebol “Ancona” 

VATICANO, 09 Out. 07 / 12:00 am (ACI).- O Diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, Pe. Federico Lombardi, S.I., desmentiu ontem pela tarde as notícias da imprensa de que o Vaticano ou a Conferência Episcopal Italiana tenham comprado uma equipe de futebol italiano, o Ancona, que joga na terceira divisão.O acordo entre a sociedade de futebol Ancona e o Centro Esportivo Italiano prevê um código ético da sociedade e um novo modelo de gestão financeira, além da difusão dos valores do esporte entre os torcedores da equipe e o apoio a iniciativas solidárias com o terceiro mundo. “O Vaticano e a Conferência Episcopal Italiana não têm nada a ver com este projeto“, esclareceu o padre Lombardi. “Há iniciativas que têm finalidades positivas e apreciáveis e, se as intenções que se declararam podem realmente realizar-se, isto é certamente algo bom. Mas isto não significa que se trate de uma iniciativa do Vaticano ou da Conferência Episcopal Italiana“. “Um amor sem limites”

Fonte: Folha de São Paulo – Caderno Ilustrada – pág. 2 – 9 out 2007 

Em meio ao caos aéreo e a alertas de controladores sobre a segurança de se voar no Brasil, um jato particular tem provocado curiosidade nos hangares do país.O avião, um Raytheon Premier, tem desenhada, na cauda, uma imagem de Nossa Senhora, e no peito um enorme coração. O jato é de Otávio Piva de Albuquerque, dono da Expand, a maior importadora de vinhos do país. Ele explica que a imagem nada tem a ver com medo de voar. “Ela está no avião há alguns anos. É a imagem de Nossa Senhora de Fátima, que em 1917 surgiu para se contrapor ao nascimento do comunismo na Rússia. Eu sou devoto de Nossa Senhora, a mãe de todos nós.” “A imagem no avião é um sinal de devoção a ela. Eu acho que a gente não deve ter vergonha da nossa fé”, diz Otávio. “Nossa Senhora traz o amor, traz a paz, traz o consolo. Eu estou falando com você neste momento, e estou falando com todo o amor. Nossa Senhora me lembra que tenho que amar, um amor sem limites.” 

Especialista denuncia que a ONU está “tomada” por radicais anti-vida

MADRI, 2007-09-29 (ACI).- Austin Ruse, presidente do Instituto Católico para os Direitos humanos (C-Fam por suas siglas em inglês), declarou ao semanário Alba que o lobby “radical” tomou as agências e organismos das Nações Unidas para impor uma agenda social anti-vida para a que em sua fundação não tinha competências. Ruse explicou que o objetivo do C-Fam “é conseguir que a ONU seja irrelevante em questões sociais” através da defesa da vida, da família e do matrimônio nas Nações Unidas, hoje convertida em lugar privilegiado da agenda abortista, feminista e homossexual. Ruse explicou a Alba que seu objetivo não é conseguir que os católicos ganhem peso na ONU mas sim conseguir que a ONU seja “irrelevante” em matéria social. “Se os europeus considerassem a ONU tão irrelevante como fazem os americanos, iria muito melhor”, sustenta.

Arcebispado condena violência e atos sacrílegos de abortistas na Catedral de Manágua

 MANÁGUA, 2007-10-01 (ACI).- O Escritório de Informação e Imprensa da Arquidiocese de Manágua emitiu um comunicado oficial em que lamenta e condena “os atos irreverentes e sacrílegos realizados na manhã do domingo, dia 30 de setembro” na Catedral, por um grupo de violentas abortistas que irromperam durante a habitual Missa dominical com a pretensão de comungar.Na nota de imprensa assinada pelo Pe. Rolando Álvarez Lagos, Porta-voz da Arquidiocese de Manágua, lê-se que “o senhor Arcebispo Metropolitano, Dom Leopoldo Brenes Solórzano, o clero da Arquidiocese de Manágua e o povo católico lamentam profundamente os atos irreverentes e sacrílegos realizados na manhã do domingo, 30 de setembro, decorrente na Catedral Imaculada Conceição de Maria durante a Santa Missa, em que um grupo de pessoas com clara tendência contra a vida, manifestaram e especialmente ao momento da Comunhão, atos de falta de respeito à Eucaristia“.Subsecretário dos DH arremete contra Card. Bergoglio por defender a vidaBUENOS AIRES, 2007-10-03 (ACI).- O subsecretário de Direitos humanos de Buenos Aires, Guillermo Guerin, atacou ao Arcebispo de Buenos Aires, Cardeal Jorge Mario Bergoglio, e o “acusou” de cometer “malversação ideológica” por ter denunciado uma cultura que promove o aborto e condenação aos anciões a uma “eutanásia encoberta”. “O diagnóstico que realiza a Igreja em relação aos problemas sociais é correto, mas mesclar isso com o aborto e a eutanásia é, pelo menos, um claro exemplo de malversação ideológica“, disse um deslocado Guerin, quem segundo fontes do Governo realizou estas declarações “a título pessoal”.Guerin também agrediu ao Arcebispo de
La Plata, Dom Héctor Aguer, quem disse com razão que o Ministro da Saúde da Nação, Ginés González García, é “um conhecido propulsor da cultura da morte”, e seu par portenho, Claudio Mate, “quem autorizou a praticar abortos mediante um insólito ato administrativo”.

Brasileiros pró-vida procuram cinco milhões de assinaturas contra legalização do aborto

 BRASILIA, 2007-10-06 (ACI).- O Movimento Nacional em Defesa da Vida lançou uma campanha para compilar até agosto de 2008 cerca de cinco milhões de assinaturas em rechaço a qualquer eventual projeto de lei para legalizar o aborto no país.”Acreditam que podemos conseguir de 10 a 15 (milhões), mas fixamos uma meta realista de cinco milhões e não de 50 milhões para dizer ao Congresso: não queremos o aborto“, declarou Jaime Ferreira, coordenador do movimento, à agência AP. O Movimento se formou em julho do ano 2006 ante a aparição de iniciativas parlamentares para modificar a legislação atual e ampliar as causais de aborto.Conforme informou a imprensa, no Congresso há pelo menos 175 legisladores -dos 513 que integram a Câmara Baixa e 81 do Senado- que integram um chamado Frente Parlamentar em Defesa da Vida e Contra o Aborto que se opõe a legalizá-lo. http://www.defesadavida.com.br/

http://www.brasilsemaborto.com.br/

 Cientista está prestes a criar vida sintéticaFolha de SP 07 – out 07 

O cientista Craig Venter, um dos “líderes” na corrida para decodificar o genoma humano, disse ao jornal “The Guardian” que está próximo de criar a primeira vida artificial.O anúncio pode ser feito já amanhã, quando ocorre o encontro anual de seu instituto científico. Para Venter, o acontecimento “é um passo filosófico muito importante na história de nossa espécie. Nós iremos da leitura do código genético à sua escritura. Isso nos dá a hipotética habilidade de fazer coisas jamais imaginadas.”Mas a porta-voz do cientista, Heather Kowalski, negou à France Presse a fabricação de um cromossomo sintético. “Não conseguimos o que alguns estão especulando a respeito de vida sintética.” 

Pesquisa sugere que casamento faz bem para a saúde da BBC Brasil05/10/2007 – 08h11  

O casamento faz bem para a saúde do casal e dos filhos, segundo um levantamento sobre famílias feito pelo Departamento Nacional de Estatísticas do governo britânico divulgado nesta sexta-feira. O levantamento concluiu que homens solteiros de até 35 anos têm risco de morte 50 % maior do que um homem casado, da mesma idade. No caso das mulheres, as casadas têm menos probabilidade de desenvolver doenças crônicas do que as solteiras. Os dados mostram ainda que as crianças de pais casados que continuam a viver juntos, permanecem na escola, ou faculdade, por mais tempo –78% das meninas e 69% dos meninos, em famílias de pais casados, permanecem como estudantes em tempo integral aos 17 anos. Neste quesito, os filhos de mães solteira vêm em segundo lugar, com 59% dos garotos e 69% das meninas continuando a estudar em tempo integral aos 17 anos. O estudo, que analisa o período entre 1996 e 2006, mostra que o número de casais que coabitam mas não são casados aumentou em 65% no país, alcançando 2,3 milhões. O número de casais casados caiu 4% no mesmo período, para 12,1 milhões. O levantamento ainda mostra que, para a saúde das crianças, a estabilidade é a melhor receita. Crianças que vivem com os pais naturais –casados ou não– têm muito menos chances de desenvolver doenças a longo prazo do que filhos de mães e pais solteiros. O número de casais coabitando é muito mais alto entre os jovens. E, entre 2001 e 2003, 21% das mulheres entre 25 e 29 anos afirmaram já ter coabitado antes dos 25 anos de idade. Esta proporção cai para 1% entre as mais velhas. Dados da Inglaterra e do País de Gales sugerem que se a tendência continuar, o número de pessoas com menos de 40 anos coabitando vai ultrapassar o número de casados, na mesma faixa etária, até 2014. http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u334081.shtml 

Vaticano beatificará 498 mártires espanhóis em 28 de outubro

A Igreja espanhola espera atrair um milhão de fiéis em 28 de outubro à praça de São Pedro, em Roma, para assistir a beatificação em massa de 498 religiosos “mártires” dos anos 30 na Espanha, informou nesta sexta-feira a imprensa espanhola.A Conferência Episcopal Espanhola (CEE) confirmou, em um comunicado, a cerimônia para beatificar os religiosos mortos durante a perseguição religiosa dos anos 30 na Espanha, especialmente durante os dois primeiros anos da Guerra Civil espanhola (1936-39).O Papa Bento XVI deve assistir à cerimônia de beatificação, que será presidida pelo cardeal português José Saraiva Martins, prefeito da Congregação para a Causa dos Santos. 

Telescópio ajuda a buscar Deus, diz Vaticano

 Terça, 2 de outubro de 2007, 19h12
Atualizada às 19h29 
O diretor do Observatório Astronômico do Vaticano, José Funes, afirmou hoje à agência Efe que o telescópio é um instrumento que ajuda a buscar Deus. Funes, jesuíta argentino que organizou uma conferência internacional sobre a formação e a evolução das galáxias em forma de disco, afirmou que a ciência serve para motivar os homens a fazer perguntas que, “além das questões científicas”, permitem “perceber a existência de Deus”. A possibilidade de buscar Deus na astronomia é real para Funes, já que, como se ensina no seminário, é possível “buscar e encontrar Deus em todas as coisas”, inclusive na ciência. O diretor do observatório ressaltou que a Igreja “não tem medo da ciência”, admitindo que, “às vezes, se mostrar receosa com o que pode ser descoberto”.Mas, para Funes, o receio “não tem nenhum fundamento” já que os participantes do congresso “são homens de ciência, alguns cristãos, outros não; uns católicos e outros não”. Disse também que “não há nenhum tipo de agenda ou mensagem que se queira impor” por parte da Igreja. O jesuíta considerou que “não há contradição entre ciência e fé” e lembrou que “em muitas questões da ciência, sacerdotes ou homens da Igreja forneceram os primeiros estudos”. 

Arcebispo denuncia entrada de preservativos infectados com HIV em Moçambique

LONDRES, 2007-09-28 (ACI).- O Arcebispo de Maputo, capital de Moçambique, Dom Francisco Chimoio, denunciou à cadeia BBC que dois países europeus enviam “deliberadamente preservativos infectados com HIV” para destruir a população africana.Embora não tenha identificado os responsáveis, o Prelado assegurou que “seu programa é terminar com a população africana. Se não estivermos atentos terminaremos extintos no transcurso de um século”.Dom Chimoio indicou que para “mudar a situação e enfrentar o HIV e a AIDS é necessário mudar a mentalidade, quer dizer, a fidelidade no matrimônio e a abstenção das relações sexuais para os jovens”.Dos 19 milhões de habitantes que tem Moçambique, 16,2% está sempre é fácil, devido “a diversidade das respectivas tradições”. Episcopalianos não ordenarão bispos homossexuais nem abençoarão uniões do mesmo sexoNOVA ORLEANS, 2007-09-27 (ACI).- Em uma tentativa de evitar um iminente cisma na comunidade anglicana, os líderes da igreja Episcopaliana, aceitaram suspender as ordenações de bispos homossexuais e as benções de uniões entre pessoas do mesmo sexo.Os líderes episcopalianos, ramo americano da igreja Anglicana, reuniram-se esta semana para tratar diversos assuntos e finalmente optaram por deter estas iniciativas até alcançar um consenso mundial sobre o assunto. A ordenação do primeiro bispo episcopaliano abertamente homossexual ocorreu em 2003
em New Hampshire, Estados Unidos, e causou profundas feridas nesta comunidade.Conforme informou a imprensa local, os episcopalianos acederam a “exercitar moderação abstendo-se de consagrar candidatos do episcopado cuja forma de vida apresente um desafio ao resto da igreja e gere tenões na comunidade”.

Católicos conseguem fechar definitivamente exposição blasfema em Ibiza

MADRI, 2007-09-27 (ACI).- Depois do enérgico e terminante protesto de diversos bispos e comprometidos católicos espanhóis, fechou-se e começou a desmantelar, cinco dias antes da data prevista pela prefeitura governada com maioria do PSOE, a exposição que mostrava figuras obscenas e denigrantes de Jesus Cristo, João Paulo II e a iconografia cristã.Conforme indicou o Bispo de Ibiza, Dom Juan Segura, à Cadeia COPE, “fui eu quem deu por terminada a colaboração com eles” e “é bom para todos reconhecer os enganos”, em alusão a que a prefeitura não se desculpou em nenhum momento pela amostra de pseudo arte ofensiva para os católicos e apresentada na antiga igreja de L’Hospitalet.Avó dará a luz a dois netos gêmeosEm virtude das últimas notícias publicadas pela grande mídia, pediram para que eu fizesse um esclarecimento sobre a chamada “barriga de aluguel”. Como o senhor deve saber, os jornais e a TV estão noticiando que uma mãe “emprestou” seu útero para que sua filha se tornasse mãe, já que a mesma não pode engravidar. A posição da Igreja é a que esta no Catecismo:

Inseminação artificial  §2376 – As técnicas que provocam uma dissociação do parentesco, pela intervenção de uma pessoa estranha ao casal (doação de esperma ou de óvulo, empréstimo de útero), são gravemente desonestas. Estas técnicas (inseminação e fecundação artificiais heterólogas) lesam o direito da criança de nascer de um pai e uma mãe conhecidos dela e ligados entre si pelo casamento. Elas traem “o direito exclusivo de se tornar pai e mãe somente um através do outro” (CDF, instr. DV, 2,1). 

§2377 – Praticadas entre o casal, essas técnicas (inseminação e fecundação artificiais homólogas) são talvez menos claras a um juízo imediato, mas continuam moralmente inaceitáveis. Dissociam o ato sexual do ato procriador. O ato fundante da existência dos filhos já não é um ato pelo qual duas pessoas se doam uma à outra, mas um ato que “remete a vida e a identidade do embrião para o poder dos médicos e biólogos, e instaura um domínio da técnica sobre a origem e a destinação da pessoa humana. Uma tal relação de dominação é por si contrária à dignidade e à igualdade que devem ser comuns aos pais e aos filhos” (CDF, instr. DV, II,741,5). “A procriação é moralmente privada de sua perfeição própria quando não é querida como o fruto do ato conjugal, isto é, do gesto específico da união dos esposos… Somente o respeito ao vínculo que existe entre os significados do ato conjugal e o respeito pela unidade do ser humano permite uma procriação de acordo com a dignidade da pessoa” (CDF, instr. DV, II,4). 

§2378 – O filho não é algo devido, mas um dom. O “dom mais excelente do matrimônio” e uma pessoa humana. O filho não pode ser considerado corno objeto de propriedade, a que conduziria o reconhecimento de um pretenso “direito ao filho”. Nesse campo, somente o filho possui verdadeiros direitos: o “de ser o fruto do ato específico do amor conjugal de seus pais, e também o direito de ser respeitado como pessoa desde o momento de sua concepção”. §2379 – O Evangelho mostra que a esterilidade física não é um mal absoluto. Os esposos que, depois de terem esgotado os recursos legítimos da medicina, sofrerem de infantilidade unir-se-ão à Cruz do Senhor, fonte de toda fecundidade espiritual. Podem mostrar sua generosidade adotando crianças desamparadas ou prestando relevantes serviços em favor do próximo.  

De piloto de caça a mãe coragem: A história de Caroline Aigle 

PARIS, 2007-09-25 (ACI).- Caroline Aigle teria completo 33 anos de idade no último 12 de setembro. A primeira mulher piloto de caça da Armada Francesa e futura astronauta morreu em 21 de agosto vítima de um câncer fulminante. Seu país ainda a chora e não deixa de comover-se por seu valente sacrifício: estava grávida de cinco meses quando soube que padecia da enfermidade terminal e optou por adiar seu tratamento para que seu filho pudesse nascer. 

Junto a seu marido, o também piloto Christophe Deketelaere, decidiu dar uma oportunidade ao novo membro de sua família. Seu segundo filho nasceu a inícios de agosto com apenas cinco meses e meio de gestação, chamou-o Gabriel. Nasceu muito pequeno mas segue lutando por sua vida e tem muitas possibilidades de seguir adiante. 

“Não podia deter a vida de um ser que tinha levado consigo por cinco meses. Disse-me: ‘Ele tem o direito de ter possibilidades como eu’”, declarou Christophe ao RTL. 

Para seu marido, esta gravidez foi “seu último combate e ganhou”. Antes de morrer, pôde ver seu filho várias vezes e carregá-lo em seus braços. “Foi heróica até o final”, assegurou. 

Caroline Aigle (que significa “águia”) nasceu em Montauban em 1974. Aos 14 anos de idade ingressou na escola militar de Saint-Cyr. Em maio de 1999 se converteu em piloto de caça e esteve a cargo de um Mirage 2000-5 do Esquadrão de Caça Cote d’Or em Dijon. Em 2005 se converteu em comandante de esquadrilha e desde 2006 desempenhava funções de segurança em vôo no centro de comando de Metz. 

UNE Lança no Rio de Janeiroi Campanha pela legalização do Aborto.http://portal.rpc.com.br  

A União Nacional dos Estudantes (UNE) vai lançar nesta quinta-feira (27 set. 07) a campanha nacional em defesa da legalização do aborto, uma das propostas da nova presidente, Lúcia Stumpf. O ato  terá um debate e tem prevista a presença da ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire. O tema da campanha será “Aborto seguro e legal! Uma responsabilidade do Estado com a mulher”. O ato de lançamento da campanha ocorrerá às 17h, no Auditório Pedro Calmon, no campus Praia Vermelha da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A entrada é aberta ao público. A UNE informa que participarão da abertura, além da ministra Nilcéa Freire, o reitor da universidade, Aloísio Teixeira; e representantes da União Brasileira de Mulheres e Marcha Mundial das Mulheres.  

Exposição sacrílega é parte de projeto para erradicar Deus e a Igreja, adverte Card. Cañizares 

MADRI, 2007-09-22 (ACI).- Em referência à exposição com imagens pornográficas de Jesus Cristo e João Paulo II que se realiza em Ibiza promovida e ajudada pela prefeitura local, o Arcebispo de Toledo, Cardeal Antonio Cañizares, assinalou que tanto estas “manifestações pseudo-artísticas”, como a tentativa de impor a controvertida disciplina Educação para a Cidadania (EpC), são parte de “um grande projeto que é erradicar a realidade de Deus” e “eliminar à Igreja Católica” da sociedade.”Há um projeto de erradicar a Deus, e isso é o laicismo, não a sã laicidade, –a autonomia que corresponde ao mundano pelo fato de ser mundano–. É algo muito grave que se volta contra o próprio homem”, disse.O projeto é “eliminar à Igreja Católica”. “Não é um julgamento de intenções. Os fatos são os fatos, e se vão dando passos e passos. Mas não poderão. Não se pôde durante dois mil anos. E isso não é pretensão nem minha arrogância, mas sim é me remeter aos fatos, à realidade, à verdade. Essa verdade que se trata de rechaçar ou de destruir”, concluiu. 

Profanações não são roubos mas ataque a liberdade religiosa, adverte Card. Cañizares 

MADRI, 2007-09-25 (ACI).- O Arcebispo de Toledo, Cardeal Antonio Cañizares, quebrou seu silêncio e trouxe à luz as “muitas” profanações ocorridas durante o último período nas Igrejas de diversos povos toledanos e advertiu que o móvel destes atos não é o roubo, mas sim “um ataque à liberdade religiosa em seu núcleo mais íntimo”.Segundo o Cardeal o motivo das profanações não é o roubo, pois objetos roubados não tem muito valor, mas sim “há uma clara intenção que vulnera o respeito ao mais santo da Igreja e do mundo: Jesus Cristo”. Trata-se de “um ataque à liberdade religiosa em seu núcleo mais íntimo; um delito contra o direito fundamental e inalienável da liberdade religiosa”, adicionou o Cardeal.O Cardeal acrescentou que este “desgraçado e friável fato” ocorre enquanto que em Ibiza e Madri se realizam “amostras atentatórias contra o direito fundamental, garantido na Constituição, à liberdade religiosa, contra a fé e a Igreja Católica” financiadas, “para maior escárnio, com dinheiro público”. 

Não ao catastrofismo do ambientalismo ideológico, afirma Card. Martino 

VATICANO, 2007-09-23 (ACI).- O Presidente do Pontifício Conselho Justiça e Paz, Cardeal Renato Martino, disse que ante as mudanças climáticas que se estão dando no mundo, embora temos que estar atentos, devemos dizer não ao catastrofismo do ambientalismo ideológico.Depois de explicar que a Igreja promove a defesa da natureza, o Cardeal precisou que a Igreja também afirma a centralidade do homem na criação. Em sua intervenção, o Cardeal assinalou que existem quatro correntes de pensamento que reduzem ao homem: o ambientalismo ideológico, que prega o catastrofismo e ao qual temos que dizer não; o biologismo, que gira ao redor das funções humanas como puros mecanismos biológicos; a teoria maltusiana, que vê na superpopulação a causa principal da degradação ecológica; e o naturalismo panteísta, que se apóia na Nova Era e intercambia o bem-estar psicológico pelo espiritual. 

Escolas católicas australianas cancelam apoio a Anistia Internacional 

ROMA, 2007-09-24 (ACI).- A Arquidiocese de Melbourne na Austrália pediu às escolas católicas de sua jurisdição cancelar seu apoio à organização Anistia Internacional (AI), em resposta à decisão do grupo de promover o aborto como direito humano.O diretor do Escritório de Educação Católica de Melbourne, Stephen Elder, dirigiu uma carta às 328 escolas católicas do Melbourne lhes aconselhando cortar seus antigos laços com a organização.Em Melbourne, um significativo número de escolas apoiou os programas da AI nos últimos anos.Segundo Maria Kirkwood, diretora assistente de educação religiosa e cuidado pastoral na arquidiocese de Melbourne, assinalou que a Igreja alentou a suas escolas a apoiar o trabalho da AI e por isso sua decisão abortista é tão decepcionante.”É impossível para a Igreja Católica seguir apoiando a AI com uma política desta natureza”, indicou. 

Líder política alemã propõe que matrimônios só durem sete anos 

ROMA, 2007-09-24 (ACI).- A população de Munique recebeu com assombro a proposta de uma política que alenta a liderar o partido de governo da Bavária, a União Social Cristã (USC). A dirigente Gabriele Pauli pediu que os matrimônios expirem depois de sete anos. “Proponho que o matrimônio caduque depois de sete anos”, declarou à imprensa Pauli, divorciada duas vezes.”Assim a pessoa só se comprometerá por um período estabelecido e teria que renovar ativamente seus votos se deseja continuar”, indicou a mulher cujo último divórcio se registrou em fevereiro passado, depois de sete anos de união. 

No próximo dia 07/10 (domingo) será realizada a CAMINHADA ARQUIDIOCESANA PELO SIM À VIDA.  

 Será ocasião da Igreja de Olinda e Recife mostrar que é contra a legalização do aborto no Brasil. Precisamos concentrar o maior número de pessoas possível (no mínimo 100.000) para chamar a atenção da imprensa para a causa da defesa da vida humana, portanto vá e chame outras pessoas. Teremos trio elétrico com bandas católicas e grande show no 2º Jardim.  

Jovem catalã perdeu seu trabalho mas não abortouMADRI, 24 Set. 07 / 12:00 am (ACI).- O semanário Alba recolheu esta semana o testemunho de uma jovem mãe catalã que decidiu ter seu bebê sabendo que não abortar lhe custaria seu posto de trabalho em uma importante empresa transnacional. Com sua menina em braços, Yolanda Fernández assegura que “optar por ser mãe é a melhor decisão que tomei em toda minha vida”. “Ante a pressão de seus colegas de trabalho e amigos, Yolanda chegou a uma clínica abortista e paradoxalmente aí se deu conta que não podia matar seu bebê.”Reuniu-se com uma psicóloga que lhe disse que não aconteceria nada, que o que tinha era um conjunto de células. ‘Não me convenceu, porque eu sabia que aquilo era algo; e além disso, eu não gostei que não me oferecessem nenhuma alternativa mais que o aborto’”, recorda.O único que lhe apoiou foi o seu médico que lhe atendia: ‘Trabalhos há muitos, mas seu filho é único’. Assim foi. Teve sua filha, a que agora qualifica de razão de sua vida’. Seu trabalho o perdeu. Mas –como lhe disse o médico- ‘há outros’, assim está trabalhando em outra empresa”, disse Alba.Seu conselho para quem se encontra em situações similares é contundente: “Que não faça caso dos conselhos das amigas nem das múltiplos pressões, é seu filho e o melhor que pode fazer é o ter”, assegura Yolanda.Terça, 18 de setembro de 2007, 23h41  

Bispos Solicitam para os Legisladores do Reino Unido que Rejeitem Embriões Humano-Animal Os Bispos Católicos da Escócia criticaram a decisão das autoridades britânicas de permitir a mistura  de embriões humano-animal para pesquisa de células-tronco, e na quinta-feira fez uma ligação urgente para membros do Parlamento rejeitarem esta proposta. Na semana passada, a Autoridade de Fertilização Humana e Embriologia do Reino Unido (HFEA) decidiu permitir para os cientistas criar embriões híbridos – uma proposta parlamentar descrita pelos Bispos Católicos da Escócia como um “probabilidade horripilante.” A Igreja Católica da Escócia disse que um “limite moral está sendo ultrapassado” pelas propostas que envolvem remoção do núcleos de ovos de animais e os substituindo com DNA de células humanas. Declararam os Bispos: “é alarmante imaginar uma categoria nova de embrião sendo criada por cientistas para que eles pudessem ter uma provisão adicional de material genético ao natural para ser utilizado em qualquer experimento e descartado. Criando híbridos entre animais e humanos seria um passo muito longe.” http://www.christianpost.com 

 

Encontro sobre Galáxias no Vaticano – 19/09/2007 

Um total de 210 astrônomos de 26 países do mundo participarão, de 1 a 5 de Outubro, numa conferência internacional organizada pelo Observatório Astronômico do Vaticano sobre a formação e evolução das galáxias.A conferência, cujo programa prevê 62 palestras e a 132 apresentações, acontecerá no Centro Matteo Ricci da Universidade Gregoriana.
O diretor do Observatório, o jesuíta argentino José Gabriel Funes, fez um doutoramento em astronomia na Universidade de Pádua, sobre o tema “Cinemática do gás nas regiões centrais das galáxias com disco”, que apresentava os resultados obtidos ao “pesar” os buracos negros supermaciços que se encontram no centro das galáxias com disco.Nos últimos anos, trabalhou no estudo da formação estelar nas galáxias próximas, aquelas que não se encontram a uma distância maior de 50 milhões de anos-luz. A formação estelar é um tema chave para poder entender o processo de formação e evolução das galáxias.
O Observatório Vaticano foi fundado em 1891 por Leão XIII para mostrar que “a Igreja e os seus pastores não se opõem à ciência autêntica e sólida, tanto humana como a divina, mas abraça-a, impulsiona-a e promove-a com a mais completa dedicação”.
Fonte: Agencia Ecclesia 

 

Representante do Vaticano nega incompatibilidade entre evolucionismo e criacionismo 

JEREZ DE
LA FRONTERA, segunda-feira, 17 de setembro de 2007 (ZENIT.org-Veritas).- O subsecretário do Pontifício Conselho para a Cultura, Dom Melchor Sánchez de Toca, pronunciou hoje a conferência inaugural da XVIII Semana Diocesana de Teologia de Jerez de
la Frontera, convocada para debater sobre «A razão, a ciência e o futuro da humanidade».«Avanços científicos, desafio à fé» foi o título da intervenção, na qual Dom Sánchez de Toca negou a incompatibilidade entre o evolucionismo e o criacionismo como teorias sobre a origem do mundo que tenham de opor-se necessariamente, e cujo caso tomou como paradigma de um suposto conflito dos postulados da fé e da razão.
Segundo o prelado, trata-se de «um falso debate» porque se ater exclusivamente a uma ou outra posição não faz senão reter o homem em terrenos ideológicos, e sublinhou que «para o católico não há incompatibilidade entre evolução e doutrina».  

 

Uso da liturgia de antes do concílio, convite à unidadeSegundo o presidente da Conferência Episcopal Italiana 

ROMA, terça-feira, 18 de setembro de 2007 (ZENIT.org).- Em seu discurso inaugural ao Conselho Permanente da Conferência Episcopal Italiana (CEI), reunido em Roma nesta segunda-feira, Dom Angelo Bagnasco, presidente da mesma, qualificou a aplicação do «motu proprio» «Summorum Pontificum» como uma «medida encaminhada a unir e a ferver à comunidade cristã».
O presidente da CEI sublinhou sua «pronta e incondicional colaboração» com Bento XVI, «em especial quando surgem na opinião pública vozes críticas e discordantes». Após recordar que o objetivo do «motu proprio» relativo ao uso da liturgia romana, anterior à reforma de 1970, «é claramente tudo espiritual e pastoral», Dom Bagnasco explicou, com palavras de Bento XVI, que «faz bem a todos conservar as riquezas que cresceram na fé e na oração da Igreja». O prelado precisou que, com o Missal Romano promulgado por São Pio V e atualizado pelo beato João XXIII em 1962, e o de Paulo VI de 1970, «não haverá dois ritos» mas «um uso duplo do único e mesmo rito», que «todos queremos que esteja cada vez mais no centro da dinâmica eclesial, oportunidade de uma plena reconciliação e de uma unidade viva na Igreja».

Bispos na Índia alentam católicos a terem mais filhos 

CALCUTA, 2007-09-19 (ACI).- O Arcebispo de Trichur (Índia), Dom Andrews Thazhath, iniciou uma campanha para alentar aos católicos da região de Kerala no sul do país, a terem mais filhos, dada a preocupante queda na taxa de natalidade dos cristãos.  Segundo a agência UCA News, o Prelado indicou que em 1991 os cristãos em Kerala conformavam 19,5% dos 32 milhões de habitantes dessa região. Em 2001 a população chegou a 32 milhões e a percentagem de católicos decresceu aos 19%.A preocupação de Dom Thazhath não é nova. Em agosto do ano passado, o Cardeal Varkey Vithayathil, Arcebispo de Ernakulam-Angamaly, também exortava aos católicos a terem mais bebês em suas famílias. Por sua parte, o Pe. Jose Kottayil, Secretário da Comissão de Família da Conferência de Bispos Católicos de Kerala, explicou que a migração a grande escala para a Austrália, Canadá, Europa, o Golfo Pérsico e Estados Unidos; assim como o síndrome da micro-família” geraram que os católicos não cresçam em Kerala. “Nossa comunidade está bem educada e está melhor economicamente. Entretanto muitos pais jovens só têm um filho para assegurar assim a segurança social”, inclusive quando são capazes de manter mais crianças“, disse o sacerdote.  

 

Brasil gasta pouco com educação 

Segundo  relatório divulgado  pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico ( OCDE ), apontou o Brasil como a nação que menos gastou com a educação em uma lista de 34 países avaliados. 

País              US$/ano/aluno           USA                 12092                                 Suiça                11883Noruega             10721Áustria                9803Dinamarca           9766França.                7880Alemanh              7723 Itália                    7723      Reino Unido         7270Espanha              6599Chile                    2864México                 2128Rússia                 1775Turquia                1527BRASIL                1303     

 

Especialistas concordam -Triunfo da vida na Nicarágua é exemplo para o mundo 

MANÁGUA, 14 Set. 07 / 12:00 am (ACI).- Que a Nicarágua tenha resistido a pressão do lobby abortista internacional e mantenha proibido todo tipo de aborto é um exemplo para o mundo e especialmente para os países pobres que enfrentam a mesma pressão. A esta conclusão chegaram três especialistas consultados pela ACI Digital.Carlos José Gadea, deputado do Partido Liberal Constitucionalista, um dos mais de 60 parlamentares que decidiram manter sancionado o aborto no novo Código Penal do país, esclareceu que com sua decisão não estão “condenando às mulheres” mas garantem a melhor atenção para mãe e o bebê.O aborto, indicou, “é um negócio mais dos países ricos que mantêm como política a redução da população em países pobres” porque consideram que “os pobres são um problema em nosso planeta”.Por sua vez, o Ex-ministro da Família nicaragüense Max Padilla, considerou que este é um grande triunfo porque “as organizações abortistas, financiadas pelas Nações Unidas e pelos países nórdicos” pressionaram com insistência ao governo para que se voltasse a legalizar o aborto. 

Taxa de fecundidade é a mais baixa já registrada no país, segundo IBGE 

Os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) mostra que o país está envelhecendo. A taxa de fecundidade da população em 2006, de dois nascimentos por mulher, é a menor já registrada pelo IBGE, caindo ao nível do limite da reposição. Assim como o número de filhos e a parcela mais jovem da população apresentaram queda, a faixa de pessoas com 60 anos ou mais cresceu em todas as regiões. CADA VEZ MENOS FILHOSTaxa de fecundidade diminui a cada ano, segundo o IBGE1960 6,3 nascimentos/mulher 1970 5,8 nascimentos/mulher 1980 4,4 nascimentos/mulher 1991 2,9 nascimentos/mulher 2000 2,3 nascimentos/mulher 2006 2,0 nascimentos/mulher  

Mãe de menina operada no ventre, espera que seu caso diminua abortosMaría José e sua pequenaMADRI, 11 Set. 07 / 12:00 am (ACI).- A mãe da primeira bebê européia submetida a uma cirurgia fetal, espera que o bem-sucedido desenlace de sua história sirva para que “os casos de aborto diminuam e se dê a oportunidade de viver às crianças” diagnosticados com má formações.Maria José –seu sobrenome não foi revelado– deu a luz há alguns dias a sua filha, operada em seu ventre para corrigir um problema de espinha bífidas, uma má formação que pode causar paralisia nos membros inferiores, alterações neurológicas, problemas de controle de esfíncteres, hidrocefalia e atraso mental.A menina se chama Maria e nasceu às 33 semanas de gravidez. Em 31 de julho, quando tinha 27 semanas de gestação foi operada no Hospital Virgem de Rocio de Sevilha em um procedimento empreendido por médicos espanhóis com o assessoramento de especialistas do Brasil e dos Estados Unidos.A mãe, que se recupera da cesárea, sabe que seu caso é “muito importante” para as famílias com este problema, e pode permitir que haja “mais crianças com possibilidades de nascer“.”Que os pais não tomem a decisão de abortar“, pediu a mulher e recordou que com seu marido nunca consideraram essa possibilidade. 

Província russa estimula a população a não ir ao trabalho para fazer sexo
Diante da angústia de uma taxa de natalidade nacional negativa, o
governador da Província russa de Ulianovsk fez um apelo aos casais locais para que faltassem ao trabalho ontem e usassem o tempo livre para fazer sexo.Como estímulo, o governo anunciou que mulheres que tiverem bebês em exatamente nove meses -no dia nacional da Rússia, 12 de junho- poderão ganhar, entre outros prêmios, uma casa nova.
“Tanto faz se o bebê for menino ou menina”, disse a porta-voz da
administração regional Ielena Iakovleva. O governador, Sergei Morozov,chegou a pedir aos empregadores que dessem folga a seus funcionários ontem. “Precisamos de mais gente”, afirmou.
A iniciativa faz parte da campanha do Kremlin para aumentar a taxa de natalidade russa. O país tenta reverter a tendência de diminuição da população, que registra atualmente 700 mil pessoas a menos por ano. Com 141,4 milhões de habitantes, a Rússia conta com uma taxa de crescimento populacional negativa, de -0,48%, e com uma taxa de fertilidade de 1,39 filho por mulher, segundo projeções para 2007 do CIA Fact Book. É uma das mais baixas da Europa.
Este é o terceiro ano que a região de Ulianovsk, onde nasceu Lênin,
dedica um dia para encorajar casais a fazer mais bebês. Em 2007, um recorde de 78 nascimentos foi registrado na maternidade do principal hospital local. Em 2006, o número foi de 26, segundo o médico Andrei Malikh. Fonte: Folha de São Paulo, 13.7.2007, Caderno Mundo Igreja Católica excomunga membros do ‘Exército de Maria’  MONTREAL (AFP) — A Igreja Católica excomungou vários membros da “Comunidade da Senhora de todos os Povos”, mais conhecida como “Exército de Maria” – um grupo considerado responsável por um cisma religioso, com sede em Quebec, anunciou nesta quinta-feira a Conferência de Bispos do Canadá.O arcebispo de Quebec há havia revogado em 1987 o estatuto de “pia união” concedido ao grupo, fundado em 1971 por uma mulher, Marie-Paule Giguère, de 86 anos, que dizia ser a reencarnação da Virgem Maria.A decisão foi assinada no dia 11 de julho pelo prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, o cardeal William Levada, tendo recebido a aprovação do Papa Bento XVI.A declaração da Igreja reafirma “com clareza e firmeza que a doutrina desenvolvida “pelo Exército de Maria “é herética. Quem quer que tenha, intencionalmente e deliberadamente aderido a essa doutrina incorre na excomunhão por heresia”.O grupo também está presente na França, nos Estados-Unidos, na Áustria, na Jamaica e na Itália, segundo o jornal The National Post.