Carta aos Romanos > Leitura #530

A fé autêntica

A fé autêntica é o que se quer encontrar em toda pessoa que crê. Nem sempre é assim… Apesar dos pecados, a fé pode ser autêntica se o coração não for leviano.

Créditos: Wesley Almeida / cancaonova.com

“Verdadeiro Judeu é o que se distingue como Judeu por seu interior, e verdadeira circuncisão é a do coração, segundo o Espírito e não segundo a letra.”

A fé autêntica é um estado de alma e de vida que se conquista, não pode ser comprada, não pode ser improvisada, tem que ser construída dia após dia, ano após ano, com esforço, porque exige renúncias e paciência, porque somos pecadores.

A crítica deste trecho nos atinge de cheio na medida em que nos acostumamos com nosso estado de fé atual e deixamos de buscar a conformidade com Cristo, o homem perfeito.

Quando nos enchemos de conhecimento e não vivemos o que conhecemos, nossa fé é vã, vazia, sem fruto. Isso gera para nós reprovação e condenação diante de Deus, principalmente se estamos com encargo de ensinar.

A nossa fé é mais que gestos exteriores e mais que intenções do coração. Ela caminha com as duas asas: A asa das intenções do coração e a asa das obras. O cristão não alça voo com uma asa só. Tem que ter obras, mas sem reta intenção é vã glória, vaidade!

Tem que ter reta intenção, mas sem obras, é só intenção, não realiza nada.

Mas tenhamos cuidado e muita prudência para não julgar obras e intenções alheias, pois só Deus conhece todas as coisas! Julguemos a nós mesmos e vejamos se estamos de acordo com a nossa fé.

Porque aquele que julgamos pagão pode ser justificado por sua fidelidade que Deus vê e nós que somos batizados, podemos ser condenados pela fidelidade que Deus não encontrou em nós.

Leia o trecho em Rm 2, 17-29

Na Bíblia cnbb página 1384

Título: A inconstância de Israel com relação à Lei

Promessas

Rm 2, 27

Mais ainda: o incircunciso que cumpre a Lei te condenará a ti, que transgrides a Lei, embora possuas as escrituras e sejais circuncidado.”

Princípios Eternos

Rm 2, 25-26.28-29

Por um lado a circuncisão é útil se cumpres a Lei. Por outro lado, se transgrides a Lei, mesmo com tua circuncisão, não passas de um incircunciso. Se, portanto um incircunciso observar as prescrições da Lei, não será ele tido como um circunciso?”

Não é verdadeiro Judeu o que parece tal apenas por seu exterior, nem é verdadeira circuncisão uma simples incisão na carne. Verdadeiro Judeu é o que se distingue como Judeu por seu interior, e verdadeira circuncisão é a do coração, segundo o Espírito e não segundo a letra. Esta é que recebe o louvor, não dos homens, mas de Deus.”

Qual a mensagem de Deus para mim hoje?

A fé autêntica não se improvisa.

Como posso pôr isso em prática?

Fugindo de todo improviso, mas abandonado nas mãos de Deus, buscar a intimidade, a vivência e o conhecimento na fé.