Bethânia era uma aldeia da antiga Judeia que fica a 3 km do Monte das Oliveiras.
O significado de Bethânia no Grego é “Casa de figos verdes” ou “Casa dos pobres”.
Esta era a casa de Maria, de Marta e Lázaro.
Segundo os costumes antigos de Israel, o homem tinha a sua renda, a sua casa e ele cuidava das mulheres, sejam elas, esposa, irmãs, filhas.
No caso de Lázaro ele tinha Marta e Maria como dependentes, e se ele viesse a falecer ou ficassem solteiras, as mesmas não teriam direito aos bens. Este era o costume daquele povo, por este motivo as mulheres precisavam se casar.
O sofrimento de Marta e Maria foi intenso, pelo motivo de ter perdido o seu irmão, Lázaro estava morto e cheirava mal. Mas podemos imaginar a angustia destas mulheres ao pensar que poderiam passar por alguma necessidade material, de perderem o lugar onde moravam.
Como iriam ser sustentadas?
É muito interessante, ir a Terra Santa e entrar nestas particularidades dos costumes dos israelitas, descobrir os detalhes que cada passagem bíblica nos apresenta.
Marta foi ao encontro de Jesus, porque acreditava que Ele faria algo.

“Marta disse a Jesus: Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido!
Mas sei também, agora, que tudo o que pedires a Deus, Deus to concederá.
Disse-lhe Jesus: Teu irmão ressurgirá. Respondeu-lhe Marta: Sei que há de ressurgir na ressurreição no último dia.
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá.
E todo aquele que vive em mim, jamais morrerá.” Jo 11,21-26

Aprendemos que tudo tem um motivo e assim que Jesus chegou, rapidamente Lázaro foi ressuscitado.
Lázaro era amado por Jesus, eles eram amigos. Aquela casa acolhia Jesus todas as vezes que ele ia a Jerusalém.
Ali deveria ser a casa da partilha, da acolhida, da alegria, pois todos “se alegram no Senhor” – Filipenses 4.
Este foi o maior milagre que Jesus realizou, ressuscitando Lázaro.

A Igreja de Bethânia, lembra uma tumba e faz todo o sentido, pois Lázaro morreu.

Uma Igreja belíssima que nos leva a refletir sobre a morte e as amizades, a acolhida das pessoas em nosso lar.

Encontramos vários significados da nossa fé e da Palavra de Deus na Terra Santa.
Deixe aqui o seu comentário.
Até a próxima, Deus abençoe!

Montado em um jumento, Jesus sai de Betfagé onde se inicia a Semana Santa

Montado em um jumento, Jesus sai de Betfagé onde se inicia a Semana Santa

O Santuário de Betfagé foi construído no ano de 1883 e restaurado por Antonio Barluzzi no ano de 1954.

Local onde Jesus saiu montado em um jumentinho para a entrada triunfal em Jerusalém, onde se inicia a sua paixão.

Aproximavam-se de Jerusalém. Quando chegaram a Betfagé, perto do monte das Oliveiras, Jesus enviou dois de seus discípulos, dizendo-lhes: “Ide à aldeia que está defronte. Encontrareis logo uma jumenta amarrada e com ela seu jumentinho. Desamarrai-os e trazei-mos. Se alguém vos disser qualquer coisa respondei-lhe que o Senhor necessita deles e que ele sem demora os devolverá.” Assim neste acontecimento, cumpria-se o oráculo do profeta: Dizei à filha de Sião: Eis que teu rei vem a ti, cheio de doçura, montado numa jumenta, num jumentinho, filho da que leva o jugo. (Zac 9,9)

Os discípulos executaram a ordem de Jesus. Trouxeram a jumenta e o jumentinho, cobriram-nos com seus mantos e fizeram-no montar. Então a multidão estendia os mantos pelo caminho, cortava ramos de árvores e espalhava-os pela estrada. E toda aquela multidão, que o precedia e que o seguia, clamava: “Hosana ao filho de Davi! Bendito seja aquele que vem em nome do Senhor! Hosana no mais alto dos céus!”

Jesus ressuscita Lázaro. Imagem da Igreja de Bethânia, casa de Lázaro.

Jesus ressuscita Lázaro. Imagem da Igreja de Bethânia, casa de Lázaro.

Quando ele entrou em Jerusalém, alvoroçou-se toda a cidade, perguntando: “Quem é este?” A multidão respondia: “É Jesus, o profeta de Nazaré da Galiléia.” Mt 21,1-11

Jesus é chamado de profeta e o povo o acolhe gritando Hosana ao Rei que quer dizer; por favor, salva-nos. Este povo não tem conhecimento que Jesus é Deus, é o Messias enviado do Pai.

Jesus veio para confundir, o povo queria uma pessoa que fizesse justiça, mas Ele veio trazer a paz, a boa nova da salvação e nos ensinar que o seu reino é do amor e não da justiça como estavam acostumados a fazer “olho por olho e dente por dente”. Ex 21,24

Jesus andava muito, entre o Monte das Oliveiras, Betfagé e Bethânia. Este lugar tornou-se muito sagrado para os judeus e cristãos e ainda porque é de Betfagé que se inicia a Semana Santa. Jesus morava em Bethânia na casa de Lázaro.

Ao montar em uma jumenta, o povo aclama “Hosana ele vem nos salvar”, mas é por meio da humilhação.

É de Betfagé que Jesus avista toda Jerusalém e realiza a sua entrada triunfal se humilhando – “O que é loucura de Deus é mais sábia do que os homens, e o que é fraqueza de Deus é mais forte do que os homens”. I Cor 1,25

Em toda a sua vida, Jesus mostra-se como nosso modelo. Ele é “o homem perfeito” que nos convida a tornar-nos seus discípulos e a segui-lo: por seu rebaixamento, deu-nos um exemplo a imitar; por sua oração, atrai à oração; por sua pobreza, chama a aceitar livremente o despojamento e as perseguições.

Tudo o que Cristo viveu foi para que pudéssemos vivê-lo nele e para que Ele o vivesse em nós. CIC 520 e 521