Papa Francisco: "Cristãos não precisam de horóscopo!"

Todas as formas de adivinhação devem ser rejeitadas

Papa Francisco: "Cristãos não precisam de horóscopo!"

Papa Francisco em uma das celebrações que fez na capela da Casa santa Maria, tocou em pontos importantes da nossa Fé Católica, na qual pouco tem se falado, e que pode se tornar um caminho inicial para que as pessoas recorram a realidades que envolvam o Ocultismo, a Magia e até mesmo ao Satanismo.

Assim falou Papa Francisco em sua homilia, recordando um pouco da historia de Abraão:

“O cristão verdadeiro não é aquele que se instala e fica parado, mas aquele que confia em Deus e se deixa guiar num caminho aberto às surpresas do Senhor.
O ser cristão tem sempre esta dimensão do despojamento que encontra a sua plenitude no despojamento de Jesus na Cruz. Sempre há um vai, um deixa, para dar o primeiro passo: ‘Sai da tua terra, da tua família e da casa do teu pai’. Se fizermos memória veremos que nos Evangelhos a vocação dos discípulos é um ‘vai’, ‘deixa’ e ‘vem’. Também nos profetas, não é?
Os cristãos, devem ter a capacidade de serem despojados, caso contrário não são cristãos autênticos, como não são aqueles que não se deixam despojar e crucificar com Jesus. “Abraão “obedeceu pela fé”, partindo para a terra a ser recebida como herança, mas sem saber o destino preciso…
O cristão não tem um horóscopo para ver o futuro. Não procura a necromante que tem a bola de cristal, para que leia a sua mão. Não, não. Não sabe aonde vai. Deve ser guiado. Esta é a primeira dimensão de nossa vida cristã: o despojamento. Mas, por que o despojamento? Para uma ascese parada? Não, não! Para ir em direção a uma promessa. Esta é a segunda. Somos homens e mulheres que caminham para uma promessa, para um encontro, para algo, uma terra, diz a Abraão, que devemos receber como herança.
O caminho começa todos os dias na parte da manhã; o caminho de confiar no Senhor, o caminho aberto às surpresas do Senhor, muitas vezes não boas, muitas vezes feias – pensemos em uma doença, uma morte – mas aberto, pois eu sei que Tu me irás conduzir a um lugar seguro, a um terra que preparaste para mim; isto é, o homem em caminho, o homem que vive em uma tenda, uma tenda espiritual. Nossa alma, quando se ajeita muito, se ajeita demais, perde essa dimensão de ir em direção da promessa e em vez de caminhar em direção da promessa, carrega a promessa e possui a promessa. E não deve ser assim, isso não é realmente cristão”

Que visão e clareza deste nosso Papa Francisco, não é mesmo?!
Nós cristãos devemos “ser guiados”…Isso significa que não devemos recorrer aos meios de Superstição que o mundo, e que o Demônio muitas vezes nos oferece para “descobrirmos” o nosso futuro, para sabermos o que irá acontecer conosco, com a nossa família, com a nossa vida afetiva, profissional e etc…
Muitas pessoas tem caído nas armadilhas do Demônio, exatamente porque não conseguem viver a realidade da confiança em Deus de serem guiados por Deus num caminho de Fé!

Nós cristão devemos rejeitar todos estes tipos de recursos voltados a Superstição, à Magia, à Adivinhação, à consulta aos Mortos e todos e qualquer tipo de realidade que envolva o Ocultismo…

Devemos recordar o que o Catecismo da Igreja Católica também nos ensina sobre estas realidades:

§2116 Todas as formas de adivinhação hão de ser rejeitadas: recurso a Satanás ou aos demônios, evocação dos mortos ou outras práticas que erroneamente se supõe “descobrir” o futuro. A consulta aos horóscopos, a astrologia, a quiromancia, a interpretação de presságios e da sorte, os fenômenos de visão, o recurso a médiuns escondem uma vontade de poder sobre o tempo, sobre a história e, finalmente, sobre os homens, ao mesmo tempo que um desejo de ganhar para si os poderes ocultos. Essas práticas contradizem a honra e o respeito que, unidos ao amoroso temor, devemos exclusivamente a Deus.

§2117 Todas as práticas de magia ou de feitiçaria com as quais a pessoa pretende domesticar os poderes ocultos, para colocá-los a seu serviço e obter um poder sobrenatural sobre o próximo – mesmo que seja para proporcionar a este a saúde – são gravemente contrárias à virtude da religião. Essas práticas são ainda mais condenáveis quando acompanhadas de uma intenção de prejudicar a outrem, ou quando recorrem ou não à intervenção dos demônios. O uso de amuletos também é repreensível. O espiritismo implica freqüentemente práticas de adivinhação ou de magia. Por isso a Igreja adverte os fiéis a evitá-lo. O recurso aos assim chamados remédios tradicionais não legitima nem a invocação dos poderes maléficos nem a exploração da credulidade alheia.

Penso que tenha ficado claro…Para um bom entendedor, pingo é letra!

 Deus abençoe você!

– Nos siga no Instagram
– Acompanhe também nossa Pagina no Facebook
– Se inscreva em nosso canal no Youtube
– Me acompanhe diariamente pelo Twitter

Leia também:

1. A força do Rosário contra os Demônios

2. Minha vida precisa mudar!

3. Oração de Libertação I

——————————————————————————————————————————

Danilo Gesualdo, é membro da Comunidade Canção Nova e atua junto ao Ministério de Cura e Libertação, residindo em nossa sede em Cachoeira Paulista.
* Agendamentos para atendimentos de Oração (em casos de Libertação), envie um e-mail para:
casademaria@cancaonova.com 

* Para solicitar missões para o seu evento, paróquia e demais, envie um e-mail:

agendaleigos@cancaonova.com
* Para outros tipos de contato e solicitações envie um e-mail para:
livresdetodomal@cancaonova.com

 

Comments

comments