Venha viver conosco a 2ª Volta do Cerco de Jericó!
Já se programe… Faça a sua caravana… Chame sua família…
#Divulgue #Compartilhe

Abril

Toda primeira sexta-feira do mês temos a Missa em Honra ao Sagrado Coração de Jesus.

Missa Sagrado Coração

 (Rua Açu, 335, Tirol – Natal/RN- ao lado da Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Apresentação)
Informação: (84) 3201-1689

Pe. Gentil

Celebrante: Padre Gentil,

 

SagradoA devoção ao Sagrado Coração de Jesus é muito antiga; os Padres da Igreja já falavam dela; tudo brota daquele Coração
“manso e humilde” que por nós foi transpassado pela lança do soldado
Longuinho, na Cruz do Calvário. Dele saiu sangue e água, símbolos do batismo e da Eucaristia, e também da Igreja, Esposa de Cristo, que nasce do lado aberto do novo Adão, como Eva nasceu do lado aberto do primeiro.

Após uma fase de eclipse, esta devoção ganhou novo impulso após as visões de Santa Margarida Maria Alacoque (1647-1690), difundidas por seu confessor São Claude de la Colombière (1673-1675). Era uma época difícil, onde havia uma heresia chamada Jansenismo, de Jansen, que pregava um cristianismo triste, onde poucos se salvavam, onde se disseminava um medo de receber Jesus eucarístico, etc.

Para eliminar essa tristeza Jesus mostrou seu Coração humano e misericordioso a Santa Margarida, como tábua de salvação para todos os pecadores que nele confiassem.

Santa Margarida Maria Alacoque foi uma  freira que nunca transpôs os muros do seu convento das visitandinas de Paray-le-Monial da Ordem da Visitação de Santa Maria, instituição religiosa fundada por São Francisco   de Sales (1567-1622) e Santa Joana de Chantal (1572-1641), morrendo antes de completar 45 anos, em 17 de outubro de 1690, sendo  canonizada em 1920, pelo papa Bento XV. Recolhida, em profunda oração, pela porta do tabernáculo saiu uma espécie de vapor que foi se transformando na figura de homem que se encaminhou até ela e ali na sua presença abriu a túnica que lhe cobria o peito,  lhe mostrando o coração  em chamas inextinguível e lhe disse:

“Eis aqui o coração que tanto amou os homens e pelos quais e tão mal correspondido pelo menos tu, filha minha, chora pelos que me ofendem, geme pelos que não querem orar, imola-te pelos que renegam e blasfemam contra o meu santo nome. Prometo-te na grandeza do meu amor que abençoarei os lares que neles me hospedem, que os que comungarem durante nove primeiras sextas-feiras seguidas, não morrerão sem receber os sacramentos da penitência e da Eucaristia.”breviariodaconfianca

Depois de 150 anos de enormes dificuldades impostas especialmente pelos jansenistas e o terror da Revolução Francesa, em 1856, Pio IX instituiu a festa litúrgica do Sagrado Coração de Jesus, propondo, segundo a recomendação dos santos, a consagração do mundo ao Coração de Jesus. Duzentos anos depois que Santa Margarida pediu ao Rei Luís XIV a consagração da França ao Coração de Jesus, o grande presidente do Equador, Gabriel Garcia Moreno, consagrou seu país em 1873, ao Coração de Jesus.

Vários Papas incentivarem esta devoção através de encíclicas. Atualmente a festa do Sagrado Coração na sexta-feira após a festa de Corpus Cristi.  Leão XIII na “Annum Sacrum” (1899), deixou-nos a Oração para consagração ao Sagrado Coração. Pio XI na “Miserentissimus Redemptor” (1928); Pio XII na “Haurietis aquas” (1956); João Paulo II na “Redemptor Hominis” (1979) e Bento XVI em carta ao Pe. Kolvenbach Geral da Comapanhia de Jesus, falaram da importância dessa devoção. Em 1872, Pio IX concedeu indulgências especiais aos que portassem o escapulário com a imagem do Sagrado Coração.

A piedade ligada ao Coração de Jesus está em  união com a devoção ao Imaculado Coração de Maria. Muitos santos recomendaram esta devoção: São João Eudes, Santa Margarida Maria Alacoque, São Luís Grignion de Montfort, Santa Catarina Labouré e São Maximiliano Kolbe.

Numerosas foram às promessas do Sagrado Coração de Jesus sendo as mais admiráveis  as seguintes:

1 – Eu lhes darei todas as graças necessárias ao seu estado de vida.

2 – Eu farei reinar a paz em suas famílias.

3 – Eu os consolarei em todas as suas aflições.

4 – Serei seu refúgio seguro durante a vida e sobretudo na morte.

5 – Derramarei muitíssimas bênçãos sobre todas as suas empresas.oracoesdetodosostemposdaigreja

6 – Os pecadores encontrão em meu Coração a fonte e o mar infinito da misericórdia.

7 – As almas tíbias se tornarão fervorosas.

8 – As almas fervorosas elevar-se-ão rapidamente a grande perfeição.

9 – Abençoarei Eu mesmo as casas onde a imagem do meu Coração estiver exposta e venerada.

10 – Darei aos sacerdotes o dom de abrandar os corações mais endurecidos.

11 – As pessoas que propagarem esta devoção terão os seus nomes escritos no meu Coração e dele nunca  serão apagados.

12 – No excesso da misericórdia do meu amor todo poderoso darei a graça da perseverança final aos que comungarem na primeira sexta feira de nove meses seguidos.

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.

quaresma-1Durante esse tempo especial de purificação e santificação, contamos com diversos meios propostos pela Igreja que nos ajudam a viver a dinâmica quaresmal.

Antes de tudo, a vida de oração é condição indispensável para o encontro com Deus. Na oração, quando o cristão inicia um diálogo íntimo com o Senhor, a graça divina penetra em seu coração e, a semelhança da Virgem Maria, se abra à ação do Espírito cooperando com ela com sua resposta livre e generosa (cf.Lc 1,38).

Como também devemos intensificar a escuta e a meditação atenta à Palavra de Deus, a assistência frequente ao sacramento da reconciliação e a Eucaristia, e mesmo a prática do jejum, segundo as possibilidades de cada um.

A mortificação e a renúncia nas circunstâncias ordinárias de nossa vida também constituem um meio concreto para viver o espírito de Quaresma. Não se trata tanto de criar ocasiões extraordinárias, mas de saber oferecer aquelas circunstâncias cotidianas que nos são incômodas, de aceitar com alegria os diferentes contratempos que nos são apresentados no dia a dia. Da mesma maneira, o saber renunciar a certas coisas nos ajuda a viver o desapego e o desprendimento. Dentre as diversas práticas quaresmais que a Igreja nos propõe, a vivência da caridade ocupa um lugar especial. Assim nos recorda São Leão Magno: “Estes dias de Quaresma nos convidam de maneira apremiante ao exercício da caridade; se desejamos chegar à Páscoa santificados em nosso ser, devemos por um interesse especialíssimo na aquisição desta virtude, que contém em si as demais e cobre multidão de pecados”.

Esta vivência da caridade deve ser vivida de maneira especial com aqueles a quem temos mais próximos, no ambiente concreto em que nos movemos. Assim, vamos construindo no outro “o bem mais precioso e efetivo, que é o da coerência com a própria vocação cristã” (João Paulo II)

No vídeo abaixo, o Prof. Felipe Aquino faz uma reflexão sobre como viver a Quaresma com um verdadeiro espírito penitencial.

Confira:

“Rita sois dos impossíveis de Deus muito estimada, Rita é minha protetora, Rita é minha advogada”.

Missa Santa Rita

Casa de Evangelização da Canção Nova Natal/RN
Rua: Açu, 335 , Tirol.
Informação: (84) 3201-1689

Celebrante Padre Felipe.

Na próxima segunda-feira (18/01/2016) voltaremos com as atividades da Casa de Evangelização.

*** Grupo de C12443524_880316422084907_1574988621_oura Interior na Segunda-feira às 19h;

 

***Santa Missa: <Terça-feira 12h em honra a São Miguel>

                         <Quinta-feira 12h em honra a Santa Rita de Cássia>

 

*** Adoração ao Santíssimo Sacramento: Segunda à Sexta-feira das 08 as 12h.

 

Vem rezar conosco!

 

Endereço: Rua Açu, 335, Tirol , Natal/RN

^983FCCC71F7C938691BFF6CF762E7E772CCE629DAA9F95A967^pimgpsh_fullsize_distr

 

Santa Missa - CANCELADA
 
Gostaria de comunica-los que NÃO vai ser possível a vinda do Padre Edimilson para celebrar a Santa Missa assim como estava combinado dia 14/12…
Mas não fique triste que logo logo trago novidades para vocêa respeito de 2016!
 
Deus abençoe!
#TAMUJUNTOS