Estar na Casa de Maria é voltar ao colo da Mãe

Tive a graça de morar na Casa de Maria em 2009, em meu segundo ano de formação inicial da Canção Nova, o Discipulado.

Começo aqui com minha primeira experiência na casa de Maria: Assim que cheguei aquela casa para iniciar o meu discipulado, no primeiro momento que pisei aquele solo, Deus já foi me surpreendendo.

Cheguei num domingo à tarde e fui subindo a escada em direção a Capela. Enquanto subia, sentia a presença do nosso Fundador Monsenhor Jonas Abib caminhando comigo em cada degrau. Falava-me: “Aqui você será feliz, aqui é a casa de Maria, portanto, a sua casa. Foi a Virgem Maria quem lhe trouxe para cá, estou feliz porque ela lhe trouxe para viver esse tempo. Aqui você será formada”.

Fiquei muito tocada com aquele sentimento e não entendia o porquê, visto que o fundador já não morava mais ali. Guardei no coração.

Depois de algum tempo, em uma das formações comunitárias, nossa mestra da época (Maria Cristina) partilhou que um dos padres da nossa comunidade que estava visitando a Casa de Maria constatou que é possível perceber naquela casa, muito fortemente, a presença do fundador. Naquela hora entendi a mística que existe na Casa de Maria. É o lugar do encontro. Encontro com Deus, encontro com a Virgem Maria, encontro com os irmãos e com o Carisma.

Morando naquela casa, ouvi muitas vezes dos meus irmãos de turma, as experiências que faziam com a Virgem Maria e eu sempre desejei também viver estas experiências. Num certo dia, enquanto o Padre Roger Luís celebrava a Santa Missa muitos de nós, senão todos, sentimos e percebemos durante a Missa a presença da Virgem Maria em nosso meio. Um após o outro foi confirmando esta presença com sentimentos, imagens, etc. Foi um momento muito forte que depois gerou grandes partilhas. Saímos todos muito tocados daquela missa, pois a Virgem Maria não somente nos visitou, mas permaneceu conosco.

Aprendi e toquei na realidade que a Casa de Maria é também a Casa da Acolhida e do Serviço. Somos servos da Casa de Maria.

Hoje morando em outra frente de Missão da Canção Nova, atualmente em São José do Rio Preto, retomo sempre: Sou serva da Casa de Maria. Em qualquer missão que eu me encontre, sou serva da Casa de Maria. Toda a Canção Nova é também a Casa de Maria.

Lembro-me que no período em que lá morei, aprendi com a Virgem Maria o caminho da capela, aprendi a não perder tempo para rezar. Foi ela quem me ensinou a viver o silêncio e a oração.

A Casa de Maria também é para mim o lugar do meu repouso e da retomada. Maria sempre me atrai à sua casa. Todos os anos, aproveito meu período de descanso para me refazer no colo da Mãe, para rezar, para encontrar-me com Deus e com os irmãos. Cada vez que eu vou é uma surpresa, uma experiência nova. Deus é criativo e Maria também é criativa. Lá me sinto à vontade, me sinto filha.

Quando lá eu chego, parece que nunca saí. Envolvo-me na dinâmica da casa, convivo com os meus irmãos. É muito bom estar na casa de Maria. Maria sempre atrai os seus filhos à sua casa, porque a casa da mãe é o lugar dos filhos.

Arlane Moreira
Canção Nova – São José do Rio Preto/SP

Veja também:

.: “Muitas vezes começar tudo de novo”
Post de Maurício Cataldo, da mesma turma da Arlane Moreira

Fazenda Morada do sol, Areias (SP): o lugar onde tudo começou…

“Era tudo em extrema simplicidade, parecido com um presépio. Durante muito tempo, aquele era o local das galinhas botarem ovos. Quando chegavam os ‘invasores’, nos finais de semana, e tomavam conta da capela, as galinhas ficavam atrapalhadas”, conta o diácono Nelsinho Corrêa acompanhando a turma de discipulado 2012 ao visitar a fazenda onde começaram os primeiros encontros promovidos pelo padre Jonas Abib. [Conheça melhor a história]

Primeiro os 30 minutos de viagem de Queluz (SP) à Areias (SP)

Oração e emoção por estar no local que era usado como capela pelo padre Jonas Abib nos primeiros encontros com jovens na década de 70

A simplicidade gera alegria verdadeira

Na "antiga sala de palestras" diácono Nelsinho Correa conduz orações com os jovens discípulos como padre Jonas Abib fazia há 40 anos

Mais que uma pose para fotos: um olhar de dentro para fora...

Turma completa de discípulos CN 2012, no local onde eram feitas as fotos oficiais dos encontros de jovens promovidos pelo padre Jonas Abib, em Areias (SP)

:::::::: Assista também: vídeo especial sobre o “Presépio da Canção Nova” ::::::::