Quaresma

A Quaresma que iniciamos seja entendida como um processo de educação e formação

Com a Igreja olhamos para a Páscoa! Começa uma estrada rica de ensinamentos e de prática intensa da vida cristã, tempo de treinamento nas virtudes, exercício da caridade, oração fervorosa e penitência abraçada como caminho de perfeição, ao qual todos nós somos chamados.

A vida nova pascal não se improvisa com a celebração da Grande Vigília da Ressurreição. Inclusive o grau de disponibilidade para a vivência cristã autêntica é condicionado pela prática quaresmal vivida com autenticidade, em vista da identificação com Cristo.

A Quaresma que iniciamos seja entendida como um processo de educação e formação para nos mergulhar no Ministério Pascal de Cristo. O querigma, com o qual se proclama o desígnio salvífico que se realiza na Morte e Ressurreição de Cristo, é apresentado de forma intensa neste período.

Quaresma não é tempo de fatos ou fenômenos extraordinários, com muita gente tem receio. Pode até acontecer que algumas pessoas “peguem carona” na Quaresma da Igreja para espalhar o medo ou anúncio de dificuldades ou catástrofes.

Foto/pixabay.com

Igreja quer ser a Casa da Misericórdia para todas as pessoas

É bom saber que os dias e a estações continuam do mesmo jeito que as pessoas ao nosso lado podem não estar nem aí para nossos atos de piedade e práticas quaresmais. Sentir-se-ão atraídas à vida da Igreja quando virem nosso testemunho coerente de vida cristã. Aí muitas outras pessoas desejarão fazer mortificações e jejuns, dedicarão mais tempo à oração e se converterão ao amor de caridade.

Como a Quaresma depende de escolha, nosso convite chegue a todos os cristãos, assim como tantos homens e munheres de boa vontade, para que abram os corações e as mentes a Jesus Cristo, Senhor e Salvador da humanidade, Caminho, Verdade e Vida. Nele esta a fonte de toda felicidade. Seu amor misericordioso quer alcançar a todos, sem exceção. Ele não se cansa de perdoar e acolher as pessoas. A Igreja quer ser a Casa da Misericórdia para todas as pessoas, especialmente para quem se sente estropiado e cansado pelas labutas da vida.