amigodoceu

João XXIII

PAPA-JOAO-XXIII-BUm Santo com Açúcar…

Ele era um fofo… Por dentro e por fora! KKK…. Mas quando precisava, também sabia ser muito corajoso...

Naquela idade (já era bem velhinho quando foi Papa) teve uma idéia genial que revolucionou a nossa Igreja: o Concílio Vaticano II, reunindo bispos do mundo inteiro para discutirem o que era realmente importante ficar e o que precisava mudar na Igreja Católica. Ele não viveu para ver o final do Concílio, mas viveu o suficiente para “chacoalhar“ a mangueira: a Santa Missa passou a ser celebrada na língua de cada povo e não mais em latim como era e uma porção mais de mudanças do que podia ser mudado, porque o que Jesus ensinou a Igreja não muda: amar, perdoar, partilhar!

Papa João XXIIIFoi depois do Concílio que surgiram todos os lindos movimentos e as novas comunidades, como os Focolarinhos por exemplo, na Igreja. 

João XXIII estava sempre de bom humor, sempre atento a necessidade dos outros: perguntando pela família, se estavam todos bem a quem passasse pela frente… Ficou conhecido como “o papa bom”!

Papa João XXIII crianças 2Quando eleito Papa, porque era gordo, nenhuma roupa lhe coube direito das que estavam preparadas esperando o final da votação, até mesmo a GG ficou apertada. Olhando no Espelho o Papa João XXIII disse:“Se Jesus já sabia que eu seria Papa e numa época em que já inventaram a televisão, bem que poderia ter-me feito mais bonito!” (kkk…)

Papa João XXII sorrindoIE por falar em televisão, certa vez, falando pela Rádio e Televisão Italiana, disse: “Queridos filhinhos, voltando para casa, encontrareis suas crianças. fazei-lhes um carinho e dizei que é um carinho do papa. Encontrareis alguma lágPapa João XXIII crianças 3rima para enxugar: confortem-os com uma boa palavra e digam que o papa está com vocês sobretudo nas horas de tristeza e amargura”.

Ele foi o primeiro dos Papas que quebraram protocolos (costumes que existiam a séculos, desde o tempo de reis e rainhas) no Vaticano, do tipo: não era permitido ao papa sair sozinho, nem mesmo no jardim, mas João XXIII sempre dava um jeitinho de fugir dos guardas suíços. Numa dessas, um dia se perdeu e, em um corredor, deu de cara com um peregrino que levou o maior susto por o encontrar. O Papa perguntou: “Você está perdido? Eu também.”

Papa João XXIII crianças 1Foi nessas “fugidas” que descobriu que os salários da cozinheira, das faxineiras, do jardineiro, estavam baixos. Então subiu esses salários e, detalhe, baixou o salário dos funcionários dos altos cargos dentro do Vaticano, que estavam ganhando um pouco demais para o seu gosto.

Também passou a sair pela cidade visitando cadeias e hospitais, gesto que os Papas que vieram após ele continuaram a fazer.

A verdade, é que ele continuou como Papa a ser o que sempre foi…

Antes de ser Papa

Seu nome de batismo era Angelo Giuseppe Roncalli. Quando Bispo, viveu na Bulgária, a população búlgara era de maioria ortodoxa e não tinham boa idéia dos católicos.

Roncalli terremoto PlovdivLogo que chegou na Bulgária, soube que haviam explodido uma bomba na Catedral Ortodoxa de Sofia, numa tentativa de matar o Rei Boris III. Os feridos foram internados num hospital católico que tratavam gratuitamente todas as pessoas, independentemente da sua religião. Dom Angelo Roncalli, como era seu nome, foi logo visitar os feridos, deixando os Ortodoxos impressionados, pois achavam que os católicos não se importariam.

Angelo Giuseppe Roncalli  4Dom Roncalli também teve a coragem de visitar uma vila onde católico por ali, era recebido a pedradas. Houve um terremoto e tudo nesse bairro ficou destruído, Dom Roncalli distribuiu comida e outros produtos para as vítimas. Até dormiu nas tendas de emergência, juntamente com os desalojados, para lhes dar conforto e esperança. Até chegou a vender algumas obras de arte da Catedral Católica, para ajudar a reconstruir a Igreja Ortodoxa que o terremoto deixou em ruínas, aí ganhou o coração do povo.

Angelo Giuseppe Roncalli  7Durante a segunda guerra mundial os nazistas perseguiram e mataram 6 milhões de Judeus e 10 milhões de cristãos morreram em toda Europa, foi uma coisa muito triste. João XXIII, que nessa época o Cardeal Angelo, coordenou um grupo de agentes cristãos e judeus que salvaram 80 mil judeus os ajudando a fugir para a Palestina. Só com certificados de batismo e documentos falsos foram 100 mil judeus que salvaram.

Angelo Giuseppe Roncalli  5Quando saiu da Bulgária, todo o povo: judeus, católicos ou ortodoxos, o acompanharam pelo caminho com velas acesas, em sinal de gratidão.

Por onde passou, fez o bem: pela Bulgária, Turquia e Grécia como Visitante Apostólico; como Núncio Apostólico em Paris na França; como Cardeal-Patriarca de Veneza.

Foi esse homem, de coração maior do que ele que Deus escolheu para governar nossa Igreja entre 1958 e 1963.

Na noite de quinta-feira, 11 de outubro de 1962, aos numerosíssimos fiéis e peregrinos que participaram da vigília organizada para a abertura do Concílio Vaticano II.

João XXIII cCaros filhinhos, ouço as vossas vozes. A minha é apenas uma, mas condensa a voz do mundo inteiro. Todo o mundo está aqui representado.

Parece que até a lua antecipou-se esta noite – observai-a no alto – para contemplar este espetáculo. É que encerramos uma grande jornada de paz. Sim, de paz: Glória a Deus e paz aos homens de boa vontade.

A minha pessoa não conta para nada, quem vos fala é um irmão, que se tornou pai por vontade de Nosso Senhor, mas tudo junto – paternidade e fraternidade – é graça de Deus, tudo, tudo.

Angelo Giuseppe Roncalli  6Continuemos, pois, a amar-nos, a querer-nos bem, a querer-nos bem; olhando-nos mutuamente no encontro, recolhendo aquilo que nos une, deixando de lado qualquer coisa que nos possa criar dificuldade: nada. Fratres sumus .

Esta manhã aconteceu um espetáculo que nem a basílica de São Pedro, que tem quatro séculos de história, alguma vez pôde contemplar.

Honremos as impressões desta noite. Que os nossos sentimentos permaneçam sempre como agora os manifestamos diante do Céu e da terra. Fé, esperança, caridade, amor de Deus, amor de irmãos. E assim, todos juntos, mutuamente apoiados, na santa paz do Senhor, nas obras do bem.

Angelo Giuseppe Roncalli 1Quando regressardes a casa, encontrareis os vossos meninos. Fazei uma carícia às vossas crianças e dizei: «esta é a carícia do Papa». Encontrareis algumas lágrimas por enxugar, fazei alguma coisa… dizei uma boa palavra: «o Papa está conosco, especialmente nas horas de tristeza e de amargura».

E assim, todos juntos, animemo-nos, cantando, suspirando, chorando, mas sempre, sempre cheios de confiança em Cristo que nos ajuda e nos escuta, para avançarmos e retomarmos o nosso caminho.

E, agora, tende a gentileza de atender à bênção que vos dou e também ao boa-noite que me permito desejar-vos.

 João XXIII explicando a função do Papa aqui…

http://youtu.be/MV8x8iLK5Xo

Filme de sua vida aqui…

http://youtu.be/blcZ7n3xHMc

PAPA-JOAO-XXIII-colorirQuer colorir meu desenho? Clica nele para ampliar e imprimir…

 Papa João XXIII a“O conhecimento da minha pequenez e do meu nada foi o meu bom companheiro de sempre. Este é o mistério de minha vida.”assinatura

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2014/04/23/joao-xxiii/

amigodoceu

José de Anchieta

São José de Anchieta: da História para o Céu!


Finalmente nosso querido José de Anchieta passa a ser considerado “Santo”, canonizado pelo Papa Francisco dia 3 de abril de 2014… Viva!!!

Provavelmente você já ouviu falar dele: é um herói  famoso na História do Brasil. Isso por ser um dos fundadores da cidade de São Paulo e por ter promovido a paz entre os índios Tamôios e Tupis. Mas… Porque esse carinha saiu das páginas do seu livro de história direto para o Céu????

CURIOSIDADES

Aventureiro

Embarcou num navio em uma longa, viagem perigosa, sem volta. Nunca mais viu seus pais e amigos e isso com apenas 19 anos. E mais, ir para uma terra desconhecida selvagem, sem nenhum conforto. Foi o que fez um garoto, chamado José de Anchieta.

Carinha Inteligente…

Pouco tempo depois que chegou ao Brasil, já sabia falar o Tupi-guarani e ainda, escreveu uma gramática nessa língua para ensinar seus colegas missionários.

Legal!

Ele foi um dos primeiros catequistas do Brasil. Suas aulas eram super divertidas, pois eles cantavam, faziam teatros, dançavam, declamavam poesias…

Vai Encarar?

Para ser ordenado sacerdote, ele teve que andar pela praia, de São Paulo até a Bahia. Já velhinho e com os pés feridos e inchados, apoiando num pedaço de pau ou no lombo de um burro, ele fez o mesmo caminho, celebrando missas, casamentos, batizado em todas as aldeias que passava.

Não é fraco não!

Ressuscitava os mortos, curava os doentes, fazia milagres, levitava, sabia o que ia no coração das pessoas, antes que falassem… Na verdade, não era ele que fazia essas coisas, esse poder vinha de Jesus que amava os índios e queria que eles o conhecessem.

E, se você acha que ser um dos primeiros missionários do Brasil moleza, olha a carta que ele escreveu para seu primo Santo Inácio de Loyola:

E, para completar, além de tudo isso, José de Anchieta tinha um excelente bom humor. Teve uma vez que ele estava em uma canoa entre portugueses e índios e… Bom, se você quiser  saber mais, essa história também está em meu livro…

Tem também aquela de Anchieta e um pato… (Ehehehe…) Essa se você quiser conhecer, tem que assistir no Amigos do Céu

 

 

 

 

A história é muuuito legal, não é?! Tem até o game dela para colorir meu desenho online, é só clicar no lápis…

Olha o desenho que eu pintei pra você… Gostou?

Agora você pode clicar no desenho a baixo  para ampliar, imprimir e colorir…


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2014/04/01/jose-de-anchieta/

amigodoceu

Vamos brincar com o Coelhinho?!

Enquanto Esperamos a Páscoa…

Esse negócio de coelho botar ovos vem de uma longa história, desde que ele se tornou um símbolo da Páscoa e eu conto como (clique aqui para saber)

Gosto muito de brinquedos de papel para recortar e colorir, esse eu que criei. Clique neles para ampliar, imprimir, recortar e montar…

coelhinho-para-montar-coorir-_tia-Adleitacoelhinho-para-montar-_tia-Adleita

Esses coelhinhos são muito antigos, são bonecos de vestir, as crianças que brincaram com eles já são vovôs e os artistas que os desenharam moram no Céu, mas acho que você vai gostar de brincar com eles também, é só clicar neles para ampliar, imprimir e recortar…pascoa3C5AE406

 

Um dos coelhos mais famosos que existem é Peter Habbit da autora e desenhista Helen Beatrix Potter. Ela escreveu e ilustrou seu primeiro livro dele em 1900… Faz tempo. Olha que fofo, pra você colorir, é só clicar no desenho para ampliar, imprimir e colorir…

peter_colouring

Quando eu era criança, montei uma cestinha de papel na escola, em forma de coelhinho. Na verdade, todos os anos eu fazia em casa uma cestinha, com caixa de sapatos e frajas de papel celofane colorido, para meus ovos de Páscoa… cesta pascoa franjas

Que tal montar uma cestinha, igual a minha, em forma de  coelhinho?! Nos olhos eu colei um botão vermelho e no corpo algodão…Olha o molde e modelo aí…

coelho-pascoa-tia-adelita

Outra brincadeira legal, é o Origami, inventada pelos japoneses, olha esse coelhinho (da Intermediate Models). Arrume uma folha de papel quadrada e mãos a obra…

origami-rcoelho-completocoelho_papercraftAchei uma porção de outros coelhinhos, bem mais complicadinhos de montar, mas tão lindos que vale a pena gastar tempo com eles no site Creative Park da Canon

 

Agora, depois de tanto coelhinho, não esquece que eles são só um símbolo da Páscoa porque eles tem muuuuuuitos filhos, assim como o Papai do Céu tem muuuuuuuuuitos filhos que nascem pelo batismo, desde que Jesus deu a vida por nós na Cruz.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2014/03/19/enquanto-esperamos-a-pascoa/

amigodoceu

Valei-me São José

Eu Sou fã de São José

Tudo sobre São José: a Tia Adelita contando sua história no programa Amigos do Céu e desenhos para colorir… (clique aqui para abrir)postal-São-José-3---Tia-Adelita

Pai do Coração

Sabia que Jesus teve um Pai do Coração?! Descubra como.. (clique aqui para abrir)postal-São-José2---Tia-Adelita

A Sagrada Família

Jesus, Maria e José, minha família vossa é! Saiba mais como viviam… (clique aqui para abrir)

postal-sagrada-familia-colorir-_tia-Adelita

 

 

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2014/03/19/valei-me-sao-jose/

amigodoceu

Irmã Lúcia

A Pequena Pastorinha de Fátima

lucia-tia-adelitaEla foi uma dos 3 pastorinhos que viram Nossa Senhora de Fátima em Portugal. Foi para o Céu no dia 13 de fevereiro de 2005, já bem velhinha, de bengalinha, era divertida, alegre e continuava a ver Nossa Senhora. Conheça a história de sua infância: a visão de Nossa Senhora; como a mãe a educava e sua linda Primeira comunhão.

Agora voce pode colorir meus desenhos, é só clicar neles para imprimir…lucia-pastorinha-tia-adelita

 

 

Quer colorir online esse joguinho? Clique nele para abrir… Quer assistir a minisérie “Os 3 Pastorinhos” que fizemos com marionetes para aTV Canção Nova? Assista aí…

Clique aqui para assistir todos os episódios.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2014/02/14/irma-lucia/

amigodoceu

Hoje é Dia de Nossa Senhora de Lourdes…

Viva Nossa Senhora de Lourdes!postal-imaculada-conceição_tia-AdelitaDia de orarmos por nossos doentes… Saiba porque…

postal-Santa-Beranardete-Soubirous2E a linda história de Santa Bernadete Soubirous para crianças com desenhos para colorir (clique aqui)

postal-Santa-Beranardete-Soubirous

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2014/02/11/hoje-e-dia-de-nossa-senhora-de-lourdes/

amigodoceu

São Tomás de Aquino

Tomás de Aquino, o menino que quis saber quem é Deus

Epostal-tomas-aquino-_-Tia-Adelitara uma vez uma linda condessa italiana que vivia em um castelo, ela já tinha muitos filhos quando apareceu no castelo um velhinho chamado Buono, ele disse: “Condessa Teodora, Jesus me disse que irá ser mãe mais uma vez, de um menino que se chamará Tomás, ele será Frade da Ordem dos Pregadores e terá santidade e ciência tão grande que não haveria igual.

Foi assim que nasceu em 1225 São Tomás de Aquino! Quer ver sua históra? Eu contei no “Amigos do Céu”…

E Também contei essa história para nossa Play TV CN (Web TV CN)…

A História de São Tomás de Aquino para ler…

Aos 5 anos de idade Tomás foi mandado por sua mãe, para estudar no convento dos monges beneditinos, chamado Monte Casino, onde ele passou a morar. 

E ele não ficou com saudade de casa?

Era o costume da época. poucos meninos tinham o privilégio de estudar, não haviam escolas e quem queria estudar, tinha que morar no único lugar onde as pessoas sabiam ler e escrever e possuíam livros: os mosteiros!

E desde quando o Tomás passou a se interessar por livros?

Thomass.lEntão, aos 5 anos, lá no convento dos monges beneditinos Vendo um monge passar pelo corredor, puxou a manga de seu hábito e lhe perguntou: “Quem é Deus?” O monge respondeu de qualquer jeito, porque era só um menininho perguntando.

Qual é a dele? ele não sabe que os meninos são inteligentes…

Tomás Descontente com a resposta, esperou passar outro monge e perguntou também a ele. e a outro, e a outro, mas ninguém conseguia dar uma explicação porque Tomás achava as palavras dos monges menos que à idéia de Deus que ele trazia no coração!

Aí tomás!

Então um monge disse ao menino que não importava intender, bastava ter fé. Mas Tomás, respondeu: “Justamente porque tenho fé quero saber mais, quero entender!”

Tomás é dos meus!

Aos 10 anos, Tomás foi enviado para estudar na Universidade de Nápoles gramática, dialética, retórica e filosofia. ele era um gênio!

Foi lá que conheceu os padres dominicanos e ficou entusiasmado com a comunidade. Era na Ordem dos Pregadores, recém fundada por São Domingos e decidiu: quero ser um dominicano.

Só que a sua família foi totalmente contra… Sua mãe disse: O que??? o filho do conde, parente de reis, quer ser frei dessa ordenzinha pobre, recém fundada? se ao menos fosse um Arcebispo de Nápoles…

Mas Tomás era decidido, Aos 14 anos entrou na Ordem dos Frades Pregadores. Quando sua mãe soube, nem lembrou da profecia do velho buono, se encheu de fúria e quis tirá-lo à força.

Tomás Fugiu para Paris, seus irmãos foram atrás, o amarraram e o trouxeram para o castelo. Após tê-o espancado brutalmente, tentaram arrancar seu hábito religioso. Tomás aguentou firme e disse aos irmãos: “É uma coisa abominável querer repreender os Céus por um dom que de lá recebemos”.

Assim capturado, levaram-no à mãe, a qual tentou fazê-lo abandonar seu propósito. Na incapacidade de convencê-lo, mandou suas duas filhas tentarem convencer a qualquer preço o irmão “rebelde”. Com palavras sedutoras, elas lhe mostraram as mil vantagens que o mundo lhe oferecia, mas ele falou tão lindo do amor que ele tinha por jesus que no lugar de o convencerem saíram convencidas e uma delas decidiu fazer-se religiosa e partiu para o convento.

Então o conde tomou uma medida drástica: prendeu-o na torre do castelo de Roccasecca, com o intuito de mantê-lo encarcerado enquanto não desistisse de sua vocação. Em completa solidão, o adolescente Tomás passou ali, preso na torre dos 14 aos 16 anos e nem assim desistiu de sua vocação.

Os frades dominicanos o acompanhavam espiritualmente através de orações e enviavam livros e novos hábitos que lhe chegavam às mãos por intermédio de suas irmãs.

Tomás de AquinoDois de seus irmãos montaram um plano diabólico: enviaram à torre uma moça muito bonita a quem pagaram para que ela tentasse a Tomás que a namorasse. Vendo a mulher aproximar-se tentando agarrá-lo: “Me de só um beijinho…” – Tomás pegou na lareira um tição em chamas e com ele assustou a moça, que fugiu apavorada para salvar a própria pele. Tomás traçou com o mesmo tição em brasa uma cruz na parede, ajoelhou-se e renovou sua promessa de castidade.

Nessa noite, Jesus e sua Mãe Maria o visitaram num sonho, durante o qual dois anjos o cingiram com um cordão celestial, dizendo: “Viemos da parte de Deus conferir- te o dom da virgindade perpétua, que a partir de agora será irrevogável”. É por isso que São Tomás recebeu o título de Doutor Angélico, doutor porque escreveu coisas muito sábias a respeito de Deus e angélico por sua pureza semelhante a dos anjos.

Um famoso pintor, Diego Velázquez pintou essa cena…

Saint_Thomas_Aquinas_Diego_VelázquezCom essa última investida dos irmãos, os condes seus pais, se convenceram que não havia como fazer Tomás desistir de ser um pobre frei dominicano e o deixaram partir, ele tinha só 17 anos.

Tomás levou a vida inteira estudando e pesquisando a resposta da pergunta que fez quando menino, com 5 anos: “Quem é Deus?”aquino-

E suas respostas, inspiradas pelo Espírito Santo, até hoje são estudadas pelos futuros padres, os seminaristas, nas faculdades de teologia do mundo inteiro. e o papa Leão XIII ordenou que os escritos de Tomás se tornassem obrigatórios para os futuros sacerdotes nos cursos de teologia no mundo inteiro.

postal-tomas-aquino-col-_-Tia-Adelita-Valei tanto ele lutar tanto por sua vocação.

São Tomás de Aquino, rogai por nós! Quer colorir são Tomás? Clique em seu desenho para ampliar e imprimir…


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2014/01/23/sao-tomas-de-aquino/

Santa Cristiana

Santa Cristiana, a Menina Escrava que Evangelizou um Rei

postal-sta-cristianai_-tia-AdelitaEla era apenas uma pequena escrava, mas conseguiu converter o rei, a rainha e todo o reino da Geórgia para o cristianismo através de grandes milagres e manifestação de Deus. Seu nome era Nina, mas todos a conheciam como “a Cristiana”. Assita sua linda história, você vai gostar… 

Clique no desenho para ampliar e imprimir…
postal-sta-cristiana-col_-tia-Adelita

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quer colorir online num joguinho?! É só clicar no desenho abaixo para abrir…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/12/15/santa-cristiana/

amigodoceu

Boas Festas!

Está tão pertinho agora… Celebre o Natal com os “Amigos do Céu”!


É advento… Esperamos a vinda do Senhor… http://goo.gl/TtHc1

advento

Pasmem… Papai Noel existe de verdade e mora no Céu! Conheça aqui sua história linda http://goo.gl/YvvNQe

 postal-papai-noel-_-Tia-Adelita

o-natal-de-joao-paulo-iiO Natal do beato João Paulo II (clique no jornalzinho ao lado para ampliar e ler) mais a linda história dele aqui http://goo.gl/K5n35

 

Sabia que Jesus teve um Pai do Coração?! Eu sou fã de São José, pai adotivo de Jesus… Ele esteve no primeiro Natal…
http://goo.gl/kffX4B

postal-São-José2---Tia-Adelita

O pequeno pastorzinho”. Quem escreveu essa história foi um freizinho Franciscano chamado Jacób, que a muito tempo foi para o Céu, ninguém sabe se é um conto de Natal, ou se aconteceu de verdade… Assista aí, é muuuuito muito linda… http://goo.gl/Vp6pst

 postal-pastorzinho-_tia-Adelita

A linda história do Presépio de São Francisco aqui http://goo.gl/OBWVO

 postal-presépio-francisco-_-tia-Adelita

Você sabe como comemoram o Natal pelo Mundo? Eu conto aqui http://goo.gl/ax7WW

 postal-natal-pelo-mundo-_tia-Adelita

bolinha de natalO pinheirinho e as bolinhas que o enfeitam, são Símbolos de Natal e você sabe porque?http://goo.gl/Vp6pst

 arvore-natal

ma grande alegria, um anjo do Senhor, Gabriel, foi enviado a uma virgem chamada Maria… Saiba quem era esse arcanjo aqui http://goo.gl/oImeB
Assim começou essa linda história de amor que vamos celebrar daqui a alguns dias… São Gabriel, rogai a Deus por nós…

 postal-sao-gabriel

Quando o fundador da comunidade Canção Nova era menino, amava o Natal. Sua failia não tinha dinheiro para comprar enfeites para o pinheirinho ou um presépio, mas isso não era problema para ele…O Presépio do Menino Jonas Abib aqui http://goo.gl/1LSH1

 postal-pe-jonas-menino-pinheirinho-_-tia-Adelita

Uma linda história que aconteceu… Nelsinho, o brasileirinho que foi para o Céu no Natal…http://goo.gl/7e01FZ

postal-nelsinho-santana

Pelo mundo inteiro na véspera do Natal ouvimos a linda canção “Noite Feliz”… A história dessa canção e de seu compositor aqui http://goo.gl/Zag24 É linda, tem tudo a ver com o Menino Pobrezinho que nasceu em Belém… Ela é meu presente de Natal para você…

presépio_-tia-Adelita

 cartao tia adelita natalEspero que você goste de todas essas histórias que preparei com muito amor. Quando eu era criança, fazíamos a Novena de Natal entre os vizinhos, e no último dia nós crianças apresentavamos uma peça de teatro que nós mesmas inventavamos. Que tal usar uma dessas histórias e fazer o mesmo na Novena de Natal de sua rua, ou na festa de Natal de sua família… Junte seus irmãos e primos… Vai ser muito divertido! Deus abençoe, e feliz Natal com Jesus, Maria e São José! Feliz Natal em família! Que o Menino Jesus nasça aí em seu coração!!!!!!!!

Com amor, tia Adelitacartao-de-natal-familia

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/12/10/boas-festas/

amigodoceu

São Martinho de Tours

Êba… Tem Festa!

O dia de São Martinho é muito comemorado pelas crianças em várias partes do mundo…

Em Portugal elas assam amendoas doces, dançam e cantam, comemoram a festa nas escolas…

Na Alemanha, uma semana antes do dia 11, as escolas e jardins de infância, começam a preparar as lanternas que as crianças mesmo fazem, para levá-las durante a procissão de São Martinho.

E quem foi esse carinha?

Ele viveu por aqui a muuuuuuuito tempo: em 316 na cidade de Sabaria, antiga Panónia onde hoje fica a Hungria. Seu pai era um soldado romano, por isso lhe deu o nome “Martinho”, em honra a “Marte”, o deus da guerra, em quem acreditava… Ninguém merece!

Seu pai era um general e treinava os soldados, foi morar na Itália com a família. Um dia. quando Martinho tinha 10 anos, estava brincando com um pião quando começou a chover e ele correu para a primeira porta que achou aberta, la estava um grupo de pessoas e um Bispo católico falava sobre Jesus. Achou tão lindo que resolveu ser cristão também.

Os pais de Martinho estavam preocupadíssimos, o procurando por toda parte, pois Martinho ficou dois dias com os cristãos. Quando voltou, não teve jeito de arrancar do menino onde esteve, por mais que perguntassem os pais, é que Martinho temia que o pai castigasse os cristãos.

Com seus novos amiguinhos cristãos brincavam de “apóstolos”. Um dia, brincando que eram pobres missionários que não tinham o que comer, comeram cogumelos, sem saber que eram venenosos. Graças a Deus o Bispo passava por ali e, orando por eles, os salvou.

Com 15 anos de idade, contra a própria vontade, Martinho teve que entrar no exército romano e foi enviado  para a Gália, região na atual França. Um dia Martinho, já vestido com sua roupa de soldado romano, corria em seu cavalo para figir do frio de da chuva, quando

O Milagre do Tempo Bom

Um dia São Martinho, ainda adolescente, encontrou um pobre mendigo na estrada, estava muito frio, era o ano de 335.  Martinho cortou sua capa em duas partes com a espada e deu metade para o mendigo, de repente, abriu uma clareira da luz do sol em meio as nuvens cinzar e o céu ficou azul, parou de chover. Nessa noite, Martinho viu, em sonho, Jesus vestido com a metade do manto por ele doado. E ouviu-O dizer com voz forte a uma multidão de anjos: “Martinho, que é apenas catecúmeno, cobriu-Me com este manto”  (Catecúmeno  é quem se prepara, já adulto, para receber o batismo).

E, por incrível que pareça, no no dia de São Martinho, 11 de novembro,  o povo de Portugal tem essa fé: pode estar muito frio ou chovendo, o tempo abre e faz sol. Raras vezes isso não acontece… Legal!Eu contei essa história no Cantinho da Criança (Clique aqui para assistir).

O Soldado e o Mendigo

Para saber o resto da história assista eu, a sua tia Adelita, contando no programa Cantinho da Criança a continuação dessa história de São Martinho de Tours

Ele foi batizado com 18 anos, depois dessa história do mendigo.

E o que que São Martinho tem a ver com castanhas de Portugal?

O dia de São Martinho, 11 de novembro, coincide com a colheita das primeiras castanhas maduras em Portugal.

Olha que bonitinho essa menina portuguesa contando a história, os desenhos também são dela…

Cara Corajoso!

Por essa época, o imperador romano não perseguia mais os cristãos, ufa. Dois anos depois do batismo de Martinho, quando ele tinha 20 anos, os francos invadiram as Gálias (onde hoje é a França), e o imperador romano, Constâncio, convocou seu exército às armas. Para animar seus soldados, quis ele mesmo dar-lhes uma certa quantia em dinheiro como incentivo para a batalha. Quando chegou a vez de Martinho recebê-la, pediu ao imperador licença para deixar o exército e entrar no serviço de Deus. O Imperado o chamou de covarde, porque estavam às vésperas do combate. Martinho respondeu: “Para que vejais que esse não é meu pensamento, amanhã eu me colocarei na primeira linha do combate, sem elmo nem couraça, protegido apenas pelo Sinal da Cruz, e assim romperei sem temor a linha do inimigo. Se voltar são e salvo, será somente pelo nome de Jesus, a quem desejo servir daqui para a frente”.Não foi preciso porque os francos desistiram da batalha e o imperador liberou Martilho para ser padre.

São Martinho e os Gansos

Ele tornou-se sacerdote e fundou um mosteiro. Estava feliz da vida, praticando somente o bem, quando, em 371, foi levado a Tours, na Bélgica, para se tornar bispo. Mas não era isso que ele queria. O santo conseguiu escapar e foi se esconder junto a gansos. Como estes não “calaram o bico” e fizeram o maior escândalo, acabaram delatando o pobre do santo. Bem, aí não teve jeito, São Martinho tornou-se bispo.

Desde então, até hoje na Alemanha no dia de São Martinho e até no Natal, os gansos “pagam o pato” por serem os “traidores” e é dia de ganso assado é um prato tradicional e não pode faltar. Recheado com purê de maçãs… Uhum, deve ser bom!

Martinho foi o primeiro santo que não morreu mártir da história.

Quer colorir o São Martinho que eu desenhei? Clica nele para ampliar e implimir…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/11/06/sao-martinho-de-tours/

amigodoceu

Todos os Santos

O Céu existe mesmo!

Os Santos: nossos amigos do Céu!

festa "Amigos del Cielo"

Você sabia que o dia de todos os Santos comemora “Todos” os santos mesmo, todos os que já estão no Céu, não só os conhecidos! Quem disse isso, foi o Papa Gregório IV, quando pediu que se comemorasse essa festa no mundo inteiro no ano de 835 DC.

Tem uma turminha no Perú, que comemora a festa dos “Amigos del Cielo”

Clica aqui para ver mais.

Nosso Papa emérito Bento XVI disse em uma de suas Catequeses: “Todo mundo deveria ter algum santo que lhe fosse familiar…

Ele quis dizer com isso: de casa, como se fosse da família!

Também disse:

“…para senti-lo próximo com a oração e a intercessão, mas também para imitá-lo. Desejo convidar-vos, a conhecer mais profundamente os santos, começando por aqueles que levais o nome, lendo-lhes a vida, os escritos. Tenhais certeza de que se tornarão bons guias para amar ainda mais o senhor e válidos auxílios para o vosso crecimento humano e cristão.”

Sabe o que diz o Catecismo da Igreja Católica sobre os santos? Diz…

“O encontro da Igreja Militante… (a Igreja Militante! Somos nós, porque estamos na luta pela santidade, somos o exército de Cristo)… com a Igreja triunfante… (a Igreja Triunfante são os Santos e Santas de Deus, aqueles que já estão triunfando no Céu)…

Que tal promover uma Festa de todos os Santos com seus amigos?

Êi… você sabe o que quer dizer “triunfante”? “Peraí, peraí, peraí… Não diga, eu respondo… O Dicionário diz que quer dizer: vencedor, vitorioso. Alegre, radiante, jubiloso!

. No Louvor e na Gratidão a Deus

Na terra e no Céu louvamos o nosso bom Deus que nos criou e nos amam tanto que, por Jesus nos adotou por filhos.

. Na Intercessão

No dicionário, quer dizer “ato de interceder. Pedir, rogar por alguém ou por alguma coisa; pedir a favor de alguém.” E os santos intercedem por nós, são nossos amigos do Céu. Santa Teresinha do Menino Jesus disse: “Quero passar meu céu fazendo o bem sobre a terra”.

Nossa Igreja Católica, como uma boa mãe, também tem esse costume de, de tempos em tempos dar a boa notícia de um novo Santo, de acordo com a necessidade de cada época: estamos precisando de coragem? Olhe para esse amigo de Deus, como foi corajoso porque tinha fé, por exemplo frei Maximiliano Kolbe que deu a vida por um pai de família. Estamos precisando de caridade? Olhem para essa amiga do Céu, que ajuda a toda gente porque Jesus a ensinou a amar, tipo Madre Teresa de Calcutá, que ajudou centenas de pessoas doentes e pobres no mundo inteiro.

Uma Curiosidade

O Papa que mais deu santos para a Igreja foi João Paulo II.

Ainda podemos ouvir sua voz em nossos corações: “O Brasil precisa de santos!” Ele beatificou José de Anchieta, o primeiro catequista brasileiro, e declarou santa Madre Paulina, a primeira santa do Brasil.

João Paulo II, em seu pontificado, declarou cerca de 1.400 beatos e 482 santos, mostrando aos cristãos que a santidade é possível para todos.


Pequena Ladainha de Santos e Santa para Crianças


. Santos inocentes, que morreram por ordem do malvado Heródes no lugar do Menino Jesus…

Todos: rogai por nós!

. Santa inês, São Tarcísio e todos os jovens e Crianças mártires que, para conservar a fé não adoraram falsos deuses e deram a vida por Jesus…

Todos: rogai por nós!

. Santa Maria Goreti, Beata Albertina e todos os jovens e Crianças que lutaram para conservar a pureza por amor a Jesus…

Todos: rogai por nós!

. São Domingos Sávio, Beatos Jacinta e Francisco, Santa Imelda e todos os jovens e Crianças que, para conservar a fé e o amor a Jesus, viveram heróicamente…

Todos: rogai por nós!

. São João Bosco, Santa Ângela, São Felipe Neri e todos os Santos educadores ou protetores das crianças e jovens…

Todos: rogai por nós!

. Beato José de Anchieta e todos os Santos heróis missionários que evangelizaram o Brasil, São Pedro de Alcântara e Nossa Senhora Aparecida, padroeiros de nossa pátria, defendam conosco os valores cristãos e nossa liberdade religiosa…

Todos: rogai por nós!

. Meu querido Santo ou Santa de devoção (falar o seu nome) ou aquele que tem o mesmo nome que eu, sempre cuide de mim e me dê bons exemplos…

Todos: rogai por nós!

Arcanjos do Senhor: São Miguel que proteje as crianças e toda a Igreja do mal, São Rafael que traz a Cura do Senhor e cuida para que nada de mal nos aconteça, São Gabriel que inspira a vontade de Deus no nosso Coração, Santos Anjos da nossa Guarda, amigos fiéis que nos cuidam e iluminam a inteligência para escolher o bem…

Todos: rogai por nós!

Todos os Santo e Santas de Deus…

Todos: rogai por nós!

. Santa Maria, mãe de Jesus e nossa mãe, nunca me deixe sozinho (a) , me ajude a ser bom (a), a amar muito seu filho Jesus e guardar minha alma para Ele, para que um dia, eu também possa fazer parte da grande festa do Céu que dura para sempre, com todos os Santos e Anjos…

Todos: Amém! Ave Maria… – Pai Nosso… – Glória ao Pai…

Viva Jesus e nossos Amigos do Céu! Viva!!!

Uma dica legal

Promova a Festa de Todos os Santos na sua comunidade, a gente faz todos os anos com nossas crianças aqui da Canção Nova, é muito legal!

Você pode ver com seus amigos no Dia de Todos os Santos, um programa Amigos do Céu (clica aqui para encontrar todos) ou ver esse que eu escolhi pra você…


Olha algumas fotos da festinha …



Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/31/todos-os-santos-2/

amigodoceu

Finados

E quando quem amamos morre?

Falar de Céu, parece uma realidade tão distante para quem era acostumado a tocar e cuidar de alguém que agora não está mais aqui… Eu sei. A gente sente esse vazio, a saudade  que a distancia deixa…Até Jesus chorou quando seu amigo Lázaro morreu.

Os pais de Santa Inês, que foi martirizada aos 12 anos, choravam o tempo todo, pois não tinham a fé de sua filha que preferiu morrer que negar a Jesus. Deus permitiu que Inês aparecesse aos pais, rodeada por outras meninas mártires, com uma ovelhinha na mão. Ela disse : “Estou no Céu.”

O pai de São Domingos Sávio não conseguia mais dormir de tanta dor, Domingos apareceu para ele, muito feliz, e disse: “Não chore mais, estou no Céu.” – Você também pode pedir a Deus um consolo, um sinal de que sua criança está bem. Talvez não seja a vendo como os pais de Santa Inês e São Domingos Sávio, mas Deus não te deixará sem resposta.

Não se condene por estar sofrendo, de parecer não ter mais fé nessa hora…

Santa Rita de Cássia, vendo que seus filhos gêmeos queriam vingar a morte do pai e seguiriam a mesma vida de crimes, disse: “Senhor, se for para crescerem, escolherem o mal e, por isso, perderem a alma, os leve meninos.”– Em pouco tempo os dois adoeceram e morrerem. Ela quase enlouqueceu de dor, em depressão profunda saiu como uma mendiga e foi morar em uma caverna. Até o dia em que a providência Divina lhe deu a oportunidade de salvar uma gestante e seu bebê e assim Deus lhe devolveu a alegria de viver…

Porque algumas pessoas boas ficam doentes, sofrem tanto?

Santa Bernadete tinha asma desde pequena, muitas pessoas iam a Lourdes banhar-se e beber da água milagrosa que Bernadete descobriu indicada por Nossa Senhora. Um dia uma freira perguntou a ela: “Porque Nossa Senhora não te cura, já que curou a tantos?”. Bernadete respondeu: “Quando eu era menina Nossa Senhora me disse em Lourdes: “Não te prometo a felicidade nesta terra, mas sim no Céu.”

Bernadete não sofreu porque era boa ou amiga de Nossa Senhora, ela apenas estava doente, mas quis oferecer suas dores e sofrimentos pelas almas pelas quais outro inocente: Jesus derramou seu sangue na Cruz. A felicidade do Céu, não dura 80 ou 90 anos, é eterna. O Céu existe! Um filho no Céu não é passado, está no presente. Será para sempre seu amigo e intercessor.

Nossos queridos do Céu, não nos querem ver tristes…

Minha avó Romalina, que hoje mora no Céu, sempre foi muito apaixonada pelos netos, especialmente quando bebês.

Quando eu ainda era adolescente quando uma priminha minha faleceu de meningite aos seis meses. A avó só chorava e não queria consolo. Um dia ela sonhou com a netinha: estava no Céu, como anjo, com asas, sentadinha, olhando outros anjinhos voarem. A avó perguntou: “Porque não vai voar com os outros anjinhos, minha criança?” – E a menina respondeu: “Porque as minhas asas estão encharcadas com as suas lágrimas.” – Então minha avó compreendeu que Deus permitiu aquele sonho para que soubesse que precisava entregar a netinha amada a Deus. Pois ela, mesmo no Céu, sentia ao ver sua avó tão triste. E minha avó voltou a sorrir.

(clique no desenho ao lado para ampliar e imprimir)

Para quem não acredita em Deus, tudo na terra termina em despedida, para quem acredita em reencontro!

Santa Teresinha do Menino Jesus disse: “A terra é nosso barquinho, não nossa morada.”

Aqui tudo é passageiro e termina em despedida. Mas o Céu, é reencontro! E lá, não existe espaço para tristeza e saudade, lá tudo é reencontro.

Você conheceu alguém que já mora lá no Céu? Um avô… Uma avó… Talvés um pai, uma mãe, um irmãozinho… Quanta honra ter convivido na terra com uma alma santa, que hoje é cidadã do Céu, éim?

Porque rezar pelos nossos mortos? Eles já não estão no Céu?

Nem todos, alguns ainda estão no “Purgatório”. O nosso Catecismo diz que existe um lugar, onde os que foram amigos de Jesus, mas não conseguiram estarem com a alma bem linda, preparada para ir ao Céu, porque tinham lá o que perdoar, pedir perdão, essas coisas, pra fazer e não deu tempo.  Então ficam um tempo no purgatório. Mas é certo que vão para o Céu um dia, mas podem ficar muitos anos no purgatório.  A boa notícia é que, se oramos pelas almas do purgatório, elas vão mais rápido para o Céu, por causa do nosso amor, você sabe que Deus é amor, né?!

Quem teve a idéia de ter um dia para orarmos pelas almas, o “Dia de Finados” foi Santo Odilo. Sua história é tão linda. Assista clicando aqui

E já que eu faleu do Céu, do Purgatório tenho que falar do Inferno também. É muuuuuuuuuuuuuito triste que alguém vá para lá.  O Catecismo diz que o inferno existe.  Mas como alguém vai parar num lugar tão ruím, triste onde só existe tristeza, dor e ódio?

Primeiro, São Pedro disse que nimguém pode nos separar do amor de Deus, só a gente mesmo. Lógo: só vai para o inferno quem quer: quem não acreditar que o amor de Jesus é maior que seus pecados e não pede perdão, quem não acredita que Deus existe e sai por aí fazendo maldades para os outros só pensando em sí mesmo. Então, não tenha medo se você ama as pessoas e a Jesus. O amor não pode caber no inferno, não entra lá… A solução é encher o coração de amor!

Devemos ter medo da morte?

Um dia fizeram essa mesma pergunta à Dom Bosco, quando ele já estava bem velhinho e doente. Ele sorriu e respondeu: “Se eu tenho medo da morte? O passarinho não tem medo se o galho da árvore quebrar, porque tem asas!”

Entendeu o que ele quiz dizer? Que se estamos em paz com os irmãos, na amizade com Deus, vamos voar para o Céu.

Mas, atenção: a vida é um dom maravilhoso e cuidar bem dela,  é um jeito de deixar nosso Pai do Céu, que nos deu a vida bem feliz.

Eu conto essa história de Dom Bosco aqui…

Quer colorir num joguinho online o passarinho que eu desenhei contado essa história? Clique aqui para abrir o jogo ou na figura abaixo…


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/31/finados/

Você conhece Beata Restituta ?

Você daria a vida por Jesus?

É sério… Tipo Beata Restituta…

Ela foi mártir por amor a Jesus…

Durante a segunda guerra mundial, os nazistas diziam que Jesus não mandava mais nada nesse mundo e deram a ordem de tirarem os crucifixos dos locais públicos. Restituta recebeu essa ordem também: arrancar os crucifíxos do hospital onde trabalhava.

Ela sabia que estavam tentando destruir o reino de Deus e não aceitou isso, enfrentou os nazistas com grande coragem e… Acho melhor você assitir a história pra descobrir…


Ela era tão querida e divertida que, apesar das injessões, as crianças que ficavam internadas no hospital, quando saíam, sempre queriam tirar uma foto com a Irmã Restituta. Essa da foto abaixo, até escreveu à Irmã, uma cartinha de agradecimento…

Quer colorir a Beata Restituta nesse joguinho online? Legal! Então clique nele…

Irmã Resoluta esperou cinco meses na prisão para morrer. Em 30 de março de 1943, foi decapitada. Para as franciscanas, mandou uma mensagem: “Por Cristo eu vivi, por Cristo desejo morrer”. E na frente dos assassinos nazistas, antes que o carrasco levantasse a mão que a mataria, irmã Restituta disse ao capelão: “Padre, faça-me na testa o sinal da cruz”.

O papa João Paulo II, em 1998, elevou Irmã Maria Restituta Kafka aos altares para ser reverenciada pela Igreja como bem-aventurada. A sua festa litúrgica foi marcada para o dia 30 de outubro, data em que foi decretada a sua sentença de morte.

Quer colorir Beata Restituta que eu desenhei? É só clicar nela para ampliar e imprimir…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/30/beata-restituta/

amigodoceu

Judas Tadeu

O Santo das Causas Impossíveis

Antes de tudo, não confunda Judas Tadeu com o traidor Judas Iscariotes, ok?! E… Quem foi então, o Tadeu?

Seu nome significa

Judas era seu nome, e Tadeu um elogio, assim foi diferenciado pelos autores sagrados, do Judas traidor. No texto grego, o evangelista Mateus o chamava Lebeu e Tadeu que significa: “LEB” – CORDATO, BONDOSO, OU CORAJOSO. TADEU porém, vem da palavra siríaca “THAD” que quer dizer: MISERICORDIOSO, BENIGNO.

Primo de Jesus

Ele nasceu em Caná de Galiléia, na Palestina, era filho de Alfeu (ou Cleofas) e Maria de Cleofas. O pai, Alfeu, era irmão de São José e a mãe, prima-irmã de Maria Santíssima. Logo, Judas Tadeu era primo-irmão de Jesus, tanto pela parte do pai como da mãe. Uau!

Será que Judas e Jesus brincavam juntos quando eram meninos?

O bisavô de Judas, por parte de sua mãe, era irmão de São Zacarias, o pai de São João Batista.

Interessante

Judas e seus irmãos eram conhecidos entre os apóstolos como os “irmãos de Jesus”, porque eram da mesma família. Conforme conta o historiador Eusébio (que juntou a Bíblia com os estudos de escritos antigos dos primeiros cristãos), logo que Jesus deixa a carpintaria do falecido São José e segue sua missão, escolhendo os apóstolos, vai com sua mãe ao casamento de seu primo Judas Tadeu com uma moça chamada Miriam, nas núpcias de Caná (bodas de Caná), e transforma a água em vinho.

A história continua e seus parentes quiseram que Jesus ficasse “famoso”, totalmente sem noção de quem Ele era realmente… Disseram-lhe: Parte daqui e vai para a Judéia, a fim de que também os teus discípulos vejam as obras que fazes. Pois quem deseja ser conhecido em público não faz coisa alguma ocultamente. Já que fazes essas obras, revela-te ao mundo.”

O pessoal da cidade de Jesus em Nazaré, não conseguia acreditar que um filho de carpinteiro, pudesse ser o Messias enviado por Deus. A Bíblia diz, que: “Nem seus irmãos creram nele…” (Jo 7,5).

Provavelmente são esses mesmos “irmãos”: tios e primos que vão com Nossa Senhora atrás de Jesus (será que para trazê-lo de volta à Nazaré cuidar da mãe e de suas obrigações?) e tiveram que escutar de Jesus: “Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.”

Ufa… Até que enfim, eles entendem direitinho a lição, pois todos acabaram seguindo Jesus, que deixa de ser o primo, tio, sobrinho e filho para ser deles “o Senhor”.


Família de Santos

Seus pais, Alfeu, o Cleofas, e sua esposa foram os discípulos a quem Jesus apareceu no caminho de Emaús, no dia da ressurreição. Maria Cleofas, foi uma das piedosas mulheres que tinham seguido a Jesus desde a Galiléia e permaneceram ao pé da cruz, no Calvário, junto com Maria Santíssima. Dos irmãos dele:

. Maria Salomé, a única irmã, foi mãe dos apóstolos Tiago Maior e João evangelista, sobrinhos de Judas Tadeu. Ela era, provavelmente mais velha, pois seu filho Tiago maior, isso é, mais velho que o próprio irmão de Maria Salomé, conhecido como Tiago “menor”.

. Tiago menor foi um dos doze apóstolos, que se tomou o primeiro bispo de Jerusalém;

. José, apenas conhecido como “o justo”;

. Simão foi o segundo bispo de Jerusalém, após a morte do irmão;

A Bíblia fala de Judas Tadeu

Na quinta-feira santa, o sobrinho de Judas Tadeu, o João evangelista, escreve que Judas estava entre os 12 apóstolos (Jo 14,22) e que Judas Tadeu, que pareceu pelo seu comentário, não ter  se conformado muito de Jesus não querer ser o rei de Israel e derrotar o Imperio Romano,  perguntou a Jesus: “Mestre, por que razão hás de manifestar-te só a nós e não ao mundo?” - Jesus respondeu: “Se alguém me ama, guardará a Minha Palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada.” - Será que Judas entendeu o que Jesus quis dizer? Naquela hora não sei,  mas depois entendeu..

Depois da Ressurreição de Jesus, o que aconteceu a São Judas Tadeu?

São Jerônimo (aquele que traduziu os livros sagrados que chamamos de “Bíblia” e estudava os escritos dos primeiros cristãos) disse que, depois que os Apóstolos receberam o Espírito Santo, no Cenáculo em Jerusalém, são Judas iniciou sua pregação na Galiléia. Depois viajou para a Samaria e outras populações judáicas. Participou do primeiro Concílio de Jerusalém, realizado no Ano 50. A seguir, foi evangelizar a Síria, Armênia e Mesopotâmia (atual Pérsia), onde ganhou a companhia de outro apóstolo, Simão, o “zelote”, que evangelizava o Egito.

O historiador eclesiástico Nicéforo, escreveu: “Judas, que tinha o duplo título de Tadeu e Lebeu, filho de José e irmão de Tiago (que foi jogado do pináculo do templo de Jerusalém), pregou o Evangelho e propagou o Cristianismo, em primeiro lugar na Judéia, Galiléia, Samaria, Iduméa e, em seguida, na Arábia, Síria e na Mesopotâmia. Finalmente, ele chegou à cidade de Edessa, que pertencia ao rei Abgar, onde o Evangelho já havia sido anunciado por outro Tadeu, um dos setenta Apóstolos. Lá, o apóstolo Judas empreendeu e concluiu o que o outro Tadeu não tinha terminado”.

São Judas de Vincenzo Damiani

Por fim, no ano 70, foi morto de modo cruel, a golpes de machado, por sacerdotes pagãos, por Judas Tadeu se recusar a prestar culto à deusa Diana. É por isso que São Judas Tadeu é representado em suas imagenscom uma machadinha, o instrumento de seu martírio, na mão…

Além disso, é que durante o reinado de Domeciano (81-96 d.C.), dois netos de Judas, que trabalhavam a terra, foram levados pelo mesmo Imperador, por calúnias feitas por hereges, dado que eram descendentes de Davi e parentes do Senhor. Mas, depois que o Imperador teve a certeza de que não significariam qualquer risco político para ele, foram postos em liberdade.

As relíquias de São Judas Tadeu atualmente são veneradas na Basílica de São Pedro, em Roma, se você for lá, não esqueça de procurar por ele.

Porque São Judas é chamado o santo das “causas impossíveis”???

Por causa de uma tal Santa Gertrudes, ela contou que JESUS lhe apareceu aconselhando: “Invoque São Judas Tadeu, nos “casos mais desesperados”.

E também por causa de Santa Brígida. Ela estava orando, quando teve uma visão de Jesus que lhe disse: “Invocai com grande confiança ao meu apóstolo Judas Tadeu. prometo socorrer a todos quantos por seu intermedio a mim recorrerem.”

Parece que Jesus gosta mesmo desse primo!


O Apóstolo São Judas deixou uma linda cartinha que está na Bíblia, nela ele escreveu sobre esse tempo que estaos vivendo: “No fim dos tempos virão impostores, que viverão segundo as suas ímpias paixões, homens que semeiam a discórdia, homens sensuais que não têm o Espírito (Santo). Mas vós, caríssimos, edificai-vos mutuamente sobre o fundamento da vossa santíssima fé. Orai no Espírito Santo. Conservai-vos no amor de Deus, aguardando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna.” (Judas 1, 18-21)

Contavam os Antigos…

O historiador Eusébio em sua “História Eclesiástica” escreveu que contavam os antigos cristãos que um Príncipe de Edessa, Abgar V ,mandou uma carta à Israel, pedindo a Jesus a sua cura, pois estava muito doente. E que, após a ascensão do Senhor, Ele apareceu ao apóstolo Judas Tadeu e, depois de ter pressionado seu rosto em um manto, deixou impressa sua forma e enviou São Judas que o levasse até o rei Abgar V que ficou curado ao tocar na imagem.

São Judas Tadeo…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/28/judas-tadeu/

amigodoceu

Frei Galvão

Ahá! Uhú! O Frei Galvão é Nosso!

Já pensou se bondade e maldade tivessem cheiro? Seria até legal? A bondade perfumada e a maldade fedorenta…

Ííí… Será que o mundo ia cheirar bem? E da onde eu tirei essa idéia doida? Não é minha, é de São Paulo. Ele disse: Diante de Deus nós somos o bom perfume de Cristo” (2 Co 2.14)

A gente ia descobrir gente santa que nem imagina e, pior, gente malvada com a maior cara de santo… Mas como é esse perfume sem cheiro de que São Paulo falou?

Pra você entender te apresento um cara “perfumado”…

Santo Antônio de Sant’Anna Galvão

Ele nasceu aqui pertinho de ondo eu moro, no vale do Paraíba, em Guaratinguetá. Fui lá conhecer a casa dele, existe até hoje, com suas grandes janelas azuis, como todas as casas de famílias portuguesas no Brasil de 1700 e bolinha.

Antônio tinha de 13 anos, quando foi à Bahia, estudar no seminário dos padres jesuítas. Mas quis ser franciscano e foi.

Em São Paulo fundou conventos, mosteiros, essas coisas…

Mas o que fez dele um grande amigo de Deus foi seu amor pelas pessoas: rezava pela cura dos doentes, ajudava as famílias mais pobres, por isso não tinha paulista que não conhecesse o bondoso Frei Antônio e assim ganhou a fama de santo por toda cidade: por onde passava cheirava santidade, isso quer dizer que ele se parecia com Jesus na bondade, tinha o perfume de Cristo, tá ligado?! Entendeu agora como é esse perfume?!

Aí fiquei pensando: que fama eu tenho? E você? A gente não deve fazer nada mesmo só pra que as pessoas achem bonito. Mas sim para ser o bom perfume de Cristo: por causa de nossas boas obras, quererem conhecer esse bom Jesus que nos ensina a amar, repartir e perdoar.

Quer colorir Frei Galvão? é só clicar no meu desenho para ampliar e imprimir…

Curiosidade: Como surgiram as Pílulas do Frei Galvão

Um dia um moço com muitas dores, por causa de umas pedras nos rins (naquela época não operavam como hoje para turar essas pedrinhas chatas), foi pedir oração ao Frei Galvão. Ele com muita pena do rapaz que se torcia de dor, teve uma idéia… Escreveu em um papelzinho: “Post partum virgo inviolatta permansisti, Deo genitrix intercede pro nobis” (Depois do parto permaneceste virgem, Mãe de Deus intercede por nós) depois dobrou bem o papel, do tamanho de uma pílula e deu pro moço engolir. O rapaz ficou curado e ai começou a fama das pílulas de fria Galvão. Parece que estou vendo o pobre frei explicando: “É para honrar a Virgem Maria que seu filho Jesus concede a graça da cura e não por mérito meu.” - Frei Galvão ensinou às irmãs do Recolhimento a fazerem pílulas (e são elas que as fazem até hoje), de modo que, mesmo em sua ausência, as pudessem dar às pessoas que viessem pedir na portaria do Convento.

Pedido de Pílulas

Envie uma carta, contendo um envelope selado (Carta Comercial – 1º Porte), já com seus dados no destinatário.

Assim que a carta chegar, utilizam o envelope selado para lhe enviar as novenas com as pílulas. Desta forma, não haverá gastos ao Santuário, uma vez que as pílulas são distribuídas gratuitamente.

Obs: Cada envelope contem 3 novenas com as respectivas pílulas.

Endereço:

SANTUÁRIO ARQ. DE SANTO ANTONIO DE SANT’ANNA GALVÃO Avenida Antonio de Sant’Anna Galvão, s/nº – Jardim do Vale I – Guaratinguetá/SP CEP 12.518-220

Quantidades maiores para Paróquias:

Até 500 novenas com as pílulas, por meio de ofício em papel timbrado, assinado pelo pároco, com a finalidade da distribuição. O documento pode ser scaneado e encaminhado para o e-mail atendimento@santuariofreigalvao.com ou por Fax.

Atendimento: Telefone / Fax: (12) 3125 1444.

As Novenas com as Pílulas de Frei Galvão são distribuídas gratuitamente no Santuário Frei Galvão todos os dias, das 8h às 18h (exceto durante as Missas).

Você pode fazer essa linda Novena à Frei Galvão


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/25/frei-galvao/

amigodoceu

João Paulo II: Santo!

João Paulo II: Santo! Viva!!!

Pra quem não conhece, ele foi o papa que mais lutou pela paz no mundo, amava principalmente os jovens (foi ele quem inventou as jornadas mundiais da juventude) e curtia esportes radicais… Tudo sobre ele por aqui…

Sabia que João Paulo II gostava de futebol desde menino? Descubra a posição que ele jogava clicando aqui

Conheça clicando aqui a linda história de sua infância, adolescência e juventude como superou o sofrimento da perda de seus amigos, família, da guerra e transformou o que seria um futuro negro no mais lindo de todos usando a força do amor.

Seu pai, o senhor Carol Wojitilla foi grande responsável pela santidade e educação daquele que seria o futuro papa, beato e logo santo João Paulo II… Aprenda com um pai santo como educar seu filho clicando  aqui

É a Jesus que buscais quando sonhais com a felicidade…” (João Paulo II) Ouça a palestra para adolescentes (e pais de adolescentes) de Adelita Rozetti Frulane clicando aqui e aprenda com João Paulo II, como ser feliz mesmo não tendo tudo o que quer e como enchergar um futuro brilhante, mesmo em meio a uma grande desgraça. Aprenda Como Educar um Vencedor com João Paulo II

Sentir medo..??? O que será que Deus e os amigos Dele pensam disso? João Paulo II Começou seu pontificado e terminou dizendo: “Não tenhais medo!” E como eles vencem o medo? Vamos descobrir clicando aqui

Como era o Natal do menino Carol Wojtilla? O futuro Papa João Paulo II??? Clique aqui para saber.

E clicando aqui você encontra o livro “Na Trilha de um Vencedor “, a história completa da infância, adolescência e juventude de João Paulo II.

Curta a página no Facebook https://www.facebook.com/livroNaTrilhaDeUmVencedor
Agora uma notícia maravilhosa

Os papas João Paulo II e João XXIII serão canonizados em 27 de abril de 2014, no Vaticano… Viva!!!!!

 

 

 

 

Estátua gigante do Papa João Paulo II em Czestochowa, na Polônia

 

 

 

 

Vai ser uma post-2---karolfestança por lá… Como eu gostaria de ir!!!

Em 2005, durante o funeral de João Paulo II, a multidão gritou várias vezes: Santo Subito! (Santo Já! Em italiano)

E não é que não demorou muito mesmo… foi preciso 2 milagres alcançados pela intercessão de João Paulo II. É que a Igreja não inventa um santo, ela investiga a vida da pessoa pra ver se ela foi santa mesma…

E o que é um santo???

E o que é um santo???

O apelido de João Paulo II quando menino era “Lolek”

Alguém que foi amigo de Jesus e lutou sempre para fazer o bem e vencer o que é mal, mesmo que não conseguiu todas as vezes, mas pediu perdão a Jesus, confiou no amor Dele, pediu a ajuda Dele para continuar a lutar para pensar bem de todos, fazer o bem a todos, perdoar e amar a todos.

Agora… Quer colorir meu Papa jogando bola? Clica nele para ampliar e imprimir…


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/22/hoje-e-dia-de-joao-paulo-ii/

amigodoceu

Hoje é dia de Santa Margarida Maria Alacoque

Jesus apareceu à Santa Margarida Maria Alacoque mostrando seu Sagrado Coração e fez uma promessa… Descubra qual assistindo os videos e pinte o desenho que a tia Adelita fez contando a história clicando aqui.


Por favor, ao entrar no blog, fico muito agradecida se votar o o prêmio Top Blog, Deus lhe pague!

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/16/hoje-e-dia-de-santa-margarida-maria-alacoque/

amigodoceu

Teresa D’Ávila e a Amizade

Você curte seus Amigos?

Jesus é o melhor amigo que a gente pode ter! Ele mesmo disse:Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai.” (Jo 15, 15-17)

E o nosso Papa emérito Bento XVI disse: “O centro de uma vida feliz, de uma vida verdadeira, é a amizade com Jesus, o Senhor.”

Santa Teresa D’ávila escreveu: “A amizade com Deus e a amizade com os outros é uma mesma coisa, não podemos separar uma da outra.”

Teresa curtia muito seus amigos…

Teresa curtia muito seus amigos…

Ela se dava bem com todo mundo, era do tipo “popular”. Quando adolescente era o centro da atenção dos primos e até no convento ia tanta gente bater papo com ela, que Jesus teve que lhe chamar a atenção que já estava meio demais (eheheh). Teresa disse uma vez:

A amizade é a mais verdadeira realização da pessoa. Quem ama, faz sempre comunidade, não fica nunca sozinho.”

Era amiga de Deus…

Ela escreveu: “Ó meu Senhor, como sois o amigo verdadeiro… Que bom amigo sois, Senhor meu!”

Teresa era muito livre quando falava com Jesus, um dia disse a Ele: “Senhor, se estou cumprindo Tuas Ordens, por que tenho tantas dificuldades no caminho? Jesus respondeu: “Teresa, não sabes que é assim que trato os meus amigos?”
E ela respondeu sem pensar: “Ah, Senhor, então é por isto que tens tão poucos amigos!” Ainda bem que Jesus não se ofendia com Teresa, é que Ele conhecia o coração de sua amiga.

Quer conecer A história de Teresa D’Ávila? Então assista eu contando a história para Web TV Canção Nova…

Quer colorir meu desenho de Santa Teresa D’ávila?! Clica nele para ampliar e imprimir. Ok?!

Fico muito agradecida se votar no Amigos do Céu o Prêmio Top Blog. É só clicar no selo e pode votar 2 vezes, uma por emil e outra por facebook.Deus lhe pague!

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/14/teresa-davila-amizad/

amigodoceu

12 de Outubro…

Um dia cheio de motivos para comemorar…

Dia da Criança…

Histórias para comemorar o dia da criança com os amigos do Céus…

. Uma criança que sofreu fome e frio foi Germano José, até que Nossa Senhora mudou sua história clique aqui

. Jesus ama as crianças clique aqui

Nossa Senhora Aparecida…

O Brasil tem Mãe? Tem sim senhor… Nossa Senhora da Conceição Aparecida! O desenho da tia Adelita para colecionar e colorir, mais a história de Nossa Senhora Aparecida pra você assistir clique aqui

A Festa do Círio de Nazaré


Acontece em Belém do Pará e é a maior festa de Nossa Senhora do Brasil… Mas, porque? O que quer dizer Círio? Descubra clicando aqui

Véspera da última apariçao de Nossa Senhora em Fátima Portugal

Nossa Senhora apareceu aos 3 pastorinhos, apartir de 13 de maio de 1917, todos os dias 13 até 13 de outubro. Nessa última aparição aconteceu o grande milagre do sol… Conheça a linda história dos pastorinhos que viram Nossa Senhora, os beatos Jacinta e Francisco clicando aqui.


E a linda hitória da pastorinha Irmã Lúcia e o Imaculado Coração de Maria clicando aqui.


Por favor , não esqueça de votar em mim o prêmio Top Blog, Deus lhe pague!

Mais…

Lindos cards dessas datas importantes clique aqui para compartilhar e comemorar com os amigos! Um presente: a linda poesia de Dom Hélder Câmara aos pais… Ele nos ensina quais os melhores presentes dar aos nossos filhos…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/11/10073/

amigodoceu

Círio de Nazaré

Viva Nossa Senhora de Nazaré!!!

“Círio…

A palavra “Círio” vem do latim latina “Cereus”, que significa vela grande.

…de Nazaré”

Porque é a devoção a Nossa Senhora, em honra ao tempo que ela viveu em Nazaré educando, cuidando do Menino Jesus.

Logo… Círio de Nazaré é Maria  que carrega em seus braços o Menino Jesus, a luz do mundo, como uma vela carrega a chama sobre sí, que ilumia… Entendeu?! Maaaaaaaaneiro!!!

A devoção a Nossa Senhora de Nazaré teve início em Portugal...

A imagem original da Virgem pertencia ao Mosteiro de Caulina, na Espanha, tinham trazido a imagem da cidade de Nazaré,  em Israel, no ano de 361.

Os irmãos do mosteiro contavam que foi esculpida, nada mais nada menos que,  pelo próprio São José (mas isso já ninguém pode provar).

Ouve uma batalha entre Espanha e Portugal, essas guerras antigas com cavalos, armaduras… Os portugueses venceram e a imagem foi levada para Portugal, onde, por muito tempo, ficou escondida no Pico de São Bartolomeu.

Só em 1119, a imagem foi encontrada. A notícia se espalhou e muita gente começou a venerar a Santa. Desde então, muitos milagres foram atribuídos a ela.

E no Brasil…

E como essa Devoção foi parar em Belém do Pará???

No Pará, foi o caboclo Plácido José de Souza quem encontrou, em 1700, às margens do rio Igarapé Murutucú (onde hoje se encontra a Basílica Santuário), uma pequena imagem da Senhora de Nazaré, cópia da imagem de Portugal.

Após o achado, Plácido levou a imagem para a sua casinha. E não é que no outro dia, quando acordou a imagenzinha sumiu?! Pois é!

Seu Plácido correu para beira do rio, onde encontrou a imagem e lá estava ela de novo. Coisa misteriosa… O fato se repetiu várias vezes. Seu Plácido desistiu de ficar com a santa e a levou para o palácio do governador.

De lá a imagem também sumia e decidiram então que o jeito era construir uma Capela no local do achado.

Em 1792, o Vaticano autorizou a realização de uma procissão, em homenagem à Virgem de Nazaré, em Belém do Pará. Organizaram uma festa bonita e fizeram sobre o andor para proteger a imagem da chuvarada,  uma caixinha de vidro, tipo aquelas  em que se carregavam velas na pricisão, pra chama não apagar, pronto: virou “Círio de Nazaré” na boca do pavo.

O primeiro Círio foi realizado no dia 8 de setembro de 1793. No início, não havia data fixa para o Círio, que poderia ocorrer nos meses de setembro, outubro ou novembro. Mas, a partir de 1901, por determinação do bispo Dom Francisco do Rêgo Maia, a procissão passou a ser realizada sempre no segundo domingo de outubro.

O Círio de Nazaré é uma das maiores e mais belas procissões católicas do Brasil e do mundo. Reúne, anualmente, cerca de dois milhões de romeiros numa caminhada de fé pelas ruas da capital do Estado, num espetáculo grandioso em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré, a mãe de Jesus.

As crianças vão Vestidas de Anjinhos

É bonito que todo mmundo quer carregar um pouquinho o andor, em honra a Nossa Senhora. Nas primeiras procissões isso até era possível, mas depois veio vindo cada vez mais gente e não tinha jeito. Só que pra ninguém ficar triste, amarraram uma corda no andor, assim todo mundo podia carregar um pouco a corda, como se Nossa Senhora estivesse pegando na mão de todos. Com os anos a corda foi crescendo e hoje  vai longe dos dois lados do andor, o povo carregando a corda com tanto amor que, quem vai ao lado, vai dando água, cuidando dos que carregam a corda pra não desmaiarem no meio daquela multidão, no calor de Belém do Pará. É lindo de se ver tanta fé.

O Círio das Águas

Na véspera da festa, tem a linda procossão dos barcos, todos iluminados por círios… Nossa! Como é lindo!!

A festa dura duas semanas e termina com a Santa Missa na praça, em frente à basílica e fogos de artifício.

Na festa do Círio, todos os anos o Manto de Nossa Senhora de Nazaré é diferente… Eu colori o manto da minha com flores da cor do açaí, uma frutinha muito popular em Belém do Pará… Agora você pode colorir a sua e fazer um desenho original, seu,  no manto dela. É só clicar no desenho para ampliar e imprimir e bom trabalho!



Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/08/cirio-de-nazare/

amigodoceu

O Pobrezinho de Assis

Hoje é dia de São Francisco de Assis

Um dos santos mais queridos de nossa Igreja, São Francisco de Assis… Quer conhecer algumas hstórias sobre ele?

Francisco e o Lobo (clique aqui)

O Presépio de São Francisco (clique aqui)


Uma seguidora e amiga de São Francisco, Santa Clara (clique aqui)

Outra seguidora de São Francisco foi a pequena Inês, irmã de Santa Clara (clique aqui)

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/04/o-pobrezinho-de-assis/

amigodoceu

Santo Anjo do Senhor

Hoje é Dia do Santo Anjo da Guarda


Quem ele é? Qual sua missão? A devoção dos Santos à esse amigo tão querido clique aqui

Padre Pio e anjo da Guarda clique aqui

Cecy Cony, a menina brasileira, que conversava com seu Anjo da Guarda clique aqui

Não esqueça de votar o Prêmio Top Blog, Deus lhe pague!



Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/02/10036/

amigodoceu

Hoje é Dia de Teresinha

Hoje é dia de Santa Terezinha do Menino Jesus
Aquela frerinha bonita que a gente vê nas imagens jogando rosas no Crucifixo… A garota mais querida do Mundo inteiro!
Para conhecer sua linda história clique aqui
A história dos pais de Santa teresinha: sua mãe Beata Zélia clique aqui
Seu Pai, Beato Louis  clique aqui
O Papa Francisco e a história de como ela sempre lhe envia uma rosa branca  clique aqui

Não esqueça de votar o Prêmio Top Blog. Deus lhe pague!


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/01/hoje-e-dia-de-teresinha/

amigodoceu

O Papa Francisco e Santa Teresinha

O Papa Francisco e a Rosa Branca de Santa Teresinha do Menino Jesus

Quando veio ao Brasil, perguntaram ao Papa Francisco, o que ele trazia na sua pasta preta que carregava quando desceu do avião, ele respondeu brincando: “ Meu barbeador, está o breviário (livro de oração), a agenda e um livro de leitura – trouxe um sobre Santa Teresinha a quem sou devoto…”

E é devoto mesmo!

Durante a Vigília de oração pela paz na Síria, realizada na Praça São Pedro em 7 de setembro, foram lidos alguns trechos dos escritos de Santa Teresinha. No dia seguinte, domingo, o Papa Francisco recebeu de presente uma rosa branca, ficou muito contente, pois representa um ‘sinal’ da intercessão de Santa Teresa, ele contou para o Arcebispo de Ancona, Dom Edoardo Menichelli e deixou que Dom Edoardo espalhasse a notícia.

Assim contou Dom Menichelli: “O Papa me disse que ficou surpreso quando, passeando nos Jardins Vaticanos no domingo, 8 de setembro, recebeu de um jardineiro uma rosa branca, recém-colhida. Uma flor que ele considera como um ‘sinal’, uma ‘mensagem’ de Santa Teresinha, ao quem havia se dirigido preocupado, no dia anterior pedindo a intercessão”.

E como o Papa Francisco soube que era uma resposta de Santa Teresinha?

A Rosa Branca

Quando o Papa era ainda o Cardeal Bergogliolá na Argentina, um dia foi entrevistados por dois jornalistas, Sergio Rubin e Franzcesca Ambrogetti, que estavam escrevendo um livro sobre ele: “O Jesuita”, eles contaram: “Paramos diante dum vaso cheio de rosas brancas em uma prateleira da biblioteca, onde havia uma imagem de Santa Teresa. O Cardeau disse: “Quando tenho um problema, peço à santa Teresinha, não para resolvê-lo, mas para pegá-lo na mão e ajudar-me a aceitá-lo, e como sinal, recebo quase sempre uma rosa branca”.

Santa Teresinha foi para o Céu aos 24 anos em 1897, e foi canonizada por Pio XI e proclamada Doutora da Igreja pelo Papa João Paulo II em 1997. Quer saber a história dela? Clique aqui

Um presente para você..

Quando Teresinha estava quase indo para o Céu, disse a sua irmã: “Lá do Céu, farei chover uma chuva de rosas!”

Ela quis dizer que ia pedir muito a Jesus que atendesse os pedidos que seus amigos fizessem aqui na terra. Aí um padre teve a idéia da Novena das Rosas à santa Teresinha e ela sempre dá um jeitinho da pessoa ganhar uma rosa durante a novena, pra saber que é da vontade de Jesus atender a oração. Quer a

Novena das Rosas de Santa Teresinha do Menino Jesus Clique aqui ou na Capa da novena…

Quer colorir Santa Teresinha Baby que eu desenhei? Então clique no desenho pra ele ampliar e imprimir…

Curiosidade

Qual o livro de Santa Teresinha que o papa trouxe para o Brasil? Foi o livro ‘Teresa de Lisieux. O fascínio da santidade. Os segredos de uma doutrina reencontrada’ de Gianni Gennari.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/10/01/o-papa-francisco-e-santa-teresinha/

amigodoceu

João Paulo II e Padre Pio

Quando dos Santos se Encontram

Quando ainda jovem sacerdote polonês, Karol Wojtyla (o Papa João Paulo II) visitava a Itália, sempre que podia, visitava a San Giovanni Rotondo para confessar- se com o Padre Pio. Em uma dessas ocasiões, o Padre Pio pareceu entrar em um breve êxtase e lhe disse: “Vás a ser Papa.” - E continuou: “Também vejo sangue e martírio em sua vida”

Alguns anos depois, Karol Wojtyla já era Bispo e sua amiga Wanda Póltawska teve um câncer. Wojtyla era um jovem bispo e encontrava-se em Roma para o Concílio. Wanda estava prestes a morrer, e os médicos não lhe davam mais esperanças.

Ao saber dessa notícia, Dom Wojtyla lembrou de como Deus atendia as orações do humilde sacerdote italiano Pio de Pietrelcina e lhe escreveu rapidamente. Padre Pio recebeu a cartinha, pelas mãos do seu Angelo Battisti, administrador do hospita que ele fundou, a carta tinha vindo da Polônia. O Padre Pio pediu a Battisti que a lesse para ele, dizia o seguinte:

17 de novembro de 1962

Wanda Póltawska, amiga de João Paulo II já velhinha

Reverendíssimo Padre, Pio

Peço uma oração na intenção de uma senhora de quarenta anos e mãe de quatro filhas de Cracóvia, na Polônia (durante a última guerra passou cinco anos num campo de concentração na Alemanha), atualmente doente de modo grave de câncer e correndo o risco de perder a vida: para que Deus, pela intercessão da Santíssima Virgem, manifeste a sua misericórdia a ela e à sua família. Em Cristo, mui grato + Karol Wojtyla, Bispo titular de Ombi, Vigári do Capítulo de Cracóvia – Polônia

Ao acabar, Padre Pio disse: “Angelo, a isso não se pode dizer que não”.

Onze dias depois, o seu Angelo chegou com outra carta do Bispo Wojtyla:

28 de novembro de 1962

Quer comprar esse livro? Clique nele

Reverendíssimo Padre,

A senhora de Cracóvia, Polônia, mãe de quatro filhas, no dia 21 de novembro, antes mesmo do procedimento cirúrgico, inesperadamente recobrou a saúde. Demos graças a Deus. De coração agradeço também a ti, Reverendíssimo Padre, em nome dela, do seu marido e de toda a sua família. Em Cristo, mui grato + Karol Wojtyla, Bispo titular de Ombi, Vigári do Capítulo de Cracóvia – Polônia

Quer conhecer a História de João Paulo II, sua infancia, adolescência e juventude? Clque aqui

Quer conhecer a história do Padre Pio? Clique aqui

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/30/joao-paulo-ii-e-padre-pio/

amigodoceu

São Jerônimo

Porque Setembro é o mês da Bíblia?

Por causa de São Jerônimo!

Jerônimo nasceu em 340, faz muito tempo!

Naquela época, as cartas dos apóstolos, os evangelhos, até a história do povo israelita, que é o antigo testamento, estavam todos na língua de quem escreveu: em aramaico, em hebraico e até em grego.

Como muita gente ia se convertendo ao cristianismo no mundo inteiro e cada povo falava sua própria língua, a Igreja achou melhor usar uma língua, o latim, para que no mundo inteiro os cristãos, falando o latim, pudessem ler e conhecer a história da salvação, as palavras de Jesus, assim em cada cantinho da terra, os cristãos aprenderam o latim, ficou sendo uma língua universal dos cristãos. Agora era só alguém traduzir os escritos sagrados para o Latim. E Jerônimo, que não tinha medo de desafios, disse: “Eu traduzo!”

Ele juntou todos os livros antigos dos primeiros cristãos e do povo judeu, com muita oração e ajuda do papa e dos seus bispos, separou 73 desses livros, que eram comprovadamente verdadeiros e começou a montar a Bíblia que a gente conhece hoje.

São Jerônimo dizia:

“Cristo é o poder de Deus, a sabedoria de Deus. Quem não conhece as escrituras sagradas, não conhece a Cristo”.

Jerônimo continuou seus trabalhos bíblicos, até ficar velhinho, quando foi para o Céu, com 80 anos de idade. Graças a ele, hoje todos nós podemos ter uma Bíblia em casa.

Celebramos São Jerônimo no dia 30 de setembro e é por isso que esse é o Dia da Bíblia!

Agora você pode clicar em São Jerônimo para ampliar, imprimir e  colorir…

Curiosidade: Como fizemos a Bíblia para Crianças da Canção Nova (clique aqui para ocnhecer)

Tinhamos pouco tempo e fizemos um mutirão. Eu coordenei o trabalho e adaptei o Novo Testamento. O Antigo Testamento foi minha amiga do Cantinho dos Anjos de São José. Os desenhos são do Reinaldo, a pintura do Thiago e do Tião que trabalham aqui comigo. Levamos 11 meses trabalhando nela.

Obrigada por curtir meu blog, deixe um recadinho e fique com Deus. Tia Adelita.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/30/sao-jeronimo/

amigodoceu

Discurso do Papa aos Catequistas


Queridos Catequistas

Estou feliz que no Ano da Fé haja este encontro para vocês.

A catequese é um pilar para a educação da fé e precisamos de bons catequistas!

Obrigada por este serviço à Igreja e na Igreja.

Mesmo se às vezes possa ser difícil, trabalha-se tanto, empenha-se e não se veem os resultados desejados…

Educar na fé é belo! Ajudar as crianças, os rapazes, os jovens, os adultos a conhecer e a amar sempre mais o Senhor é uma das aventuras educativas mais belas, constrói-se a Igreja!

Ser” catequistas! Vejam bem, não disse “fazer” os catequistas, mas “sê-lo”, porque envolve a vida. Conduz-se ao encontro com Jesus com as palavras e com a vida, com o testemunho. E “ser” catequistas requer amor, amor sempre mais forte por Cristo, amor pelo seu povo santo. E este amor, necessariamente, parte de Cristo.

O que significa este partir de Cristo para um catequista, para vocês, também para mim, porque também eu sou um catequista?

Primeiro…

Primeiro de tudo, partir de Cristo significa ter familiaridade com Ele. Jesus o recomenda com insistência ao discípulos na Última Ceia, quando estava prestes a viver o dom mais alto do amor, o sacrifício da Cruz. Jesus utiliza a imagem da videira e dos ramos e diz: permaneçam no meu amor, permaneçam ligados a mim, como o ramo está ligado à videira. Se somos unidos a Ele, podemos dar frutos, e esta é a familiaridade com Cristo.

A primeira coisa, para um discípulo, é estar com o Mestre, escutá-lo, aprender com Ele. E isto vale sempre, é um caminho que dura toda a vida!

Para mim, por exemplo, é muito importante permanecer diante do Tabernáculo; é um estar na presença do Senhor, deixar-se olhar por Ele.

E isto aquece o coração, mantém aceso o fogo da amizade, te faz sentir que Ele verdadeiramente te olha, está próximo a você e te quer bem. Entendo que para vocês não é assim simples: especialmente para quem é casado e tem filhos, é difícil encontrar um tempo longo de calma. Mas, graças a Deus, não é necessário fazer tudo do mesmo modo; na Igreja há variedade de vocações e variedade de formas espirituais; o importante é encontrar o modo adequado para estar com o Senhor; e isto se pode, é possível em toda etapa da vida.

Cada um pode se perguntar: como vivo este “estar” com Jesus? Tenho aqueles momentos em que permaneço na sua presença, em silêncio, deixo-me guiar por Ele? Deixo que o seu fogo aqueça o meu coração? Se no nosso coração não há o calor de Deus, do seu amor, da sua ternura, como podemos nós, pobres pecadores, aquecer os corações dos outros?

Segundo…

O segundo elemento é este: partir de Cristo significa imitá-Lo no sair de si e ir ao encontro do outro. Esta é uma experiência bela, e um pouco paradoxal. Por que? Porque quem coloca no centro da própria vida Cristo sai do centro! Mais se une a Jesus e Ele se torna o centro da tua vida, mais Ele te faz sair de ti mesmo, te descentraliza e te abre aos outros. Este é o verdadeiro dinamismo do amor, este é o movimento do próprio Deus! Deus é o centro, mas é sempre doação de si, relação, vida que se comunica… Assim nos tornamos também nós se permanecemos unidos a Cristo, Ele nos faz entrar neste dinamismo do amor. Onde há verdadeira vida em Cristo, há abertura ao outro, há saída de si para ir ao encontro do outro em nome de Cristo.

O coração do catequista vive sempre esse movimento de “sístole – diástole”: união com Jesus, encontro com o outro. Se falta um destes dois movimentos não bate mais, não vive. Recebe como dom o Kerigma, e por sua vez o oferece como dom. É esta a natureza do próprio Kerigma: é um dom que gera missão, que impulsiona sempre para fora de si mesmo. São Paulo dizia: “O amor de Cristo nos impulsiona”, mas este “nos impulsiona”, pode se traduzir também em “nos possui”. É assim: o amor te atrai e te envia, te toma e te doa aos outros. Nesta tensão se move o coração do cristão, em particular o coração do catequista: união com Jesus e encontro com o outro? Se alimenta no relacionamento com Ele, mas para levá-Lo aos outros? Eu digo uma coisa para vocês: Eu não entendo como um catequista pode permanecer parado, sem este movimento.

Terceiro

O terceiro elemento está sempre nessa linha: partir de Cristo significa não ter medo de ir com eles às periferias. Me vem à mente a história de Jonas, uma figura verdadeiramente interessante, especialmente nos nosso tempos de mudanças e incertezas. Jonas é um homem piedoso, com um a vida tranquila e organizada, isso o leva a ter os seus esquemas bem claros e a julgar tudo e todos com estes esquemas, de modo rígido. Por isso, quando o Senhor o chama e lhe diz para ir a Nínive, a grande cidade pagã, Jonas não quer ir. Nínive está fora de seus esquemas, é a periferia de seu mundo. E então, ele escapa, foge, embarca em um navio que vai para longe.

Releiam o livro de Jonas! É breve, mas é uma palavra muito instrutiva, especialmente para nós que estamos na Igreja.Que coisa nos ensina?

Nos ensina a não ter medo de sair dos nosso esquemas para seguir a Deus, porque Deus vai sempre além, Deus não tem medo das periferias. Deus é sempre fiel e criativo, não é fechado e por isso nunca é rígido, nos acolhe, nos vem ao encontro, nos compreende.

Para ser fiel, para ser criativo, é necessário saber mudar. Para permanecer com Deus necessita saber sair, não ter medo de sair.

Se um catequista se deixa dominar pelo medo, é um covarde; se um catequista está tranquilo ele acaba sendo uma estátua de museu; se um catequista é rígido se torna encarquilhado e estéril. Pergunto a vocês: alguém quer ser um covarde, estátua de museu ou estéril?

Mas atenção! Jesus não diz: ide, e se virem. Não! Jesus disse: Ide, eu estou convosco! Essa é a nossa beleza e a nossa força.

Se nós partimos, se saímos para levar o seu Evangelho com amor, com verdadeiro espírito apostólico, com parresia, Ele caminha conosco, nos precede, é o primeiro sempre. Vocês aprenderam o sentido dessa palavra. E isso é fundamental para nós: Deus sempre nos precede! Quando pensamos estar longe, em uma extrema periferia, e talvez temos um pouco de temor, na verdade Ele já está lá. Jesus nos espera no coração daquele irmão, em sua carne ferida, em sua vida oprimida, em sua alma sem fé. Jesus está ali, naquele irmão. Ele sempre nos precede.

Caros catequistas, digo a vocês obrigado por aquilo que fazem, mas, sobretudo, porque vocês estão na Igreja, no Povo de Deus em caminho. Permaneçamos com Cristo, procuremos ser sempre uma só coisa com Ele. O sigamos imitando-O em seu movimento de amor, no seu ir ao encontro do homem; e saiamos, abramos as portas, tenhamos a audácia de trilhar novas estradas para o anúncio do Evangelho!

Papa Francisco

Jornada dos Catequistas ao Vaticano

Ano da Fé

Sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/27/papa_catequistas/

amigodoceu

Hoje é dia de São Cosme e Damião

26 de Setembro é Dia de São Cosme e Damião

Hoje é dia de São Cosme e Damião… Existe muita confusão aqui no Brasil sobre eles: são santos católicos mesmo? Qual a sua verdadeira história? Descubra aqui http://goo.gl/LzAuw

Tem um video bem legal: eu, o Pascoalino e meu filho ainda pequeno contando essa história, e meu desenho deles para colorir…

Ah… tem mais: os dois eram médicos, por isso, junto com São Lucas, também são padroeiros dos médicos… Oremos hoje por eles.


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/26/hoje-e-dia-de-sao-cosme-e-damiao/

amigodoceu

São Rafael

O Arcanjo Rafael e Eu

Gosto muito de São Rafael, no livro de Tobias, da Bíblia, encontramos tantas coisas lindas que eles disse a àquela família tão empobrecida e doente, mas porque eram caridosos e fiéis ao Senhor, Ele lhes enviou um anjo…

Todas essas frases tirei da Bíblia, do livro de Tobias, do capítulo 5:

Tobias saiu para procurar uma pessoa que pudesse ir com ele… e conhecesse o caminho. Logo que saiu, encontrou o anjo Rafael bem à frente dele, mas não sabia que era um anjo de Deus.

Rafael disse: “Está bem. Ficarei esperando, mas não demore”. (não deixe o anjo de Deus te esperando)

O Anjo disse: “Desejo-lhe muita alegria”.

Rafael disse-lhe: “Coragem! Em breve, Deus vai curá-lo. Tenha confiança”.

O rapaz respondeu: “Vou com ele. Não tenha medo. Iremos e voltaremos sãos e salvos. O caminho é seguro”.

Depois o anjo disse muitas vezes à Tobias que não tivesse medo, que não se preocupasse, apresentou Tobias à sua futura esposa, rolou um romance na história, o Arcanjo ensinou Tobias a salvar a moça de um inimigo de Deus, depois curou o pai de Tobias, o acompanhou, o protegeu… E no finalzinho do livro, no capítulo 12, finalmente Rafael revela sua “identidade secreta”, olha que fera o que ele disse:

“Bendigam a Deus e proclamem diante de todos os seres vivos os benefícios que ele concedeu a vocês. Bendigam e cantem ao seu Nome. Anunciem a todos os homens, como convém, as obras de Deus. E não se cansem de lhe agradecer.

É bom manter oculto o segredo do rei, mas é necessário revelar e manifestar as obras de Deus. Pratiquem o bem, e não lhes acontecerá nenhuma desgraça.

Vale mais a oração com jejum e a esmola com justiça, do que a riqueza adquirida com a injustiça. É melhor praticar a esmola do que acumular ouro.

A esmola livra da morte e purifica de todo pecado. Quem pratica esmola, terá vida longa.

Os pecadores e injustos são inimigos de si próprios.

Vou revelar-lhes toda a verdade, sem ocultar nada. Já lhes expliquei que é bom manter oculto o segredo do rei, mas as obras de Deus devem ser proclamadas publicamente.

Quando você e Sara rezavam, era eu quem apresentava o memorial da súplica de vocês diante do Senhor glorioso. A mesma coisa eu fazia quando você sepultava os mortos.

Quando você não teve dúvidas em deixar o almoço, a comida, para ir esconder um morto, eu fui mandado para provar a sua fé.

Da mesma forma, fui mandado para curar você e sua nora Sara.

Eu sou Rafael, um dos sete anjos que estão sempre prontos para entrar na presença do Senhor glorioso”.

São Rafael falou desses 7 importantes anjos, a gente conhece, pela Bíblia, o nome de 3 deles: São Miguel, São Gabriel e São Rafael… Siaba mais sobre eles aqui http://goo.gl/od4VZ

Meu Testemunho…

Todas as noites, eu oro por meus filhos, além das orações que eles mesmos fazem do Santo Anjo e outras de devoção deles. Oro com a Bíblia nas mãos, por sugestão de minha mãe, lendo, mesmo já tendo decorado a oração, porque a Palavra de Deus tem poder.

Primeiro traço o sinal da cruz com água benta sobre eles e depois oro pedindo que São Rafael os acompanhe durante a noite, os curando de todo medo, na escola e onde mais forem, os protegendo de todos os perigos do corpo e da alma, neutralizando com sua presença santa de toda contaminação que possam sofrer, tanto espiritual, como de más palavras, idéias, desenhos, literatura…  Leio por eles, após pedir que São Rafael os acompanhe:

Vou com ele. Não tenha medo. Iremos e voltaremos sãos e salvos. O caminho é seguro…

Que o Deus do céu proteja vocês e os traga sãos e salvos. Que seu anjo os acompanhe com sua proteção, meu filho…” (Tobias 5, 17)

E agradeço a São Rafael. Porém, numa noite,eu estava com muita dor de cabeça e esqueci de rezar. De madrugada, acordei, já sem dor, com uma voz de um jovem me chamando, chamou várias vezes, pensei: essa voz não é do meu filho, nem de meu esposo, e fiquei um tempo escutando me chamar pelo nome com insistência… Foi quando me dei conta: São Rafael! Então levante e foi rezar pelas crianças. Desde então tenho a certeza da eficácia dessa oração.

Glorioso Arcanjo São Rafael, médico encarregado de nossa saúde, venha, por favor, do alto do céu curar todos os que estão doentes e resolver os difíceis problemas da vida. Fica conosco, Arcanjo, vós, a medicina de Deus, afastai para longe de nós todas as doenças do corpo e da alma, trazei saúde para nossas mentes. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

Um Presentinho… Algumas páginas da Bíblia para Cruanças da Canção Nova, da história de Tobias para você. A história completa, você pode ler na sua Bíblia, clique aqui.


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/25/sao-rafael/

amigodoceu

Nossa Senhora das Mercês

Santa Maria das Mercês dos Escravos

Que quer dizer“Mercês”?

“Mercês” é uma palavra antiga que quer dizer “à disposição” … E porque será que ela tem esse título?

A escravidão não agrada a Nossa Senhora, ninguém nasceu para ser escravo. Conheça essa linda história…

Estamos em 1218… Em meio a uma tempestade, surgem enormes navios. Nos mastros, as bandeiras dos mouros sarracenos. Mouros era como os europeus chamavam quem não tinha nascido no continete Europeu, principalmente os vindos da ásia.

Piores que os piratas, os sarracenos desse navio viviam do tráfico escravo de cristãos e de saquear as cidades. Vindos pelo mar ou a cavalo, eram muito bons de briga e ameaçavam destruir toda a Europa Cristã. Surgiram, então, as Cruzadas ou guerras santas… Infelizmente, não foram tão santas assim, por causa dos que foram para os campos de batalha com a mesma intenção dos inimigos: diziam-se cristãos, mas matavam sem piedade e só queriam uma oportunidade para roubar jóias e ouro. Que vergonha!

Mas, também houveram homens de valor, bons cristãos que foram lutar com boa intenção de defender as próprias famílias e poder continuar sendo cristãos,pois onde os muçulmanos tomavam um povoado, obrigavam com violência todo o povo a abandonar a própria religião.

É aqui que aparece o “mocinho” desta história…

Pedro Nolasco

Pedro tinha 15 anos e pôs-se a seguir, como escudeiro, o cavaleiro Simão de Montfort na cruzada contra os Ablugenses. O rei de Aragão, onde hoje é a Espanha, chamado Pedro II morreu nessa batalha. E veja só quem é que ficou sendo o rei: O príncipe Tiago, que só tinha 6 anos.

Lá no campo de batalha, o rei Pedro II, antes de morrer, conheceu bem o escudeiro Pedro Nolasco e gostou muito do jeito dele. Por isto, ou talvez por saber que ele vinha de uma nobre família muito cristã, deixou o nosso Pedro como mestre e tutor do filho, o principezinho. Como Pedro mesmo era muito jovem e era a época em que surgiu a devoção à Nossa Senhora Auxílio dos Cristãos, nos campos de Batalha, Pedro pensou:

Vou colocar esta criança nas mãos de Nossa Senhora, para que ela me auxilie. Eu não vou saber educar um menino para ser rei. Maria sabe, pois educou Jesus, que é o Rei dos Reis”.


Nossa Senhora aparece a Pedro

O tempo não parou, e Pedro foi vivendo sua vidinha lá no castelo. Ele já tinha29 anos, quando estava rezando o terço, bem sossegado e lhe apareceu, nada mais, nada menos, que a própria Nossa Senhora. Era madrugada do dia 2 deagosto de 1218. Ela lhe disse:

Pedro, as pessoas continuam sendo levadas como escravas para a África. São centenas de famílias cristãs que ou morrem nos navios, ou uma vez escravas, para conservarem suas vidas são obrigadas a negar a fé em Jesus Cristo… Eu sei que você tem feito o que pode aí do castelo, por isso eu quero que seja meu cavaleiro. Junte outros rapazes corajosos como você, com o objetivo de resgatar os prisioneiros. A única arma que levarão será a oração, pois vocês não serão soldados, nem cavaleiros como os dos reis da terra. Formarão uma ordem religiosa”.

Nasceu, assim, a ordem dos Mercedários, por serem devotos de Nossa Senhora e a honrarem com o título de Santa Maria da Misericórdia, ou das Mercês dos Escravos.

Tinham um voto: Oferecer-se como escravos dos muçulmanos, se preciso fosse, para livrar um cristão da escravidão.

Olhe só o que Nossa Senhora recebeu de presente do Irmão Pedro e de seus rapazes. Ele sozinho, conseguiu libertar da escravidão 890 pessoas, e em l00anos, seus irmãos libertaram mais de 26.000 prisioneiros.

Pedro morreu numa linda noite de Natal de 1258. A última coisa que disseaqui na terra foi:

“  O senhor remiu seu povo.”

Remiu quer dizer perdoou, pagou pelos pecados deles. Jesus fez isto morrendo na Cruz para nos salvar. O pecado é a pior forma de escravidão que existe, pois leva à morte.

Agora, lá no céu, São Pedro Nolasco deve andar rodeado de crianças querendo ouvir as lindas histórias, das aventuras todas que ele viveu aqui na terra: Viagens distantes, fome, prisões… Além de, com certeza, estar aos pés de Nossa Senhora pedindo perdão e paz para todos os que sofrem pelos pecado dos “sem noção” que continuam por aqui querendo guerra brigando por petróleo, poder… Sem noção que existe inferno. Deus é amor, o ódio não tem nada que ver com Ele!

Nossa Senhora das Mercês e São Pedro Nolasco, rogai por nós!

Agora clique no São Pedro Nolasco que eu desenhei, para ampliar e imprimir… Fica com Deus.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/24/nossa-senhora-das-merces/

amigodoceu

Hoje é dia de Padre Pio!

23 de Setembro é dia de São Pio de Pietrelcina, o Padre Pio…

Se você sentir perfume de flores, não se assuste… Saiba aqui porque http://goo.gl/sQbZ5w

A história de Padre Pio e o Anjo da Guarda aqui http://goo.gl/SThn80

E saba que Padre Pio fazia coisas incríveis? É que ele tinha super poderes: os Carismas do Espírito Santo aqui http://goo.gl/2Mp0cO

Wanda Póltawska amiga de João Paulo II foi curada de um câncer após um pedido do futuro papa ao Pe. Pio http://goo.gl/zLBOnv

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/23/hoje-e-dia-de-padre-pio/

amigodoceu

Perfume que vem do do Céu

Se Hoje você sentir Perfume de flores, não se assuste…

No Brasil o dia de Padre Pio é no segundo dia da nossa primavera e tem tudo a ver.. Porque? Por causa da Osmogenesia”…

Sabia que essa palavra difícil é um carisma?!

Pois é! E alguns Santos possuem, como Nossa Senhora, Padre Pio, Nhá Chica…

E.. OQUEQÈISSO???? Eheheh… É o carisma de exalar perfume, um perfume quase sempre de flores, de rosas quando Jesus quer que quem está pedindo a intercessão desse santo está sendo ouvido. Maneiríssimo!

Padre Pio em vida já recebeu essa graça e outras mais. As vezes as pessoas queriam pedir as suas orações por alguma situação e não tinham como falar com ele, aí sentiam o perfume de rosas. Passava um tempo e quando encontravam o padre Pio, ele perguntava como aquela situação ia, sem qua a pessoa tivesse lhe contado nada.

Uma vez um amigo perguntou ao Padre Pio o que era aquele perfume de flores, e ele respndeu: “São balinhas para as crianças.”

É que era costume dos avozinhos italianos (o meu fazia isso) ter sempre balinhas nos bolsos para as crianças. Com isso o padre Pio quis dizer que era um consolo, um agradinho do Céu, para que a pessoa persebesse que não estava sozinha na sua dor.

Num outro dia um amigo sentiu tanto esse perfume, durante a Missa que o Padre Pio celebrou, que lhe perguntou explicações sobre o ocorrido, e o padre respondeu o seguinte: “Meu filho, não sou eu ou você. É Deus que atua. Ele deixa sentir este perfume, quando ele quer e a quem ele quizer. Tudo ocorre segundo o gosto dele próprio.”

Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo” (2 Coríntios 2, 15)

Testemunhos do “Perfume” de Padre Pio

(do site http://www.padrepio.catholicwebservices.com)

Um dia, o médico de costume, retirou do tórax do Padre Pío um, curativo composto de bandagens (gases) que foram utilizadas para estancar o sangue. O médico guardou os curativos em um estojo, para ser levado a um determinado laboratório localizado em Roma, para que fossem analisados por meio de testes laboratoriais. Durante a viagem, um Oficial e outras pessoas que estavam na mesma viagem, sentiram o perfume que era emanado do Padre Pío. Nenhuma daquelas pessoas sabiam que o médico possuía em seu bolso os curativos, contendo o sangue do Padre Pío. O médico conservou aqueles curativos no seu estojo, e o estranho perfume impregnou por longo tempo o estojo, tanto que os pacientes que foram visitados pediram explicações a respeito de tal perfume.

O Frade Modestino contou em certa ocasião: “Era uma vez, em que me encontrei de férias em San Giovanni Rotondo. Na manhã, me apresentei na Sacristia, a fim de celebrar a Missa com Padre Pío, e outros frades discutiam a fim de ter este privilégio. O Padre Pío interrompeu aquela discussão e disse – “Na Missa, que servirá comigo é ele” – e terminou por me indicar. Ninguém disse mais nada. Acompanhei o Padre até o altar de São Francisco, e o ajudei a prepara-lo para a Santa Missa em absoluta concentração. No momento do “Sanctus” tive um repentino desejo de sentir aquele indescritível perfume que senti muitas vezes, quando beijei a mão do Padre Pío. O desejo foi concedido logo em seguida. O cheiro do perfume me envolveu e aumentou o odor em demasiado. Não conseguia respirar normalmente. Tive que me apoiar no balaústre, com a mão para não cair. Estando a ponto de desmaiar, quando pedi ao Padre Pio, para me socorrer e evitar esta cena na frente de tantas pessoas. Naquele preciso instante o perfume desapareceu. Ao fim da tarde, acompanhei o Padre ao seu quarto, e pedi ao Padre explicações sobre o ocorrido, este me disse o seguinte: “Meu filho, não sou eu ou você. É Deus que atua. Ele deixa sentir este perfume, quando ele quer e a quem ele quizer. Tudo ocorre segundo o gosto dele próprio.”

Eu estava ao lado de um confessionário. Da minha pequena janela vi que o Padre Pio estava recebendo uma confissão e no outro lado estava uma senhora. Enquanto eu aguardava para falar com o Padre, senti um forte perfume de lírios. Isto foi me transtornando porque eu nunca tinha acreditado na história dos perfumes. E assim, eu me convenci que os perfumes do Padre Pio realmente existiam.

Uma senhora de Bolonha que tinha 24 anos teve um certo braço fraturado. O mesmo braço tinha sido operado três anos antes por causa de um acidente sério que aconteceu. Depois de uma nova operação e de um longo e doloroso tratamento, o cirurgião falou para o pai da menina que ela não poderia usar mais o braço. Na realidade o braço estava completamente duro por causa da remoção de uma parte do ombro. Foi feito um enxerto no osso que não teve sucesso. O pai e filha estavam aflitos, passando por St. Giovanni Rotondo, Padre Pio os conheceu, ele os abençou e declarou: “Acima de tudo nenhum desespero! Confie em Deus! O braço recuperará.” No final do mês de julho de 1930, a mulher retornou para Bolonha sem qualquer melhora em seu braço. Era possível pensar que Padre Pio estivesse errado? Ninguém pensou, por meses no problema. No dia 17 de setembro, o dia das celebrações dos estigmas de S. Francisco, de repente no apartamento onde a família vivia estava cheio de um cheiro delicioso de junquilhos e rosas. Este fenômeno durou uns quinze minutos enquanto todo mundo tentava entender donde aquele perfume se originava. Daquele dia em diante, a menina começou a usar o braço dela novamente. Feita uma nova radiografia no braço dela, mostrou que o osso e as cartilagens estavam completamente sistematizadas e recuperadas.

Um homem contou: “… um dia eu decidi seguir o sugestão da minha esposa para ir no Padre Pio. Eu não estava participando da igreja por um vinte e cinco anos, precisamente no dia de meu matrimônio. Eu sentia a necessidade de me confessar, mas assim que eu estive próximo a Padre Pio, ele me falou bruscamente sem olhar para mim: “Vá embora! ” – Eu respondi: “Eu estou aqui para me confessar, e me dê a absolvição” – eu lhe falei asperamente, mas ele respondeu asperamente: “Vá embora, eu disse.” e eu fui embora. Eu sai da pequena Igreja e fui para o hotel. Minha esposa que tinha me visto sair da Igreja daquele modo, me encontrou no hotel e perguntou: o que aconteceu? O que você está fazendo? ” – Ela queria saber. “Eu vou arrumar a mala e ir embora”, eu respondi. Mas naquele momento senti uma nuvem de perfume. Era um intenso perfume, maravilhoso. Eu estava confuso. Eu me tranquilizei no momento e eu sentia dentro de mim um grande vontade de ver o Padre Pio. Eu voltei para vê-lo mais tarde, mas antes de falar com ele, eu examinei minha consciência cuidadosamente. Amavelmente Padre Pio me deu boas-vindas e me deu a absolvição.”

Uma senhora contou: – Meu marido acidentou-se com o seu carro e foi transportado para o hospital em Taranto, com perigo de perder a vida. Os doutores disseram que não tiveram nenhuma chance para salvá-lo. Normalmente, quando eu vinha visita-lo, eu parava e rezava na frente a um monumento de Padre Pio, no jardim do hospital. Um dia, o “Santo” fez-me cheirar um perfume de maravilhoso de lírios e me fez entender que minhas súplicas tinham sido ouvidas. Daquele momento as condições de meu marido melhoraram e ele começou a recuperar-se completamente.

Um cavalheiro de Toronto contou: – Em 1947 minha esposa que tinha se adoecido seriamente, foi hospitalizado em Roma para enfrentar uma séria operação cirúrgica. Eu parti para St. Giovanni Rotondo, eu me confessei com Padre Pio e, depois de receber a absolvição, eu falei com o padre sobre o condição de saúde de minha esposa. Então eu pedi: “Padre, me ajude a rezar! “. Naquele momento eu senti um cheiro de um perfume delicioso e persistente que me pegou de surpresa. Eu voltei para casa na mesma noite. Assim que eu abri a porta, eu senti aquele perfume que eu tinha cheirado quando eu estava próximo a Padre Pio. Eu estava confiante. Minha esposa foi operada e a operação que era perigosa estava terminada com sucesso. Eu lhe contei a maravilhosa experiência que eu tinha tido, e juntos, agradecemos Padre Pio.

Os noivos moravam na Inglaterra e eles tiveram que tomar uma séria decisão. No ponto de vista humano a situação parecia desesperadora. O que fazer? Alguém falou para eles sobre Padre Pio. Eles escreveram para Padre Pio, mas não tiveram nenhuma resposta. Então eles tomaram a decisão de ir para St. Giovanni Rotondo, para perguntar diretamente para Padre Pio. Da Inglaterra para Puglia (Itália), a viagem era longa! Eles passaram a primeira noite em Berna e se perguntaram se valia a pena continuar. Eles pensaram: “Vamos supor que o Padre não nos receba! ” A noite, eles estavam conversando e estavam tristes, em um pequeno quarto de hotel de última categoria na qual eles tinham reservado para economizar dinheiro. Era inverno e estava nevando. Eles estavam desanimados, e estavam no ponto decidir que deveriam voltar. Mas de repente eles se sentiram um perfume delicioso e forte, tão agradável, que eles foram confortados. A mulher começou a procurar a fonte daquele perfume e pensou que algum viajante distraído tivesse esquecido uma vidro de perfume no quarto. A procura não teve nenhum sucesso! Logo após o perfume ter diminuído, o quarto emanou o odor habitual fedorento. Os dois viajantes com curiosidade questionaram o dono do hotel que nunca sentiu qualquer coisa do perfume. Na realidade foi a primeira vez que os clientes do hotel dele acreditavam ter cheirado um pouco de perfume. Mas esta aventura os empurrou na decisão de continuar a viagem. Eles chegaram a St. Giovanni Rotondo e se encontraram com Padre Pio. O jovem homem sabia falar em italiano e disse: – “nós escrevemos para o senhor, mas o senhor não nos respondeu… ” – Por que isto? Por que você esta me falando que eu não lhe respondi? E naquela noite no hotel suíço, você sentiu o cheiro de qualquer coisa?… Com poucos palavras, Padre Pio resolveu as dificuldades deles. Os dois jovens estavam felizes e cheios de gratidão. Eles entenderam então, que o perfume que eles tinham sentido no quarto do hotel era o perfume do Padre Pio.

Um cavalheiro conheceu Padre Pio por umas séries de coincidências estranhas. Ele contou: “Na primeira vez, eu ouvi alguém que falou sobre este religioso extraordinário, após a guerra. Um amigo meu, conheceu bem o Padre, ele falou com entusiasmo sobre ele. Eu pensei que ele estava exaPadrendo para falar sobre ele deste modo. Minha primeira reação era de indiferença e incredulidade, especialmente quando meu amigo me falou sobre o fenômeno dos perfumes de Padre Pio que muitas pessoas disseram ter sentido o cheiro em lugares muito distante do religioso. Freqüentemente, estes fatos estranhos começaram também acontecer para mim. De repente eu senti um intenso perfume de violetas em lugares incomuns onde era impossível achar flores. Meu pensamento foi para Padre Pïo, mas eu me rebelei e falei que elas eram sugestões da minha mente. Um dia o fenômeno também aconteceu enquanto eu estava de férias com minha esposa. Eu tinha ido para a estação para enviar uma carta, e naquele lugar que normalmente não é perfumado eu senti aquele perfume inconfundível de violetas. Enquanto eu estava refletindo sobre aquele fato, minha esposa disse: “Mas de onde vem este perfume? ” Você pode senti-lo? Eu exclamei maravilhado. Então eu lhe contei sobre Padre Pio, e sobre as discussões com meu amigo, e sobre o perfume que me perseguiu por muito tempo. “Se eu fosse você”, – disse minha esposa – “eu partiria imediatamente para St. Giovanni Rotondo.” Um dia depois nós estávamos em viagem. Quando estávamos em frente ao padre, ele disse: “Ah, aqui está nosso herói; que com muito esforço eu o fiz chegar aqui”. Naquele mesmo dia eu tive a possibilidade para falar com ele, e daquele momento minha vida estava mudada.

Um cavalheiro contou: “Alguns anos atrás eu tive um ataque do coração. Os doutores recomendaram que eu enfrentasse uma operação cirúrgica para melhorar minha condição de vida. Eu decidi entrar em hospital para a operação. Era o mês de junho de 1991. Durante a operação os doutores puseram próximo a meu coração quatro marca passos. Após eu acordar do efeito da anestesia, eu tive um certa paralisia da perna e do braço. Eu estava desanimado, mas depois de um tempo a fé me animou e comecei a implorar ajuda para Padre Pio. Eu o implorei durante três dias usando um chapeu que minha mãe usou quando ela estava viva. No terceiro dia, assim que eu terminei de pedir, apesar de estar rodeado por outros pacientes, eu senti um intenso perfume de flores. Quando este perfume diminuiu, eu senti um arrepio na perna direita e eu entendi imediatamente que minhas orações tinham sido concedidas.”

Uma senhora contou: – “Eu tive grandes problemas a ambos os olhos. Eu conseguia enxergar só um pouco. Eu consultei vários doutores e depois de várias análises eles me diagnosticaram um hemorragia ocular irreversível e um tumor provável para a hipófise. Isto me deu tanta ansiedade e sofrimento; este mal, como declararam os peritos, não era curável. Eu estava em viagem e estava a ponto de passar perto de Benevento, assim eu decidi alcançar Pietrelcina onde eu tive a benção de visitar os lugares de Padre Pio. Durante a visita em um dos últimos quartos onde viveu Santo Pio, eu estava muito encantada e, enquanto eu estava rezando para meus parentes, eu senti um intenso perfume de incenso. Enquanto eu estava voltando a Roma através de um trem, eu meditei no que tinha acontecido e não estava arrependido por ter implorado para Padre Pio para curar meus olhos doentes. Eu pedi imediatamente, com fé, a ajuda dele. Padre Pio não me fez esperar a sua ajuda. Na realidade eu melhorei minha visão progressivamente e depois de algum tempo a minha visão voltou totalmente. Os peritos que me visitaram não puderam acreditar na minha recuperação total e inexplicável.

Um cavalheiro de Canicatti (Sicília-Itália) contou: – “No princípio do ano 1953, minha esposa estava grávida, e ela teve um problema sério. A vida dela e a vida da criança estavam em perigo, disse os doutores. Nenhuma operação teve sucesso. No dia 3 de maio, eu estava desesperado e escrevi uma carta para Padre Pio pedindo a ajuda dele. Alguns dias depois, minha esposa e eu estavamos em diferentes quartos, quando no mesmo tempo sentimos um perfume misterioso de rosas. Naquele momento precioso o carteiro bateu à porta e nos entregou uma carta que foi enviada do convento de St. Giovanni Rotondo no qual nós lemos que o Padre Pio tinha rezado para minha esposa e para nossa criança. Um dia depois nós fizéssemos outro check-up médico, notamos com surpresa que a doença tinha desaparecido.”

Um advogado que era devoto de Padre Pio contou: – “Uma vez eu estava numa velha igreja do convento escutando a Santa Missa do Padre Pio, e no momento da consagração do pão, eu fui distraído pensando em outra coisa. Eu era a única pessoa que se levantou no meio da multidão que estava ajoelhada. De repente eu senti um odor penetrante de violetas que me fizeram volte à realidade e dando uma olhada ao redor de mim, eu também ajoelhei sem pensar no estranho perfume. Como sempre, depois da missa, eu fui cumprimentar Padre Pio que me deu boas-vindas dizendo: “Você estava um pouco desorientado hoje? “- “Sim, eu estava Padre; Minha mente se ausentou hoje mas felizmente seu perfume me acordou” – Ele disse: “Para você o perfume é necessário, para você os tapas são necessários.”

Depois da conversão, um balconista Siciliano quis confessar-se com o Padre Pio. Estando com o Santo Pio, num gesto fraterno, ele segurou a sua mão direita por alguns instantes, porém, o suficiente para marca-lo por toda a vida, pois um perfume único e indescritível o envolveu. Chegando em Foggia (Itália), notou que sua mão direita tinha um perfume que sua mão esquerda não possuía, era o mesmo perfume que ele sentiu quando estava próximo do Padre Pio. O perfume não desaparecia nem sequer se ele lavasse as mãos. Considerando que, Padre Pio tinha dado a ele uma penitência durante dois meses, o balconista poderia sentir o mesmo perfume que subia de sua mão para seu peito e nariz. O perfume era tão intenso que ele se sentia inebriado. Com o passar do tempo, e à medida que era cumprida a penitência, o perfume começava a desaparecer, fazendo com que o penitente tentasse de todas as formas voltar a senti-lo em seu corpo, sem qualquer resultado, por fim, quando a penitência terminou, o perfume sumiu, porém naquele homem, ficou a certeza de ter acontecido uma experiência viva da misericórdia de Deus em sua vida, através deste fraterno encontro com o Santo Padre Pio.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/23/perfume-que-vem-do-do-ceu/

amigodoceu

São José de Copertino

Um santo no mundo da Lua.

Ele saía levitando pelo ar quando pensava em Jesus e Maria… Mas não foi levitando até a lua não… (eheheh).

É que… já ouviu alguém dizer: “Menino! Parece que está no mundo da lua?!”Eu já… Poie é. O  santo da nossa história de hoje, quando era menino, vivia no mundo da lua, até demais, totalmente distraído… Seu apelido na escola era “boca aberta”.

É que com 17 anos José ainda não sabia ler e escrever, então arrumou seu primeiro trabalho: copeiro no convento dos franciscanos capuchinhos! Era prato quebrado pra todo lado… Ai, ai… Quer conhecer toda a história?

Então assita eu e o Piné contando no “Amigos do Céu”

Quer colorir on line o desenho que eu fiz da história? Então clique nos lápis abaixo para abrir o joguinho…

Se você curte espanhol, pode assistir o filme “antigaço”, mas muito fofo e engraçado que também conta a vida dele… No filme Um Santo Relutante (de dominio público) você entende porque São José de Copertino é o padroeiro dos estudantes

Você quer colorir meu José de Copertino ? Clique nele para ampliar e imprimir…


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/17/sao-jose-de-copertino/

amigodoceu

Santa Dorotea de Cesareia

A Santa das Flores

Dorotea vivia em Cesaréia, na Capadócia, no início do século IV, época em que o Imperador Diocleciano perseguia e matava a todos os cristãos, porque eles não o adoravam como um deus nem aos deuses romanos. Diocleciano achava que isso enfraquecia o poder do império.

Era muito jovem quando seus pais foram martirizados no anfiteatro. Corajosa que era, fez um voto de castidade a Cristo e transformou a própria casa numa espécie de Igreja, onde passava os dias em meio a jejuns e orações, e valendo-se da própria fortuna para fazer caridade aos pobres.

Claro que perceberam que ela tinha a mesma fé de seus pais… Os cristãos de Cesareia iam muito a sua casa e os vizinhos perceberam. Isso fez com que seu nome fosse citado no Tribunal Romano como praticante da fé cristã.

Dorotea foi presa. Na época, governava o pretório de Cesareia o nobre Fabrício, que mandou trazer a jovem à sua presença e a indagou a respeito de sua fé e   eles a ridicularizavam sua religião cristã.

A moça respondeu sabiamente a todas as perguntas dos juíses. Eles a obrigaram viver durante uma semana na companhia de duas jovens prostitutas, pagas para serem muito más com Dorotéa, chamavam-se Crista e Calista, mas Dorotea foi tão gentil e boa para com elas que acabou por convertê-las à fé cristã e ambas foram mortas pelo Tribunal Romano.

Fabrício deu a Dorotéa a pena da morte pela espada. Ela, que gostava muito de flores, disse: “Vou para o Céu onde é eterna a primavera.” – Um dos pretores, um político romano que estava por ali, de nome Teófilo, zombou dela dizendo: “Pois já que vais ao jardim de teu esposo onde a primavera é eterna, envia-me de lá frutos e rosas perfumadas”. Dorotea disse: “Pois te enviarei, se meu esposo permitir.”

Antes de a espada dobrar sobre sua cabeça, ela rezou e pediu a Deus que realizasse sua promessa. Apareceu-lhe subitamente um anjo, tendo às mãos uma cesta com três belas maçãs e três perfumadas rosas. Dorotea tomou um lenço, enxugou com ele o suor e entregou-o ao anjo, dizendo-lhe: “Vai e leva a Teófilo e diz que Dorotea, serva de Cristo, lhe envia os frutos e as flores que ele pediu. E diz também que, se ele quiser mais, que vá ter com ela no paraíso”.

Dito isso, o anjo desapareceu e a espada caiu sobre Dorotea, que subiu radiante ao céu. No tribunal, Teófilo continuava a zombar do caso de Dorotea quando lhe apareceu o anjo e transmitiu-lhe o recado de Dorotéa. Assombrado com o estupendo milagre de receber as maçãs e as rosas, em época de inverno rigoroso, Teófilo se converteu e, pedindo perdão a Deus e a Dorotea, também morreu mártir.

Era o dia 6 de fevereiro de 304.

O corpo de Dorotea está na igreja que leva seu nome em Roma.

Santa Dorotea, a “Princesa da Primavera” do Céu (porque a Rainha é Nossa Senhora),  rogai por nós!

Agora que você já conhece a Santa da Primavera, que amava flores, pode colorir meu desenho… É só clicar nele para ampliar e imprimir.

Mais… Mais… Mais…

Quer ler mais sobre os santos que amavam flores? clique aqui.

E tem a história de Nossa Senhora das flores, clique aqui.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/09/03/santa-dorotea-de-cesareia/

Anjo de Portugal

Cada Nação tem um Anjo?

Na história dos 3 pastirinhos de Fátima, descobrimos que existe um Santo Anjo de Portugal… E ele tem uma missão: é o Anjo da Paz! E, se existe um de Portugal, deve existir um anjo para cada pais… E quem sabe mais de um: o da paz, o da caridade, etc.. Eba!!! Temos anjos que zelam pelo Brasil!

Quando apareceu pela primeira vez aos 3 pastorinhos, o anjo disse:

“Não temais! Sou o Anjo da Paz. Orai comigo… Meu Deus! Eu creio… Adoro… Espero… E amo-Vos.

Orai assim. Os corações de Jesus e Maria, estão atentos a voz de vossas súplicas. “

Lúcia contou: “A atmosfera de sobrenatural que nos envolveu era tão intensa, que quase não nos dávamos conta da própria existência, permanecendo por um grande espaço de tempo na posição que o Anjo nos havia deixado, repetindo sempre a mesma oração… A presença de Deus se sentia tão intensa e íntima que nem mesmo entre nós nos atrevíamos a falar….”

Na segunda vez que o anjo apareceu os 3 estavam brincando… O anjo disse: “Que fazeis? Orai. Orai muito Os corações de Jesus e Maria tem sobre vós desígnios de misericórdia. Oferecei constantemente ao Altíssimo, orações e sacrifícios.”

A Lúcia perguntou: “Como nos havemos de sacrificar?”

O anjo respondeu: “De tudo que puderdes, oferecei a Deus sacrifício em ato de reparação pelos pecados que Ele é ofendido. E súplica pela conversão dos pecadores. Atraí assim, sobre a vossa Pátria, a Paz.

Eu sou o Anjo da sua guarda, o anjo de Portugal…

Sobretudo, aceitai e suportai, com submissão, o sofrimento que o Senhor vos enviar.”

Na terceira vez que apareceu, deu a eles Jesus na Eucaristia…Ele aparece com um cálice e uma hóstia nas mãos, os deixa suspensos no ar, ajoelha junto dos pastorinhos, ora e as crianças repetem:

Santíssima Trindade… Pai, Filho e Espírito Santo… Adoro-Vos profundamente… E ofereço o preciosíssimo Corpo… Sangue… Alma e Divindade de Jesus Cristo… Presente em todos os Sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido… E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria… Peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.

Depois deu a Hóstia à Lúcia e o Sangue do Cálix para o Francisco e a Jacinta beberem, disse: “Tomai… …E bebei o Corpo e Sangue de Jesus Cristo, horrivelmente ultrajado pelos homens ingratos. Reparai os seus crimes e consolai o Vosso Deus.”

Quer saber mais da história dos 3 Pastorinhos? Assista a serie com Marionetes que conta a vida deles…



Quer colorir esse anjo de Portugal que desenhei? É só clicar nele para ampliar e imprimir…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/08/22/anjo-de-portugal/

amigodoceu

Bonecos de Papel para Vestir: Jacinta e Francisco

Para Recortar e Brincar!

Eu desenhei os bonecos de papel para vestir da Jacinta e do Francisco, os beatos pastorinhos de Fátima que viram Nossa Senhora. Para conhecer suas lindas histórias, clique aqui.

Clique em cada um deles para ampliar, imprimir e recortar…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/08/21/bonecos-de-papel/

amigodoceu

São Roque

Você gosta de cachorros? São Roque gostava muuuuuito…

Também só podia gostar! Foi um quem salvou a sua vida… E de um jeito incrível…

Incrível mesmo!!!

Quer saber como? É só curtir o Programa Amigos do Céu, eu conto a história dele com meu amigo pincel Piné…

Eu também contei essa história para a Web TV Canção Nova

Primeira Parte

Segunda Parte


São Roque sofreu uma grande injustiça e só quem teve compaixão dele foi um cachorro… Nem por isso deixou de ser bom, amar e perdoar.

São Roque…

Muito legal um cachorro ter salvo a vida de São Roque, não é mesmo? Acho até que ele deveria receber o título de “padroeiro dos cães” por essa razão, você não acha?!

Agora, não vá dar um machucado seu pro seu cachorro lamber (eca!). Isso de São Roque ficar curado foi um milagre pela graça de Deus e não porque a língua do cão tivesse poderes curativos, sem o milagre de Deus, a baba do bichinho (duas vezes eca!) só ia piorar a perna de São Roque… Ok?!

Quer colorir meus desenhos de São Roque? É só clicar neles para ampliar e imprimir…

Gostou? Então deixa um recadinho. Fica com Deus! Tia Adelita.

Você já …

meu Facebook?

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/08/16/sao-roque-2/

amigodoceu

Assunção de Nossa Senhora

Assunção de Nossa Senhora


Assunta” quer dizer: levada por alguém. No caso de Nossa Senhora, levada pelos anjos para o Céu. Mas… Como a gente sabe que Nossa Senhora foi levada pelos anjos para o Céu? E como a gente sabe que ela não foi só de alma, como todo mundo e foi de corpo e alma como seu filho Jesus?

Tudo começou com o testemunho dos apóstolos!

São Tomé e o Santo Cinto de Nossa Senhora

Essa história vem da tradição da Igreja: histórias que são contadas desde os tempos dos apóstolos, mas que não estão na Bíblia.

São Tomé encontrava-se numa viagen missionária (clique aqui para ler nas “Aventuras de São Tomé”, por onde ele andou)

Quando recebeu um recado de São Pedro: “Volte rápido à Jerusalém, pois  Maria, a mãe do Senhor,  está morrendo e deseja despedir-se de todos.”

Tomé chegou tarde demais e os apóstolos contaram a ele que Maria havia morrido. São Tomé pediu a São Pedro que abrisse o sepulcro, para poder prestar suas últimas homenagens à Mãe querida de Jesus. Atendido o seu pedido, constatou que o túmulo estava vazio, no local encontravam-se apenas muitos lírios e rosas.

Nesse mesmo momento, ao levantar os olhos para o céu, Tomé viu a assunção de Nossa Senhora: ela sorrindo, levada por muitos anjos. Maria desatou da cintura um  cordão e o lançou para Tomé… E porque? Para que os apóstolos dessem conta que ela não estava indo para o Céu só com sua alma, mas também com o seu corpo. Muito legal!

Catedral de Prato - Itália

Agora você pode colorir minha Nossa Senhora, é só clicar nela para ampliar e imprimir…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/08/15/assuncao-de-nossa-senhora/

amigodoceu

Santa Beatriz, a “Branca de Neve” do Céu

Santa Beatriz: a mais Bela do Reino


Ela é a “Branca de Neve” do Céu, sua história da tem rainha malvada, ciumenta e tudo…

Beatriz era a garota mais linda da Espanha e Portugal juntas.

E qual era o segredo de Beatriz? Como podia ser tão bela? É que Beatriz era linda por dentro e por fora… Ela amava muito Nossa Senhora e queria ser como Maria…

Perto dela, as outras mulheres, mesmo muito maquiadas, com suas perucas empetecadas, como usavam na época, cheias de jóias, pareciam espantalhos… Aí já viu: foi uma ciumeira só.

A rainha, de quem Beatriz era dama de companhia, não a suportava… Até que um dia teve uma ideia terrível, pior que maçã envenenada, para acabar com Beatriz…

Assista à história, você vai curtir…


Esse é meus desenhos de Santa Beatriz. Quer colorir? É só clicar neles para ampliar e imprimir…


Essa história, também vai estar no meu novo livro “Lindas e Santas” que estou escrevendo.

Olha a Santa Beatriz com suas Irmãs da Congregação que ela fundou depois que fugiu do palácio…


Obrigada por curtir meu blog, deixe um recadinho e fique com Deus. Tia Adelita.



Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/08/12/santa-beatriz/

amigodoceu

O pai de Santa Teresinha: Beato Luís Martin

Pais exemplares…

Beato Luís Martin, o Pai de Santa Teresinha do Menino Jesus

O seu Luís Martin não era nenhum garotão, tinha 50 anos quando Teresa nasceu.

Mesmo assim aceitava todas as brincadeiras da filha. Depois que Teresa aprendeu a andar, corria até ele, sentava em uma de suas botas e ele a arrastava “a cavalo” por toda a casa e pelo jardim, até ela enjoar de brincadeiras.

Domingo é dia do Senhor.

O pai de Santa Teresinha teve um relojoaria. Os comerciantes abriam as lojas aos domingos, como fazem hoje os shoppings que você conhece. Queriam atrair os fregueses do interior que vinham passear em nossa cidade e aproveitavam para comprar mantimentos. De vez em quando, batia um freguês querendo comprar uma aliança de casamento ou um presente para alguém. Mas seu Luís respondia a todos sorrindo : “É o dia do Senhor , só o senhor será servido”.

Dizia aos amigos que zoavam dele: Prefiro perder boas oportunidades de negócios, mas atrair sobre a minha família a bênção de Deus.”

Com a morte da mãe de Teresa, Beata Zélia Martin (clique aqui para abrir sua história) o seu Luís mudou para uma cidade chamada Lisieux e alugou uma casa com um lindo jardim num bairro distante, onde pudesse criar suas 4 filhas longe das modas da cidade, pois na França surgiam ideias muito longe das coisas de Deus. Comprou material de pintura, livros, brinquedos e um piano para que as meninas se divertissem, mas não as deixava sair em bailes. Teresa escreveu:

Papai aposentou-se para ficar mais tempo com suas meninas e dedicar-se á nossa educação. Quis ser para nós, suas filhas, pai e mãe ao mesmo tempo . Por isso, para alegria, estava sempre perto de nós.


As noites, jogavam uma partidinha de damas, depois as irmãs mais velhas liam algumas páginas de algum livro interessante com histórias e aventuras, como a vida dos santos. Teresa ouvia sentada nos joelhos do pai. Depois da leitura, ele cantava com sua linda voz algumas músicas lentinhas e todas iam dormir muito tranquilas.

Um dia disse às filhas: “Que tal fazer uma visita para Jesus no Sacrário cada dia em uma Igreja diferente?

E lá iam eles. No final do passeio, o pai acabava sempre me dando um presentinho de um centavo ou dois para gastarem em doces.


Foi assim que Teresa conheceu o Carmelo. Seu Luís disse: “Sabe, minha rainhazinha, por detrás dessa majestosa grande, habitam umas santas religiosas que estão a orar ao Papai do Céu”.

Desde então, cada vez que ia pescar, seu Luís levava os peixes para as irmãs do Carmelo, mal sabia ele que 3 de suas filhas viveriam lá um dia.

Um pedido especial.

A coisa mais difícil para Teresa, foi dizer ao pai que pretendia entrar no Carmelo com 15 anos. Escolheu um fim de tarde em que ele estava no jardim com o Tom, o cachorro de Teresa. Ele perguntou: “O que você tem, minha rainha? Conte-me.”

Teresa falou, já com lagrimas no olhos : “Papai , quero muito ingressar no Carmelo, sinto que está na hora.”

O pai pegou umas florzinhas brancas de um matinho que pareciam lírios em miniaturas. Colheu um e entregou à Teresa: “Veja , minha rainha , o cuidado com Deus conservou essa florzinha até agora…”

Santa Teresinha (clique aqui para abrir sua história) escreveu: “Entendi que o papai estava falando de mim. Ele arrancou a flor com as raízes para que vivesse ainda, mas em outra terra mais fértil.”

Por causa desses dia, Teresa passou a se comparar com uma flor e a falar muito de flores. Foi o pai quem começou essa história.

Esse texto é parte de meus livros: História de uma menina que estou reescrevendo… Aguardem!

Não esqueçam de deixar um recadinho…

Com carinho, tia Adelita.

Eu na Internet…

Você também me acha…

Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

Você já me curtiu no facebook?

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/08/08/o-pai-de-santa-teresinha-beato-luis-martin/

amigodoceu

Transfiguração

A Transfiguração do Senhor

Na Bíblia infantil da Canção Nova tem a História da Transfiguração do Senhor… Peraí! Você sabe o que quer dizer “Transfiguração”? No dicionário está escrito que é a ação de alterar radicalmente o aspecto. Legal né?! Agora você pode ler a página da nossa Bíblia…

Quer colorir esse desenho? É do Reynaldo, o ilustrador da Bíblia Infantil… É só clicar nele para ampliar e imprimir…

Curiosidade: Como fizemos a Bíblia para Crianças da Canção Nova

Tinhamos pouco tempo e fizemos um mutirão. Eu coordenei o trabalho e adaptei o Novo Testamento. O Antigo Testamento foi minha amiga do Cantinho dos Anjos de São José. Os desenhos são do Reinaldo, a pintura do Thiago e do Tião que trabalham aqui comigo. Levamos 11 meses trabalhando nela.

Obrigada por curtir meu blog, deixe um recadinho e fique com Deus. Tia Adelita.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/08/06/transfiguracao/

amigodoceu

São Joaquim e Santa Ana

Sabia que Jesus também teve avós?


São Joaquim e Santa Ana são os pais de Nossa Senhora, a Mãe de Jesus, esposa de São José… Clique aqui para cohecer a história da “Sagrada Família”.

Minha fofinha Vó Romalina

Meus queridos avós.

O nono Estêvão me levava ao parque, contava histórias… A nona Maria me fazia bonecas de pano, jogava cartinhas comigo (o chato é que sempre me deixava ganhar). A vó Romalina me ensinou a rezar o terço em família e estava sempre atrás da gente com um chazinho, um doce… O vô Juvenal, não cheguei a conhecer, já estava no céu quando nasci.

O que eu não pensava é que eles passam… Hoje já estão todos no céu… Ai que saudade!!! Eles sempre demonstraram que me amavam, mas e eu? Eu sempre os respeitei quando precisavam de silêncio? Fui atenta se estavam precisando de um braço para se apoiarem ao descer um degrau? Tive paciência quando estavam irritados, chateados, com alguma dor? Se os teus avós estão vivos, pense nisso…

Os avós queridos de Jesus

Não eram pouca coisa…

Eles se chamavam Joaquim e Ana. Ana, ou “Hannâ” em hebraico, que significa “graça”. Ela pertencia à família do sacerdote Aarão. Joaquim, “Yônâkhîr”, em hebraico significa “Deus prepara”, ele pertencia à família real de Davi.

Tem um livro que não está na Bíblia, muito antigo e dizem que foi São Tiago quem escreveu, com essa linda história:

Os dois moravam em Jerusalém, ao lado da piscina de Betesda, onde hoje se ergue a Basílica de Santana. São Joaquim e Santa Ana não tinham filhos e já eram idosos. Mesmo assim, Joaquim não desistia de pedir um filho para Deus, pois sabia que Ele pode tudo. Um dia, retirou-se ao deserto para rezar e fazer penitência por essa intenção. Ali, um anjo do Senhor lhe apareceu, dizendo que Deus havia ouvido suas preces. Algum tempo depois, Ana ficou grávida. Nasceu uma menina a quem chamaram Maria, “Miriam” em hebraico, que significa “Senhora da Luz”. E quem é essa menina? Nada mais, nada menos que… Tharááám: a Mãe de Jesus!

Olha que lindo o que o Papa Francisco falou sobre os avós no Angelus, aqui no Brasil na Jornada da juventude…

Ele Também falou…

Quer colorir Santa Ana e São Joaquim? É sócliacar nos meus desenhos para ampliar e imprimir…


Eu aprendi com São Joaquim e Santa Ana…

… que os que não desistem de acreditar e confiar em Deus, sempre recebem as melhores surpresas… Deus é bom e fiel!

Você concorda? Tem um testemunho para contar sobre isso? Manda pra mim seu recadinho… Tia Adelita.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/07/26/sao-joaquim-e-santa-ana/

amigodoceu

O Gigante São Cristóvão

Gigantes existem? São Cristóvão que responda…


Ninguém sabia o seu nome, era conhecido como “o gigante”. Não havia quem fosse mais forte que ele. Assim, só podia ter a profissão que tinha: guerreiro. Sua simples presença era garantia de vitória. Por isso todos queriam ele no exército e pagavam muito bem por ele. Claro que o gigante queria estar do lado mais forte, para vencer sempre.


E como esse guerreiro se tornou um santo? Por que é o padroeiro dos motoristas?

Por que ficou conhecido como Cristóvão? Você vai ter que assistir ao “Amigos do Céu: Cristóvão, o Gigante” para descobrir…

Tem um pedacinho dessa história que eu contei também em um Kairós Kids, onde meu filho Estêvão desenhou São Cristóvão… Ficou melhor que o meu. Olha ai…

Quer colorir meu desenho de São Cristóvão que fiz na gravação ou meu desenho dele mais fofinho? É só clicar nas figuras para ampliá-las e imprimí-las…

A história de São Cristóvão vai estar no meu livro: Aventureiros, Guerreiros e Outros Heróis Santos” (clique aqui para adquirir)



Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/07/24/santo-cristovao/

Zilda Arns

A grande amiga das crianças

Jesus disse:

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos.”


E se existe um “Dia Internacional do Amigo”, eu escolho a  Doutora Zilda Harns para homenagear. Ela dedicou toda a sua vida para salvar outras vidas, sabe Deus de quantas crianças, com uma ideia genial que está se espalhando pelo mundo inteiro: a Pastoral da Criança

E depois, ela morreu num terremoto no Haiti, quando estava em missão, levando a Pastoral para aquele país…  Viu só como ela deu a vida por seus amigos?!

O mais legal:  ela é uma brasileira! Ahá! Uhu! Doutora Zilda é nossa!!!

Quer conhecer a sua história? É só curtir o vídeo do “Amigos do Céu”


Quer colorir o desenho que fiz na história?

Você conhece a Pastoral da Criança? Já ouviu falar? Pode me contar? Deixe o seu recadinho que vai ser super legal ler a sua partilha! Vou ficar esperando, tá?! Quer colorir meu desenho da Doutora Zilda? É só clicar no desenho da para ampliar e imprimir… Tia Adelita :)


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/07/20/zilda-arns/

amigodoceu

Santa Maria Goretti

Se não tenho idade pra namorar, por que não posso “ficar”?

Se você me perguntar isso, vou dizer que é tudo culpa da concupiscência.

Concupiscência??? O QUE É ISSOOO??? Esse palavrão significa: inclinação a gozar os prazeres sensuais.

A Bíblia diz: “Eu vos escrevi, jovens: sois fortes, a Palavra de Deus permanece em vós, e vencestes o Maligno. Não ameis o mundo, nem o que há no mundo… Ora, o mundo passa, e também a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.” (1Jo 2, 14-17)

Não entendeu ainda? Nada como uma história pra você compreender…

Você pode assistir à história que eu gravei para a WebTV Canção Nova sobre Maria Goretti…

Alexandre e Maria Goretti

Cresceram praticamente juntos: Alexandre e Maria Goretti. A mãe de Maria trabalhava para o pai de Alexandre. Ele tinha 17 anos e ela, 13. Os dois eram amigos: conversavam, riam juntos, brincavam.

Mas seguiram caminhos diferentes: enquanto Maria se preparava para sua primeira comunhão, Alexandre começava a ler novelas e romances que alimentaram sua concupiscência.

Voltado à história… Alexandre começou a perceber que Maria estava ficando moça e a olhar diferente para ela. Seu sorriso foi embora, seu olhar ficou frio, já não pensava em outra coisa e quis “ficar”. E o que ela disse? Não!

Alexandre quis fazer com Maria pior do que nos livros e revistas que lia os casais faziam. Mas ela resistiu. Maria o amava, ele era seu amigo. Era… Que pena.

Ler é uma coisa boa, MAS NEM TODO LIVRO É BOM!

Alexandre gostava de ler e isso é bom. Existem muitos livros legais, divertidos, interessantes… Mas como tudo na vida, a gente tem que saber escolher… Não é porque é livro que é bom, tem livro bom e livro ruim. Tipo: não é porque todo mundo está lendo que eu vou ler, primeiro eu tenho que ver se o livro tem a ver com o que eu penso e tem mais: no tempo de Maria Goretti e Alexandre, o que pegava eram os livros e revistas… Se eu alimento minha alma de coisas boas, fortaleço em mim o que é bom.

A Bíblia diz:A mim tudo é permitido, mas nem tudo me convém.” (1Cor 6,12)

Alexandre não amava mais sua amiga Maria porque a concupiscência é egoísta, não quer o bem do outro. A paixão de Alexandre virou ódio por ela que, por amor a Jesus, não cedia. Num dia, em que os pais dos dois não estavam em casa, Alexandre tentou agarrá-la a força. Ela disse:

Não vê que isso é pecado??? Que ofende a Deus! Não!!!”

Cego de paixão e ódio, Alexandre cravou uma faca em Maria, tantas vezes que perdeu a conta. Quando os pais chegaram, ela disse:

Alexandre me matou, mas eu não cedi!”

Essa história seria terrível se terminasse assim…

Antes de morrer, Maria disse: “Eu o perdoo. E o quero comigo no Céu.” Por muitos anos, Alexandre chorou arrependido. Precisou Jesus enviar Maria à prisão e dizer a ele:

Alexandre, Deus já te perdoou, eu já te perdoei, se perdoe também.”

Quando saiu da prisão tornou-se religioso em um convento. Dedicou o resto de sua vida contando a sua história e aconselhando os jovens a escolherem bem suas leituras, a não alimentarem a concupiscência.

Monsenhor Jonas Abib falou especialmente para as jovens e eu não esqueci:

Como filha de Deus, você é livre, mas nem tudo lhe convém… Porque é filha, não pode se deixar escravizar por nada nem por ninguém. Você é livre! É filha de Deus!”

(O texto desse post, eu tirei de meu novo livro para adolescentes,  que ainda estou escrevendo: “Lindas e Santas“.)

Gostou? Legal! Então deixa um comentário…

Quer colorir Maria Goretti? Clica no meu desenho para ampliar e imprimir…

. Clique  em facebook, pra compartilhar com seus amigos os card que eu fiz com meu desenho. Não esquece de curtir .

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Palestras para pais e outros.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/07/05/santa-maria-goreti/

amigodoceu

Vamos fazer o Castelo e a Coroa de Santa Isabel?!

Santa Rainha Isabel: História para Brincar

Numa noite dessas, eu contei a história da “Rainha Santa Isabel” para minha filha Maria Esther, antes de dormir. Ela amou! Quer que eu conte a história pra você também? (é só clicar aqui para ler ou assistir no “Amigos do Céu”).

No outro dia… fizemos a coroa da rainha: eu desenhei e recortei, ela pintou e colou as lantejoulas. (Quer o molde da coroa que desenhei? Clique nela para ampliar e imprimir)

Aí uma amiguinha, a Miriam, veio em casa para brincar com a Maria e quis ouvir a história. Enquanto eu lavava a louça, contei a história pras duas.

Então tivemos uma ideia: fazer brinquedos de sucata – o castelo da Rainha Santa Isabel e do rei Dinis de garrafa plástica. A gente foi no quintal e achamos garrafas de plástico vazias… perfeito!

Limpando os rótulos… ficaram ótimos!

Eu desenhando e a Mirian recortando…

Maria pintando…

Por fim, as felizes proprietárias de um castelo!

Você também pode brincar assim…

Chame suas amigas para assistirem à história e já fale para trazerem as sucatas para os castelos e as coroas!

É muito divertido e você vai estar evangelizando.

Fica com Deus e não esquece de deixar um recadinho pra mim.

Quer assitir mais hstórias minhas na Internet?

. facebook

. youtube

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/07/03/isabel-para-brincar/

amigodoceu

Santa Isabel de Portugal

Isabel, uma Rainha que foi Santa

Foi em honra a essa santa que a nossa Princesa do Brasil (que também foi muito amiga de Jesus) ganhou o nome de Isabel.

Era uma vez um príncipe que gostava de música, fazer poesias de amor e canções. Andava por aí cantarolando em seu cavalo branco: “Lararararí…”. Era conhecido como: “Dinis , o príncipe trovador!”


Parecia ser um partidão par a qualquer princesa, não é mesmo?!

Mas… Nem tudo que brilha é ouro: ele também gostava de vinho e de ter muuuuuuitas namoradas. Quando Dinis foi coroado rei de Portugal seus pais resolveram que seria com a princesa Isabel do reino de Castela…. Essa não! Pobre Isabel…


Quer conhecer toda a história? Assista ao vídeo…

Quer ver eu contando outra versão dessa história? Curta a que gravei para WebTVCN…

Isabel e o Milagre das Rosas

O Piné está aqui me perguntando:

Por que na imagem da Santa Rainha Isabel, ela está com uma capa cheia de rosas?

Por causa dessa história: um dia a rainha Isabel saiu do castelo numa manhã de Inverno. Levava o cesto cheinho de pães por baixo da capa para distribuir para uma família pobre. De repente escutou o trote do cavalo de Dom Dinis: pocotó, pocotó, pocotó! Xiii… Lá vem encrenca, pois o rei não aprovava as caridades da esposa. Vermelho de bravo, Dom Dinis foi dizendo: “Isabel, o que tem aí escondido no vestido?” - Meio desesperada, sem saber o que dizer, falou a primeira coisa que veio na cabeça: “São rosas, senhor!”

Desconfiado, Dom Dinis falou: “Rosas, no Inverno? Sei bem que levas dinheiro para dar aos pobres!”

E puxou bruscamente a capa de Isabel, milagrosamente viu mesmo rosas, no cesto que antes haviam pães. Ufa!!! Dinis ficou com cara de tacho…

Olha o comentário do Piné: “Uau!!! Isso bem podia acontecer comigo: ‘O que você carrega aí Piné?’ Sorvete de chocolate e: tum! O sorvete aparecer feito mágica.”

Só que Deus não fica fazendo “mágica” por aí, Piné. Milagres acontecem quando Deus, que é tão bom, quer nos dar um sinal do Seu amor.


Você teria a coragem de Santa Isabel? Para fazer o que ela fez, nós precisamos de um dom do Espírito Santo: o dom da caridade, que é o amor. É esse dom que nos faz parecidos com Jesus e é o maior de todos. Que Isabel, do Céu, possa interceder por nós, para que sejamos assim como ela, saibamos repartir nossas coisas, pois todos somos irmãos em Jesus e todos merecem ter uma vida com dignidade.

Quer brincar?! Para aprender a fazer o castelo da Rainha Isabel com uma garrafa de amaciante e o molde de sua coroa (Clique aqui)

Agora você pode clicar nos desenhos abaixo para ampliá-los, imprimir e colorir  Santa Rainha Isabel… Depois deixa um recadinho pra eu saber se você gostou do post.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/07/03/isabel-de-portugal/

amigodoceu

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Nossa Senhora e a Arte… Como tudo Começou

Era uma vez um médico, escritor e pintor chamado Lucas… Foi ele quem escreveu o Evangelho que mais fala da infância de Jesus… E quem contou pra ele? Nada menos que a própria Virgem Maria… Eles se conheceram pessoalmente e a tradição da Igreja diz que as pinturas mais antigas de Nossa Senhora que existem são de São Lucas

Você pode dizer, olhando para uma das pinturas, que ele escreve melhor do que pinta (eheheh) , mas segundo a tradição São Lucas era grego, por isso tinha esse estilo, chamado bizantino originário da Grécia, de pintar. Essas pinturas são “Ícones”, eles são como mapas de tesouros, cheios de segredos… (descubra os segredos do Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro clicando aqui)

No ano 1207, devido a quantidade de milagres que aconteciam diante dessas  pequenas pinturas de São Lucas, o Papa Papa Inocêncio III declarou: “Verdadeiramente a alma de Maria parece se encontrar na imagem, uma vez que é tão bonita e tão milagrosa”.

Então, nos séculos XII, XIII e XIV, os pintores fizeram diversas cópias em madeira e tela, entre elas o Ícone de NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO.

Muitas Aventuras…

Por volta de 1496, o quadro estava numa Igreja da Ilha de Creta quando um homem sem fé, um negociante que passava por ali, viu o quadro e, na esperança de vendê-lo por bom preço,o roubou e fugiu com ele pelo mar, escondendo-o entre suas mercadorias.

O quadro foi parar na casa de um romano. A própria Nossa Senhora apareceu a cada pessoa daquela família pedindo que devolvessem o quadro à uma Igreja… E nada. Dá para acreditar?! É que a mulher era cabeça dura e não queria devolver…


Por fim, a Virgem apareceu à filha menor do romano, uma menina de seis anos, e lhe disse: “Avisa à tua mãe que Santa Maria do Perpétuo Socorro quer que a tireis desta casa.”

Nossa Senhora também disse que o Icone deveria ser levado para a Igreja de São Mateus, que ficava na Via Merulana, entre as Basílicas de Santa Maria Maior e São João de Latrão. E para lá o quadro finalmente foi levado em 27 de março de 1499.

Ufa! Até que enfim!!!

Como todos na cidade ficaram sabendo da história, formou-se uma grandiosa procissão acompanhada por inúmeros membros do clero e uma multidão de fiéis. Uau!!!

Durante três séculos a imagem ficou na Igreja de São Mateus e, em pouco tempo, ela se tornou uma das Igrejas mais visitadas de Roma, devido à fama dos milagres por intercessão da Virgem do Perpétuo Socorro.

Essa não… Chegou Napoleão!

Em 1798 as tropas de Napoleão Bonaparte, que não acreditava nada, invadiram Roma. Acreditra que ele espulsou o Papa Pio VI de Roma e seu exército destruiu 30 Igrejas, entre elas a de São Mateu, onde estava o Icone de Nossa Senhora? Seria o fim dele???

O milagroso quadro foi salvo por um sacerdote corajoso que o levou para a Igreja de Santo Eusébio e depois para a capela privada dos agostinianos no convento de Santa Maria in Posterula. Assim, a imagem ficou lá, escondidinha e esquecida por nada menos que meio século.

50 anos depois…

Um tal Frei Agostinho Orsetti havia sido frade na Igreja de São Mateus e sabia da história da Santa. Por volta de 1850, estando já idoso e quase cego, fez amizade com um jovem coroinha chamado Miguel Marchi e lhe contou a história. Disse: “Não te esqueças, meu filho, de que a imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro está em nossa capela. Era muito milagrosa. Nunca te esqueças, entendeste?”

O jovem coroinha, mais tarde o padre redentorista Miguel Marchi, não se esqueceu…

Em meados do séc. XIX, a Congregação dos Padres Redentoristas foi convidada pelo papa Pio IX a instalar em Roma sua Casa.

E adquiriram um terreno, justamente no local onde existira a Igreja de São Mateus (aquela que Napoleão destruiu, onde antes estava a imagem). Ali construíram os Padres Redentoristas um convento e a Igreja de Santo Afonso e sem que soubessem, exatamente no local onde existira outrora a Igreja de São Mateus, na qual fora venerada durante séculos a milagrosa pintura de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

O Padre Miguel contou toda a história da imagem para o Superior Geral da Congregação e o superior pediu ao Papa Pio IX a guarda Ícone para à sua Congregação. O Papa deu aos Redentoristas a missão de difundir a devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro: “Fazei com que ela seja conhecida no mundo inteiro!”

Um Dia de Festa

Em 1865, numa solene procissão, cerca de 20 mil fiéis conduziram o Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro pelas ruas enfeitadas de flores até a Igreja de Santo Afonso.

Uma mulher, vendo a procissão passar, gritou da janela de sua casa: “Querida Mãe, cure meu filho ou leve-o para o Céu!” - Erguendo nos braços seu filhinho moribundo quando passava o quadro. Na mesma hora o menino ficou curado.

Pouco adiante, outra mãe pediu para curar sua filha atingida por uma paralisia total. Imediatamente a menina ganhou força nas pernas, porém, apenas o suficiente para começar a andar. Mãe e filha foram no dia seguinte à Igreja de Santo Afonso e suplicaram: “Ó Maria, terminai o que começastes!” E a menina de lá saiu completamente restabelecida.

E, graças ao zelo dos Padres Redentoristas, milhares de igrejas se erigiram em sua honra em todas as partes do mundo e até hoje temos essa linda devoção na nossa Igreja.

Clique no Desenho ao lado para ampliar, imprimir e  colorir…

O quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é um Icone, significa que foi pintado em oração e que cada detalhe tem um significado. Quer saber o que significa cada detalhe? (Clica aqui para ver)

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/06/26/nsa-sra-perpetuo-socorro/

amigodoceu

São Sebastião

Um Soldado de Cristo

A Cidade escolhida para a Jornada mundial da juventude no Brasil em 2013 foi o Rio de Janeiro… E você sabe quem é o Padroeiro do Rio de Janeiro? Duas dicas: ele foi o capitão da guarda imperial do Papa e um espião de Cristo no exército Romano…

Sebastião, um Jovem Corajoso

Essa história aconteceu uns 300 anos depois que Jesus veio nessa terra pra nos salvar. Nessa época o império romano ainda mandava em tudo. E depois que o rei de Roma, Nero, mandou incendiar a cidade e colocar a culpa nos cristãos, quem acreditava em Jesus era perseguido e, se não renunciasse a sua fé, era morto.

Ninguém poderia desconfiar que um soldado do Imperador era cristão… Por isso o corajoso jovem Sebastião alistou-se no exército a pedido do Papa para ser um espião de Cristo: descobrir e avisar os cristãos para que fugissem, cada vez que o imperador comandasse uma prisão. Sebastião se esforçou para ser o melhor soldado e ser promovido a Comandante da guarda imperial de Roma, assim tinha entrada livre onde os irmãos estavam presos e podia confortá-los e animá-los a permanecerem firmes na fé.

charada-saosebastiao1


Quer assistir a história toda? Eu conto no “Amigos do Céu”…

Vamos colorir São Sebastião que eu desenhei contando a história?


Quer colorir São Sebastião num game online ?

É só clicar no desenho para ampliar e imprimir…




saosebastiao-resp

São Sebastião também está no meu livro com gravuras em 3D “Aventureiros, Guerreiros e outros Heróis Santos” (clique aqui para adquirir) .

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/06/19/sao-sebastiao/

amigodoceu

Santa Joana d’Arc

Santa Joana d’Arc, a Heroína da França

Cada vez que os Ingleses tomavam uma cidade francesa, queimavam tudo, roubavam e maltratavam as pessoas. O povo, desesperado, começou a fazer procissões, novenas, ladainhas e celebrar Missas para que Deus tivesse misericórdia e fizesse alguma coisa, pois existia uma lenda que Deus enviaria uma virgem, uma jovem de Orleans para salvar a França. E Deus atendeu essas preces. Foi através de uma uma pobre menina que morava na roça chamada Joana…

Joana não sabia ler, nem escrever, pois as meninas e os pobres naquela época não iam à escola. Todos os dias ajudava com seus pais e irmãos na roça, fiava lã junto com a mãe ou cuidava de um rebanho de ovelhas, nem imaginava o perigo que a França estava correndo, ou porque sua família e todos que conhecia eram tão ou mais pobres que eles. E não sabia nada sobre guerras.


Até que num dia ensolarado, quando tinha 13 anos, estava no jardim quando de repente ouviu:

Joana, filha de Deus sê boa e ajuizada, freqüenta a igreja, põe tua confiança no Senhor”.

Levantando o olhar, Joana viu um anjo, dentro de uma luz brilhante: era São Miguel. Ele estava

acompanhado de Santa Catarina de Alexandria e Santa Margaret.

Passou o tempo e, quando Joana tinha 16 anos, essas santas lhe contarem que Deus a tinha escolhido para a missão de salvar a França da dominação dos Ingleses. É mole ou quer mais?!

Quer conhecer sua história? Então assista o “Amigos do Céu”

Quer colorir online a Santa Joana que desenhei no prograna? (Clique aqui ou no desenho  para abrir o jogo)

Uma Curiosidade

Santa teresinha do Menino Jesus era francesa e Santa Joana d’Arc uma heroína querida da França. Por isso Santa Teresinha, em uma festa no convento, no dia de Santa Joana d’Arc montou uma peça de teatro e fez o papel principal, olha ela na foto vestida como joana, de peruca, porque seus cabelos eram loiros e estavam curtinhos, como era costume as irmãs usarem por baixo do véu do habito.

Ag

ora você pode clicar nos meus desenhos para colorir, para ampliar e imprimir…

Santa Teresinha no papel de Santa Joana d'Arc, fazendo teatro

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/05/29/santa-joana-darc/

Nossa Senhora Auxiliadora

Viva Nossa Senhora Auxiliadora, a Devoção dos Papas

Viva Maria que veio em nosso auxílio!!! Sempre que a Igreja está passando por um momento de grande perigo, ela se faz presente… É por isso que a legião de Maria, um lindo movimento da nossa Igreja, ora assim: “Quem é essa que avança como a aurora, formosa como a lua, brilhante como o sol, terrível como um exército em ordem de batalha?”

Os cristãos hastearam a bandeira de Cristo. e, em gratidão a proteção da Virgem Maria, o Papa Pio V incluiu o título “Auxiliadora dos Cristãos” à Ladainha de Nossa Senhora… E porque fizeram isso?  Quando???

Ahá… Você só vai descobrir assistindo a ES-PE-TA-CU-LAR história de Nossa Senhora Auxilio dos Cristãos...

Quer colorir o desenho de Nossa Senhora Auxiladora que eu fiz contando a história, num joguinho online? (clica aqui ou no desenho)

Para os Artistas… O Pintor e o Santo

Dom Bosco escreveu: “A festa de Maria Auxiliadora deve ser o prelúdio da festa eterna que deveremos celebrar todos juntos um dia no Paraíso”.

Quando, em 1865, Dom Bosco encarregou o pintor Tomás Lorenzone de pintar o quadro, foi dizendo o que queria que ele pintasse: “Ao alto, Maria Santíssima, entre os coros dos Anjos. Depois os coros dos profetas, das Virgens, dos Confessores. No chão, os emblemas das grandes vitórias de Maria e os povos do mundo levantando as mãos para ela pedindo ajuda”.

Isso não era um quadro, era um alt-door!

O pintor respondeu: “Para pintar um quadro do gênero, seria preciso uma praça e para o guardar, uma igreja grande como Piazza Castello.” Dom Bosco resignou-se a ver o seu projeto reduzido. Lorenzone alugou um espaço no Palazzo Madama e pôs-se ao trabalho.

Dom Bosco compreendeu que o pintor tinha razão; e ficou decidido que o quadro teria Nossa Senhora, os Apóstolos, os Evangelistas, e um grupo de anjos. Em baixo, devia aparecer o Oratório de Turim, e, ao fundo, a Basílica de Superga.

Terminada a pintura, o pintor disse a um sacerdote salesiano que foi visitá-lo: “Contemple como é belo! Porém, não é obra minha. Não fui eu que o pintei. Foi outra mão que guiou a minha. Diga a Dom Bosco que o quadro sairá como ele o deseja.”

Depois de três anos de trabalho, o grande quadro ficou pronto e foi levado e pendurado na Basílica de Maria Auxiliadora, Turim. Lorenzone, ao ver o quadro no lugar, ficou comovido. Caiu de joelhos e começou a soluçar!

Um quadro feito com tanto amor, só podia ter mesmo as bençãos de Nossa Senhora e essa ficou sendo a imagem mais conhecida de Maria Auxiliadora em todo o mundo.

Nossa Senhor

Eu também gravei essa história para a Web…a Auxiliadora, rogai por nós!

Agora você pode clicar nos desenhos de Dom Bosco e Nossa Senhora Auxiliadora para ampliar e imprimir…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/05/24/colorir-nossa-senhora-auxiliadora/

amigodoceu

Nossa Senhora da Estrela

Auxílio dos Cristãos

Porque Nossa Senhora da Estrela?

Na Itália, em meio à planície e campos, não muito longe da estrada de Spoleto, em São Lucca, havia a ruína de uma igrejinha muito antiga dedicada São Bartolomeu Apóstolo. Em 1520 foi pintada nessa igreja, Maria com o Menino Jesus nos braços, com São Bartolomeo ao lado. O povo chamava essa pintura de “Nossa Senhora da Estrela”, por causa de uma grande estrela prateada no canto superior direito da imagem, pintada por um peregrino, o monge beneditino Gregory Frangipane. Ele chegou no meio da noite à procura da capela e não sabia identificar o local, viu uma bela estrela brilhando acima da capela e teve a idéia de pintar a estrela.

Curiosidade

Você sabia que a aparição de Nossa Senhora da Estrela deu origemà devoção a Nossa Senhora Auxiliadora no coração de Dom Bosco?! Tudo começou quando ela apareceu a um garotinho, quando a nossa Igreja estava precisando muito do auxílio de Nossa Senhora…

Primeiro você assiste o Amigos do Céu de Nossa Senhora Auxilidora, depois leia a lida história de Nossa Senhora da Estrela…

A História de Nossa Senhora da Estrela…

Os séculos foram passando e a capelinha de São Bartolomeu foi esquecida, só sobraram suas ruínas, mas… A parede com a imagem da Virgem e o Menino Jesus ficou inteira. Em torno da pintura a hera, uma trepadeira, formou uma moldura verde.

Estamos agora no ano de 1946 e os camponeses que passam pelas ruínas da capela, a caminho do trabalho na roça, saúdam a “Nossa Senhora da Strela”. Nesse mesmo ano Pio IX é eleito Papa.

Enquanto isso, desde 1859, começaram a circular boatos de canções suaves vindas das ruínas ao redor da capela de S. Bartolomeu. Ninguém sabia dizer algo preciso: mas, criou-se um sentimento de medo do lugar… Será que são fantasminhas cantando? Diziam os camponeses.

Em 1860 uma mulher muito querida de todos que depois se tornou Santa, Dona Bonifazi, já muito doente, mandou dizer para o pároco que Nossa Senhora queria ser homenageada na igreja da Estela e, que por isso, deveria ser restaurada, mas esse padre não acreditou nela e disse que, se Nossa Senhora queria restaurar a capela, teria que fornecer os meios necessários.

Algum tempo depois um cara que vendia antiguidades pediu a pintura para o Bispo. Foi lá nas ruínas com uns pedreiros para tentar tirá-la do lugar, mas uma grande serpente saiu dos escombros e todos saíram correndo… Eh!Eh!Eh!

A SENHORA DE VESTIDO VERMELHO

Não longe do local da igreja vivia a família de um pobre agricultor. Um dos seus filhos, de cinco anos, chamava-se Federico Cionchi, apelidado de “Righetto”. Ele costumava brincar com sua irmãzinha, junto às ruínas da Igrejinha. Ele contou: “Eu tinha cerca de 5 anos. Um dia em torno da periferia da capela de S. Bartolomeo, senti chamar-me: “Righetto”. Fui até a capela e vi que era uma senhora vestida de vermelho, muito bonita. Ela sorriu, veio até mim e, com a mão direita, pegou a minha mão. Disse-me coisas que eu não consigo dizer, apenas lembro: “Righetto, Seja bom”.

Sua irmã Rosa não viu nada e em casa ninguém deu importância. Todas as manhãs, Righetto dizia: “Mãe, estou indo ver a Nossa Senhora”.

A notícia de que na Igreja de São Bartolomeu a Nossa Senhora foi vista foi espalhada imediatamente. As pessoas lembraram do que disse Santa Bonifazi e muitos acreditaram . Tudo isto aconteceu entre os últimos meses de 1861 e no início dos anos 1862.

Um dia, em meio a multidões sobre a colina de São Bartolomeu, Righetto entre peregrinos viu um sacerdote Passionista. A criança aproximou dele, e apontando para o local onde mais tarde surgiu o Santuário, disse: “Vocês devem ser os que ficarão aqui.”

Um dia, o Giovanni Estrelani jovem tuberculoso de 30 anos, doente terminal que lutava com a morte estava numa viagem de peregrinação a Spoleto, onde é venerada a Nossa Senhora. Mas passando pela aldeia de S. Luca, sentiu-se desmaiar. Uma boa mulher o levou para casa e sabendo o motivo da visita, disse: “Por que ir tão longe quando temos a Nossa Senhora a poucos passos?” E lhe falou da imagem nas ruínas de Bartolomeu. O jovem foi então foi levado até as ruínas. Ele contou: “Bastou colocar-me em pé ali e eu parecia estar no paraíso, me senti outro, em mim circulou um sangue novo para a vida, recuperei as forças e voltei sem ajuda, sozinho.” A notícia do milagre se espalhou.

O Arcebispo Arnaldi de Spoleto foi pessoalmente a São Bartolomeu. Ficou chocado com a visão de milhares de pessoas se reuniram em oração, e chorou de emoção. E no dia 25 de maio, voltou lá em solene procissão. No primeiro domingo de abril, o monte de S. Bartolomeu estava repleto de peregrinos que vinham até mesmo de Foligno, Perugia, Spoleto e Terni.

As lágrimas do arcebispo tinham sua razão: a Igreja passava por muitos sofrimentos e perseguições. Foi a época da unificação da Itália, que ainda não tinha um governo só, era dividida em estados cada um independente do outro, um governado por um rei, outro era uma república e outro pelo Papa. O estado governado pelo papa era o mais próspero, porque as pessoas não tinham que pagar altos impostos como nos outros e tinham uma vida mais tranqüila, por isso o povo que vivia no estado pontifício não queria a unificação. Pior, o papa bem tentou um acordo, mas ninguém queria ceder, começaram as revoluções. Nessa época, Dom Bosco colocou todos os seus meninos para orarem muito pelo Papa.

O governo piemontês, já desligado do domínio temporal da Santa Sé, permitiu a peregrinação porque não tinha como segurar o povo, mas colocou a polícia cercando o local. Fizeram de tudo para desacreditar a aparição em seus jornais: “fantasia; enfermidade; fanatismo.” E por fim prenderam o Arcebispo Arnaldi por 10 meses, dizendo que ele inventou essas aparições para apoiar o Papa.

E o povo? Nem aí com as autoridades: começaram a construir uma nova Igreja ao redor da pintura, um santuário e, a pedido do Arcebispo, acrescentaram ao título da imagem milagrosa da Nossa Senhora da Estrela, o título litúrgico de “Auxilium Christianorum” (Auxilio dos Cristãos).

O Papa, Pio IX ficou muito feliz em saber disso tudo, porque ele disse: “Nos momentos em que a Igreja passa por grandes sofrimentos, Nossa Senhora sempre vem em nosso auxílio.” E em 24 de maio, em Roma, o Papa Pio IX presidiu uma grandiosa celebração em honra de Maria Auxiliadora, na Igreja de Santa Maria. Dom Bosco, em Turim, em apoio ao Papa, consagra a Igreja que estava construindo à Nossa Senhora Auxiliadora.

O Santuário de Nossa Senhora da Estrela “Auxilio dos Cristãos” é lindo. E aqueles que vão para vê-lo, dizem: “Aqui sentimos verdadeiramente a presença de Deus!”

E Righetto?

Ele ficou órfão ainda menino e ganhou uma bolsa de estudos do Papa Pio IX para estudar em Roma. Em 1 de Janeiro de 1870, aos 13 anos, fez sua primeira comunhão. Em 1878, entrou na Congregação dos Padres Somascos em Roma, como um irmão leigo, trabalhando num orfanato como assistente de carpintaria. Em 1883, o irmão Righetto foi chamado para fazer parte da comunidade religiosa de Santa Maria Maggiore (Santa Maria Maior), de Treviso, onde permaneceu por 40 anos,como um sacristão do Santuário. Todos diziam dele: “É Um homem de grande inocência e humildade, contínua oração e muito trabalhador. Sua aparência é reservada. Tem muita paciência com todos e sempre foi aberto às necessidades dos outros, sempre com seu sorriso”. Já velhinho, muito doente, nunca se queixou e a quem perguntava sobre sua doença, ele respondia com um sorriso. Morreu em 31 de maio de 1923. E está em processo de beatificação Ele fez o que Nossa Senhora lhe pediu: “Seja bom”.

Pietro Donadel, de Treviso, entre seis e 14 anos de idade, até 1920, conviveu com o irmão Righetto. Ele testemunhou: “Eu era menino e minha família era muito pobre. Minha mãe disse: ‘Hoje não há nada para comer’ e ela me deu um pote de barro e me enviou à Igreja de Santa Maria Maggiore pedir comida. Me acolheu o Irmão Righetto. Sempre sorrindo, foi dizendo: “Você está aqui” e eu encheu o pote com muita bondade, fazendo de tudo para diminuir a minha vergonha e gagueira, em pedir esmolas.

Eu voltei lá muitas vezes com o pote e sua maneira de dar esmolas era para mim uma verdadeira satisfação e um bom incentivo. Voltava para casa com grande alegria e dizia à minha mãe: ‘Eu encontrei Don Federico e ele encheu bem o pote e olha quantos pães ele me deu!’ Para atender às necessidades da família, comecei a trabalhar aos dez anos, mas continuei a assistir à Missa na Igreja de Santa Maria Maggiore. ainda mantenho a memória do irmão Righetto, sacristão muito ativo, sempre bom para todos, na perseverança, em oração ajoelhando-se na capela de Nossa Senhora. “

Oração para obter a graça de Deus através da intercessão e glorificação do Servo de Deus Federico Cionchi, o Righetto

Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, que habita nos corações humildes e simples, e se dgna exaltá-los, nós humildemente vos suplicammos que nos conceda a graça que imploramos (falar qual é), através da intercessão de seu servo e glorificação Federico Cionchi. Santíssima Trindade, um só Deus, tende piedade de nós.
Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Esse é o site oficial do Santuário de Nossa Senhora da Estrela: http://www.madonnadellastella.eu/index.php

E mais: cards com desenho da tia Adelita e frases dos Santos no facebook pra você compartilhar, não esque ce de curtir .

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/05/22/nossa-senhora-da-estrela/

amigodoceu

Jesus prometeu o Espírito Santo

VEM ESPÍRITO SANTO

O Espírito Santo é um presente super incrível que Jesus prometeu à sua Igreja que somos nós… Mas Ele não é uma “coisa” é alguém: é Deus, a terceira pessoa da Santíssima Trindade. E durma com um barulho desse…

Mais fácil  que entender o Espírito Santo, é sentir a força que vem dEle,  abrindo o presente que Jesus nos entregou no batismo.

A gente chama isso de…

PENTECOSTES

Tudo começou naquele dia em que os apóstolos estavam reunidos em oração, pedindo muuuuuito: “Jesus manda logo o presente que o Senhor prometeu: o Espírito Santo… “

Eles não entendiam bem “o que”, ou “quem” era o Espírito Santo, só sabiam que era algo maravilhoso, pois foi Jesus quem prometeu.

São 7 os Dons que a Igreja nos ensina a pedir, que estão na Palavra de Deus…


Está na Bíblia para Crianças da Canção Nova… foi assim que aconteceu: um vento forte soprou… E pequenas chamas que pareciam com línguas de fogo apareceram sobre eles, os corações de todos se encheram de alegria e começaram a orar em línguas diferentes… Foi incrível!

E pensa que isso só aconteceu com eles? Acontece ainda hoje com quem pedir o Espírito Santo… Não acredita? Então Clique no Espírito Santo e assista  a história do PENTECOSTES DE SÃO FELIPE NERI...

Gostou? Foi incrível o que Deus fez com Felipe a partir do dia em que Pentecostes: ele agitou toda cidade de Roma com sua alegria. Agora você pode clicar no desenho para ampliar e imprimir, esse é o Felipe  que eu desenhei contando a história na TV…

Um outro herói da nossa Igreja, cheio do Espírito Santo, é Santo Estêvão… você pode assistir sua história que eu conto no Amigos do Céu, ou colorir seu desenho…


O Pentecostes da Bíblia para Crianças da Canção Nova


Você também pode Colorir  o Pentecostes da Bíblia para Crianças da Canção Nova. É só clicar na imagem para ampliar e imprimir…






Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/05/15/espirito-santo/

amigodoceu

Beata Zélia Martin

A Mãe de Santa Teresinha

A beata Zélia Martim, é a mãe de Santa Teresinha do Menino Jesus e de mais quatro meninas, todas das foram religiosas. Mas, como ela conseguiu uma família tão apaixonada por Jesus assim? Um dia de cada vez…

Meus filhos não me Pertencem

Quando Teresa nasceu Zélia orou, como sempre fazia quando nascia um filho seu: “Senhor,concedei-me a graça de ela vos seja consagrada e de nada vir a manchar a pureza de sua alma. Se há de perder-se um dia, prefiro que a leveis imediatamente para o Céu.”

Ela teve que ter muita coragem para orar assim, já que quatro dos seus filhos já estavam no Céu: dois meninos e uma menina que foram para lá ainda bebês e a Heleninha, que tinha 5 anos quando morreu.

Zélia já tinha 41 anos quando Teresa nasceu. Parecia cansada e o pai, seu Louis, andava preocupado. Pudera! Com aquela dor no seio que a impedia de amamentar… Zélia escreveu para sua irmã: “Se Nosso Senhor me concedesse a graça de poder amamentar, que prazer seria para mim!”

Honestidade

Zélia tinha um fábrica de rendas caseiras em que trabalhava com oito rendeiras. Ela não gostava de atrasar nem um dia o pagamento dessas moças. Ela sempre repetia para suas filhas esta passagem da Bíblia: “Não atrase o pagamento de quem trabalha para você. Pague sem demora, e se você estiver sendo justo, Deus o recompensará.”(Tobias 4,14).

Cartas

Zélia vivia escrevendo para sua filha Paulina, que morava no colégio onde estudava, contando as travessuras de Teresa. Coisas do tipo: “ Querida Paulina, ainda não completou dois anos e já fala quase tudo, reza como um anjinho e canta pequenas musiquinhas… Teresa escapou e disse que estava indo á Missa… Está com gripe… Só tem dois anos e diz que quer ser religiosa…”

Antes de continuar… Você conhece a  história de Santa Teresinha? Assista o “Amigos do Céu” para conhecer…

As Coisa do Céu

Um ela perguntou à Teresinha, quando ela tinha menos de dois anos: “Pequena criança de cabeça loira, onde pensa que Deus está ?” Ela respondeu: “Ele está lá!” E apontou para o céu azul! Zélia dizia sobre Teresa: “Há alguma coisa de tão celestial em seu olhar que ficamos encantados!”

Um dia Teresinha disse à Mãe: “Pobre mamãe que me dará que morresse!” E a mãe pareceu não gostar muito da idéia, então Teresa explicou: “Eu quero que a senhora vá para o Céu ! Ah… O Céu ! A senhora não disse que é preciso morre para ir para lá?” E vivia desejando a morte para todos que amava.

Teresinha já tinha uns três anos quando perguntou: Mamãe, sera que eu vou para o Céu?” Ela respondeu: “Irá se for boa.”E Teresinha: “Então se for má irei para o inferno? Mas neste caso bem sei o que fazer: de vôo ia ter contigo no Céu, me jogava nos seus braços e como é que Deus faria para me tirar de lá? Se precisar, a senhora me segura bem forte?” Zélia viu nos olhos da menia que falava sério, sabia que nada de mal poderia me acontecer se estivesse no colo de sua mãe.

Não por Recompensas, mais por Amor…

Uma vez Zélia, querendo ver até que ponto chegava o orgulho de Teresa, lhe disse: “Teresinha, eu te dou um moeda se beijares o chão.” Para ganhar aquela fortuna, eu não teria que me abaixar muito de minha grandeza, pois da boca ao chão a distância era curta, mas ter que beijar o chão me revoltou. Respondi: ”Não mãe, prefiro ficar sem a moeda.” Com isso Zélia a estava apenas testando, queria ver o quanto a sua Teresa tinha de orgulho para jogar fora, pois essa mãe não era acostumada a dar coisas em troca de outras. Estas eram as razões que Zélia dava às filhas para serem boas: um pecador a converter, Jesus a consolar e o Céu a ganhar.

Desde pequena Zélia ensinava as meninas a amarem Nossa Senhora. Minhas irmã contavam que em casa, no mês de Maria, mamãe as incentivava a fazerem um altarzinho para Nossa Senhora em seus quartos. E tinham de ser lindos, com flores e tudo mais, para que mamãe desse uma boa nota.

Minha mãe tinha muita paciência

Um dia, bem cedinho, Zélia ia sair, mas resolveu antes passar nos quartos das meninas. Teresa fingiu que estava dormindo, mas sua irmã Maria contou: “Mamãe, olha que esta fingindo que dorme!” Por baixo do cobertor Teresa viu a mãe se abaixando para a beijar. Teresa arrumou um beiço e disse: “Não quero que ninguém me veja!” Zélia não gostou: “Teresa, isto não é jeito de tratar sua mãe!” Ela saiu do quarto e a menina foi atrás. De camisola e tudo, se jogou de joelhos aos pés da mãe e disse: “Mamãe, fiz uma maldade me perdoe!” Zélia a me pegou no colo, cobriu-a de beijos e foram tomar chocolate quente. Então eu Teresinha lhe disse: “Ó mamãe, se senhora me enfaixasse quando eu era pequena…” É que, naquela época acreditavam que os recém nascidos tinham que ser enfaixados para não machucarem a coluna, eram enrolados e ficavam duros como cenouras, a mãe topou a brincadeira e foi busca o cobertor. A rir, enrolou a menina feito um bebê , que tomou o chocolate no colo da mãe.

Adeus Mamãe

O Doutor disse que ela tinha um tumor no seio e que já era tarde para operar. Sabendo que logo partiria par o Céu, Zélia escreveu para Paulina, que estava no colégio, sobre cada uma das filhas: ”As duas pequenas, Celina e Teresa, não me preocupam, Maria e você poderão facilmente criá-las…” Com Leônia ela se preocupava mais, passava por uma fase de rebeldia e dificuldades para aprender. Escreveu a respeito dela: “Esta filha precisa de mim.” Então Zélia foi a Lourdes pedir a Nossa Senhora que a curasse e que Leônia crescesse uma menina boa, feliz. Nossa Senhora atendeu só ao segundo pedido, pois o Bom Deus tinha outros planos para mamãe: o Céu !

Depois que a mãe morreu, a família mudou para a cidade de Lisieux, para ficar mais perto dos tios. Lá em Lisieux teresinha não esqueceu da mãe. Nunca deixava de fazer as orações que aprendeu com ela. Antes de morre, Zélia ensinou Teresa a rezar assim todos os dias: “Eu vos ofereço meu coração, meu Deus. Dignai-vos tomá-lo para que nenhuma criatura o possa possuir senão vós, meu bom Jesus.”

Agora você pode clicar no desenhoo para ampliar, imprimir e colorir.

Quer um card com esse desenho e uma frase? Entra  no facebook pra você compartilhar… Não esque ce de curtir

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/05/10/beata-zelia-martin/

amigodoceu

Nhá Chica

Nhá Chica, a Mãe dos Pobres

No tempo que Chica Viveu era assim…

Ela nasceu em 1810, numa época e em que, no Brasil ainda existiam imperador e princesas. E viveu num lugar em que as senhoras ricas e importantes eram chamadas de “sinhás” e suas filhas solteiras “sinhazinhas”. As pobres mulheres do povo, eram apenas “nhá” Maria, Nhá Joana… E assim, a nossa beatinha ficou por todos conhecida por Nhá Chica: a mãe dos pobres e conselheira do povo, a santinha de Bependi.

E mais: era negra, num tempo de escravidão no Brasil. Venceu sem esforço todo preconceito pela força da bondade e da caridade: os pobres que a procuravam, brancos, negros ou índios, sempre comiam um pouco de angú, um pedaço de rapadura e recebiam a graça que pediam. Uma família herdou o testemunho de uma avózinha, já falecida, que tendo ela vindo para cidade pedir a oração de Nhá Chica, estava de saída com a filharada, quando Nhá Chica, como uma boa mineira, disse: “O caminho é comprido, vocês antes almoçam comigo.” Mas as panelinhas eram pequenas, porque Nhá Chica morava só e parecia que a comida não dava para todos. Mas todos comeram de ficar satisfeitos.

Chica Menina
Francisca nasceu em São João del-Rei, numa fazenda do Distrito do Rio das Mortes em Minas Gerais, sua mãe Izabel Maria era escrava e solteira, a avó Nhá Rosa veio para o Brasil raptada em Benguela, na Angola. A pequena Chica tinha um irmão já moço, chamado Theotonio, que era filho de um homem branco.

Existe uma lenda romanceada por alguns escritores de que Isabel Maria, a mãe de Francisca era uma escrava alforriada por Chica da Silva, em Diamantina. E que ela conheceu o índio Aymoré chamado Seberê, que era escultor de anjos e aprendiz de Alejadinho, quando ele, fugitivo por ser inconfidente, passou por Diamantina. E que Isabel foi para Baependi em busca do pai da menina, mas nunca mais o encontrou. Pode ser verdade, mas não encontrei nenhuma comprovação histórica…

O fato é que a família de Chica mudou-se mesmo para uma vila nova chamada Baependi, mas ninguém sabe se por escolha própria, por ter conseguido a liberdade, ou levada para lá com a família de seus “donos”.

Izabel Maria levou consigo seu único tesouro, além dos filhos: uma imagenzinha de Nossa Senhora da Conceição. Foi ela quem ensinou os filhos a amarem Nossa Senhora e isso fez toda a diferença na vida deles.

Pouco tempo depois morreu deixando Chica órfã com apenas 10 anos, aos cuidados do irmão. Theotonio era inteligente, acabou ocupando cargos na administração pública e obteve patente militar. Continuou devoto de Nossa Senhora, pois integrou a Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte.

Chica Moça
Chica amava Nossa Senhora da Conceição, que chamava de “Minha Sinhá”. Resolveu ainda mocinha, rejeitar um a um dos pedidos dos casamentos, pois uma moça tão boa, não ia passar despercebida dos bons rapazes. Ficou até amiga dos pretendentes, mas decidiu não se casar para continuar tendo todo o tempo para ajudar aos que precisavam dela.

Deus gostou dessa dedicação que Chica tinha em ajudar os outros e lhe deu de presente dons especiais: de oração, sabedoria e profecia. Quando alguém se admirava com a sabedoria e as graças alcançadas por aquela pequena mulher analfabeta, ela dizia: “Isto acontece porque rezo com fé”. Um médico amigo perguntou a ela, já velhinha, porque não tentou aprender a ler, ela respondeu: “Só desejei ouvir as escrituras santas, alguém fez-me esse favor, fiquei satisfeita.”

Nhá Chica e Nossa Senhora
Nhá Chica rezava diariamente aos pés de sua imagenzinha de Nossa Senhora da Conceição. Uma noite sonhou que a Virgem Maria lhe pediu uma Capela em sua honra. Esmolando e com ajuda dos amigos, levantou a capelinha. Então sonhou que a Virgem queria um órgão de fole francês para a capela. Mas Nhá Chica não fazia ideia do que fosse isso – Foi um jeito de Nossa Senhora dar a entender para o padre que se tratava mesmo de sua vontade e não a de uma velhinha com fama de santa – O padre explicou a Nhá Chica que se tratava de um instrumento musical muito caro. Nhá Chica ajoelhou-se diante do altar, rezou para a Sinhá e esta lhe prometeu que o instrumento haveria de tocar às 15 horas de sexta-feira, a hora da agonia de Jesus. É claro que na data e hora marcada, com a capela lotada, não deu outra: os acordes musicais do órgão encheram o ar.

Nhá Chica fez uma Novena à Nossa Senhora da Conceição que ensinava ao povo que ia rezar na capelinha. E, em um determinado dia da semana, convidava os pobres e demais moradores daquela redondeza, alí do bairro Cavaco, para rezar o terço com ela. E guardava devoção especial às três horas da tarde, hora da Agonia do Senhor. Nas sextas-feiras, recolhia-se em oração.


E não eram só os pobres que iam pedir orações e conselhos a Nhá Chica. Como um médico cirurgião, que tinha que tomar uma decisão importante no trabalho e não sabia o que fazer. Pediu a seu neto que fosse perguntar à Nhá Cica. Ela estava rezando e disse à criança que, quando a chama da vela balançasse três vezes, seria sinal de que tudo caminharia bem. Enquanto ela rezava, a criança ficou na janela, à espera de que Nhá Chica acenasse. Assim a beata entregou o caso para que Nossa Senhora resolvesse sem ter que parar suas orações.

Teve também o conselheiro do Império João Pedreira do Couto Ferraz. Ele levou sua filha Zélia para que Nhá Chica orasse por ela, pois estava de malas prontas para entrar num convento na Europa. Nhá Chica rezou e disse ao conselheiro: “Sua filha, primeiramente vai se casar, ter muitos filhos e estes serão consagrados a Deus. Somente no final de sua vida é que Zélia sera de Deus.” E a profecia se cumpriu: Zélia casou, teve dez filhos, cinco mulheres foram religiosas e três homens sacerdotes. Após enviuvar, com 60 anos, ela foi admitida na Congregação das Irmãs Servas do Santíssimo Sacramento, com o nome de irmã Maria do Santíssimo Sacramento.

Quando alguém confundia Nhá Chica com advinha ou benzedeira, era dizia: “Não sou sybilla nem nunca fiz milagres: eu rezo a Nossa Senhora que me ouve e me responde; é por isso que posso responder com acerto, quando me consultam, e afirmar o que digo.”

Nhá Chica e o Perfume de Rosas
Ao falecer, em 14 de junho de 1895, com 87 anos, Nhá Chica foi velada na capela que construiu, onde foi sepultada quatro dias depois. As pessoas que compareceram ao velório sentiram um gostoso perfume de rosas que exalava de seu corpo.

103 anos depois, dia 18 de junho de 1998, por causa do processo de beatificação, o corpo de Nhá Chica foi exumado. A Irmã Célia que estava presente, contou: “À medida que os pedreiros retiravam a laje do túmulo, um perfume de rosas se espalhou pelo ambiente. Dom Diamantino, bispo de Campanha (MG) que estava presente, até brincou comigo: ‘hoje você está perfumada, hein irmã Célia’. Aí falei: ‘não estou usando perfume não, dom Diamantino. Esse cheiro está vindo do túmulo’!”

Era o mesmo perfume de rosas. Muita gente sentiu, começando pelos pedreiros que trabalhavam na exumação do seu corpo. O perfume foi sentido até pelos fiéis que aguardavam do lado de fora da igreja. Como na antiga canção: “Fica Sempre, um pouco de perfume, nas mãos que oferecem rosas, nas mãos que sabem ser generosas.”

Nhá Chica fez uma Novena à Nossa Senhora da Conceição que ensinava ao povo que ia rezar na capelinha:Virgem da Conceição, vós fostes aquela Senhora que entrastes no Céu vestida de sol, calçada de lua, coroada de estrelas e cercada de anjos… Vós prometestes que havereis de socorrer a todo aquele que invocasse vosso santo nome. Agora é a ocasião: Valei-me, Senhora da Conceiçao!” (Faz-se o pedido) e REZA-SE A SALVE RAINHA

Agora clique no desenho de Nhá Chica para ampliar, imprimir e colorir. Fica com Deus e…

Nhá Chica, rogai por nós!

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/05/07/nha-chica/

amigodoceu

Santa Catarina de Sena

Santa Catarina de Sena, uma Jovem Incrível!

Como pode ser que alguém tão jovem tenha feito tanta coisa em tão pouco tempo r ainda mais sendo mulher numa época em que as mulheres só cuidavam de suas casas… Só por graça de Deus! Conheça a incrível Santa Catarina de Sena…

A Família de Catarina

Santa Catarina de Sena, nasceu em Siena no dia 25 de março do ano 1347, na Idade Média. Era filha de um tintureiro, chamado Jacopo um cara que tingia lãs, e de mãe muito amorosa, dona Lapa.

Tinha nada mais, nada menos que 24 irmãos, mas só 13 sobreviveram. É que naquela época já era comum ter uns 10 ou 12 filhos e como seus pais tinham filhos gêmeos… Catarina mesmo era gêmea de uma irmãzinha, Giovana, que morreu ainda bebê. Seus pais eram pobres e toda herança que deixaram para ela foi uma boa educação em casa: aprendeu a ser honesta, trabalhadora, bondosa e educada.

A Menina Catarina

Quando tinha cinco anos aprendeu sozinha o Ângelus, que gostava de repetir incessantemente; ao subir e descer as escadas de sua casa, costumava ajoelhar-se em cada degrau para rezar uma Ave-Maria.

No finzinho de uma tarde, Catarina, já com seis anos de idade, estava voltando para casa depois de ter visitado uma de suas irmãs casadas, com seu irmão Stefano, dois anos mais velho que ela e outro menino amigo.

Numa ladeira, descendo a rua, Catarina olhou para o alto da Igreja e viu uma coisa tão maravilhosa como nunca sonhara ver: Jesus em um trono real, vestido como um bispo e com a coroa do Papa na cabeça. A seu lado, encontravam-se os apóstolos S. Pedro, S. Paulo e S. João Evangelista. A criança ficou pregada no chão, contemplando como disse mais tarde: “Com todos os olhos do corpo e da alma”. Nosso Senhor sorriu-lhe amavelmente, levantou a mão e abençoou-a com o sinal da cruz, como fazem os bispos… Os rapazes já iam a meio da descida quando Stefano se voltou à procura da irmã e a viu de pé no alto da rua. Chamou-a várias vezes, mas Catarina não se moveu. Ele correu até ela e a pegou no braço. Perguntou: “Oque esta fazendo, Catarina?” Ela fitou-o como se tivesse acordado de um longo sono: “Oh, se tu tivesses visto o que eu vi, tenho a certeza de que nunca me interromperias nem afastarias tão deliciosa visão dos meus olhos”. Quando levantou o olhar de novo, a visão tinha desaparecido, então começou a chorar, desejando nunca ter perdido aquela visão celestial.

Catarina tornou-se chefe de todas as outras crianças da rua, ensinando-lhes jogos que ela própria tinha inventado – isto é, numerosos pequenos atos de devoção.

Curiosidade

No no tempo de Catarina não haviam escolas, menos ainda para as meninas. Os meninos estudavam com um monge contratado para ensinar em casa, ou nos mosteiros. As únicas mulheres que sabiam ler e escrever eram as que entravam nos conventos.

Uma Jovem Decidida

Aos 15 anos de idade, Catarina ingressou na Ordem Terceira de São Domingos (era como se fosse uma espécie de clube que viviam as regras que São Domingos escreveu).

Catarina viveu um amor apaixonado por Deus Pai e pelo próximo. Quando ela orava, o seu quarto se iluminava de uma luz forte que saia por todas as frestas, pelas janelas e porta e naquela época nem existia luz elétrica.

Em 1374, quando ela tinha 27 anos, uma peste se alastrou por toda a Europa e ela decidiu cuidar dos enfermos e foi muito admirada e querida principalmente pelos italianos.

Catarina era uma líder, mesmo tão jovem, tinha muitos seguidores que gostavam de ouvir as coisas que ela dizia e lhe pediam conselhos, gente de todas as idades.

Ela era muito querida por ser gentil e bondosa com todos. Um da soube que um jovem havia sido condenado à morte por um crime e passou a noite toda, antes do enforcamento, na prisão, com a cabeça do jovem em seu colo, falando do Céu e orando por ele.

Em 1376, grupos de manifestantes que odiavam a Igreja, se organizaram nas cidades de Perúgia, Florença, Pisa e Toscânia e decidiram se reunir para matar o papa Gregorio XI. Santa Catarina viajou rápido até Avinhão, cidade onde o papa se encontrava escondido, para ajudá-lo. Ela disse a ele que Jesus o queria em Roma e não escondido, porque a Igreja não podia ficar sem o bom exemplo de seu pastor e que ele não tivesse medo. O papa acreditou em Catarina e deu tudo certo.

Catarina falou muito com as pessoas em palestras, discursos, cartas, sempre pedindo que as pessoas vivessem em paz… Ela não sabia nem ler, nem escrever e ditava suas cartas endereçadas aos papas, aos reis e líderes, como também ao povo humilde.

Deixou-nos um livro lindo chamado “O Diálogo sobre a Divina Providência”, onde ela conversa com Deus Pai e fala do quanto ele é misericordioso e bom (É lindo, eu já li).

Por causa desse livro, Catarina foi reconhecida como uma das Doutoras da Igreja.

Santa Catarina de Sena morreu no dia 29 de abril do ano 1380 e só tinha 33 anos de idade.

Catarina foi canonizada em 1461 pelo Papa Pio II e em 1970, proclamada Doutora da Igreja pelo Papa Paulo VI.

Agora você pode colorir meu desenho de  Santa Catarina de Sena, é só clicar nele para ampliar e imprimir…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/04/29/santa-catarina-de-sena/

amigodoceu

São Gustavo de Croyland

Gustavo, o Santo que amava a Floresta e falava com Anjos

Pense num santo que viveu a muito, mais muito, muuuito tempo atrás… Pensou? É São Gustavo. Ele nasceu no ano de 673 onde hoje é a Inglaterra. Era um príncipe da tribo bárbara de dos Guthlacingas e lutou no exército de Ethelred, o Rei de Mércia.

Masss… Com 24 anos conheceu Jesus e renunciou a violência e a vida mundana, se tornou um monge beneditino na Abadia de Repton. Sua irmã, Pega (esse era mesmo o nome dela), também se tornou santa.

Gustavo amava a natureza

Ele andava sempre pela floresta, só que teve um dia que uns homens de uma outra tribo acharam ele sozinho no mato e deram a maior surra nele, coitado, roubando sua roupa e comida. Nem por isso deixou de passear na floresta e curtir a natureza. Este santo nos lembra outro bem conhecido, não é mesmo?! São Francisco de Assis.

Pouco a pouco os animais e os pássaros passaram a tratá-lo como amigo e a confiar nele. Gustavo acabou deixando a Abadia, para viver sozinho na floresta. Na festa de São Bartolomeu, cerca de 701 DC, ele encontrou uma ilha perto do Rio Welland, o qual só poderia ser alcançado de barco e viveu lá o resto de sua vida como um eremita.

Como era pobre e nem sempre achava o que comer na floresta, em algumas noites sua única refeição do dia era trazida pelos anjos.

Até uns diabos (éca) tentara assustar Gustavo, aparecendo bem horríveis e gritando sem parar, querendo que Gustavo fugisse e parasse de louvar a Deus naquela floresta, mas Gustavo orou mais ainda e Jesus mandou São Bartolomeu, que apareceu espantando com os diabos… Ufa!

Um monge, de nome Wilgrid, foi visitar Gustavo e o encontrou com andorinhas que pousavam em seus ombros e se aninharvam nele. O monge perguntou como ele conseguia domestica-las. Gustavo respondeu: “Aqueles que escolhem viver longe dos humanos se tornam amigos dos animais selvagens e os anjos os visitam também, e aqueles que são sempre visitados por outros homens, raramente são visitado pelos anjos”.

Isso não significa que Gustavo não gostava dos amigos “humanos” tinha muitos, que fez nos dois anos que viveu no monastério e gostava de suas visitas… Só que tinha uma alma contemplativa, amava dedicar tempo para ficar contemplando as obras de Deus, com o coração cheio de amor e gratidão por tudo que Ele fez.

No momento da morte de Gustavo, sua irmã Pega e alguns monges contaram que um doce perfume saia de sua boca. Quando morreu, todos viram um feixe de luz sobre ele e ouviram os anjos cantarem.

No dia depois de sua morte, em toda a ilha de Crowland onde ele vivia, sentiram um cheiro da flor de ambrosia. Isso faz lembrar a palavra de Deus: “Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo” (2 Coríntios 2:15)

Agora você pode clicar no desenho para ampliar e imprimir.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/04/11/sao-gustavo/

amigodoceu

Gemma Galgani

A beleza de Gemma Galgani, a padroeira dos Farmacêuticos


No tempo em que a máquina fotográfica foi inventada, as pessoas tinham que ficar como estátuas, colocavam até uma armação nas costas, para que elas não conseguissem se mexer, pois o papel fotográfico era muito caro para ser desperdiçado. As máquinas eram enormes e soltavam até fumaça e um barulhão na hora do flash… Olhe o passarinho! E… Clic! Bum! Nossa heroína da história de hoje, nasceu nessa época, por isso sabemos que ela era muito linda…

E porque ela chama assim: Gemma? Não tem nada a ver com ovo, é que seu pai disse quando a menina nasceu: “É linda como a gema de uma pedra preciosa!”

Assista sua história, você vai descobrir porque ela é a padroeira dos Farmacêuticos…


Todos na cidade ao ver Gemma passar diziam: “Lá vai a menina de coração transparente e de lábios controlados”.

Esse é o segredo da beleza de Gemma. Mesmo doente, carequinha que ficou, continuou linda… Porque sua beleza vinha de dentro para fora. Querida Gema, aí do Céu,, peça a Jesus essas qualidades para nós também, amém!


Quer colorir meu desenho de Gemma Galgani? Ótimo, clique nele para ampliar e imprimir…

Quer um card com esse desenho e uma frase de Santa Gemma? Entra  no facebook pra você compartilhar… Não esque ce de curtir

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/04/11/gemma-galgani/

amigodoceu

Games

Joguinhos para Desenhar e Colorir com os Desenhos da Tia Adelita


Desenhe com o Pincelzinho Piné

Quer desenhar nessa telinha mágica? Clique na figura abaixo para abrir o game…

José de Anchieta para Colorir

Você conhece a história de José de Anchieta, um dos primeiros catequistas do Brasil? (Clique aqui para conhecer)

Clique na figura para colorir esse desenho num joguinho online…

Santa Hildegard, uma Garota além do seu tempo

Ela foi escritora, teatróloga, médica naturalista, compositora, artista  lástica e madre superiora de um convento. (clique aqui para conhecer sua história)

Santo José de Cupertino

Um doidinho no Céu… Atrapalhado, engraçado e muito amado por Nossa Senhora. (clique aqui para Conhecer sua história) e na figura para abrir o jogo.

São Pedro de Alcântara

Era a devoção da família real brasileira, até o nome dele deram ao imperador. E o papa Leão XII o proclamou padroeiro do Brasil. (clique aqui para conhecer sua história) E clique no desenho para abrir o jogo.

Cecy Coni e o Anjo da Guarda

Uma das histórias mais lindas sobre o Santo Anjo da Guarda que eu conheço… E aconteceu no Brasil. (clique aqui para conhecer a história) E no desenho para abrir o game.

Santo Expedito, o“Espião de Cristo”

Ele era um soldado romano que sempre deixava para amanhã as decisões importantes que tinha que tomar na vida, até que um dia Deus o chamou e do outro lado o inimigo de Deus, na forma de um horrível corvo apareceu gritando para que deixasse para amanhã… (saiba o que ele fez clicando aqui) E clique na figura para abrir o jogo.

Santa Inês

Ela era uma menina linda de 12 anos, apaixonada por Jesus, que viveu num tempo onde ser cristã era crime. (clique aqui para conhecer sua história) E clique na figura para abrir o game.

Nossa Senhora de Guadalupe e o Índio Juan Diego

Ele era um pobre índio de 59 anos tão humilde que quando Nossa Senhora lhe aparecia, a chamava de “minha menina” e ela o chamava de “Joãozinho, o mais pequenos dos meus filhos” (clique aqui para conhecer a história) E clique na figura para abrir o jogo.




São Francisco Xavier

Enfrentou tempestades em enormes navios a vela para evangelizar os irmãos japoneses. E morreu sonhando em evangelizar a China, foi o grande apóstolo do Oriente (clique aqui para conhecer sua história) E clique nas figuras para abrir os games.

Germana colsin

Sua história parece a da Cinderela, com madrasta malvada e tudo. Só que aconteceu de verdade (conheça a história clicando aqui) E clique no desenho para abrir o jogo.

Irmã Dulce

Essa brasileirinha foi o anjo bom da Bahia, pois ajudou muitas crianças, velhos e pobrezinho a ter um lar e hospital quando estavam doentes (conheça sua linda história clicando aqui) e clique no desenho para abrir o game.

Gabriel de Nossa Senhora das Dores

o padroeiro da juventude da família passionista. Isso porque foi da congregação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo e porque foi para o Céu muito jovem, também porque na juventude deu seu coração a Jesus. (conheça a história clicando aqui) E clique no desenho para abrir o jogo.

Dom Bosco

Ele foi o grande herói dos meninos de Turim, ele abriu escolas e oficinas para os meninos pobres, dava a eles casa para morar e os defendia dos patrões que maltratavam as crianças. E o melhor de tudo: Dom Bosco foi a primeira pessoa da história que tratou criança como criança (conheça sua história clicando aqui). e clique na figura para abrir o game.


Chiara Lubic

Uma italianinha corajosa que, no meio de uma guerra, reúne os amigos para começar a revolução do amor (conheça sua história clicando aqui). E clique no desenho para abrir o game.

São Sebastião

Ele foi o capitão da Guarda Imperial do Papa e um espião dos crstão na época em que eram perseguidos pelo imperador. (conheça sua história clicando aqui). E clique no desenho para abrir o joguinho…clique na imagem para colorir! São Pancrácio

Ele Foi um adolescente corajoso e apaixonado por Jesus que enfrentou o próprio imperador por sua fé… Conheça a história desse garoto valente clicando aqui e depois pode colorir seu desenho online…



Nossa Senhora das Graças e Santa Catarina Labouré Conheça a história da medalha milagrosa e da aparição de Nossa Senhora das Graças a Santa Catarina Labouré aqui http://goo.gl/Yiq5b e clique no desenho que eu fiz contando a história para abrir o joguinho…

(Clique aqui)
Santa Cristiana

Santa Cristiana, a menina escrava que evangelizou um rei, conheça sua história aqui http://goo.gl/bufROS

Vamos colorir Santa Cristiana? Clique no desenho para abrir o Jogo…

Jesus Misericordioso

Veja a história de Santa Faustina e descubra o que é preciso para desenhar Jesus da Misericórdia  clique aqui.

Quer colorir online o Jesus que desenhei contando a história, é só clicar nele para abrir o jogo…


Fiz esse desenho contando a história de Dom Bosco, no programa “Receita para vencer o medo”…

Jacinta, Francisco e a linda Senhora de Fátima

Clique aqui para abrir a história de Jacinta e Francisco.

Vamos colorir nossos queridos amigos do céu ! Nossa Senhora de Fátima e os três pastorinhos, é só clicar no desenho para abrir o jogo…

São Damião de Molokai

Beato João Paulo II

Ele praticava esportes radicais, gostava de acampar, dançar e era o goleiro de seu time. Tirava as melhores notas e era amigos de todos… Quer ser seu amigo também? Conheça a infância e adolescencia de João Paulo II e depois pode colorir seu desenho  clique aqui

Uma menina Africana, pobre e escrava se tornou uma das santas mais amadas da nossa Igreja… Para assistir a história, clique aqui.

Quer colorir o desenho que eu fiz contando a história num jogo online? Clique nele para abrir…

Menino Jesus

A linda história de como surgiu a canção Noite Feliz, clicando aqui.

Santa Teresinha do Menino Jesus

A Menina mais Querida do Mundo Inteiro! Conheça sua linda História clicando  aqui.

São Benezet

A incrível História do Menino que Construiu uma Ponte a pedido de Jesus… Clique aqui para ver.

Tem também ele para colorir online. É só clicar no desenho para abrir o jogo…


São Miguel Arcanjo

“Quem é como Deus?!” É o guardião da fé.  Conheça os Arcanjos e suas missões clicando aqui.

Escolha uma espada para Pão Miguel clicando no joguinho…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/04/10/games/

amigodoceu

Germano José

Beato Herman Joseph, o Germano José de Maria

Nossa Senhora sempre olhou com muito amor às crianças, principalmente, as que sofrem. Já reparou que as crianças que foram visitadas por ela eram sempre pequenos pastores muito pobres?!

Pois é. Foi assim com o beato Germano José.

Como Germano José amava muito a Maria, quando tinha 12 anos, no Convento onde ele vivia, os outros noviços, passaram a chamá-lo de o “José de Maria”. Germano não gostou: Mas, eu não mereço este nome, eu não sou digno.”

Mas, Nossa Senhora achou graça e ordenou que aceitasse o lindo nome. Sua amizade com Nossa Senhora começou quando ele era bem pequeno. Ia à escola no inverno (e ele morava na Alemanha onde até nevava) com um sapato furado e sofria muito, até que… Se você quiser saber, assista à história de Germano José…

Germano aprendeu com a Mãezinha que na Igreja oque existe de mais importante é a presença de Jesus na Eucaristia. Muitas vezes, duranta o dia ou a noite, ia até onde estava o Sacrário, ajoelhava-se e ficava lá adorando Jesus.

Quando já era um padre, todas as vezes que celebrava a Santa Missa, chorava de tão emocionado que ficava. Às vezes, o povo via em volta dele uma grande luz e o Padre Germano “fora do ar” com o sorriso mais lindo, olhando Jesus na Eucaristia.

Curiosidades

. Germano José era também cantor e compositor. Escreveu muitoas canções à Virgem Maria, poesias e o hino mais antigo que existe para o Sagrado Coração de Jesus;

. Até hoje as crianças levam maças aos pés da imagem de Nossa Senhora que falou com Germano, na igreja de Santa Maria de Capitole de Colônia, na Alemanha, onde aconteceu essa história, la pelo ano de 1157. Olha a Imagem aí ao lado…

Gostou da história? Entãoclique no  desenho do Germano para ampliar, imprimir e colorir…

Quer um card com esse desenho e uma frase? Entra  no facebook pra você compartilhar…

Não esque ce de curtir

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/04/07/germano-jose/

amigodoceu

Símbolos da Páscoa

Coelho da Páscoa, que trazes pra Mim?

Páscoa significa ressurreição de Jesus.

A tradição cristã é rica em símbolos que lembram a Ressurreição de Jesus  (clique aqui para ver)

Ovos  ou pintinhoovodepascoa
Ambos os símbolos representam o nascimento de uma nova vida.
Na verdade, para os cristãos, a Páscoa é a celebração de uma nova vida, da morte para a vida.

O Beato João Paulo II (clique aqui para conhecer sua história), quando menino, na Páscoa, trocava lindos ovos decorados abençoados na Igreja, como qualquer família polonesa.

As flores

A Páscoa na Europa é na primavera, preste atenção à Santa Missa de Páscoa, no domingo da Ressurreição do Vaticano, eles enfeitam tudo com muitas flores. Depois de um branco (lá neva) ou cinza ( o dia fica cinzento quando está muito frio, sem sol) inverno. Vem a alegria da primavera, cheia de esperança e vida, assim como nos sentimos com a ressurreição de Jesus.

Pomba

Este símbolo representa a paz. Jesus, através de Seu sacrifício na cruz, nos ajuda a construir um reino de paz e amor.

sinoSinos
No domingo de Páscoa, os sinos de todas as igrejas começam a tocar para anunciar a ressurreição de Jesus em sua sinos festivos. Pode prestar atenção na hora que cantamos o “Aleluia” nos sinos tocando.

Oliva
Além de ser um símbolo de paz, recorda a entrada de Jesus em Jerusalém, quando uma multidão o recebeu calorosamente com ramos nas mãos. Também foi no jardim das oliveiras que Jesus orou se preparando para seu martírio.

Cordeiro
Este símbolo está associado a Jesus, que sempre foi comparado a um cordeiro manso: ele deu a sua vida por nós. No antigo testamento os cordeiros eram sacrificados, em expiação pelos pecados de quem os ofertava. Jesus se ofereceu por todos nós.

Luz
O Círio Pascal simboliza a luz de Cristo que veio para iluminar o mundo. Por sua morte e ressurreição venceu a escuridão nos corações dos homens.

coelha-filhotesO Coelho
Foi escolhido por Santo Ambrósio como um símbolo da Ressurreição, lá nos comecinhos do cristianismo. Tanto o coelho como a lebre tem muitos filhotes, muuuitos mesmo, assim como somos muitos os filhos adotivos de Deus Pai, a partir da ressurreição de Jesus. A lebre muda de cor de acordo com a temporada, Santo Ambrósio comparou com a tristeza da morte, cinza, que muda para a alegria da vida, colorida.

coelho_papercraftEnquanto esperamos a Páscoa, que tal brincar com o coelhinho? ele é um símbolo da Páscoa… Aqui tem uma porção deles pra você se divertir: colorir, recortar, montar… Brincar! (clique aqui para abrir)

 


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/28/simbolos-da-pascoa/

amigodoceu

Ressuscitou!

Viva! Jesus Ressuscitou! Aleluia

Aleluia quer dizer: alegria na presença de Deus! Por isso cantamos “aleluia” na Páscoa, porque estamos muito alegres e na presença de Deus, tem tuda a ver! Jesus está vivo, no meio de nós! Ele morreu por nós, para pagar o preço de nossos pecados e nos salvar. E venceu a morte por nós, agora todos nós, Nele, temos a vida eterna. Jesus é o mesmo do dia da ressurreição, Ele está vivo, Ele vive! Você já parou pra pensar nisso? É maravilhoso!

A Páscoa do 3 Pastorinhos

No domingo de Páscoa, as famílias da Lúcia, Jacinta e Francisco os três pastorinhos que viram Nossa Senhora, em Fátima, Portugal, separavam uma ovelhinha cada família, a mais bonita do rebanho, e as enfeitavam com flores, eram a oferta das famílias para a Igreja, que depois repartia as ovelhas entre os pobres.

Bem cedo, o padre visitava todas as casas da vila, em nome de Jesus, o Senhor ressuscitado, abençoando o povo e dando amêndoas doces para as criancas. As casas eram muito bem arrumadas e pintadas, as pessoas colocavam suas melhores roupas e os homens soltavam fogos de artifício quando o padre vinha chegando, em honra da ressurreição do Senhor Jesus. Quer assistir essa história, ela está no seriado com marionetes “Os 3 Pastorinhos” da Canção Nova, vale a pena assistir…

Quer ler algumas páginas da Bíblia para Crianças da Canção Nova que falam da Ressurreição do Senhor?!

Clique no desenho ao lado para ampliar, imprimir e colorir.


Quer um card com esse desenho e uma frase? Entra  no facebook pra você compartilhar, não esque ce de curtir

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/28/ressuscitou/

amigodoceu

Jesus Morreu na Cruz para nos Salvar

No Peito eu levo uma Cruz, no meu Coração o que disse Jesus!

Jesus morreu na Cruz numa sexta feira, as 3 horas da tarde. Foi incrível, a Bíblia diz que a terra tremeu, cairam ráios e choveu muito, os túmulos abriram e muitos mortos voltaram a vida nessa hora. A Sexta feira santa é dia de ficar mais quieto, sabe, não fazer muito barulho, pensar em Jesus, no quanto Ele nos ama para sofrer isso tudo para nos salvar… Então coloquei essas musiquinhas lindas pra você ouvir, pensar em Jesus e orar…

Você também pode assistir a história de santos, que transformaram seus sofrimentos em pérolas: bençãos para suas famílias e os uniram a Cruz de Jesus para salvação das almas. Como Santa Teresinha, Dom Bosco, beata Jacinta de Fátima e santa Bernadete de Lourdes…

A ailguns anos, eu fiz uma oração para as crianças, com a Cruz de Jesus e a minha música “O Tesouro”…. Quer orar comigo?!

Eu selecionei algumas áginas da nossa Bíblia para Crianças da Canção Nova, que contam a linda história de Jesus, de como Ele morreu na Cruz para nos salvar. Clique nas páginas para ampliar e ler…

Você também pode assistir essa histórinha com os desenhos Bíblia para Crianças da Canção Nova…

E para colorir Jesus na Cruz que eu desenhei, é só clicar nele para ampliar e imprimir.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/27/jesus-morreu-na-cruz-para-nos-salvar/

amigodoceu

A Eucaristia

Como um pedacinho de pão e um golinho de vinho podem ser o Corpo e o Sangue do Senhor?

Na Quinta-Feira Santa, Jesus instituiu a Eucaristia, Desde então, sempre que o padre levanta o Pão e pronuncia as palavras que Jesus falou nesse dia, o pão deixa de ser só pão e se transforma no Corpo do Senhor e o vinho no Sangue do Senhor… Uau! E como Ele está alí escondido? E como Ele vem vizitar a gente quando comungamos? Pois é… É um mistério, mas Jesus é Deus e Ele pode tudo. É maravilhoso: Jesus quiz estar conosco todos os dias… Ele nos deixou a Eucaristia.

Na Bíblia para Crianças da Canção Nova, você pode ler oque aconteceu, no dia em que Jesus instituiu a Eucaristia, a primeira quinta feira santa de todas…

JESUS INSTITUI A EUCARISTIA (Lc 22,7–15)

Jesus sentou-se à mesa com os apóstolos e disse: “Desejei muito comer com vocês essa Páscoa, antes de tudo que vou sofrer…”

Pegando o cálice com vinho, deu graças, e disse: Tomem esse cálice e o repartam entre vocês…”

Depois, pegando o pão, também deu graças, o partiu, e deu aos seus amigos, dizendo:Este é o meu corpo, que é dado para vocês, façam isto em memória de mim.”

Depois que comeram, pegou o cálice e disse: “Este é o cálice da nova aliança: meu sangue, que é derramado por vocês.”

Nesse dia, jesus também lavaou os pés de seus apóstolos, foi assim…

E pra fechar com chave de ouro, a linda história da menina que queria tanto fazer sua Primeira  Comunhão, que se tornou a padroeira das crianças que se preparam para  receberem a Eucaristia?! Com vocês, Santa Imelda…


Quer assistir a história de  São Tarcísio, o mártir da Eucaristia? (clique aqui para assistir)

Quer um card com esse desenho e uma frase sobre a Eucaristia? Entra  no facebook pra você compartilhar, não esque ce de curtir

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/27/a-eucaristia/

amigodoceu

o Sacramento da Reconciliação

A PECADORA PERDOADA (Lc 7,36–50)

Um dia, um fariseu chamado Simão convidou Jesus para comer em sua casa. Estavam comendo, quando uma prostituta (mulher que ficava com os homens em troca de dinheiro) entrou com um vaso de perfume nas mãos e se jogou aos pés de Jesus. Chorando, ela os lavava com as lágrimas e com o perfume e os secava com seus cabelos. O fariseu pensou:Se esse homem fosse profeta, ia saber que ela é uma pecadora.”

Jesus, que sabia o que o fariseu pensava, contou a ele esta história:

Um homem emprestou dinheiro a outros dois homens. A um emprestou 500 e a outro 50. Não tendo eles como lhe pagar, perdoou a dívida dos dois. Qual dos devedores o amará mais?”

O fariseu respondeu:Acho que é aquele que tinha a dívida maior.”

Depois de conversar com o fariseu, Jesus olhou para a mulher e disse sobre ela:

Seus numerosos pecados lhe foram perdoados porque ela tem demonstrado muito amor.”

E disse à mulher:

Tua fé te salvou. Vai em paz.”

O Sacramento da Reconciliação

É mandamento de nossa Igreja, pelo menos ao nos prepararmos para a Páscoa, participando do Sacramento da Reconciliação.

Mas isso não significa que a gente deve se confessar só uma vez por ano, porque a confissão fortalece nossa alma para não pecarmos mais e nos enche de paz e alegria. Eu já experimentei essa graça. E você?

No programa Cantinho da Criança, a alguns anos atrás, eu expliquei sobre o Sacramento da Confissão para as crianças. Você pode assistir…

 

Também contei uma história que aconteceu em Medjulgore, de como Nossa Senhora Rainha da Paz explicou para os videntes, ainda crianças, como o pecado suja o coração da gente.

 

 

Porque confessar nossos pecados?

O Papa Francisco falou: “Jesus sempre, mas sempre mesmo perdoa nossos pecados, a gente é que se cansa de pedir perdão”…

E porque se cansa? Porque fica com vergonha do padre? Porque depois vai pecar de novo? Porque o padre também peca?

1 – É preciso sabedoria para reconhecer que está errado e pedir perdão, que pode ser uma pessoa melhor e que pode contar com a graça de Deus para isso.  Quem acha que está sempre certo, que Deus não tem poder de o ajudar e nunca erra e não reconhece que pode ser melhor é… eheheh, o contrário de sábio? O que você acha?

2 – A confissão nos fortalece, pela graça de Deus, até a tentação que nos faz cair em um pecado não ter mais forças sobre nós;

3 – Que lindo Jesus ter escolhido um de nós, que peca como nós e sabe entender que miseravinhos nós somos para fazer as vezes dele aqui na terra. E quando o padre perdoa nossos pecados, não é o padre mas a graça sobrenatural que está nele, a unção sacerdotal, a presença do próprio Jesus que nos perdoa. Uau!!!


E ai a gente precisa vercer o orgulho e se humilhar na presença de Jesus para admitir que somos pecadores e precisamos do seu perdão… Tipo aconteceu nessa histórinha.. Você conhece a Bíblia para Crianças da Cancão Nova? Esse texto, eu tirei de lá…

Nossa Senhora em disse em Medjulgorje (em 18/03/2013): “Meu Filho, através daquele amor que Ele demonstrou pela cruz, deu-lhes a possibilidade de serem perdoados por tudo, de modo que vocês não têm do que se envergonhar ou esconder, e por medo não abrir a porta do seu coração para o meu Filho. Pelo contrário, meus filhos, reconciliem-se com o Pai Celestial para que vocês sejam capazes de chegarem a amarem a si mesmos como meu Filho os ama. Quando vocês amarem a si mesmos, vocês também amarão aos outros; neles vocês verão o meu Filho e reconhecerão a grandeza do Seu amor.”

O Bom Ladrão

Quer ouvir uma histórinha que eu gravei para Rádio Canção Nova com meu amiguinho Coelho Recorreio? É a história do bom ladrão e de como ele “roubou” o Céu, porque confiou na bondade de Jesus. (É só clicar aqui)

Domingos Sávio ajuda um colega a se reconciliar com Deus

Nesse episódio da novela com marionetes, da vida de São Domingos Sávio, a pedido de Dom Bosco, Sávio ficou de ajudar um colega a ser melhor nos estudos, fazer amigos, conhecer Jesus… Não vai ser nada fácil porque o colega é metido a valentão…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/26/o-sacramento-da-reconciliacao/

amigodoceu

Novena em honra a Santa gravidez de Nossa Senhora

Dia 25 de março, o Anjo anunciou à Virgem Maria que Deus a escolheu para ser a mãe de Jesus (clique aqui para ver a história) E no mundo inteiro iniciamos a…

Novena em honra a Santa gravidez de Nossa Senhora

(Para ser rezada diariamente, durante 9 meses: de 25 de março até 25 de dezembro, ou seja, da Anunciação até o Natal do Senhor)

Ó Maria, virgem Imaculada, Porta do Céu e causa da Nossa Alegria, respondendo com generosidade ao Anúncio do Arcanjo São Gabriel, Vós pudestes dar curso ao plano de Deus para nossa salvação.

Vós fostes, pela Providência Santíssima desde toda a eternidade, constituída morada digna do Filho de Deus Encarnado. Pelo vosso “sim” e fidelidade ao Pai celeste, o Espírito Santo teceu em vosso ventre Jesus, nosso Senhor e Salvador. Eis que desejando que o Filho de Deus que quis nascer em Vós, nasça também em meu coração e conceda-me o perdão de meus pecados, prostro-me aos vossos pés e vos imploro, com todo o fervor de minha alma, que vos digneis alcançar-me, do vosso Filho, a graça que tanto necessito… (colocar a graça).

Ouvi minha súplica, ó Virgem Santíssima, Vós que, perante o trono da Graça, sois a “Onipotência Suplicante”, enquanto vou meditando, com reverência e filial afeto, todos os momentos de dor e de alegria, de desolação e de providência, que vos acompanharam em vossa bendita e singular Gestação, na qual trouxestes em vosso ventre por nove meses o Filho do Deus Altíssimo. Amém.

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/25/novena-gravidez-nsa-sra/

amigodoceu

Anunciação

Você conhece a Bíblia para Crianças da Cancão Nova? Esse texto, eu tirei de lá…

O Anjo anuncia o nascimento de Jesus (Lc 1,26-38)

O anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia chamada Nazaré, para falar com uma virgem que era noiva de José, um carpinteiro, descendente do rei Davi. O nome da virgem era Maria. Entrando onde Maria estava, o anjo disse:

Ave cheia de graça, o Senhor está com você ”

Ela assustou-se e pôs-se a pensar o que significariam essas palavras. Disse-lhe então o anjo:

Não tenha medo, Maria…”

E o anjo lhe contou que ela havia sido escolhida para ser a mãe do Filho de Deus. Ela não entendeu como ficaria grávida, porque não era casada, mas o anjo explicou:

O Espírito Santo virá sobre você e a força do Altíssimo a envolverá com a sua sombra…”

O anjo também contou sobre Isabel que, mesmo velha, já estava no sexto mês de gravidez:

A Deus nenhuma coisa é impossível.”

Então Maria disse:

Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a Sua palavra.”

E o anjo afastou-se dela.

Essa linda história está na Bíblia para Crianças da Canção Nova (clique aqui para abrir)

O pessoal aqui da canção Nova, fez uma animação com as ilustrações da nossa Bíblia, a voz é da Tia Tininha… Vale a pena assistir..

No dia da Anunciação de Nossa Senhora, começamos a Novena em honra aos seus nove meses de gravidez que termina no Natal. Quer fazer? (Clique aqui para abrir)

Curiosidade: Como fizemos essa Bíblia…

Tínhamos pouco tempo e fizemos um mutirão. Eu coordenei o trabalho e adaptei o Novo Testamento. O Antigo Testamento foi minha amiga do Cantinho dos Anjos de São José, a Mariane. Os desenhos são do Reinaldo, a pintura do Thiago e do Tião que trabalham aqui comigo. Levamos 11 meses trabalhando nela.

Obrigada por curtir meu blog, deixe um recadinho e fique com Deus. Tia Adelita.

E mais: tem um card com esse desenho e uma frase dos Santos no facebook pra você compartilhar, não esque ce de curtir

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Quer montar um quebra cabeças online com essa história e os desenhos da nossa Bíblia? (clique aqui para jogar)

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/25/anunciacao/

amigodoceu

Domingo de Ramos

Você conhece a Bíblia para Crianças da Cancão Nova? Esse texto, eu tirei de lá…

ENTRADA DE JESUS EM JERUSALÉM (Lc 19,29–44 e Jo 12,12–13)

Os discípulos trouxeram um jumentinho e, lançando sobre ele as suas vestes, puseram Jesus em cima. Assim, Jesus seguiu para Jerusalém.

Uma grande multidão soube que Jesus viera à festa da Páscoa. Tomaram ramos de palmeiras, e saíram para encontrá-lo. Gritavam:

Hosana! Bendito o rei de Israel que vem em nome do Senhor.”

E, indo até Ele, estendiam no caminho as suas vestes.

Os discípulos que vinham juntos se alegravam e davam louvores a Deus em alta voz, dizendo:

Bendito o rei que vem em nome do Senhor; paz no céu e glória nas alturas.” (Os discípulos de Jesus estavam animados porque pensavam que Ele seria coroado rei e venceria os romanos, mesmo Jesus já tendo dito: “Meu Reino não é deste mundo”.

Alguns dos fariseus, que vieram na multidão, disseram a Jesus:

Mestre, repreende os teus discípulos.”

Mas, Jesus disse-lhes:

Digo-lhes que, se estes se calarem, as próprias pedras falarão.”

Quando chegou em Jerusalém, vendo a cidade, Jesus chorou sobre ela, dizendo:

Ah, se ao menos neste dia reconhecesse quem te pode trazer a paz!”

Agora você pode clicar no meu desenho para ampliar, imprimir e colorir.

O pessoal  aqui da canção Nova, fez uma animação com as ilustrações da nossa Bíblia, a voz é da Tia Tininha… Vale a pena assistir..

 

Se você quer ler mais histórias como essa, elas estão na Bíblia para Crianças da Canção Nova (clique aqui para abrir)


 

 

Curiosidade: Como fizemos essa Bíblia…

Tínhamos pouco tempo e fizemos um mutirão. Eu coordenei o trabalho e adaptei o Novo Testamento. O Antigo Testamento foi minha amiga do Cantinho dos Anjos de São José, a Mariane. Os desenhos são do Reinaldo, a pintura do Thiago e do Tião que trabalham aqui comigo. Levamos 11 meses trabalhando nela. Obrigada por curtir meu blog, deixe um recadinho e fique com Deus. Tia Adelita.

E mais: tem um card com esse desenho e uma frase dos Santos no facebook pra você compartilhar, não esque ce de curtir

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/21/domingo-de-ramos/

amigodoceu

São José

Eu Sou fã de São José

Por séculos Israel esperava um novo rei prometido pelos profetas. Aquele que viria para libertar o povo dos dominadores estrangeiros, e seu reino seria para sempre! Mas quando viria, quando Deus libertaria o seu povo? Deus prestes a realizar sua promessa, mas para isso ele precisava de um guardião, um protetor, um pai do coração para o Rei dos reis, pois ele nasceria pequenininho e indefeso nesse mudo… E quem seria ele? Um rei poderoso? O chefe de um exercito? Um guarda costas treinado pela C.I.A.? Nãooooo… Deus escolheu algo muito melhor do que isso, aquele que seria proclamado o Patrono da Igreja: um pobre trabalhador, um simples carpinteiro de Nazaré… São José! Conheça sua linda história assistindo o “Amigos do Céu”

São José, foi o pai adotivo de Jesus, o “pai do coração”. Significa, que ele aceitou a missão que Deus deu a ele de ser, aqui na terra, de ser o pai de Jesus, que é o filho de Deus e veio do Céu. Assim, como todo aquele que aceita Jesus como irmão maior e é batizado, se torna filho adotivo de Deus. Hoje é também o dia do Pai do Coração!

Agora você pode clicar no desenho ao lado, para ampliar, imprimir e colorir…

Quer um card com esse desenho e uma frase sobre São José? Entra  no facebook pra você compartilhar, não esque ce de curtir

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/19/sao-jose-2/

amigodoceu

Papa Francisco

O Papa Francisco já foi um menino da Argentina

O menino Jorge Mario que um dia seria o Papa, era de uma família que imigrou da Itália pra Argentina, os Bergoglio. Eram em cinco irmãos: ele, Roberto, Oscar, Regina Marta e Maria Helena. Ele nasceu em Buenos Aires, capital da Argentina, em 17 de dezembro de 1936 .

Uma família muito humilde e trabalhadora, como a maioria dos moradores de Flores, um bairro de Buenos Aires.

Mario, pai de Francisco, trabalhou como empregado ferroviário e depois como contador. Também gostava de jogar basquete na sua juventude e, sempre que podia, assistia jogos de basquete com os filhos.

Não sobrava nada de dinheiro, não tinham carro, nem iam passear nas férias no verão, mas também não lhes faltava nada.

Sua mãe, Regina, era dona de casa. Ela ficou paralítica após ter dado à luz o quinto filho. Quando as crianças voltavam da escola, a encontravam sentada descascando batatas, com todos os outros ingredientes para o almoço já preparados. Jorge contou: “Dizia-nos que devíamos misturá-los e cozinhá-los.”

Dona Regina gostava de música clássica. Jorge contou: “Todo sábado, às duas da tarde, ouvíamos óperas líricas que eram transmitidas pelo Rádio. Antes que começasse, a mamãe nos explicava a ópera, nos alertava quando começava a ária mais importante e conhecida… Era uma beleza para mim, apreciar a música.”

O Futebol e o menino Jorge

Na esquina oposta a sua casa, havia uma praça pequena. Ali o menino Jorge jogou futebol com os amigos até os 14 anos. Eles dizem que Jorge não era lá muito bom de bola, pois não tinha muito tempo para jogar, por ser muito aplicado nos estudos. Mas gostava de futebol e torce até hoje para o time San Lorenzo, o estádio desse time ficava perto de sua antiga casa em Flores.

Em frente a praça ficava a fábrica de meias e, do outro lado da rua, a mercearia do avô. Quando Jorge era pequeno, a avó Rosa vinha pegar o menino e o levava até sua casa. Ele contou: “Meus avós falavam piemontês entre si e assim o aprendi.” – piamontês é um dialeto da língua italiana.

Foi um Menino Sapeca

Jorge sempre foi muito alegre. Quando menino corria incansável pelos corredores do Colégio da Misericórdia, onde estudava e fez sua Primeira Comunhão. Uma antiga professora, a irmã Rosa, contou que lembra dele estudando a tabuada na escada, ia pulando os degraus de dois em dois e repetindo: “Dois vez um, dois! Dois vez dois, quatro! Dois vezes três, seis…”

A catequista do menino Jorge, chamava-se Irmã Dolores, ela o tinha preparado para a Primeira Comunhão. Muitos anos depois, quando a catequista morreu, o Padre Jorge passou toda a noite ajoelhado em oração na capela, ao lado dela.

O Jovem Jorge…

Como bom argentino que é, Jorge gosta das músicas de sua terra. E, quando adolescente, achava bonita a menina de 12 anos, a Amália, que morava perto de sua casa, lhe escreveu até um bilhetinho: “Se você não casar comigo, serei padre!” – E os anjos disseram: AAAMÉÉÉM! Eheheh.

Ia todos os domingos à Missa na igrejinha do bairro com sua família. A mãe do Papa, dona Regina, era muito cristã e religiosa e ele herdou muito dela.

Jorge formou-se em técnico químico no segundo grau e, os 13 anos, começou a trabalhar. Seu primeiro emprego foi o de faxineiro numa fábrica de meias onde o pai era contador, fez isso por dois anos. Depois passou para o setor administrativo e, por fim, trabalhou num laboratório de análise da produção. Jorge disse: “Agradeço tanto meu pai porque me mandou trabalhar. O trabalho foi uma das coisas que melhor me fizeram na vida.”

Mas…

Quando adolescente Jorge ficou muito doente e correu o risco de morrer de pneumonia. Acabou perdendo parte superior do pulmão direito. Foram meses de recuperação como dores terríveis. Ele não gostava quando, para animá-lo, falavam: “Vai passar…” - Ficava bravo. Até que a irmã Dolores foi visitá-lo, ela lhe disse: “Estás imitando Jesus.”Essas palavras lhe deram muita paz.

Jorge descobriu sua linda vocação sacerdotal

Família do Papa Francisco

Era dia 21 de setembro de 1953, Jorge tinha 17 anos e se preparava para festejar o Dia do Estudante com seus colegas. Entrou na igreja de San José de Flores e aí encontrou um sacerdote que não conhecia e foi confessar. Durante a confissão, Jorge sentiu a presença de Jesus e que Ele o estava chamando para ser Padre. Contou: “Aconteceu algo incrível, a maravilha de um encontro. Tomei consciência que Alguém estava me esperando…”

Com 22 anos, em março de 1958, Jorge entrou no noviciado da Companhia de Jesus, congregação religiosa dos jesuítas, a mesma de Santo Inácio de Loyola, Francisco Xavier, Beato José de Anchieta (clique nos nomes para conhecer suas histórias). Os escolheu porque a Companhia usava uma linguagem militar e havia um clima de obediência e disciplina entre eles. E porque era voltada para a tarefa missionária.

Bispo, Arcebispo, Cardeal e…

Como arcebispo, defendia o direito das crianças nascerem, contra essas leis que aprovam o aborto, defendia que os trabalhadores ganhassem salários justos e tudo mais o que Jesus ensinou que é certo.

Por isso teve que sofrer, e ainda sofre, muitas calúnias e perseguição… Mas Jesus já avisou a muito tempo que isso aconteceria com seus amigos, não é mesmo?! Não dá pra ser Cristão sem Cruz…

O Papa Francisco disse em sua primeira homilia: “Eu queria que, depois destes dias de graça, todos nós tivéssemos a coragem, sim a coragem, de caminhar na presença do Senhor, com a Cruz do Senhor; de edificar a Igreja sobre o sangue do Senhor, que é derramado na Cruz; e de confessar como nossa única glória Cristo Crucificado. E assim a Igreja vai para diante.”

Já Cardeal, morava num quartinho no edifício ao lado da Catedral, sem luxo nenhum e ele mesmo fazia sua comida.

Não Esquecia os Amigos…

Dom Jorge achava um tempinho para visitar os amigos, tomar mate, assistir futebol e rir. E também visitava as irmãs do colégio onde estudou. Pegava o ônibus e ia, pois moravam meio longe. Ele tinha um fusquinha, mas preferia ir de ônibus. Depois de tomar chá com leite com as irmãs velhinhas, ele mesmo lavava a sua xícara. Fez isso até esses dias atrás, porque agora vai morar no Vaticano e você sabe, não dá pra ir de ônibus de Roma à Argentina…

Entre os Irmãos mais Pobres

O Cardeal Bergoglio estava sempre visitando as favelas, há 850 delas na grande Buenos Aires, com três milhões de pessoas. Ele fazia questão de celebrar Missas de Primeira Comunhão e Crisma. Ia sempre de ônibus ou metrô, mesmo que estivesse doente. Ele implantou varias ações sociais nos bairros mais pobres, inclusive a construção de refeitórios para pessoas idosas e portadoras de deficiências.

Papa!

É tão simples, disponível e gentil, que ninguém ao seu redor se sente constrangido ou, quando andava pelas ruas de Buenos Aires, dava conta que importante ele era. Além de Arcebispo, era professor universitário, vice-presidente da Conferência Episcopal Argentina e uma porção de outros títulos e trabalhos importantes que fazia para os jesuítas, a Igreja e o povo, com muita humildade. E, mesmo Papa continua assim, vocês viram na TV ele no ônibus com os outros Bispos e jornalistas, rindo, todo a vontade?! Esse é nosso Papa.

O papa escolheu o nome de Francisco

Tem uma porção de Franciscos que ele admira: seu pai que era Francisco, São Francisco Xavier, seu colega de congregação e grande missionário que atravessou o mundo numa grande aventura para evangelizar o Oriente. E o pobrezinho de Assis, que cuidava dos leprosos e amava a natureza. Nosso Papa Francisco tem um pouquinho de cada um deles e bastante do “Jorge”, dá pra sentir que será um bom Papa…

Habemus Papam!

Você pode colorir meus desenhos do Papa Francisco, ok?! É só clicar neles para ampliar e imprimir.

Agora você pode assistir a primeira vez que o papa Francisco apareceu na janela do Vaticano e ouvir suas primeiras palavras para nós…

Monsenhor Jonas Abib foi a Roma, nos representar, toda a família Canção Nova, nesse momento lindo da nossa Igreja. Olha ele lá…

Entra no meu facebook (clique aqui) e deixa um recadinho lá para o Papa Francisco… Não esquece de Curtir.

Obs. As histórias da infância e adolescencia do Papa Francisco, são de uma entrevista que ele deu para o livro “El jesuita: Conversaciones con el cardenal Jorge Mario Bergoglio”, dos jornalistas Francesca Ambrogetti e Sergio Rubin.


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/15/papa-francisco/

amigodoceu

Nossa Senhora das Dores

Pela Virgem Dolorosa, vossa Mãe tão Piedosa…

Perdoai-nos, ó Senhor! Perdoai-nos, ó Senhor!

Nossa Senhora estave com Jesus durante todo o caminho em que Ele carregou a Cruz e com seu olhar amoroso, tocou Jesus e o confortou. Ela viu quando os soldados pregara o Senhor na Cruz e a levantaram e esteve com Ele, aos seus pés até o fim… Viu ele se preocupar com ela e pedir a João que a levasse para casa e cuidasse dela, viu o céu ficar nublado, a tempestade, a terra tremer, ouviu Jesus gritar de lá:“Pai, em tua mão entrego o meu espírito!”

Maria não saiu dos pés da Cruz até que tirassem o corpo sem vida de seu filho da Cruz e lhe entregassem para que ela o limpasse para ser sepultado.  Por tudo isso ela é também a “Nossa Senhora das dores”, porque sofreu o que o velho Simeão já havia profetizado quando Jesus era um bebezinho: “Uma espada de dor, traspassará a sua alma!”

Vamos com Maria, estar um momentinho aos pés da Cruz de Jesus? A alguns anos, num kairós, orei pelas crianças aos pés da Cruz de Jesus, posso orar por você também? Então veja o vídeo da oração…

Oração com a Cruz para Crianças no kairos 2008

Você já aou viu falar na devoção das 7 dores de Nossa Senhora?Do ladinho está o texto correspondente na Bíblia pra você ler…

1 – A profecia de Simeão sobre Jesus (Lucas, 2, 34-35)

2 – A fuga da Sagrada Família para o Egito (Mateus, 2, 13-21);

3 – O desaparecimento do Menino Jesus durante três dias (Lucas, 2, 41-51);

4 – O encontro de Maria e Jesus a caminho do Calvário (Lucas, 23, 27-31);

5 – Maria vê o sofrimento e morte de Jesus na Cruz (João, 19, 25-27);

6 – Maria recebe o corpo do filho tirado da Cruz (Mateus, 27, 55-61);

7 – Maria observa o corpo do filho a ser depositado no Santo Sepulcro (Lucas, 23, 55-56)

Quer colorir minha Nossa Senhora das Dores? Clica no desenho para ampliar e imprimir…

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/12/nossa-senhora-das-dores/

amigodoceu

Domingos Sávio

São Domingos Sávio, o Pequeno Gigante

Domingos Sávio, com 5 anos pediu para ser coroinha e todos os dias, mesmo no rigoroso inverno da Itália, participa da Santa Missa. Isso impressiona tanto o sacerdote, que permite a Domingos fazer a 1º comunhão com apenas 7 anos. Nessa ocasião, Domingos escreve, com sua letra de criança, as regras que seguiria por toda sua breve vida:

“Vou me confessar e comungar, tantas vezes quanto meu confessor permitir… Santificarei os dias festivos.. Meus amigos serão Jesus e Maria; Antes Morrer que pecar.”

Domingos conhece Dom Bosco aos 12 anos e logo nasce ali uma grande amizade. Domingos pede a Dom Bosco que, sendo ele uma fazenda, o transforme numa linda roupa para nosso Senhor. Entra no Oratório em Turim, em 1854.

Disse, a um colega: “Eu quero ser santo, se não me santificar, serei um fracasso.” Começou a fazer pequenos sacrifícios pela salvação das almas: Esfregar as mãos na neve, colocar pedras no colchão, doar suas roupas de frio para os meninos pobres… Dom Bosco descobre e proíbe sacrifícios que lhe prejudiquem a saúde frágil, mas lhe ensina uma pequena formula para ser santo: “Ser sempre alegre.. Fazer bem feito todas as coisas…”

Com seus melhores amigos, criou uma espécie de clube secreto dentro do Oratório: “Companhia da Imaculada .

Domingos nunca voltava atrás ou desistia de um propósito. E não sabia o que era respeito humano, tipo quando dois colegas da escola juraram se apedrejarem até um cair morto. Domingos, com uma Cruz na mão, entrou corajosamente no meio dos dois brigões e disse uma de suas frases mais lindas: “Olhe para essa Cruz e se tiver coragem repita: Jesus Cristo morreu perdoando a quem fez isso com Ele… Eu pelo contrário não quero perdoar? Quero vingar-me até o fim?”

Quer saber mais, então assista o “Amigos do Céu” que eu conto a história dele com meu amigo pincel Piné…

Você também pode assistir a novela para marionetes São Domingos Sávio, o Pequeno Gigante (eu que escrevi o roteiro e modelei as cabecinhas, foi muito divertido, mas deu o maior trabalhão)…

Quer assitir todos os capítulos da novela com marionetes?! (clique aqui)


Presentinhos…

. Quer fundar uma  “Companhia da Imaculada”, o clube de São Domingos Sávio com seus amigos? Baixe a historia e o regulamento…  (clique aqui)

. Quer colorir o desenho? Clica nele e imprima…

. Quer a “Novena de São Domingos Sávio” para mães com gestação de risco?! (clique aqui para abrir)


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/08/domingos-savio/

amigodoceu

Perpétua e Felicidade

Santa Perpétua e Felicidade, rogai por nós…

Você já ouviu quando nas Santas Missas a gente canta a ladainha de todos os santos: “Santa Perpétua e Felicidade,  rogai por nós…”?

E você já ficou curioso em saber a história dessas duas santinhas de nome tão diferente? Sabia que elas foram mártires?

Perpétua tinha 22 anos e era mãe de um bebê de peito. Felicidade trabalhava em sua casa e estava grávida. As duas tinham um segredo que ninguém podia saber: eram cristãs. Se fossem descobertas, estavam fritas… É que viviam no no ano de 202, tempo em que o o imperador Severo mandava em tudo e odiava os cristãos, porque eles não queriam adorar seus deuses fajutos.

Não deu outra, Perpétua estava celebrando um grupo de oração em sua casa em Cartago e alguém denunciou.Ela, Felicidade e outros empregados cristãos foram presos.

Pra você ter uma idéia o que sofreram os primeiros cristãos, olha o que Perpétua escreveu: Fomos levadas para a masmorra, eu estava com muito medo, pois nunca experimentei tal escuridão. Ó dia difícil! O calor era insuportável e éramos muitas pessoas em um subterrâneo muito estreito. Parecia que ia morrer de asfixia.

O que mais angustiava Perpétua é que seu filhinho estava enfraquecendo, sem o mamá da mãe, mas graças a Deus eles foram transferidos para uma cela com janela e ela conseguiu permissão para amamentá-lo na prisão, isso lhe deu muita alegria. Mas… Qual o segredo de Perpétua para não desistir de sua fé e voltar pra casa livre? Ela orava: Senhor, o que eu mais te peço é que nos conceda um grande valor para sermos capazes de sofrer e lutar por nossa santa religião.

Todos os presos foram condenados a morte, porque ninguém quis renuciar a fé em Jesus Cristo. Seriam jogados a animais bravos: elefantes, touros, ursos e leões, no dia da festa do Imperador.

E Felicidade? Ela sofreu muita dor para ter o bebê na prisão. Um soldado carcereiro debochou: Agora se queixa pelas dores do parto. E quando chegarem das dores do martírio o que fará? Ela respondeu-lhe: Agora sou fraca porque sofre a minha pobre natureza. Mas quando chegar o martírio a graça de Deus me acompanhará e me encherá de força.

Então os outros irmãos presos oraram com fé, e Felicidade deu à luz uma linda menina, que foi entregue a cristãs fora da prisão. Uma noite antes de morrer, ois santos diáconos levaram a comunhão a eles, e depois de orar e de animar-se uns aos outros se abraçaram e se despediram com o beijo da paz. Todos estavam animados, alegremente dispostos a entregar a vida para proclamar sua fé em Jesus Cristo.

E nós? Na escola, em casa, quando temos que escolher fazer o bem porque somos cristãos e todos riem ou fazem ao contrário, conseguimos testemunhar nossa fé? O segredo está nessa história: Perpétua orava e Deus dava forças e Felicidade contava com a Graça de Deus... Ele é a nossa força!

Agora clica no desenhos de santa Perpétua e Felicidade para ampliar, imprimir e colorir. Fica com Deus.

Aqui está o diário de Santa Perpétua em grego:

http://www.earlychurchtexts.com/main/perpetua/passio_of_perpetua_01.shtml…


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/07/perpetua-e-felicidade/

amigodoceu

Santa Rosa de Viterbo

 

Filha de peixe, peixinha é…

São Francisco de Assis disse: “Senhor, fazai-me instrumento de Vossa Paz.” Rosa foi seguidora de São Francisco desde a infância, ela nasceu só 7 anos após sua morte, em 1233.

Seu pai, João, era jardineiro, trabalhava no Convento de Santa Maria das Rosas. Sua mãe, Catarina, trabalhavam em um mosteiro de Clarissas perto de sua casa. Eles não podiam ter filhos e decidiram pedir a intercessão de Santa Izabel e São Zacarias, pois estavam envelhecendo. Rosa foi um milagre.

Desde muito pequena, Rosa gostava muito de pensar em Jesus, quando sumia da vista de todos, onde estava a menina? A mãe já sabiam: pensando em Jesus em algum cantinho.

Aquela era uma época terrível… Frederico II já era imperador da Cicília e rei da Germânia (como chamavam a Alemanha no século XIII), mas decidiu ser também o rei dos Romanos. A Itália como a conhecemos não existia, era toda dividida por regiões, cada qual com um rei. Frederico invadiu a cidade de Viterbo, que ficava no caminho de Roma e pertencia aos Estados Pontifícios (o que hoje seria como parte do Vaticano).

Nesses dias a tia de Rosa morreu, no cemitério, na presença de muita gente, a menina gritou: Tia! A defunta ressuscitou e levantou do caixão. Foi um corre corre de gente e o povo emocionado e animado com o milagre, retomou a fé em Deus. Reagiram contra o invasor, retomaram a cidade e expulsaram o governador instalado por Frederico II.

Rosa virou uma celebridade e, para preservá-la, só saía de casa para ir a Missa. Tinha oito anos quando algumas senhoras da cidade a visitavam e foi arrebatada em um êxtase na frente delas. Disse: “O Rei Luís é vencedor e os cristãos triunfam”. Soube-se, um mês depois, que Dom Luís, Rei da França, à frente dos Cruzados, tomara Damieta no Egito, dos turcos, em uma guerra longe dali que Rosa nem sabia que existia.

Com 9 anos, ficou muito doente, a beira da morte. De repente ajoelhou-se e falou baixinho o nome de Maria, ficou ali por um longo tempo, então levantou e sorriu, estava curada. Sua mãe perguntou o que aconteceu, ela respondeu: ”A Virgem Maria me apareceu. Me disse: Levanta-se minha filha porque amanhã irás a Igreja de São João Batista, depois à de São Francisco, onde tomarás o hábito da Ordem Terceira. – Rosa também contou à mãe: ”A Virgem estava enfeitada com muitas jóias e linda como uma noiva, ela foi coroada com uma coroa de Graças e cercada por um caminho de outras jovens virgens. Nossa Senhora lhe disse:

“Ó Rosa, seu perfume é como o de um vinhedo bem alto, porque, com as outras flores virginais, desde o inicio você foi plantada. Olhe para mim, como estou enfeitada e, seguindo meu exemplo, não demore em se enfeitar assim também você.” – Rosa sentiu que eram as virtudes de Nossa Senhora, aquelas jóias e não feitas de pedras e ouro. Rosa disse a mãe: “Ela me confiou uma missão…” – É que Nossa Senhora pediu a Rosa: “Você irá, fervorosamente, avisar o próximo: os pecadores e aqueles que tem abandonado a vida da fé… Repreendei-os com força e coragem, sem nenhum medo. E se por essas coisas seu pais, ou sua família, ou estranhos a censurarem, ou por qualquer outra inconveniência e tenha que suportar dificuldades, não desista, suporte pacientemente, porque essas coisas ganham grande mérito e depois, a recompensa eterna.”

santa-rRosa-de-Viterbo_-tia-Adelita.jpgJá vestida com o hábito da ordem terceira franciscana, a pequena Rosa começou a percorrer as ruas de Viterbo com um crucifixo na mão exclamando: “Irmãos, façamos penitência e apazigüemos a cólera de Deus, pois grandes males nos esperam”. - Ela já sabia, por uma revelação Divina, que Frederico voltaria a atacar e que a cidade de Viterbo estava dividida: uns eram os “Guelfos” a favor do Papa e outros os “Gibelinos” a favor do imperador. Ao ouvir Rosa a multidão comovida, muitas vezes, interrompia a jovem missionária exclamando: “Viva a Igreja! Viva o Papa! Viva o Nosso Senhor Jesus Cristo!”. – Teve uma vez que a multidão era tão grande que não conseguiam ver Rosa, então ela começou a levitar e ficou acima de todos, pairando no ar, continuou a falar como se nada estivesse acontecendo de extraordinário.

santa-rRosa-de-Viterbo-colorir_-tia-Adelita.jpgTempos depois, quando Rosa tinha 14 anos, Frederico II voltou a dominar Viterbo e Rosa foi presa. Ela disse ao imperador: “Quem me manda pregar é muito mais poderoso e assim prefiro morrer a desobedece-lo”.Com medo da revolta do povo, Frederico não teve coragem de matar a menina, só mandou que expulsassem Rosa e sua família da cidade. A família de Rosa foi viver na cidade de Soriano, lá ela continuou a pregar a paz nas praças, curou cegos, transformou pães em rosas. Lá um ateu discutiu com Rosa e a obrigou a entrar numa fogueira para provar que Deus existe, Rosa saiu sem nenhum sinal de queimadura. Um outro dia caiu na frente de todos o cabelo e a barba de um homem que zombava da fé de Rosa. E o mais engraçado de tudo: após ser acusada por uma mulher de roubar uma galinha para desmoralizá-la, nasceu uma pena de galinha no rosto da acusadora. Só depois da mulher admitir que tinha mentido, a pena caiu… Essas coisas que só acontecem mesmo com santos franciscanos…. Como eu disse: filha de peixe, peixinha é!

(agora você pode clicar no desenho acima para ampliar, imprimir e colorir)

 Por fim o anjo de Rosa lhe apareceu e disse que dentro de poucos dias o imperador Frederico II morreria. Assim foi que ela pode voltar para Viterbo com seus pais e toda região passou a viver em paz.

O papa emérito Bento XVI diante do sárcofago de Santa Rosa de Viterbo

Rosa morreu aos 17 anos. Foi canonizada em 1457 pelo Papa Calisto III. Por ter sido corajosa e destemida no anúncio do Evangelho, é a santa padroeira da Juventude Franciscana e, em setembro de 1929, o Papa Pio XI a declarou padroeira da Juventude Feminina da Ação Católica Italiana. A Igreja comemora sua festa dia 6 de março.

Santa Rosa de Viterbo, rogai por nós!


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/03/05/santa-rosa-de-viterbo/

amigodoceu

São Gabriel de Nossa Senhora das Dores

São Gabriel, outro padroeiro da Juventude!

Ele é o padroeiro da juventude da família passionista (congregação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, fundada por São Paulo da Cruz). Isso porque foi passionista, porque foi para o Céu muito jovem e também porque na juventude deu seu coração a Jesus.

Ele já conhecia Jesus, seu pai era muito católico e trabalhava no Vaticano. Dedicava tempo para educar e conviver com os filhos, Gabriel cresceu ouvindo falar em Deus. Mas ainda não tinha feito uma opção radical por Deus.

Muito jovem, foi viver em uma república estudantil. Inteligente, rico e bonito… Logo se enturmou e começou a freqüentar mais as “baladas” (tinha outro nome em sua época) que as salas de aula da universidade… Conheça toda a sua história assistindo o amigos do Céu…

http://youtu.be/3IuQkhukt0U

 

Quer colorir o jogo online de São Gabriel?!

Curiosidades

. São Gabriel apareceu a Santa Gema, que também era jovenzinha para perguntar se queria que Jesus a curasse ou levasse para o Céu, quando estava doente;

. O corpo de Gabriel pode ser visto ainda hoje, num caixão de vidro e ganhou até um santuário na Itália, de tantas excursões de jovens que vão para lá, de toda Europa.

Agora clique no meu desenho ao lado, para ampliá-lo e imprimir para colorir, ok?!

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/02/27/sao-gabriel-de-nossa-senhora-das-dores/

amigodoceu

Jacinta e Francisco

O Francisco

Na primeira vez que Nossa Senhora de Fátima apareceu aos três pastorinhos, a Lúcia perguntou a Ela:
– E eu também vou para o Céu?

- Sim, vais. – Disse Nossa Senhora.

- E a Jacinta?

- Também.

- E o Francisco?

- Também, mas tem que rezar muitos terços.

Talvez Nossa Senhora disse isso de Francisco, para que ele soubesse que sabe tudo que acontece com a gente, pois um dia, na hora em que toda família reunia-se para rezar o terço, o Francisco ficou lá fora, tocando a sua flautinha e o pai teve que o chamar. Mas depois que Nossa Senhora apareceu, o Francisco dizia:

“Ó minha Nossa Senhora… Terços, rezo todos quantos Vós quiserdes!”

E rezava mesmo! Clique no título para assistir a história“Francisco, o Amigo dos Passarinhos”

A Jacinta

Enquanto olhavam as ovelhas, Jacinta, Lúcia e Francisco rezavam, cantavam e brincavam. Todas as tardes, antes de voltarem, contavam uma a uma as suas ovelhinhas, para não deixarem nenhuma para trás. A Jacinta conhecia a todas pelo nome. Um dia meteu-se no meio das ovelhas com uma no colo. A Lúcia perguntou a ela porque ia no meio das ovelhas, a Jacinta respondeu: “Para fazer como Nosso Senhor, que naquele santinho que me deram, também estava assim, no meio de muitas e com uma no colo!”

A Jacinta amava muito a Nosso Senhor e em tudo queria faze-Lo feliz.

Quer conhecer a linda história de Jacinta e Francisco? Então Assista o programa Amigos do Céu

Quer colorir o desenho que eu fiz contando a história? Clica nele para ampliar…

Eu contei a história de  Nossa Senhora de Fátima para a Web TV Canção Nova…

Quer colorir a Jacinta e o Francisco? É só clicar neles para ampliar e imprimir…

Sabia que a TV Canção Nova fez uma minissérie com bonequinhos, marionetes, da vida dos Pastorinhos?! (clique aqui para assistir)

Um presente que desenhei para você: os bonecos de papel para vestir da  Jacinta e do Francisco, clique aqui para abrir.


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/02/20/jacinta-e-francisco/

amigodoceu

Quarta-feira de Cinzas

Por que existe a Quarta-feira de Cinzas?

Pra quem não sabe…

“Cinzas” porque nesse dia o sacerdote nos unge a testa com elas, para marcar o início da Quaresma e recordar comos somos “só o pó”: pequenos, pecadores… mesmo assim, na grandeza, Deus nos ama e perdoa.

De onde veio origem das cinzas?
Esse costume vem do povo judeu, lá do antigo testamento
(procura no livro da Sabedoria 15,10; ou no do profeta Ezequiel 28,18; e ainda no livro do profeta Malaquias 3,21). Era costume cobrir-se de cinzas como sinal público de arrependimento pelas faltas. Uma humilhação, na esperança do perdão misericordioso de Deus.

As palavras que o sacerdote quando nos unge fala são: “Lembra-te que és pó, e ao pó hás de voltar.” (Gênesis 3,19) ou:“Convertei-vos e crede no Evangelho” (Marcos 1,15)

De onde vem essas cinzas que são usadas ? Essas ‘cinzas’ são dos ramos secos usados no Domingo de Ramos do ano que passou, que foram guardados e depois queimados.

A Igreja nos pede pra nesse dia, a gente não coma carne e ofereça o sacrifício… Se arrepender, oferecer penitências, sacrifícios… Você entende o porque e pra que disso tudo? Assista essa história do Amigos do Céu que você vai entender direitinho…

Quer colorir o Jesus na Cruz que eu desenhei? Então clica no desenho para ampliar e imprimir…

Tia Adelita na Internet…

Mais histórias da vida dos Santos para Crianças…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. Você já me curtiu no facebook?

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/02/13/cinzas/

amigodoceu

Nossa Senhora de Lourdes

Santa Bernadete Soubirous e Nossa Senhora de Lourdes

Bernadette Soubirous tinha 10 anos, quando o pai foi despedido do moinho onde trabalhava e mudou-se com a família para Lourdes.

Passaram a viver na miséria, morando no prédio da antiga cadeia municipal que fora abandonado pouco tempo antes. Era um lugar úmido e sem janelas e, como fazia muito frio, até nevava em Lourdes, Bernadete ficou muito doente pois tinha asma.

Ela e seus oito irmãos viraram catadores: juntavam lenha e coisas velhas num carrinho para vender. Passavam muita fome e Bernadete, escondido da mãe, dava sua comida para um irmãozinho mais esfomeado.

Bernadette Soubirous

Por causa da fome, Bernadete teve dificuldades de aprender a catequese, pois não sabia ler, o que fez com que a sua Primeira Comunhão fosse atrasada. Ela só pôde freqüentar a escola com quatorze anos. Foi essa garota que nada mais nada menos que a raínha do Céu, Nossa Senhora, escolheu para uma missão muito importante…

Assista a história para descobrir:”Amigos do Céu” apresenta “Santa Bernadete e Nossa Senhora de Lourdes”…

Eu também contei essa história para a Web TV Canção Nova…

 

E o que aconteceu a gente já sabe: peregrinos de todo o mundo indo à Lourdes, curas e conversões pela intercessão de Nossa Senhora. E Bernadette? Nossa Senhora disse a ela: “Não te prometo felicidade na terra, só no Céu.” - Isso é uma coisa maravilhosa, saber que a gente vai para o Céu, não é mesmo. Na verdade o Céu é a certeza mais linda que temos, que nossa vida não acaba em despedidas e que os sofrimentos dessa vida vão passar e todo o bem, o quanto amamos nessa terra, será recompensado, reconhecido por Jesus no Céu.

Santa Bernadette Soubirous e Nossa Senhora de Lourdes, rogai por nós.

Agora você pode colorir meu desenho, é só clicar nela para ampliar e imprimir…


 

Vamos viajar à Capelinha de Lourdes? Tem uma câmera mostrando ao vivo a gruta.. (Clique aqui aqui)

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/02/11/nossa-senhora-de-lourdes/

amigodoceu

E o Carnaval?

Quem é de Deus pode brincar o Carnaval?

Você já fez essa pergunta?

O carnaval é uma festa popular que começou lá na antigüidade, na Grécia e Roma Antiga.

Como o cristianismo nasceu por aqueles lados e os cristãos romanos gostavam de uma festa (lembra da romaninha Santa Cecília, a padroeira da música?!), não acabaram com festas como o carnaval, só deram uma “mudadinha” nelas…

Ao longo dos céculos, os cristãos substituíram o que era pecado nas festas, tipo as bebedeiras,  por torneios esportivos, festivais de teatro. Acabaram com as homenagens aos deuses e substituíram pelos festejos do Natal, Ano Novo, Reis, etc.

Êi… o carnaval que a gente vê por aí tá mais pra festa pagã… Você não acha?! Cadê nós cristãos pra fazer a diferença?

Os Amigos de Jesus podem brincar o Carnaval?

Depende de como… Você sabe o que magoa Jesus no carnaval? Ver as pessoas que Ele ama tanto, prejudicando a saúde com bebidas e as drogas. Ou manchando a alma com o pecado.

Maaaaaaaas… cantar, dançar, fazer festa a gente pode! Porque nosso Deus é feliz e nos quer felizes.

São Felipe Neri disse: Devemos combater a tristeza, não a alegria. Longe de mim, o pecado e a tristeza!”

Existem muitas festas, como nos retiros de Carnaval (aqui na Canção Nova a gente sempre faz), com muita alegria, que podemos participar. Cabe a cada um, conforme a sua consciência, escolher de que lado da festa quer estar. Não basta ser cristão, é preciso testemunhar!

Cecy Cony

Curiosidade

A palavra “carnaval”, expressão do latim “carnem levare” significa “adeus, carne!”, já que a festa acontece antes da quaresma, que é tempo de jejum e penitência, tempo onde ficamos sem comer carne e oferecemos o sacrifício. Pra nós isso pode ser moleza, mas para os romanos daquele tempo acho que não, rendeu até o nome da festa.

Eu conheço muitas pessoas que na quaresma deixam de comer chocolates, beber refrigerante e é legal, porque fazem um sacrifício sem sacrificarem a sua saúde. (Pra mim que não ligo muito pra essas coisas, já não seria sacrifício… Tenho que achar algo que me custe deixar de lado durante toda a quaresma). Voltando à pergunta…

Algumas amiguinhas do Céu brasileiras brincavam o Carnaval, tipo a carioca Odetinha. Tem também a gauchinha Cecy Cony… Você acredita que foi em um carnaval que Cecy conheceu seu Anjo da Guarda?! Verdade!!!  Assista a História…


Gostou? Você pode colorir a Cecy Cony que eu desenhei, é só clicar no desenho para ampliar e imprimir

Quer colorir online o desenho que eu fiz contando a história? (Clique aqui para abrir o joguinho)

Tia Adelita na Internet…

Mais histórias da vida dos Santos para Crianças…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. Você já me curtiu no facebook?

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/02/07/e-o-carnaval/

amigodoceu

Santa Rita

Santa Rita de Cascia, a Advogada dos Desesperados

A Menina Rita

Ela nasceu em 1381 no vilarejo de Roccaporena, na região de Cascia – que abrasileramos para Cássia – na Úmbria (centro da Itália).

Uma curiosidade

Seu nome mesmo era Margherita, “Rita” era um apelido carinhoso.

Rita e as Abelhas

Quando Antônio e Amata iam trabalhar nos campos, colocavam sua filhinha num cesto de vime e abrigavam-na à sombra das árvores. Um dia, um grande enxame de abelhas brancas a envolveu, parecia impossível que não a ferrassem. Mas aconteceu um milagre: muitas delas entravam em sua boca e aí depositavam mel, sem a ferroar, como se não tivessem ferrões, nenhum gemido da criança para chamar seus pais; ao contrário, dava gritinhos de alegria.

Enquanto isso… Um lavrador que estava próximo feriu-se com uma foice, dando um grande talho na mão direita. Dirigindo-se imediatamente para Cássia, a fim de receber os necessários cuidados médicos, ao passar perto da criança viu as abelhas que zumbiam ao redor de sua cabeça.

Esqueceu de si mesmo e foi socorrer a criança, começou a agitar as mãos para livrá-la do enxame. No mesmo instante, sua mão parou de sangrar e o ferimento se fechou. Gritou de surpresa, o que chamou a atenção de Antônio e Amata que acorreram ao local e viram a menina rindo com mel a escorrer da boquinha.

Se você clicar no desenho de Santa Rita bebê, ele ampliae você pode o  imprimir e  colorir…

Seus pais tinham em casa um pequeno oratório, onde Rita, desde menina rezava o terço com seus pais. Apesar de analfabetos, Amata e Antônio contavam as histórias da vida de Jesus, da Virgem Maria, e dos santos para a menina.

Rita cresceu dócil, respeitosa e obediente para com seus pais. Aos oito anos quis ser religiosa, mas seus pais a fizeram como o costume da época, ao fim da adolescência, casar com o jovem Paulo Fernando.

O Casamento

A gente imagina um casal da idade média tipo princesa e cavaleiro… Mas a coisa não era bem assim: seu esposo era mandão, bebia e andava por aí batendo e até matando os outros. Isso era comum naquela região, muitas mulheres sofriam com maridos assim e nenhuma lei as defendia, mas o pior de todos era o de Santa Rita, parecia impossível ele mudar…

Os anos foram passando e o homem, foi mudando, porque Rita era sempre tão boa e educada, que Paulo Fernando passou a ser respeitoso com a esposa, no fim até a acompanhava à Igreja. As vizinhas vinham sempre contar seus sofrimentos e lhe pedir conselhos, um dia uma perguntou como Rita conseguiu mudar o marido. Ela respondeu: “Lembrai que, desde o momento em que recebemos nossos esposos, lhes devemos amor, obediência e respeito, pois isso significa ser casadas!”

Rita não permitia que, em sua presença, se murmurasse dos defeitos dos outros. Dizia: “Notai que não tem menos culpa a mulher que fala mal de seu marido do que o marido que, com incorreto proceder, dá ensejo à mulher para que fale mal”.

Santa Rita Mãe

Rita e Paulo tiveram dois filhos: João Tiago e Paulo Maria.

O matrimônio durou dezoito anos, até que um antigo inimigo, dos tempos em que Paulo era brigão, o esperou de tocaia e o matou.

Rita perdoou os assassinos, mas seus filhos não. Queriam crescer para vingar a morte do pai, como era o costume naquela região. Com muita dor no coração, a mãe orou: “Senhor prefiro que os leve inocentes que cresçam para perder a alma. O senhor sabe tudo eu confio a salvação da alma de meus filhos a vós.”

Não que ela desejasse a morte de seus filhos, ela tinha esperança que crescessem e perdoassem o assassino, mas confiou o futuro de sues filhos a Deus que sabe tudo. Em pouco tempo eles ficaram doentes e morreram.

Santa Rita quase enlouqueceu de dor, foi muito para ela, abandonou tudo e por um tempo viveu em uma caverna, orando e pedindo forças a Deus. E o Senhor veio em seu socorro…

Irmã Rita

Lembrou-se que, desde a infância aspirava à vida religiosa agostiniana. Mas recebeu um “não” por ter sido casada, parecia impossível ela realizar sua vocação.

Certa noite ouviu alguém a chamar pelo nome: “Rita, Rita”… Ninguém parecia estar ali, e tendo retornado às orações ouviu novamente seu nome ser chamado: “Rita, Rita”. Indo à porta deparou-se com três pessoas, e nelas reconheceu São João Batista, Santo Agostinho e São Nicolau de Tolentino, os quais a convidaram a segui-los. Chegando ao convento de Santa Maria Madalena, onde fora por três vezes recusada, a porta estava evidentemente bem fechada, pois era o momento em que as religiosas dormiam, mas seus três protetores fizeram com que ela inexplicavelmente se visse conduzida ao interior do convento.

Amanheceu, quando as irmãs se reuniram para as obrigações matinais, encontraram Rita rezando na capela, e tendo constatado que a porta não fora arrombada e que não havia sinal algum que explicasse a entrada da viúva por meios humanos, reconheceram assim a vontade de Deus.

E lembra das abelhas brancas que lhe deram mel quando ela era bebê? Um enxame, foi para o mosteiro de Cássia, morar numa das paredes do jardim interno, no mesmo dia que Rita.

Um milagre da Videira

Certa ocasião Rita recebeu da superiora a ordem para regar duas vezes ao dia um galho seco, pela manhã e à tarde quotidianamente, mês após mês, para testar a obediência de Rita. As demais irmãs viam aquilo e davam risadinhas pelos cantos. Parecia impossível um pau ceco reviver…

Mas, uma ano depois, elas se surpreenderam com pequenas folhinhas na videira que começava ali a se desenvolver, e que passou a dar saborosas uvas século após século, até nossos dias. Todos os anos as irmãs desse convento mandam vinho feito com as uvas da parreira de Santa Rita para o Papa.

Santa Rita de Cássia e o Espinho da Coroa de Jesus

A irmã Rita gostava muito de pensar na paixão de Jesus, tinha muita pena de Nosso Senhor ter sofrido tanto para nos salvar: os insultos dos soldados, as ingratidões que sofreu em seu caminho ao Calvário.

Teve uma quaresma, em 1443, em que Santa Rita ouviu um lindo sermão sobre a paixão de Cristo. Ficou tão emocionada que, quando voltou ao convento depois da Missa, diante de uma pintura da Cruz, pediu para sofrer um pouquinho o que Ele sofreu e assim aliviar o sofrimento de Jesus.

Foi aí que aconteceu: da coroa de espinhos da imagem de Jesus, desprendeu-se um espinho, que se cravou na testa da santa, causando-lhe uma dor terrível e nunca mais parou de doer.

Pior, as outras religiosas não podiam suportar o cheiro que saia da ferida, por isso Santa Rita teve que viver sozinha, numa torre do convento.

Só uma vez, por uns dias a ferida desapareceu: foi quando Rita quis ir com as irmãs em peregrinação (iam a pé,acredita?!) de Cássia até Roma, para participar da festa da abertura do Ano Santo, que o Papa anunciou. Mas quanto chegou de novo a casa, o estigma voltou a aparecer e teve que se afastar de novo das outras irmãs.

Viveu assim por 15 anos, até ir para o Céu.

Porque será que alguém pede um sofrimento desse para Jesus e porque Ele, que nos ama tanto permite? Assista o “Amigos do Céu: porque os Santos sofrem” para entender…

E santa Rita?

As Rosas no Inverno

Rita já estava muito velhinha e doente e quis comer um figo maduro e ver uma linda rosa da sua horta, parecia impossível as irmãs lhe trazerem esses presentes, pois nevava lá fora e nada parecia vivo. Mas acostumadas com os milagres de Santa Rita, foram curiosas lá fora pra ver, não deu outra: acharam o figo e a rosa, lindos e perfumados como na primavera. Até hoje é tradicional a Bênção das Rosas, as quais são levadas aos doentes, no dia de Santa Rita.

Quando Rita morreu, os sinos do convento e das Igrejas da cidade de Cascia começaram a tocar sozinhos.

Com a morte de Rita a ferida na testa, antes repugnante e malcheirosa, tornou-se brilhante e limpa, exalando cheiro das rosas que ela gostava.

Que r colorir esse desenho de Santa Rita que eu fiz? É só clicar nele para ampliar e imprimir…

E mais: tem um card com esse desenho e uma frase dos Santos no facebook pra você compartilhar, não esque ce de curtir .

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/02/06/santa-rita/

amigodoceu

Dom Eugênio Sales

O Brasil tem um amigo no Céu…

Dom Eugênio Sales

Crianças…

Um querido herói do Brasil foi Dom Eugênio Sales.

Ele já estava bem velhinho, tinha 91 anos quando foi para o  Céu. Ele foi um arcebispo muito importante da Arquidiocese do Rio de Janeiro e por ser defensor da nossa fé no Brasil. Eu era criança, mas lembro: quando, em algum canal de TV alguém estava falando mal do Papa ou contra um valor da nossa Igreja, Dom Eugênio ligava pra lá, até aparecia na TV e no final fazia com que nos pedissem desculpas, ele era muito corajoso.

Foi muito amigo do Papa João Paulo II, agora devem se encontrar lá no Céu.

Eu pedi à Dom Eugênio (quando estava vivo, é claro… eheheh) que fizesse a introdução de meu livro “Na Trilha de Um Vencedor”, ele disse que não tinha muito tempo, mas pediu para ler. Depois pediu algumas páginas que estavam faltando. Então mandou essa linda introdução:

“A partir de diversos acontecimentos, Na Trilha de um Vencedor, proporciona, particularmente às crianças, a oportunidade de conhecer um pouco mais da vida desse homem que se tornou Papa. Numa linguagem simples, traduz o ensinamento do Pastor que modelou sua vocação desde a infância no amor a Deus, à família e ao próximo; É louvável a iniciativa deste livro porque através de sua leitura, percebemos quais foram as origens de tantas atitudes importantes tomadas por João Paulo II durante os seus 27 anos de Pontificado e que marcaram nossa época.” (Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales – Arcebispo Emérito da São Sebastião do Rio de Janeiro)

Aconteceu uma coisa incrívem no seu velório: uma pombinha branca pousou no cai≈ão, quando ainda estavam carregando para dentro da Catedral do Rio e de lá não saiu por muitas horas… Foi para nós um sinal do quanto fi amada por Jesus e pelo povo.

Do jeito dele, ajudou muita gente pobre a construi sua casa, arrumar um emprego… Ninguém sabia disso, só descobrimos quando apareceram no velório uma multidão de pessoas, cada uma querendo contar como Dom Eugênio os tinha ajudado.

Querido Dom Eugenio, obrigada por tudo que fez por nós, por nossa Igreja no Brasil… Não esqueça de interceder por nós aí do Céu. Nós te amamos.


Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/01/28/dom-eugenio-sales/

amigodoceu

Santa Inês

INÊS, UM LÍRIO FEITO GENTE

O lírio branco por ser uma linda flor é usado pelos cristãos, desde o comecinho do cristianismo, para representar a pureza de alguém. A pureza é como uma pérola muito preciosa, pois Jesus disse:

Bem-aventurados os puros, porque verão a Deus…”

Há alguém que vamos conhecer agora, que certamente já viu a Deus, porque ela ficou famosa na história da nossa Igreja por ser mártir da pureza…

Era uma vez uma menina muito bonita chamada Inês. Tinha só 12 anos, quando esta história aconteceu. Ela nasceu em Roma, de pais nobres emuito ricos. Era o tipo que, se nascesse hoje, ia fazer o maior sucesso no colégio, pois já fazia no seu tempo: Era um tal de aparecerem rapazes e mais rapazes em sua casa, para a pedirem em casamento!

É que as meninas, naqueles anos de 303, casavam cedo mesmo. Já pensou, casar com 12 anos?! O que ninguém sabia, era que no coração de Inês já havia um grande amor… Quer descobrir qual? Assista o Amigos do Céu

Inês orou: Jesus Cristo, vele por minha pureza e não permita que ninguém a roube…”

Podemos orar como Inês, para que o Senhor preserve a pureza do nosso corpo e de nossa alma.

O  CÉU EXISTE!

Dois dias depois da morte de Inês, Jesus permitiu que ela aparecesse aos pais (para que não ficassem mais tristes), junto a outras meninas que já moravam no céu e se conservaram puras de corpo e alma como Inês. Apareceu com um cordeirinho… Deve ser porque o nome “Inês”, em latim, significa “um cordeirinho” e, em grego, “a pura”. Taí alguém que tem tudo que ver com o nome, mas você não precisa se chamar Inês para ser como ela… Basta ser pura e boa como uma ovelhinha, puro e bom como um cordeirinho. Santa Inês, rogai por nós! (clique no desenho que eu fiz no Amigos do Céu para colorir ele on line).

Agora você pode colorir meu desenho de Santa Inês, é só clicar nela para ampliar e imprimir…

E mais: tem um card com esse desenho e uma frase dos Santos no facebook pra você compartilhar, não esque ce de curtir .

Você também me acha…

. Youtube – Minhas histórias em alta resolução para usar na catequese.

. WEB TV CN - Historinhas rápidas.

. Podcast – Histórias de ouvir, que gravei para a rádio Canção Nova.

. Tia Adelita no twitter

http://goo.gl/LbPcY

Link permanente para este artigo: http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu/2013/01/21/ines/

amigodoceu

Santo Antão

Era uma vez Santo Antão

Existem histórias dos santos que eu gosto de contar, que aconteceram de verdade, mas são tão incríveis que parecem inventadas, como esta história de Santo Antão que você vai conhecer agora…

Nasceu em