Parece que pelos estudos mais atuais e publicados em revista de alto impacto, não se pode comprovar que a radiofrequencia dos Celulares seria capaz de lesar o DNA e assim desencadear uma cascata oncogênica . Contudo sabemos dos perigos do uso continuo dos aparelhos em promover alterações auditivas, perda da acuidade auditiva. Por isso a ferramente de equipamentos a distância para não ficar com o aparelho direto no ouvido tem sido alvo de muito investimento por parte das operadoras a fim de minimizar os danos a médio e longo prazo causado por estes dispositivos. São indispensáveis hoje para o mundo todo, por isso não podemos descuidar da segurança para usá-los com tranquilidade. Maiores informações.

Acesse o link abaixo

http://www.cancer.org/cancer/cancercauses/othercarcinogens/athome/cellular-phones

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *