QUAL O PLANO VI?

 

 

Dando sequência a nossa reflexão sobre qual o Plano ou nosso Mapa Rodoviário da Vida, já no final da nossa série,  perguntamos sobre qual é o mapa para sermos santos. Perguntamos anteriormente  como, qual, onde e porque e o plano de excelência. Hoje chegamos ao final. Vem comigo!

Quantas e quantas vezes mesmo sabendo que levamos meia hora até o nosso trabalho, nós saímos atrasados e esperamos chegar no horário. Quanta frustração bate dentro de nós quando estamos no carro e o trânsito não anda, seja pelos lentos, pelos adoradores de celulares que insistem em dirigir e digitar ou espiar o tempo todo, ou ainda o que sempre acontece, algo no caminho que está em construção e nos faz atrasar. Assim vem a placa: – Obras a frente, espere atrasos!

Enfim, na nossa vida espiritual a mesma coisa acontece. Espere atrasos!

Para atingirmos nosso objetivo, precisamos e como precisamos sempre de um mapa, hoje temos o wase ou google map, mas temos que ter um mapa, físico ou digital. Hoje na Festa de Cristo Rei, neste caminho de santidade, espere, ou esteja preparado para atrasos! Isso não é ruim!

Certa vez em um dos maiores Seminários dos Estados Unidos, os formadores separaram os seminaristas em três grupos e o objetivo seria preparar um Homilia profunda sobre a Parábola do Bom Samaritano. Todos nós conhecemos esta Parábola sobre viu, se compadeceu, parou e fez alguma coisa.

Um dos grupos recebeu uma mensagem que a apresentação seria no mesmo dia, o segundo grupo que seria no dia seguinte e o terceiro que teria mais tempo para preparar. Ao mesmo tempo que trouxeram um ator que se vestiu de Mendigo e o colocaram no caminho comum de todos eles no seminário.

Bem, ao final, do grupo urgente, apenas 10% parou para socorrer o mendigo, do segundo grupo 40% e do terceiro grupo com mais tempo 60% parou para socorrer. Que infelicidade, no lugar onde teoricamente os jovens preparando para falar sobre a parábola, surge a palavra materializada no mendigo e quantos deixaram de se compadecer e agir. Não estavam preparados para Atrasos.

Todos eles queriam ter o coração de Jesus, mas poucos estavam prontos para atrasos inesperados. O ponto determinante então não era o quão bondoso e altruístas cada um era, mas quem tinha tempo e que estava se permitia atrasar.

Um  artigo interessante que foi escrito por um formador polonês que olhava as correções de Jesus em frente aos fariseus e não tanto aos saduceus. O ponto interessante aqui era que os Fariseus baseavam sua vida realmente na Torah, que faziam de tudo para viver uma vida santa, contudo quando o Criador de tudo chegou, eles não tinham espaço para o Legislador mas somente para as leis.

Assim como os seminaristas acima, eles não tinham espaço também e nem esperavam possíveis atrasos e nem o valor desses atrasos.

O Evangelho de hoje nos remete a Parábola do Samaritano, pois envolve as três coisas de Ver, parar e fazer alguma coisa. Isso nos custa alguma coisa, pois nos custa o Atraso. O atraso é o ponto! O vestir, o alimentar, o visitar é a diferença entre ser Santo e ser a Falha. Esta  é a última lição de Jesus em sua vida Pública. Estes atrasos irão interromper seu plano, seu mapa, mas serão aquilo que farão toda a diferença.

Tudo isso converte para: – Você fez isso por mim!  Quando não fazemos isso, não estamos dando espaço para o Rei.

Quantas vezes nós nos irritamos com aqueles que estão no sinal. Claro que tem muitos que tem outras intenções, mas falo daqueles que realmente são inválidos e estão ali debaixo do sol. O que importa é o que está no nosso coração. Assim que devemos praticar atos de caridade. Portanto você pode carregar no seu carro alguma coisa para doar. Para você ficar mais a vontade em praticar esta caridade e esperar Atrasos!

Como é nobre para todos nós poder ajudar alguém em situação de marginalidade e esquecimento e desprezo e ver tempos depois o renascimento desta pessoa, pois isso é importante. Todos nós já ouvimos que muitas pessoas confessam que vão à Igreja Católica porque lá recebem ajuda. Assim nós somos a maior Instituição de Caridade do mundo.

Uma vez ouvi um missionário dando este testemunho de uma ilha no Caribe, onde as pessoas diziam: – Irmão, se você precisa de ajuda aqui, vá até uma Igreja Católica! Isso é muito importante. Para todos nós que somos Católicos e temos um mapa para Santidade, que saibamos esperar Atrasos. Devemos fazer sempre espaço dentro de nós para Jesus.

Seja quem você é e faça as coisas que vem para você de forma boa para os outros. Faça sempre dentro de você espaço para o Senhor!  Isso somente acontece se o nosso mapa esteja sempre atualizado para que possamos esperar de forma madura e cristã os ATRASOS, porque nestas horas é que o Senhor se manifesta mais. Lembre-se das virgens prudentes, venha com os filhos chamados e que multiplicaram os talentos e ouça o Senhor dizer: – Celebre com o Seu Senhor a Alegria. Venha ao banquete que eu preparei para vocês! Pois quando eu me fiz pequeno em meio à vocês, vocês cuidaram de mim na figura dos mínimos. Entrem no lugar preparado para vocês de toda a eternidade.

Espere atrasos, pois o que nós consideramos atrasos, na verdade nos aproximamos mais do Destino Final!

 

Oração: Abbá Pai. Eu desejo de todo coração caminhar neste caminho de Santidade com o seu auxilio. Eu e você hoje precisamos pedir ao Senhor a Graça da persistência do Dia de HOJE para o caminho da Excelência. Dá-me força para lutar no dia de hoje de forma Cuidadosa, Consistente e Rápida!   Obrigado Senhor, Louvado Seja Seu Santo Nome! Amém.

QUAL O PLANO V?

 

 

            Dando sequência a nossa reflexão sobre qual o Plano, hoje estaremos falando sobre motivar uma pessoa ou desmotivar esta pessoa. SE temos um plano, e esta é a nossa série, em pagar as minhas dívidas, ou aprender a tocar um instrumento, fazer uma graduação ou pós graduação, enfim uma série de objetivos que possam ser um plano nosso. Alguns planos são simples outros complexos. O que realmente eu  quero fazer. Em todos os nossos planos as pessoas podem nos motivar ou nos desmotivar. Contudo a única pergunta que deveria ser feita por alguém, além de nós, deveria ser :- Quando?

            Esta pergunta revela a diferença entre Desejo e Objetivo! Existe tamanha diferença entre eu gostaria de fazer e eu estou indo fazer!

            Por isso nossa vida, pode se transformar numa série de o que aconteceria se, ou várias coisas ao acaso. Poucos de nós vivem a vida com PROPÓSITO. Contudo desde o início estamos refletindo sobre nós temos sido formados com propósitos! Nada em nossa vida deveria ser por acaso. Qual seria o objetivo? Sermos Santos! E vivermos como São Francisco Sales nos ensina, sermos quem deveríamos ser, e sermos isso bem. Já falamos sobre Quem, Porquê e Onde no mapa da nossa vida!

            A pergunta de hoje é QUANDO?

            Quando nos remete a nossa própria vida! Hoje a Parábola nos fala sobre as Virgens Sábias. O ponto desta parábola não é não dividir as coisas. A intenção desta Palavra é Estar Pronto é Ficar pronto. Isso é individual . Eu posso ajudar alguém com minha Cristandade mas eu não posso fazer pela pessoa o que é dela.

  1. Bryan, famoso técnico de futebol americano, famoso por suas motivações. Ele dizia: – O importante não é o Desejo de vencer que faz diferença, todo mundo tem a mesma coisa, mas o desejo de se preparar para a Vitória que faz a diferença!

            Pense comigo, todas adormeceram, mas sábias foram aquelas que estavam preparadas para se fossem acordadas, estariam prontas. Em Grego, sábia significa Sophia, e em Hebraico é Chochmah (חָכְמָה).

            Sabedoria na Bíblia significa Sabedoria prática, o grande fruto do Espírito, que a Primeira Leitura de hoje diz que se apresenta a quem procura. Chochmá significa Excelência! Cada profissional revestido desta Sabedoria se torna um profissional por Excelência!

            Então neste contexto das Virgens se vê o óleo não como algo que pode ser dividido ou doado, pois significa Excelência! Ninguém pode repartir Excelência!

            Ninguém pode ser tornar Santo por você. Isso precisa acontecer com você! Esta excelência requer disposição prévia. São Francisco Salles diz que esta decisão deve ser feita cuidadosamente, de forma precisa e rápida. Caso você decida  mudar de uma vida por acaso para uma vida de excelência, você deve galgar estes passos.

            Fazer alguma coisa por acidente significa sorte, mas fazer algo substantivo sob um perfeito comando, isso se chama Excelência. Como jogador de tênis ativo treinando todas as semanas de forma religiosa, eu posso garantir que um determinado golpe que eu realizei foi sob meu comando ou não, por puro acaso.

            Um exemplo bastante interessante vem do entretenimento. Falo sobre o documentário a respeito do Cirque du Solei. O criador deste espetáculo disse que na maioria das companhias circenses os artistas realizam dez vezes os mesmos movimentos em dez tentativas. No Cirque du Solei não, são  Cem tentativas em Cem cada treinamento, o objetivo aqui é Excelência.

            Em termos de vida Cristã, o que o óleo realmente representa, o Chochmah, é o Relacionamento com Jesus, por isso ao final da Parábola ele irá dizer quando as virgens imprudentes batem à porta, Eu não conheço vocês!

            Ninguém pode ter relacionamento com Jesus por ninguém a não ser por si só! Este relacionamento gera Excelência!

            Nossa regra de vida deve criar espaços todos os dias para Encontros com o Senhor! Não há relacionamento com o Sagrado sem momentos no nosso dia dado a Jesus, ou seja, Oração ! Quando rezamos criamos espaços para Jesus em nossa vida!

            Portanto o momento de nos enchermos desta força, deste Chochmah é o Encontro! Devemos então manter isso cuidadosamente, consistentemente e rapidamente! Não deixe para amanhã! O dia do Encontro é Hoje!

            Excelência não é tomar a decisão no dia de hoje, mas de agora em diante.

            Finalmente gostaria de partilhar com vocês um estudo sobre um grupo de pessoas que queriam aumentar sua prática de  exercícios. O primeiro grupo escreveu no papel o quanto iria fazer de exercícios naquelas semanas. O segundo grupo escreveu e recebeu um vídeo motivacional. O terceiro escreveu no papel, recebeu o vídeo e teve que fazer um programa de números de vezes, quais os dias e metas. O resultado final, o último grupo conseguiu alcançar a meta de 92% de realização de suas metas comparado a apenas 35% dos outros dois grupos .

            Eu gostaria de pedir a vocês algo muito mais importante do que exercícios físicos, mas espirituais para alcançar Excelência. Escreva hoje o que você se compromete a fazer em termos de orações e práticas nestas próximas quatro semanas e ponha em prática. Lembre-se de que não é desejo, mas decisão em fazê-lo. Não adianta ser apenas cuidadosamente ou intencionalmente mas Consistentemente.

            Consistência significa intensidade em todas as vezes. Pois excelência é a resultante de um prática continua, intensa e consistente em um período de tempo.

            No relacionamento com Jesus é feito no pequeno exercício diário com Ele. Um dia de cada vez. Com cada dia se constrói uma vida de excelência no Senhor.

            Lembre de toda associação para livrar as pessoas de Adições, tipo álcool e drogas. Todos querem se libertar, como todos nós queremos nos libertar da escravidão dos nossos pecados, mas a meta não é algo heroico único, mas um Dia de cada vez! Por hoje não ! PHN.

            G R Tolkien escreveu certa vez: – Fé não é um momento único de decisão final, mas um permanente e continuo e repetitivo Ato ao longo do tempo.

            Convido você hoje pela dinâmica dos Dois Minutos! A dificuldade não está em estudar ou rezar, mas COMEÇAR!  Então todos os dias, faça este desafio, de todos os dias ao menos 2 MINUTOS dedique a isso e verás os frutos ao longo do tempo.

            A MOTIVAÇÃO VEM APÓS NÓS COMEÇARMOS A FAZER ALGO!

             

            A diferença entre Vida por acaso e Vida em Excelência é a Decisão do QUANDO! Este foi o nosso assunto hoje com toda esta reflexão. Comece CUIDADOSAMENTE, CONSISTENTEMENTE E RAPIDAMENTE! COMECE HOJE!

            Isso não é para criar um mundo ideal em nossas vidas, mas fazer da nossa vida ordinária ,uma vida de Excelência.

            Muitos são chamados, mas poucos são os que trazem em si Chochmah, com uma vida de Excelência, Você pode começar a  partir de HOJE! Ninguém poderá fazer isso por ti!

           

 

           

Oração: Abbá Pai. Eu desejo de todo coração caminhar neste caminho de Santidade com o seu auxilio. Eu e você hoje precisamos pedir ao Senhor a Graça da persistência do Dia de HOJE para o caminho da Excelência. Dá-me força para lutar no dia de hoje de forma Cuidadosa, Consistente e Rápida!   Obrigado Senhor, Louvado Seja Seu Santo Nome! Amém.

 

 

           

            Dando continuidade a nossa série, qual é o plano, hoje falarei um pouco sobre algo muito peculiar que é fazer parte de um grupo. Por exemplo, quando você tem um irmão ou irmã mais velhos na escola e as pessoas te tratam, como se todos nós desta família fossemos iguais. Ou, ainda quando você é parte do time de algum esporte da escola e você fica conhecido como fulano do futebol, parecendo que são todos iguais.

            Hoje é o dia de Todos Santos, ou seja, todos são iguais. Mas uma correção, no meio desta nossa série o Plano é ser Santo, ok? Então, no meio deste mundo tenebroso somos chamados a ter um plano e cumprirmos para sermos Santos! Com a ajuda  de Deus, com Sua Graça , um dia, este dia será o meu e o seu dia!

            Quando olhamos para a vida dos Santos, pensamos que todos são iguais, mas não é assim. Eles vêm de várias culturas, nacionalidades, caminhadas, enfim, cada um tem sua história.  Eu gostaria de mencionar esta frase que tem ajudado a muitas pessoas, começando por mim: – Todo Santo tem seu Passado!

            São Pio de Pietrelcina ( Padre Pio), disse certa vez: No caminho da Santidade, do nosso Plano, lembre-se que com sua vida deve ser assim: – Seu Passado na Misericórdia de Deus, seu Presente na Graça de Deus e seu Futuro na Providência de Deus. Assim somos chamados a Santidade.

            São Paulo era um cara muito educado por um Doutor da Lei da sua época, Gamaliel. Por outro lado Pedro, pescador bem pouco educado, Madalena prostituta de luxo da época e por outro Nossa Senhor, virgem e Imaculada, de todos os lugares Deus os chamou e os reuniu na Comunhão dos Santos.

            São Tomás de Aquino que ao fazer seus votos foi posto a prova pelos próprios irmãos que contrataram uma prostituta para seduzi-lo, e para tristeza dos irmãos ela foi rejeitada. Por outro lado Santa Terezinha que não apenas se santificou tão cedo, morreu cedo e teve seus pais santificados e ainda mais três de sua família.

            Lembrem-se de Santa Catarina de Siena que em sua modéstia e um coração apaixonado por Jesus e cheio do Espirito Santo, trouxe de volta o Papa da época de Avignon ( França) para Roma. Analfabeta se tornou Doutora da Igreja e se comunicava em seu livro Diálogo que ninguém mais do que o PAI CELESTE.

            São Francisco Sales nosso formador de Santos, patrono desta séria, dizia: – Descubra sua identidade e Viva Bem!. Como Deus criou todas as árvores frutíferas para que em sua estação dessem frutos, Deus nos chama a dar muitos frutos de Santidade na Estação, que é a nossa passagem nesta vida a caminho do Céu. Não importando a sua classe social e sua profissão. Deus está te chamando hoje para dar frutos os quais foram plantados em seu coração.

            Todos os Santos tem uma coisa em comum: – Jesus e devoção a Maria! Todos tiveram a mesma coisa: – UM PLANO!  Este é o segredo. São Francisco Sales dizia que a vida de um homem no caminho da santidade requer ESTRATÉGIA! Isso poderia ser traduzido como REGRA DE VIDA!

            Ninguém gosta de regras para vida, a menos que elas sejam justas e justificáveis. Nós temos uma marca interior de querer sempre sermos rebeldes de alguma forma, e quebrar as regras, por isso a Obediência é uma virtude comum dos Santos e em alguns é totalmente inquebrável como Santa Miriam de Jesus Crucificado, ou Santa Mariam ou ainda a Pequena Árabe.

            Todos os jogos têm regras. O objetivo das regras é proteger os participantes.

            A regra precisa honrar os participantes. A Regra de vida não é restritiva, não é injusta, não é uma estradinha qualquer é uma autoestrada. Se você não tem uma regra para sua vida, você passa apenas a agir de forma apenas reativa! Pense nisso! Se você não tem limites, mapas, contornos, você se perde a cada dia, nós passamos a ser controlados pelas circunstâncias ou pelo ambiente. Daí eu não posso mais ser espontâneo, eu me torno escravo. Com um bom plano, com uma boa Regra eu tenho liberdade. Jesus  disse que se Ele não te libertar você não será realmente livre.

            Quando você desenha seu mapa, sua Regra, faça isso começando hoje, como alguém que se preocupa com você  e quer o seu bem. Não faça isso como um tirano, ou ditador, alguém que quer ser derrubado, mas pense nisso, neste tempo que vivemos, precisamos destes pilares  para não sucumbirmos. Para isso antes de desenhar e traçar o Mapa e a Regra de Vida, precisamos ter a certeza de que nos conhecemos bem, pois ao traçar esta regra teremos a certeza de que nós somos capazes de cumprir tudo isso porque conhecemos nossas fraquezas e fortalezas e temos a Graça ao nosso favor.

            Então começamos nossa séria perguntando quem nós éramos, depois de saber quem somos podemos cumprirmos o que somos BEM, depois fizemos a pergunta chave do Por que! E Agora a pergunta de hoje é ONDE nós estamos?

            O mapa pode estar todos certinho com todos os detalhes, mas se faltar um pedaço estratégico se torna inútil e este pedacinho é : – ONDE VOCÊ ESTÁ!

            Nós sabemos para onde estamos indo, para o céu, queremos ser santos! Mas onde estamos agora? Em todo este caminho onde estou agora? Quais são minhas batalhas e minhas forças? Eu não posso utilizar a Regra de Vida de outra pessoa, pois são as regras desta outra pessoa e não a minha! Nós estamos em diferentes posições no mapa. Hoje eu tenho caído em um certo pecado repetidamente? Hoje eu tenho tido um momento em meu dia para estar com o Senhor?

            O que tem acontecido na minha vida que tem me tirado de onde eu estou? Quanto das coisas da vida atuais tem me distraído. O que tem me impedido de ser quem eu sou e ser bem?

            Muito cuidado de quando estamos fazendo este exame sincero de consciência não cair na armadilha da Comparação e da Condenação! Não faça isso, não se compare ou se condene, apenas observe e aprenda!

            Para seguir adiante eu preciso APRENDER e seguir!

            Certo dia, alguém perguntou ao Monge o que eles faziam o dia todo no Mosteiro? O monge respondeu: – Nós caímos e nos levantamos, caímos e nos levantamos e estamos sempre lutando através da vida! Por isso precisamos do mapa e da regra, pois sabemos onde nossas fraquezas nos faz cair. E se estamos na Regra, levantamo-nos pelo cajado da Misericórdia de Deus! Santo é aquele que também cai, mas que levanta rápido pela Misericórdia de Deus!

            Santo é o pecador que não desiste nunca!

            Nós criamos nossos mapas e tomamos o cuidado para construirmos também as muretas de proteção, para que estejamos sempre dentro do perímetro da nossa segurança, lembre-se de que ao construir tudo isso, fazemos isso porque nos amamos e desejamos tudo de bom para nós. Pense também que onde você constrói muretas outras pessoas podem não precisar delas. Cada Regra e Mapa serve para cada individuo pelas características peculiares de cada um!

            Jesus hoje no Sermão da Montanha nos ensina qual o caminho da Felicidade ainda nesta vida terrena. Estas Palavras de Poder nos ensina como nosso mapa está apoiado e as muretas da nossa estrada. Quantas pessoas hoje estão sofrendo de algo que tira você do agora e aqui, claro as distrações mas também a procrastinação.

            Todos nós sabemos onde caímos e quais as circunstâncias que nos fazem cair! São nesses locais e nos devidos momentos que devemos construir nossas muretas para não cairmos no abismo de novo! Isso serve na minha vida pessoal, na vida conjugal, na vida profissional e na vida religiosa. Sim, vigiai e orai para não cair é estabelecer muretas onde o trajeto do nosso mapa apresenta perigos iminentes.

            Meu convite para esta semana é saber ONDE VOCÊ ESTÁ e estabelecer as muretas da sua vida, onde a fraquezas e as batalhas maiores.

            Vivendo assim, um dia celebraremos o seu dia HOJE!

 

 

Oração: Abbá Pai. Hoje dia de todos os Santos. Eu desejo ser Santo Senhor. Ou Santos ou nada. Preciso hoje, com sua ajuda identificar ONDE ESTOU e quais são as áreas minha vida que precisam de ser construídas muretas de proteção para que não venha a cair no abismo. Sim Senhor, dai-me a Graça cada vez mais do Autoconhecimento e da força para combater o que há em mim que precisa ser reconhecido para ser combatido, sabendo que mesmo assim ainda irei ter quedas, mas confiando na sua Misericórdia eu me reerguirei até o fim!   Obrigado Senhor, Louvado Seja Seu Santo Nome! Amém.

 

                       

 

           

            Semana passada nós iniciamos a série Plano sobre : Um Mapa para Sermos Santos! Novamente gostaria de ressaltar sobre o nosso grande Santo Doutor da Igreja São Francisco Sales.

            Muitos shows de TV vem com esta idéia, de pegar alguma coisa muito velha e reformar deixando algo muito bonito e restaurado. Tomando nossa série, e lembrando um pouco da semana passada lembre-se de que não fomos formados sem um objetivo. Nossa vida não é sem propósito. Nossas vidas importam. O que nós escolhemos importa. Nossa vida importa. Para isso precisamos ter um grande O quê para passar a vida assim! Tendo um enorme o quê, vamos precisar de um grande como ! Este como é o plano. Deus nos criou para sermos Santos. Nós precisamos  de um MAPA!

            São Francisco Sales nos ensina que a vida de um cristão necessita de uma Estratégia. Seja quem você é e o seja bem! Antes do o quê precisamos do QUEM, antes de nos lançarmos ao objetivo, precisamos de autoconhecimento! Se nós não alcançarmos nossa identidade antes, não chegaremos ao plano. Precisamos antes de tudo tomarmos consciência de que somos filhos de DEUS!

            São Francisco Sales nos ensina sobre a verdadeira devoção e a falsa devoção. Quem tiver o coração de homem terá o homem por completo. Assim quando encontramos verdadeiramente com Jesus, encontramos com o único e verdadeiro amor. Para isso, nós somos chamados a sermos não somente um novo Quem, mas adquirimos um Novo Porquê!

            Simon Sinek um grande escritor moderno em seu livro Comece com um grande porquê, ele nos chama atenção para muitas empresas que iniciam bem seu caminho, mas vão perdendo o foco, porque tem muita ânsia do O quê e não alcançam o Porquê da sua produção, ou do seu produto! Ele diz que as grandes organizações e empresas procuram o circulo do ouro. Exemplo é a Apple, ele não diz apenas que faz bons computadores, seus produtos são fáceis de usar e eles tem grandes clientes. Mas eles vão a mais no porquê, Apple quando se apresenta se apresenta dizendo que ela acredita que seus produtos são capazes de mudar o Status quo das pessoas. Eu tenho um iPhone, um Ipad um Mac book, e não interessa o preço, eu sou capaz de comprar porque eles me dão algo maior que o próprio produto, este é o porquê desta empresa. Eles são bons eletrônicos, são fáceis de usar e são muito bem desenhados. Você gostaria de ter algo assim! Este é o porquê, a pessoa irá dizer Eu tenho um Apple.

            Quando as coisas estão muito difíceis depois de anos caminhando com uma empresa, é difícil você saber o porquê de continuar caminhando nisso.

            Uma pessoa vai envelhecendo e é uma pessoa de verdadeira fé, não teme a morte, as vezes pode até se entristecer em deixar seus filhos e netos, mas não teme a morte. Pois a vida tem sentido.

            Exemplo bem ilustrativo da vida de um cristão é comparar com uma Maratona. Os melhores maratonistas dizem que há um ponto após os vinte kms que se chama em inglês: Hit the Wall ( bater no muro), onde vem o pensamento de não saber se vão conseguir vencer os outros 21kms. A pergunta que vem é, o que importa se eu não terminar. Caso a pessoa não tenha um verdadeiro porquê de terminar vai desanimar. Um ser humano pode batalhar com qualquer o quê, se ele tiver força o suficiente em um Porquê!

            Mark Twain certa vez escreveu que o ser humano tem duas datas muito importantes e sua vida: A data do seu nascimento e o dia em que descobre o porquê!

            Porquê eu fui feito? Para Amar a Deus que me criou e hoje ouvimos no Evangelho de São Mateus 22:34. Jesus nos apresenta o grande Porquê! Fomos feitos para Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Como é incrível saber isso! Tudo se torna diferente quando tomamos consciência disso! Sabendo disso eu deveria estar no local certo fazendo o que é certo. Assim deveria ser a minha e a sua vida. Cada momento seria momento da verdadeira vida. Não porque eu controlaria tudo, mas eu teria controle  absoluto sobre o Porquê eu estou fazendo.

            São Inácio de Loyola nos ensina que nós deveríamos fazer tudo como se fôssemos os únicos responsáveis. Já pensou nisso? Isso é dar novo propósito a tudo, é ressignificar nossa vida com o novo Porquê!

            São Paulo hoje ensina aos Tessalonicenses e para nós que quando encontramos Jesus, não podemos mais voltar às coisas velhas, as companhias erradas, enfim coisas que não mais nos preenche. Contudo, nós somos chamados a viver uma vida com novos propósitos.

            São Francisco Sales disse que há  três chaves para a Santidade: – Pergunta a Jesus para estar contigo, oferecer tudo ao Senhor como Sacrifício, oferta de amor e como presente e Aceitar tudo o que acontecer . Assim nós conseguimos dar novo propósito na nossa vida. Então: Perguntar, Oferecer e Aceitar!!!

            Então cada momento na nossa vida a partir de agora, passa ser um Sacrifício entregue ao Senhor! Cada momento passa ser um Sacramento! Assim se torna um Santo! Com um novo PORQUÊ! Um presente da Amor!

 

Oração: Abbá Pai. Eu desejo de todo coração caminhar neste caminho de Santidade com o seu auxilio. Quero hoje perguntar ao Senhor para esta comigo, oferecer tudo o que sou, que tenho, que estou fazendo naquele momento e aceitar todas as alegrias e as dores que virão naquele dia, mas que são sacrifícios de Amor ao Senhor, assim eu desejo de coração ter sempre o significado claro do PORQUÊ eu dia e noite renovo meus votos para a santidade, porque o Senhor é o abrigo e o meu amparo, o que caminho está seguro em suas mãos!   Obrigado Senhor, Louvado Seja Seu Santo Nome! Amém.

O que você tem feito com o que recebeu?

           

 

            O que nós temos feito com o nosso tempo. Qual o seu objetivo para o tempo de hoje? Muitas vezes nós nos deparamos com esta pergunta, e é muito pertinente em todas as fases de nossas vidas. A vida é assim, nós fazemos nossos planos continuamente , contudo muitas vezes não damos conta de realizar.

            Temos nossa juventude, nosso tempo de trabalho e nossa aposentadoria. Isso é muito importante quando se trata de entender o tempo das nossas vidas. Quando iremos dirigir, quando iremos casar e para onde iremos fazer nossa formação profissional e onde e como iremos trabalhar e depois de muitos anos a nossa aposentadoria. Pessoas fazem planos para viver cem anos. O problema é que a vida não é tão assim. Novos fatos acontecem em nossas vidas, fatos inesperados, decisões precipitadas, escolhas erradas e tudo pode mudar.

            Tudo isso converge para uma questão maior: – O que eu tenho feito com  o que eu tenho recebido?

            Muitas pessoas vão pensar imediatamente em responder através do seu curriculum vitae. Isso não é profundo, vem comigo.

            David Brooks, renomado professor da Yale,  em seu livro O Caminho para o Caráter nos faz pensar em duas coisas: Virtudes curriculares versus Virtudes de Elogio. Virtudes curriculares são as virtudes que nós passamos quase toda nossa vida cultivando. São as que nós levamos para nosso trabalho. Então são as virtudes que nós temos feito, desde a nossa formação estudantil básica, até nossa pós-graduação e nossas vitórias ou na vida profissional ou na vida acadêmica ou em ambas. As Virtudes do Elogio são mais profundas. São aquelas que os presentes irão se lembrar no seu Funeral. O quanto nós fomos corajosos, bondosos, homens e mulheres de fé, carinhosos, gentis, caridosos, pois estas virtudes irão apontar que tipo de relacionamento eu e você formamos!

            Todas as nossas formações escolares nos levam para formar as virtudes curriculares. Todos os nossos dias nós nos ocupamos em sua maioria pelas virtudes curriculares. Tudo isso nos remete para Que tipo de pessoa eu quero me tornar! O que eu quero ser?

            Há um tempo atrás uma mulher postou uma foto de seu esposo no chão do banheiro ao lado de sua filha de treze anos, no momento onde ela não conseguia manter nada em seu estomago. Ele não era médico, mas era Pai. Depois de passar um tempo ali e depois dois dias no hospital, sua esposa postou esta foto e fez o comentário: – Reze para um marido que passe seu tempo cuidando de sua filha, quando ele não tem nada para fazer ali, a não ser estar ao lado. Reze por um marido que coloque sua esposa e seus filhos em primeiro lugar mas não a Deus. Deus está sempre em primeiro lugar. Que acorde sua família as 6:30 no Domingo para ir a Igreja, pois no sábado levanta as 6:30 para o futebol. Se pode acordar para o futebol, pode acordar no Domingo para levar sua família para a Salvação. Esta é uma virtude do Elogio.

            Nós temos que ter a visão alargada, quando chegar este tipo de pessoa. Por isso temos que ter um Plano!

            Nós não queremos andar no escuro, mas temos que ter um plano. Um exemplo simples, você bate um bolo com um plano, com uma receita.

            Qual é o plano?

            Nós precisamos de direção e mapa para atingir nosso objetivo. Para isso temos que ter algo como um MAPA RODOVIÁRIO. 

            David Brooks parafraseando Amedeo Cencini diz que existe um espaço humilhante entre o meu eu atual e o meu eu ideal (desejado). Você olha outra pessoa e vê aquela pessoa super generosa, prestativa, caridosa e você olha para onde você se encontra agora e vê esta distância. A verdade sobre cada um de nós é que mesmo usando os nossos dons como temos usado, ainda não alcançamos o que deveríamos alcançar. O que nós temos feito com o que nós temos recebido? Eu ainda não sou aquela pessoa que eu deveria ser. Por que? Bem, porque nós temos uma visão limitada e não temos um plano. Quando nossa visão é pequena tudo fica meio desintegrado.

            Um dia desse eu presenciei dois irmãos discutindo sobre o uso de máscara. Interessante, pois a discussão se tornou muito exagerada, opiniões fortes, temperatura alta, dois pontos de vista totalmente opostos. Ao final da discussão foi como se nada tivesse acontecido. Que maturidade, pois suas opiniões contrárias não mudam a maneira de um ver o outro.  Isso é uma visão alargada. São muito mais coisa que os une do que os separa. Mas no mundo normalmente não é assim, pois o opiniões diversas acabam trazendo divisões. Como vemos isso na Política, na Igreja e infelizmente nas famílias .

            Sobre nossas vidas, e como importante é nós escolhermos bem nossos representantes, pois o país em que vivemos não é nada sem a existência de cada um de nós. Nós devemos nos colocar sim, como cidadãos que honram nossos direitos como Cristãos e dizer que a nossa opinião, o nosso voto é importante , SIM! Não delegue a ninguém a sua obrigação, pois ninguém terceiriza a felicidade.

            Por isso uma visão estreita leva a desintegração, que leva as discórdias que leva a divisão. Necessitamos de cristãos comprometidos como os valores cristãos para fazer valer a nossa representação segundo os princípios e os nossos valores na nossa cidade, no nosso Estado e no nosso País.

            Tomas Merton era ateu que se converteu e se tornou uma referência entre os Monges Cistercienses do mundo todo. Certa vez ele andava em Nova Iorque com um amigo, eles estavam discutindo e Lex seu amigo perguntou, qual é o seu plano, qual a seu desejo para sua vida? Thomas Merton poderia ser um homem notório pelo seu curriculum, por toda a sua formação, mas ele responde: – Eu quero ser um bom católico. Lex vira para Thomas e diz: – Você falou errado, você deveria desejar de todo o coração ser SANTO!

            SÃO FRANCISCO DE SALES,  conhecido como o formador de Santos. Doutor da Igreja, escreveu tantas coisas maravilhosas. Sangue nobre, da família Sales e seus castelos franceses, renunciou a tudo para viver a humildade e ser santo. São João Bosco em sua homenagem batizaria a sua Ordem de Salesianos. Uma grande obra deste santo é o livro que deveria ser  o nosso de cabeceira, chamado Filotéia, que nada mais é do que sua direção espiritual a outra santa, Santa Joana Francisca de Chantal. No lugar onde no livro está escrito Filotéia, coloque seu nome. Verás o quão profundo se pode ir, na meditação diária desta obra incrível.  Ele dizia: – Seja o  que você é  e faça tudo bem! Este é o principio único.

            Quem é você? Quem você se tornará ? No Evangelho de hoje, fariseus ( inimigos dos romanos ) e saduceus ( amigos dos romanos) se uniram para desafiar Jesus e pegá-lo em uma armadilha. Jesus responde como uma pergunta :- De quem é a imagem na moeda?  Eles responderam de César. Pois é, os dois grupos tentaram fazer a pergunta ser Política e Jesus a transforma em pessoal. Então dê a César o que de César e a Deus o que é de Deus! A imagem que estava na moeda era de César e inscrição era Tibério César,  o Filho de Deus!

            A pergunta que não foi perguntada eu faço agora: – Qual é a sua imagem? A resposta está em Genesis: – Você foi feito a imagem e semelhança de Deus!

            Qual a inscrição está em você?: – Você foi marcado no Batismo na Cruz! Inscrito na Cruz, as palavras estão na sua alma : – Filho de Deus!

            O nosso mapa começa com uma segunda pergunta: – Lembre quem é você!

            Para nos tornarmos Santos precisamos começar com esta resposta. Imagem e semelhança de Deus. Nós fomos marcados pelo sinal da Cruz, e ali está inscrito em nós, Quem nos ama!

            Nós somos amados por Deus! Assim vamos dar nosso primeiro passo:- Lembre-se quem te ama! Lembre-se qual a inscrição está em você!  A carta de São Paulo aos Filipenses responde: – Para mim viver é Cristo, morrer é lucro!

            São Francisco Sales nos ensina que todos os dias quando nos vestimos para nossa vida, devemos dizer: – Bom dia Senhor obrigado por me vestir, obrigado por me nutrir, faça com que eu passe o dia todo com suas vestes e com seu alimento em mim!

            Nós não somos ainda o que deveríamos  ser, mas tudo o que falta ainda pode ser mudado, pela Graça! Nenhum de nós está caminhando neste mapa sozinho. Nós continuaremos caminhando com o Amor de Deus nos movendo!

 

Oração: Abbá Pai. Eu desejo de todo coração caminhar neste caminho de Santidade com o seu auxilio. Eu e você hoje precisamos nos entregar ao Senhor para que possamos colocar em prática a tudo a aquilo que foi nos infundido com dons e talentos. Hoje eu preciso determinar onde eu estou em minha vida e para onde vou. Seja Senhor meu guia, minha lâmpada que acesa me leva ao altar onde entregarei todos os meus dons quando o Senhor me chamar!   Obrigado Senhor, Louvado Seja Seu Santo Nome! Amém.