Desmond Doss, alguém que encontrou Jesus e o fez o seu Senhor e Salvador, mas num momento de profunda dor, ele chega a apontar a arma para o seu pai, um Alcoólatra inveterado que estava machucando sua mãe, e neste momento quando Deus o faz ver a gravidade que é matar alguém, ainda mais sendo seu próprio pai, ele se arrepende e dá a sua palavra a Jesus, que ele nunca mais iria apontar a arma para ninguém. E agora estamos na segunda Guerra Mundial, o país convocando os americanos para guerra, pois o Japão tinha bombardeado e arrasado Pear Harbor. Neste momento Desmond se alista e ao se apresentar perante os oficiais diz: Eu não vou usar uma só arma, pois não vou para a guerra para matar e sim para salvar vidas. Este é o filme que traz a história de que herói de Guerra que trouxe de volta muitos americanos feridos vivos, pelo seu trabalho no campo de batalha em Okinawa Japão, socorrendo seus companheiros sem sequer usar uma arma, a não ser o atendimento médico emergencial em campo, no meio do inferno, dos tiros e das granadas, cortando suas mãos e ulcerando quando ele descia os corpos feridos na corda do penhasco que ia dar na base americana. Este cara não somente evangelizou com seus lábios mas com sua vida e está vivo até hoje. Seus amigos foram testemunhas e narraram que no inicio o chamavam de covarde, mas depois todos foram tocados pela sua coragem inesgotável. O que todos foram unissônicos em afirmar, que Sem Jesus Cristo,  Desmond seria alguém ordinário como nós. Mas Desmond batalhava com Deus ao seu lado, cobrindo o soldado com a armadura do Cristão. Esta historia está no filme: Até o último soldado! Mel Gibson o dirigiu.

Este cristão arriscou sua vida, por muitos que sequer o conhecia, inclusive por um inimigo, um japonês ferido.

E por esta vereda quero que olhemos para Jesus. Isaias prefigurava Jesus, o homem do sofrimento, alguém que nós viraríamos os olhos. E ainda nossas dores que Ele assumiu. Ele foi condenado por nossos pecados. E por suas chagas fomos curados. Isaias 53.

Quando ouvimos a historia da Sexta Feira Santa, entendemos que esta história é nossa! Esta historia não existiria se não fosse por nós, por mim. Isso tudo aconteceu pela nossa falta e não por Jesus. Quando ouvimos esta historia, temos que entender que é a nossa historia, nossa falta, nosso compromisso, nosso papel desta história, nós fizemos isso, não foi Ele.

Apesar de ninguém gostar de pensar nisso, mas somos sim os culpados. Olhe para Jesus hoje, na hora Santa as 15hs e diga: Eu fiz isso com você. E Jesus responde: Você fez isso para mim, e Eu faço isso para VOCÊ! Jesus se colocou no nosso lugar, e faz isso por cada um de nós, para sempre! Feito! Pronto! Não há como voltar atrás. Esta é a Vitória de Deus sobre o Pecado que é a face do Mal. A vingança de Deus é a sua Misericórdia!

São Paulo nunca viu Jesus na vida publica, mas quando ele adorou a Cruz ele escreve aos Colossenses, tudo isso foi feito por mim!

Jesus eu quero te amar, tanto quanto o Senhor possa ser amado! Como? Consolando-o. Isso podemos fazer. Deixar Jesus vencer. Santa Faustina nos ensina, que o que consola Jesus muito é quando nós confiamos Nele. Confiança Em Jesus, quanto mais nós confiamos, mais as Graças do Céu descem sobre nós. Consagração à Misericordia, é confiar, é Consolar Jesus. Deixe Jesus vencer.

A melhor maneira de alcançar a Misericórdia é o Sacramento da Confissão. Confissão para o Sacerdote jamais dever ser algo depressivo. Deve ser sempre o local de Vitória e não de vergonha. Quando você vai até a confissão, você está dizendo que tudo o que aconteceu com Cristo na Cruz não foi desperdiçado em nós. Esta é a Vitória de Jesus, deixe Jesus vencer. Quando você chega na Confissão, Deus Pai, o Filho e Espirito Santo, os Anjos, e Santos, celebram no céu a volta do filho Pródigo, todos cantam o seu nome. Festa no Céu. Deixe sempre isso acontecer cantando o seu nome!

Assim como Desmond voltou pedindo a Deus, que desce mais força para ele pegar o último soldado, exausto, sem forças, e Deus concedeu. Assim quando buscamos a Confissão, estamos dando ao céu, o Um a mais! Que seja um , é um que Eu quero mais, o meu Amor, é que torna capaz! Você venceu em mim Jesus!

Jesus Eu confio em vós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *