Quando nós ouvimos falar do nome Michael Phelps, acho que todas as pessoas que tem acesso aos meios de comunicação no mundo sabem quem é. Certo? Claro, o maior medalhista olímpico de todos os tempos. Ele tem VINTE E OITO medalhas olímpicas, sendo VINTE E TRÊS de ouro. A segunda pessoa mais premiada tem em toda a história das Olimpíadas,  NOVE medalhas. Ele é uma das pessoas que podemos classificar como: O Maior de todos os tempos (GOAT em inglês).  Há uma história interessante sobre Michael Phelps: – Um dia ele, sua esposa e seu amigo foram a um Starbucks, e deram seus nomes aos copos, mas o atendente sabendo quem ele era escreveu: – GOAT, Esposa do GOAT e amigo do GOAT.

                  Muitos de nós sentimos no coração, especialmente jovens, a quem eu me remeto, um desejo de ser mais do que somos, ou ainda, que nascemos para coisas maiores do que vivemos agora. Porque? Porque nós fomos feitos para coisas grandiosas.

                  O termo GOAT foi adicionado ao dicionário Inglês recentemente para homenagear alguém que é um super atleta, super gênio do esporte que pratica, com vitórias na NFL (Futebol Americano), o cara desse esporte, seu nome todos conhecem no Brasil pois ele é casado com uma brasileira, Gisele, seu nome TOM BRADDY.  T Braddy conseguiu a proeza de ser o único atleta desse esporte a ganhar 5 vezes o anel do Super Bowl, pelo mesmo time. Por isso seu nome inspirou a criação do termo GOAT.

                  Outros atletas hoje merecem esse termo: LeBron James, Serena Willams, Federer, e por aí vai.

                  O que na verdade seria GOAT, quais as qualificações para ser O maior de todos os tempos?

                  Iniciamos hoje  nossa série o Maior de todos os tempos em inglês: GOAT  ( O maior de todos os tempos). Para ser o maior de todos os tempos alguém deve ter essas características:

         –        Ter habilidades incomuns.

         –        Fazer muitas coisas

         –        Muita autoridade

         –        Todo mundo o reconhece, quer ouví-lo pois tem autoridade.

                  De acordo com o mundo e o dicionário essas são as qualificações para ser GRANDE.

                  Talvez não seja somente isso o que realmente importa. Após três anéis de Super bowl, Tom Brady disse: – Porque após três anéis eu ainda continuo insatisfeito, tem que haver algo maior para mim lá fora. E o repórter disse: – Qual a reposta? Ele respondeu : – Eu não sei.

                  Michael Phelps ainda foi pior, pois em 2014 ele se envolveu seriamente com o mundo das drogas, teve de ser internado, e após um tremendo esforço de toda equipe olímpica dedicada a esse tipo de situação conseguiu voltar. Ele sentia um vazio infinito no seu coração, quase  se matou com tanto vazio de saber que teria de abandonar as piscinas e não ser mais alguém que continuava ganhando. Ele se sentia miserável, inútil. E disse:- Eu tive uma crise de identidade.

                  De onde vem essa crise de Identidade? – Nós frequentemente cometemos esse erro de achar que nossa Habilidade traz nossa Identidade, que nossas Realizações trazem nosso Valor, e isso é um ledo engano.

                  Usando essas comparações com a vida de cada um dos alunos aos quais escrevo agora, que a pouco tempo estavam no Ensino Médio e agora estão na Universidade. Muitos eram lideres em equipes de matemática, de robótica, principalmente outros se dedicavam aos esportes, possuíam a camisa de titular do time, viviam com o time, viajavam com o time, vitórias e derrotas, e agora, amargam um banco de reserva, ou ainda do desconhecido, ou pior, por conta de lesão já não são mais úteis em equipes universitárias. Então se nós nos identificávamos com essas atividades e agora não podemos mais tê-las ou ter valor nelas, o que nós faríamos agora? SE eu ganho eu sou vencedor, seu perco um Perdedor, seu eu batalho sou uma vítima, se eu não sou escalado, se eu não me adequo as novas posições do time ou da equipe de estudo, eu me sinto um descartável, apenas mais um.

                  Onde está então o coração da GRANDEZA? A resposta está e não tenham dúvidas, ao observar e seguir os passos do verdadeiro GOAT , seu nome? Jesus, 2018 anos após e ainda celebramos seu nascimento, a história é contada antes e depois Dele. Não é questão de ser Cristão ou não, é um fato.

                  Mas vamos mais profundo, quando analisamos por exemplo um grande GOAT não somente da Teologia mais da Filosofia, um homem escrito no livro da história dos notáveis do mundo, Santo Agostinho vai dizer: – Tarde te amei, ou ainda, meu coração era inquieto enquanto não te conhecia!

                  Jesus possui todas as qualidades do GOAT: Ele faz todas as coisas bem. Suas habilidades de curar qualquer tipo de doença ou debilidade que se aproximava dele, seja cegueira ou surdez ou paralisias. Mas isso era muito mais do que habilidade, era sua Identidade. Isaias 37 anuncia a Identidade do Emanuel, como ele seria reconhecido, como a sua identidade seria revelada pela sua Habilidade: – Os surdos escutarão, os cegos verão e os coxos andarão! Jesus ainda dirá, lendo  a Profecia de Isaías Ele fecha o Livro Sagrado e diz: -Hoje se cumpriu esta Profecia.

                  As habilidades de Jesus não é o que importa mas a sua Identidade, Eu sou o Senhor! O que você faz não é nem de perto  Quem Você é! Jesus é o que Ele é porque é Ele é. Olhe para Jesus: Nunca leu um livro, nunca escreveu, nunca saiu de seu país, Jesus revelou toda a salvação em um raio de muitos poucos quilômetros comparado a tudo quanto nós já viajamos na vida. Jesus nasceu na pobreza, viveu na pobreza e morreu mais na pobreza ainda.

                  Jesus morreu numa aparente falha. Sua história é importante, mas é secundária, mas o que importa é sua Identidade, seu caráter.

                  O seu caráter é mais importante do que as coisas que você já realizou.

                  Quando observamos um livro ou filme, como é importante que os autores nos passem bem os caracteres dos personagens, isso é bastante relevante muito mais importante do que o livro por si só ou filme.  Isso é tão importante pois conseguimos inclusive apontar quando por alguma razão o personagem não faz algo que seja dele aquilo, que vai contra sua identidade.

                  Finalmente uma história para exemplificar e penso que cobre todas as ideias. CFG, estudante  universitário,  não nasceu cristão, não foi criado cristão mas se converteu ao final de sua adolescência e pediu para ser batizado na Igreja Católica. Após seu batismo ele se tornou realmente um verdadeiro católico. Seus atos se modificaram, suas palavras se modificaram, ele realmente parecia alguém que vivia, que tinha como identidade ser um homem ou filho de Deus.

                  Todas as vezes que as pessoas se aproximavam dele sentiam a presença de Deus. Todos seus amigos queriam ser como ele, e ele sempre dizia, torne você a sua a identidade, pois isso agrada a Deus. Ele aparece  um dia com câncer, câncer ósseo rapidamente progressivo que apesar de tudo, não viveu por muito tempo. Mas no tempo que ele teve, soube demonstrar a Identidade do verdadeiro cristão. Isso é o que importa. Habilidades vem e voltam, mas Identidade é para sempre. Por isso não importa o que você fez ou quantas coisas realizou, ou ainda, O que foi sua história, quais foram seus erros, mas o que importa é que o que você se tornou, a sua Identidade o seu caráter, que marca o coração de todos que por você passaram e puderam ser eternizados pelo seu coração e pela sua amizade leal.

                  Seja sempre você, não importa o que os outros possam dizer a seu respeito, pois apenas Deus conhece o seu coração e sabe quem você é, pois sua vida vale muito, não desperdice ou se perca achando apenas que você é o que você conquistou ou suas habilidades, mas seu Caráter. Aquilo que você é quando ninguém está te olhando.

                 

                 

        

                  Oremos: Abbá (Pai) Amado, eu te peço hoje , que deixe  tudo em mim que possa ser falsa identidade caia por terra, pois eu quero ser aquilo que o Senhor pensa de mim! Sim Senhor, eu não posso me identificar apenas com o que eu tenho ou com que  eu faço, mas com a minha verdadeira identidade, que é revelada pelo Seu Olhar que me identifica e mas dá forças para a partir de hoje me revelar. Obrigado Senhor!

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *