AMAR A SI MESMO PARA ENTÃO AMAR ALGUÉM

 

JESUS HOJE NOS CONVOCA A AMAR OS NOSSOS INIMIGOS. COMO PODEMOS AMAR NOSSOS INIMIGOS SE NEM NOSSOS MAIS QUERIDOS NÓS AMAMOS DA MANEIRA CORRETA, OU AINDA QUANDO NÓS NÃO AMAMOS NEM NÓS MESMOS COMO DEVERÍAMOS?

            Acho que todos os meus leitores sabem quem é Simon! Pois para quem não sabe, Simon é um inglês, que criou alguns shows para revelar talentos sobretudo cantores. Assim nasceu American Idol, The Voice, X Factor e por aí vai. Eu amo esse show pois a música faz parte da minha vida. Mas será que eu seria qualificado para um desses shows? Pois bem, eu digo, diante do que eu já vi não. Muitos artistas, inclusive que já vem com uma bagagem grande, chegam e não são classificados.

            Quando o assunto é cantar em Igreja, deveria ter também um normatização, uma qualificação, pois o momento maior da Fé Católica é a Missa! Na Missa devemos dar o nosso melhor. Mas não temos visto a Música sendo algo que faz você inclusive dizer, eu vou mais naquela Paróquia pois a Música me ajuda a rezar. Verdade, a música vai onde a Palavra não chega. O que uma coisa tem a ver com outra. Simples. Nem todo mundo pode cantar publicamente. Cantar não é para qualquer um. Não basta achar que canta, é preciso talento. Quando você está em uma sala , com Isolamento Acústico e isolamento de vocais e faz um solo gravando, tente ouvir depois, e verás se tem ou não talento. Simon iria dizer: – Você não tem talento! Essa é a verdade!

            Nós pensamos em muitas coisas que somos bons e com o tempo descobrimos que não somos! Convido você hoje a refletir sobre Amar! Você pode dizer que ama, será?

            Seguir Jesus é parecer com Jesus. Jesus nessa semana nos disse como Ele ama! O chamado é Amar como Eu amo. Tenha um coração como o Meu! Nós fomos feitos para amar. Nós somos muito ruins quando a palavra é amar ! Jesus nos ensina que temos que amar nossos inimigos. Como podemos amar nossos inimigos se nem conseguimos amar nossos mais próximos? Jovens Universitários convidam um a outro para morar no Alojamento Universitário juntos, e após um ano, quantos problemas, e a opinião sua sobre a outra pessoa já não é mesma, ou seja, não há amor nessa convivência. Nós somos muitos ruins em amar!  Por   que? Porque somos difíceis de amar. De amar nosso próximo, amar nossos parentes e de amar nossos inimigos. Por que? Por que amar custa alguma coisa! Amar requer alguma coisa! Não confunda amar com apaixonar, isso é fácil, pois requer afeição, Amor afetivo é amar com afeição. Mas não estamos falando disso, estamos falando de AMOR EFETIVO! Hum, difícil. Afetivo é diferente de efetivo! Efetivo é amar com DECISÃO! Este tipo de Amor que Jesus está ser referindo! Amor que faz alguma coisa, que move, que sempre faz alguma coisa! Muito diferente do eu Desejar o Bem do outro é eu Tomar uma Decisão pelo bem do outro. Por isso nós somos tão ruins, porque nos mover é difícil. Nós não amamos dessa maneira nem os que gostamos quanto mais nossos inimigos, sabem porque? Porque não amamos a nós mesmos de maneira correta. Não é egoísta amar a si mesmo. Mas esse Amor se inicia em nós mesmos para atingir os outros.

            Um exemplo que ajuda. Muitas pessoas, sabem que estão doentes, tem medicamentos e não tomam os medicamentos, ou buscam outras coisas que nunca vão os curar, e não buscam o caminho que é verdadeiro. Mas quando o assunto é o seu cachorro, tudo muda, levam ao veterinário, seguem as prescrições, dão o remédio na hora certa, e é muito mais difícil dar um remédio para um cachorro do que para si mesmo. O que isso nos prova? Nós amamos mais nossos cães do que a nós mesmos!

            Quantas vezes nós falamos com nós mesmos durante o dia? Isso é normal, ainda não é insanidade. A maior parte dessa conversa, segundo a Academia Americana de Psicologia, é conversa Negativa! Muitos de nós se ouvisse essa conversa de uma outra pessoa para alguém que estimamos chamaríamos a policia! Olhem bem o que nós vamos plantando. Não amamos a nós mesmos nem com nossos pensamentos.  Mesmo em nossas orações

            Muitos cristãos , que se consideram de oração, a maioria das vezes não rezam por si mesmos! Nós não amamos a nós mesmos nem em oração.

            Bernie Brown diz  o custo do Amor não Resolvido. Pense em uma Filha de 14 anos, que chega em casa muito chateada porque ninguém falou com ela no Recreio naquele dia. O que acontece nesse momento em relação a sua mãe é que, ao chegar em casa e relatar isso sua mãe , imediatamente sua mãe vai voltar aos 14 anos dela, com as feridas daquela época,  e no momento seguinte vem com um monte de respostas: Eu disse para você que você tinha que escovar seus dentes, pentear melhor seu cabelo, ser mais amigável e por aí vai com um monte de isso, isso e mais isso. Amor não resolvido, não é capaz de dar a sua filha Amor e nem respostas. Pois naquele momento sua filha não precisa de respostas e sim de EMPATIA, precisa de acolhimento, precisa de amor que se manifesta no Silêncio! Enquanto não aprendemos a amar a nós mesmos nós não somos livres para amar outra pessoa, com poder!

            Quantas pessoas tem tanta dificuldade de amar, de se entregar a outra pessoa, mesmo desde a adolescência. Vai criando uma geração de gente que usa gente, que pega gente, que troca secreções, mas que não sabe o sentido verdadeiro de se doar, de ir mais fundo , de ser alguém que se eterniza no coração do outro!

            Isso tudo, Jesus está falando para mim e para você hoje! O contexto de quando Jesus diz sobre inimigos, ele coloca os olhos dos judeus aos Romanos que os escravizava. Pensa nesse ambiente de fraqueza, de incapacidade, de fragilidade e de vulnerabilidade, desse ambiente vem as Três Palavras de Poder: FAÇA O BEM, ABENÇOE E REZE! Quem pratica essa três palavras de Poder jamais se sentirá uma vítima, pois sabe AMAR. Quem pratica essas três palavras aprende o que é Amar, e quem sabe Amar jamais se sente como VITIMA. Quem não sabe amar, sempre age e se sente  como VITIMA!  

            O nosso maior inimigo chama-se NÓS MESMOS!!!PENSE NISSO!

Em todo contexto, podemos Amar com nossas  ações, Amar com nossas   palavras e amar com nossas  almas ou seja com nossas orações.

            Como nós poderíamos ser melhores se passássemos a partir desse dia a nos tratarmos como alguém que merece ser amado? Como nossas vidas seriam diferentes! Quantas pessoas tem em sua cabeça, em seus pensamentos essa idéia fixa: – Eu não mereço ser Amado! Eu sou desqualificado, por isso não mereço ser amado.

            Hoje, quero alertar a todos e a mim, sobre A GRANDE MENTIRA. A grande mentira é: Nós amamos ao grau e a profundidade que nós merecemos ser amados! Isso é uma grande mentira. Isso é uma idéia fixa. Nós amamos muito a quem nos ama muito, ou quem merece muito. Nós sabemos que isso é verdade, isso é o pior.

            Amar é ser VULNERÁVEL! E Deixar ser amado é deixar ser vulnerável! Isso custa muito, pois custa ser vulnerável. Amar os que não merecem. Jesus está dizendo que o grande desafio é amar os que não merecem.

            Deus ama quem não merece e quem necessita mais. Então quando Ele está dizendo isso ele está dizendo sobre  mim e sobre você. Nós não merecemos. Quando Ele está dizendo isso , Ele se refere não aos que merecem muito mas os mais necessitados! Essa é a lição para hoje! Amar os que mais necessitam desse amor! Essa é a mensagem de Cristo! Quando nós merecemos Ele nos ama mais. Deus ama mais  uns dos que aos outros em certo ponto de vista sim, pois naquele momento Ele estás amando mais quem está necessitando mais, isso é AMOR EFETIVO! Amor de Deus é infinito e continua sendo! Quando olhamos em nossa família, pense no nosso irmão que mais dá trabalho aos nossos pais, naquele momento Eles estão amando efetivamente mais o filho que mais dá trabalho, é a ovelha perdida. Tudo faz sentido.

            Talvez nesse momento, o mais necessitado seja você ou eu. Quantas vezes nós,  em nossas vidas,  vamos ao Santíssimo e começamos a dizer a Deus que merecemos ser amados, pois fizemos isso, isso e mais isso, e esquecemos que no Reino de Deus, é o oposto. Quantas vezes nós vamos ao Sacramento da Confissão, e nesse momento podemos dizer a Deus que merecemos menos o Amor Dele e precisamos mais. Na Confissão, entendemos melhor esse Evangelho, merecemos menos e precisamos mais.

            Que hoje nós saiamos em busca e com decisão em nosso coração dos que o Senhor nos confia, inimigos, amigos, familiares e decidamos os que merecem menos pelo amor Efetivo. Assim é Amar como Jesus ama. Começando por AMAR A NÓS MESMOS!

           

           

            Oremos: Abbá (Pai) Amado, nesse dia de ação de Graças, nesse tempo que antecede ao tempo Quaresmal, que eu possa preparar me coração para ser como o Seu! Coração disposto a obedecer, a amar mais os que merecem menos, A COMEÇAR PELO MEU CORAÇÃO. Enche-me Senhor com Teu Espírito e minha alma reviverá! Sim Senhor, somente com a força do teu Espírito eu posso amar a mim mesmo com amor efetivo, amar os meus e aos meus inimigos.

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *