Hoje nós iniciamos um novo tempo de reflexão, especialmente para esse tempo tão propício, que são os quarenta dias de deserto, o tempo quaresmal. Nessa primeira formação gostaria introduzir o tema atrás das linhas inimigas. O que vem a ser isso? Pois bem, estamos  num tempo onde a maioria de nós gosta da frase clichê:- Está ótimo, ou Está tudo bem! Mesmo quando as coisas estão claramente destruídas, corroídas e necessita de que algo seja feito, mesmo assim nós fingimos que elas se resolverão por elas mesmas!

            Uma pena que não é dessa maneira que as coisas funcionam. Nesse tempo de reflexão sobre nossas vidas, a quaresma nos lembra de que todos nós estamos em uma batalha e que não será vencida a menos que nós nos prontifiquemos a enfrentar o inimigo que nos ataca e  nos atacará como fez com Nosso Senhor que foi atacado no meio do deserto e selvagem…Atrás das linhas Inimigas!

           

            Há alguns dias atrás me deparei com um problema no meu carro, que tem um dispositivo moderno que se chama Start Stop, quando o computador do carro entende que você está parado ele automaticamente desliga o motor e logo que você tira o pé do freio ele aciona o motor automaticamente. O problema é que nada é perfeito. Eu estacionei e tente desligar o carro e mostrava no painel que ele já estava ligado ,mas o motor não estava ligado. Depois de um certo tempo tudo voltou normalmente, inclusive os alertas do painel. O  que significa dizer que podem haver coisas que se auto solucionam. Mas a vida não é assim. Quantas pessoas assumem a vida com se tudo fosse ótimo. Não se incomoda com as coisas que não estão funcionamento de maneira correta.

            O oposto são pessoas que vivem a vida procurando problemas. Pense na profissão de policial. Tente passar um dia acompanhando um policial em uma patrulha. O dia inteiro ele vai jogando placas dos carros no computador de bordo, procurando problemas. Claro que essa é  a profissão dele. Mas isso não é a vida. Há de haver um equilíbrio nisso, ou seja, se incomodar quando certas coisas parecem bem mas não são. As batalhas acontecem o tempo todo e nós estamos no meio delas. A Palavra de Deus sempre nos alerta sobre estarmos em batalha. São Paulo vai dizer: -Vigiai e Orai! Armadura do Cristão, então para que servem as armaduras se não para as guerras?

            Seguir Jesus é estar em constante batalha, Batalha Espiritual. Muitos agora vão questionar e dizer: – Nós estamos vivendo um momento de muita paz, nada nos incomoda, não podemos estar em batalhas, como assim? Pois é, estando você consciente ou não do que está acontecendo, estamos em batalha.

            Nesse último Domingo Jesus é batizado  e a Palavra vai dizer que Ele foi levado pelo Espírito para o deserto, imediatamente, para ser tentado. Jesus então deixa sua zona de conforto e vai atrás de problemas, ou melhor, Ele vai confrontar o Inimigo, Ele vai à Batalha, numa Guerra que iria vencer na Cruz? Jesus não foi ao deserto, ao lado selvagem para descansar, ou para respirar ar puro, Ele foi duelar com o Inimigo. Ele foi até atrás das linhas inimigas por quarenta dias.

            Jesus está nos mostrando nesses dias onde é que nós vivemos. Nós vivemos atrás das linhas Inimigas. Quantos de nós hoje não estamos querendo saber disso, quanto estão dizendo, mas Senhor eu estou exausto, estou sem combustível, eu não poderia ficar nesses dias fora de combate? Outros diriam, Senhor está tudo bem, para que se importar, se as coisas se auto solucionam! Eu estou cansado, não aguento mais combater, só de pensar já estou sem ar.

            Nesse tempo, a resposta não é ficar para trás, achar uma zona de conforto e não combater. O que precisamos nesse tempo é de alguém que chegue para nós, com o filme TAKEN, e diga com calma: – Preste bem atenção no que vai acontecer a partir de agora. Eles vão  te levar, vão tentar te destruir, mas eu os vencerei. 

            Deixe-me esclarecer sobre tomar consciência. Quando nós sabemos o que está acontecendo, saberemos o que Acontecerá, e isso é muito importante para todos e para cada um de nós! A vida é um Navio de Batalha e não um Cruzeiro.

            O que irá acontecer é: Ele vai te isolar e te desorientar. Vai fazer você se sentir Sozinho e Desconhecido! Assim ele te dominará! Assim ele te tirará da batalha.  

            OUÇA A VOZ DE DEUS AGORA: O INIMIGO VAI TENTAR TE DEIXAR SOZINHO E DESCONHECIDO.

            A tentação tenta te deixar sozinho, pense nisso. Jesus disse que nós não deveríamos  ficar fingindo na Quaresma sobre nossos propósitos, que não deveríamos fazer cara de sofrimento, que tivéssemos essa experiência da expiação com o Senhor, mas Ele não falou para ficarmos sozinhos, pois quão é importante numa família cada um saber o que o outro está fazendo de propósito e poder ajudar. Estamos numa batalha e Juntos Somos fortes, sozinhos somos fracos. O isolamento nos enfraquece. Tente seguir com duas ou três pessoas do seu intimo para dividir um propósito firme.

            Na África existe algumas tribos que tem o costume de sair em três guerreiros e vão a um local que nenhum de nós iria dessa maneira. Eles vão com suas lanças, três a três na Savana, onde os leões estão caçando, eles vão caçar exatamente os que os leões querem, um antílope ou outro animal qualquer. Pois bem estando unidos em três, ombro a ombro,  e não se separando eles cumprem a missão, e nenhum leão os ataca, sabe por que? Por que o Leão só ataca um animal por vez? Eles são três. Juntos somos fortes, sozinhos somos fracos.

            O leão (inimigo) quer que você ande sozinho, ele quer fazer você sozinho e te fazer ficar desorientado. No Evangelho do  último Domingo o INIMIGO ataca os talentos de Jesus e os nossos, nossa Identidade, pergunta: – Se você realmente é o Filho de Deus, então… Ele nos ataca sem dó, sem misericórdia, com o ódio em seus olhos, para ver a cada um nós no chão. Ele faz você se sentir desconhecido, que você não tem ninguém e que você não é ninguém.

            Eu convido a cada um de vocês que me seguem, tente nesses dias de Quaresma fazer um propósito seguro de participar da Santa Eucaristia todos os dias, se não o maior número possível de dias, e quando não foi possível gaste alguns minutos diante do Santíssimo, pois tenho certeza que suas munições serão recarregadas, sua armadura reparada, sua força restabelecida. Ao ouvir da boca do Senhor: – Foi por você, ou Eu te amo, ou Eu sou quem guerreia por ti, Eu venci o mundo, eu e você sairemos revestidos do que nos fortalece!

            Jesus venceu toda a Guerra, mas eu ainda estou em batalha. Por isso arrependa e creia no Evangelho! A força do Senhor nos reveste e sua Glória resplandece diante do nossos olhos! Deus nos conhece e nos chama pelo nosso nome, não somos desconhecidos, somos de DEUS! Nós não estamos sozinhos, pois Ele diz: – EU ESTOU COM VOCÊS ATÉ O FIM! NÃO TENHAIS MEDO, EU VENCI O MUNDO!

            Assim agora já tomamos consciência de que vivemos atrás das linhas inimigas, mas redimidos por Cristo, amados por Ele e fortalecidos pelos seus Sacramentos!

           

           

            Oremos: Abbá (Pai) Amado, hoje eu preciso tomar consciência de que para Deus eu sou conhecido e amado por Ele, como filho. Em todos os momentos eu tomo posse de estar unido aos meus irmãos para não me deixar ser isolado e desconhecido. Meus olhos estão voltados para ti de onde vem sempre o meu socorro. Obrigado Senhor por não me deixar sucumbir mesmo diante de tantas batalhas continuas, mas perseverarei até o fim!

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *