Embora todos nós batalhamos com diferentes pecados e tentações, temos por último o mesmo inimigo: O ORGULHO. Orgulho é um camelão e pode se transfigurar em muitos caminhos e formas diferentes. Finalmente, o orgulho fará de tudo para te manter em algo diferente de Deus e por conseguinte te afastar da Casa do Pai. Dizer a verdade…e ouvir a Voz do Pai…é o caminho que nos fará deixar para trás as misérias que nos impede de ao chegar a casa do Pai, podermos entrar. Venha para dentro.

 

            O que acontece conosco quando somos repetidamente parados pela Polícia pois de alguma forma estamos dirigindo de forma imprópria? O que faz com que nós repetidamente caímos nos mesmos erros?  Por que algumas vezes nós nos sentimos excepcionalmente especiais e quebrar as regras? As leis do trânsito não são particulares mas para todo cidadão que dirige em tem uma carteira de motorista. O que me faz me sentir excepcional para dirigir acima da velocidade, passar sinal vermelho, é o que tem dentro de mim!

            Bem estamos nos caminho para a reflexão sobre Atrás das linhas Inimigas. Recordando: – Falamos que estamos em Batalha Espiritual. O Inimigo quer fazer de cada um de  nós Sozinhos ( isolados e desconhecidos). Depois refletimos sobre não procurar fora de nós e sim dentro de nós onde está nosso pior inimigo. Por último para  crescermos precisamos ser treinados em sermos fortes e guerreiros.

            Nós podemos ter diferentes lutas e diferentes tentações mas todos nós temos o mesmo inimigo e esse Inimigo se chama ORGULHO.

            Tomemos como exemplo o Evangelho do Filho Pródigo ( Lucas 15). Perfeito. Nessa Parábola há dois irmãos com histórias muito distintas e diferentes mas o mesmo INIMIGO. O filho mais velho escolheu o dever, a lealdade, o trabalho e o estar em casa, viver de forma sóbria. O filho mais novo, escolheu tudo de forma oposta. Vidas diferentes com opostas escolhas.  Contudo os dois tinham o mesmo Inimigo. Este Inimigo tem roubado mais pessoas do que podemos imaginar. O inimigo afeta os filhos. Tem roubado mais gente de alegria, amor, paz e relacionamentos. Ele se chama ORGULHO!

            O orgulho é visto no filho mais novo, onde o pecado o tirou de casa, o pecado o afastou para longe das coisas do Pai. O orgulho o manteve longe , distante, afastado da Casa do pai. Ele ficou envergonhado. Ele tomou consciência do que ele fez. Ele se compara com a casa do pai onde tinha tudo e olhou para onde ele tinha ido. Ele então passa a ficar super envergonhado de encarar o que ele tinha feito, e de receber a misericórdia, de ser amado. Isso é ORGULHO. Ele fica distante porque a vergonha e a culpa o mantém longe. Ele só toma a decisão quando ao olhar para si descobre que se ele permanecesse naquele lugar, iria morrer. Então, quando se trata de morte e vida, vem a tentativa de superação do que o mantinha à distância.  Quantas  pessoas ficam sem confessar por anos por vergonha dos seus pecados. Escolhem ficar a distância do que entrar. Escolhem o inferno à Casa do Pai. Imaginem algo assim! Como isso é insano, mas acomete a todos nós. Todo mundo que faz algo errado se esconde, e quem mantém no esconderijo é o ORGULHO! Então por isso temos o mesmo Inimigo em comum. Não há maior Alegria desse Pai que avista o filho à distância voltando para a casa. Tudo naquele momento favorecia que o Pai estivesse muito feliz em receber seu filho nos braços, não importando em que estado desumano ele se encontrava. A única coisa que não estaria fazendo o coração do Pai estar totalmente feliz era o seu Filho mais velho!!!!

            A exceção era o Filho mais velho. O Pai ama o filho mais novo mas também o filho mais velho! O filho mais velho se torna irado. Ira é quando alguém diretamente te machuca e você se enfurece. Ressentimento é quando você culpa alguém por algo que aconteceu contigo ou pelo seu estado atual. Nesse caso o filho mais velho não estava ressentido porque aconteceu algo com ele, mas porque alguém ganhou alguma coisa e não foi ele, o fiel, o leal, o presente, o braço direito. Alguém ganhou alguma coisa que ele considerava que fosse dele.

            O filho mais velho então em seu coração acusa o Pai, de ter acolhido o filho de volta para casa depois de tudo o que ele tinha gastado e faz do filho fiel um escravo, ou seja, puro RESSENTIMENTO. Esta palavra transfere então a culpabilidade para alguém sendo que na verdade o problema estava com ele, com o próprio filho mais velho! Esse filho prefere ficar do lado de fora, ressentindo do que entrar na casa do Pai e celebrar com todos. O que o mantém fora é alimentado pelo ORGULHO.

            Todos os dois filhos têm diferentes experiências mas o mesmo Inimigo. Os dois filhos habitam nos nossos corações. Prestem atenção. O filho mais novo por tudo o que ele havia feito não merecia o perdão do Pai. O filho mais velho acreditava que todo o seu trabalho bom não valia de nada. O filho mais novo foi convencido pelo pecado de que não havia para ele misericórdia. O filho mais velho não conseguia enxergar Misericórdia, apenas merecimento. De cada lado  consequências diferentes, Vergonha e do  outro Ressentimento. De um lado desencorajamento e inferioridade e do outro Presunção. Agora fica bem claro que por trás de todas essas faces está um só Orgulho! Eu preciso de você mas não o tenho, e do outro lado, eu te tenho mas não preciso de ti. Olha o que o Orgulho faz. Qual o remédio para tudo isso? A HUMILHAÇÃO! Dizer a verdade é a humilhação, não é timidez que é falsa humilhação. Humilhação não é somente falar a verdade é falar e falar a profunda Verdade! A Verdade Plena que está  no que os filhos falam, mas o lado da Verdade que o PAI FALA! Deixe o Pai falar! Ele diz ao filho mais novo;- Você é o meu filho, e você estava morto e agora está vivo! Sobre o filho mais velho: Tudo o que meu é seu, você também é o meu filho! Venha para Dentro!

            A grande frase ao final é : VENHA PARA DENTRO! Essa é  a Misericórdia que está acima de tudo e é a força do Pai que destrói o inimigo e seu orgulho.

            Hoje faça um movimento de através da confissão voltar para a casa do PAI! Faça tirar de dentro do seu coração tudo o que  tem te mantido fora da casa do Pai! Venha para Dentro e tome seu lugar onde somente você pode ocupar!

            Venha para Dentro! Não deixe te manter fora da Casa do Pai, que é para onde todos nós devemos dar a nossa vida para estar! Pois quem perder a vida por Ele  a ganhará na eternidade!

        

                                   

            Oremos: Abbá (Pai) Amado, hoje eu quero de todo coração voltar para a Casa do PAI, para onde sou vocacionado desde minha concepção a pertencer! Desde meu Batismo eu fui vocacionado ao Céu, então hoje quero suplicar que vença em mim todo o Orgulho que tem me mantido longe da Sua Casa oh Misericordioso Pai! Senhor eu necessito hoje vencer através de desfazer em volta do meu coração tudo o que me impede de entrar! Pois através da confissão eu volto à Casa do PAI! E haverá muita alegria no céu pois eu retornei, ao toque da trombeta, não porque eu sou merecedor mas por que a Sua Misericórdia me abraçou e me deu túnicas novas e o seu Anel!

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *