Muitas coisas nestes dias estão vindo à tona, nossas mentes estão aflitas e a pergunta que não quer calar: – Eu gostaria de saber quando tudo isso irá terminar? Quando eu voltarei ao trabalho? Quando eu poderei terminar meus estudos? Quando finalmente eu poderei fazer uma entrevista que foi adiada pela pandemia? Quando finalmente eu serei batizado, ou quando será meu matrimônio? Quando será minha formatura? Eu só queria saber , quando isto tudo irá acontecer!

            Porque que nós queremos saber? Muitos responderão, eu não sei , eu só queria saber! Mas porque se eu souber, eu não ficarei mais preocupado. Mas a questão é , você não precisa se preocupar!

            O fato de querermos saber continuamente, gera em todos algo muito sério, do ponto de vista mental que é ANSIEDADE! A preocupação que passa dominar nossas vidas. Recentemente vários estudantes demonstraram nesta epidemia que necessitaram de ajuda de profissionais de saúde mental, ou seja,  psicólogos e psiquiatras. Ansiedade é a supervalorização do perigo e subvalorização da esperança por ajuda neste perigo. Dentro desta pergunta sobre o que irá acontecer, vem as duas vertentes a supervalorização do perigo e a subvalorização da ajuda, assim se manifesta a ANSIEDADE GENERALIZADA.

            Dentro deste contexto preciso esclarecer um mito que existe, que criamos: – Saber igual a  segurança. Tem a sensação que isso nos traz paz. Estamos falando de Insegurança. Claro que nós precisamos saber das coisas para nos planejarmos melhor. Eu preciso saber qual a quantidade de pessoas que virão para uma festa, por exemplo, para que todos possam usufruir da festa e serem bem servidos.  Profissionais de esportes precisarão das datas de forma correta, pois seus treinamentos estarão ligados a quanto tempo lhes restam para ser prepararem de forma adequada.

            Saber é algo muito importante, mas eu preciso me planejar para realizar algo de forma adequada. Eu não preciso saber para ter paz, pois saber não é igual a segurança, pois este mundo não é seguro.

            Cristãos, nosso chamado não é para vivermos sem estresse, mas estarmos em meio a tantos combates podendo estar em paz, pois temos em quem confiar. Por isso nós somos chamados a não permitir que as coisas nos perturbem, mesmo que nós não conheçamos. O desconhecido não é para o católico uma ameaça. Para isso, nós precisamos de duas coisas: SERMOS CORAJOSOS E CONFIANTES.

            Uma coisa muito importante para nós pais nestes tempos modernos é: Não protegermos nossos filhos do mundo, mas tornarmos nossos filhos corajosos para enfrentarem o mundo! Não vamos fazer do mundo um lugar seguro, mas temos que fazer nossos filhos mais fortes e corajosos para enfrentar o mundo, que não é um lugar seguro.

            Deus fez a mesma coisa por nós. Ele criou este mundo bom mas não inquebrável. O mundo se tornou corrompido e inseguro. Não podendo mais fazer este mundo seguro, nos fez mais corajosos , fortes e destemidos.  A Bíblia inteira é cheia de exemplo de pessoas corajosas, destemidas que ouviram a Voz de Deus e foram à luta. Dentre todas estas figuras, alguém muito especial ouviu o chamado e se pôs em ação, Maria a Virgem Santíssima. Pense Maria ouvindo o Anjo. A pergunta que ela faz :- Como isso se dará? O Anjo explica: – O Espirito de Deus virá sobre você  e você conceberá e dará a luz a um filho e será chamado Jesus. Maria simplesmente se coloca a serviço do Pai e da história de Salvação. FIAT, faça-se em mim conforme a Vossa Vontade! Maria é uma mulher cheia de coragem, cheia de confiança em Deus. Mesmo sabendo de tudo o que iria acontecer com Ela, jamais temeu! Maria não agiu com um de nós que iria perguntar tudo que iria acontecer, para responder. Ela simplesmente disse SIM! Isso foi o suficiente. Ela não se perturbava com o desconhecido porque ela era corajosa e confiante (  do grego com fé).

            Hoje Jesus diz: – Eu sou o BOM PASTOR! Eu conheço as minhas ovelhas e elas me conhecem, elas ouvem a minha voz e me seguem! Será que eu e você ouvimos a voz do Pastor todos os dias e fazemos o que Ele está nos pedindo? Quantas vezes nós caímos nesta armadilha de querer saber para ter segurança e Deus está nos chamando para caminharmos com confiança mesmo naquilo que não conhecemos bem ou nada.

            Cristão não precisa saber onde eu te colocarei diz o Senhor, mas Eu estarei contigo até o fim e isso é o suficiente!

            Deus nos deu a voz pela Igreja e pela Palavra, Ele já falou muito para nós sabermos o que fazer e ainda ficamos ansiosos para saber. A gente pode não saber o que virá mas nós podemos saber o que acontece agora!

            Nós não precisamos saber o que vai acontecer mas entender o que acontece agora. Muitos querem saber o que virá para certamente estragar tudo. Nós frequentemente tomamos a decisão errada e falhamos. Imagine se soubesse o que iria acontecer, iríamos falhar ainda mais.

            Na vida de discernimento ouvimos histórias sobre jovens que são chamados para vida consagrada. Certa vez um jovem universitário após muitas orações, retiros, direções e discernimentos entrou para a Vida Consagrada. Algum tempo discerniu através de orações, direções e retiros  que ali não era o seu lugar. Voltou a vida anterior e novamente veio uma crise muito séria sobre sua vida com  um não religioso. Ao final ele concluiu: – Senhor, mesmo eu não entendendo nada de qual caminho o Senhor quer para mim, eu vou seguir o caminho que o Senhor está traçando para mim agora, porque um dia eu vou chegar lá, onde o Senhor preparou para mim aquilo que é melhor para a minha vida! O mais importante não é o que na verdade eu serei, mas o que eu serei vocacionado e deveria exercer com um homem virtuoso e isso é o suficiente.

            Concluindo eu e você já sabemos o suficiente para viver bem e sabiamente AQUI E AGORA! Que possamos ser corajosos neste mundo tenebroso e confiantes, neste mundo Inseguro, pois temos um Bom Pastor! Cabe a nós não ficarmos longe para sempre podermos ouvir a Sua Voz!

           

Oração: Abbá Pai. O Senhor é o meu Pastor não me falta coisa alguma. Senhor como Pai, um Pai zeloso, sabes muito bem quantas vezes eu te abandono, fico longe passando a não ouvir a Sua voz! Eu sei também que o Senhor sempre fala baixo, para que eu possa ouvi-lo sempre em silêncio. Senhor, pelos braços de Maria que eu seja sempre reconduzido a sua presença como uma ovelha ao Seu Redil. Jesus acalma minha alma, retira de mim toda Ansiedade e todo o desejo de saber todas as coisas, faça-me corajoso e confiante na Sua Palavra que nunca falha e nunca tarda. Batiza-me com Seu Santo Espírito, faça-se em mim nova todas as coisas. Derrama sobre nós a Sua Infinita Misericórdia! Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *