Nesta semana gostaria de conversar com vocês a respeito do quão importante para cada um de nós ter a percepção do que  significa sermos Ramos desta grande Videira que é Jesus. O agricultor é o Senhor e a cada um nós é confiado darmos frutos e frutos bons. Não conseguiremos dar estes frutos se não for pela Graça do Senhor, o grande Agricultor.

            Uma história que ilustra bem tudo isso começa nos anos 50. Naquela época surgem duas super promessas do basquetebol, Jack  Twyman nascido e crescido em Pittsburgh que passou pelos mesmos problemas de Michael Jordan no ensino fundamental, quando foi cortado do time. Mas já no Ensino Médio se tornaria um fenômeno. Logo seria contratado para Cincinatti e iria se juntar a Maurice Stokes, outra lenda. Eles foram os recordistas de arremessos de três pontos, rebotes enfim diretamente para o Hall of Fame dos grandes de todos os tempos no basquete. No final 1958 no jogo final da temporada normal, Maurice Stokes sobe em uma jogada e se desequilibra caindo de cabeça no chão. Ele se recupera e continua no jogo. Porém, no jogo de volta em Minneapolis Maurice  se torna extremamente violento e internado.   Pouco tempo depois  ficaria paralisado com  apenas os reflexos superiores preservados, como o  piscar. Ele passara a se comunicar apenas pelos olhos, pelas piscadas. Hoje  sabemos que ele sofreu de Concussão( Encefalopatia pós trauma esportivo). Jack seu grande amigo e companheiro assume o cuidado de seu amigo, pois a família de Maurice não tinha condições. Naquela época NBA não era como agora, os jogadores tinham uma  segunda profissão para se sustentarem. Jack era vendedor, era casado e tinha filhos. Mesmo assim ele cuidou de Maurice, claro que abriu uma fundação para receber as doações  e assim poderia arcar com as despesas de Maurice. Também ele desenvolveu um sistema de letras que Maurice pudesse através dos olhos piscar na palavra certa e assim se comunicar. Durante os restantes doze anos de Maurice , Jack não somente se tornou seu tutor mas o visitava e cuidava de tudo, inclusive seu funeral. Certa vez perguntado em uma entrevista Jack respondeu: – Alguma coisa deveria ter sido feita, ninguém estava lá para fazer, exceção da minha pessoa. Eu estava lá.

            Olhando para tudo isso nos perguntamos se Jack está sobrecarregado com tudo isso, ou mesmo Maurice estava esgotado por tudo aquilo que ele passou. Contudo algo maior os guiava nesta jornada, que não os fazia se sentir esgotados com tudo isso. O que nos faz ficar esgotado em muitas situações tal como esta é :- Ansiedade.

            Muitos de nós neste momento estamos vivendo a ansiedade de ter que dar conta de muitas coisas. Hoje aprendemos no Evangelho que o Proprietário da Vinha convoca vinhateiros para sua vinha. Ele então dá ordens para os encarregados para tudo que era necessário ser feito. Dá todas as condições técnicas para  cuidar desta vinha, fazer crescer e colher os frutos. Quantas coisas nós hoje temos que fazer e quantas coisas nos faz sentirmos ansiosos. Imagine nós Cristãos, quantas responsabilidades temos para darmos frutos e como é fácil ficarmos ansiosos.

            Ansiedade nunca diz respeito ao presente. Sempre está ligado ao Futuro imprevisível e ao Imutável passado.

            Ansiedade não contribui nada com este momento e pior nos rouba deste presente. Todas as pessoas ansiosas guardam sentimentos de raiva, ressentimentos ,  ira e ódio, não estão experimentando nada negativo ligados ao presente, mas ao futuro e ao passado.        

            São Paulo em suas cartas aos Filipenses ele diz que eles não deveriam em momento algum ficar ansiosos. Ele escreve esta carta da prisão. Mas ele insistia não fiquem ansiosos. Ele sabia bem do que estava falando mesmo na situação mais difícil da vida.

            Muitos de nós vivemos este E SE, ansiedade é muito E SE. Coisas no futuro, se eu vou ou ser operado, se eu vou ou não obter este emprego, este concurso. Ansiedade é isso.  Nós somos máquinas de produzir ansiedade. Exemplo simples é um jovem que convida uma amiga para sair ou para ir a baile de formatura. Quanta ansiedade isso provoca, se a menina vai ou não aceitar. Mas raramente pensamos E se ela disser sim! Seria tão bom. Mas não, ficamos presos a ansiedade e as consequências de estar no futuro sofrendo e preocupando ( sofrer antes ).

            Muitas vezes pedimos algo a Deus no futuro  e já vamos sofrendo com antecedência se Deus disser não, sofreremos, e se Deus dizer sim ficaremos muito empolgados, sim das duas formas a ansiedade nos consome. Nós de alguma forma sofremos.

            Outras vezes ficamos presos ao passado. E se não tivéssemos avançado a velocidade, e se tivéssemos escolhido outra carreira, e se, e se…

            Um pesquisa da Universidade do Texas ( Austin), demonstraram com as imagens do passado e as histórias do passado sem serem finalizadas trazem tanto mal a saúde. Pessoas que não conseguem se libertar das amarras do passado, vivendo a ansiedade do E SE, acabam por andar em ciclos e não progredirem na vida. Isso São Paulo está nos ensinando hoje. Saibam fechar os ciclos das suas vidas. Quando alguém junto de nós morre, precisamos como Cristãos fechar este ciclo. Deixar a pessoa ir. Não há mais nada a fazer com este passado. Outra questão que muitos acabam ficando presos, são relacionamentos que se romperam e o quanto isso traz de doença a estas pessoas que não fecham este tipo de ciclo. Fica sempre a poeira do E SE, de alimentar de falsas esperanças que a outra pessoa irá voltar, que tudo será como antes. O passado precisa ir como as águas que correm por debaixo da ponte e tem seu caminho. Jamais retornarão.

            Quando sabemos escrever todas estas coisas e reconciliar com todas estas coisas, vamos dando nomes as coisas e elas vão perdendo a força em nós, a isso se chama em Psicologia de Redução. Precisamos escrever, descrever todas emoções e sentimentos que isso nos causou, e ver que chegamos onde estamos devido a tudo que nos aconteceu. Que bom, podermos enxergar com Sabedoria tudo isso, e crescer com isso. Não mais E SE. A Psicologia nos ensina que nosso cérebro muitas vezes vê o fogo e nos diz não vá ao fogo. Mas a Sabedoria nos ensina a dominar o fogo. E assim sermos donos do nosso interior.

            São Paulo diz que não devemos ter ansiedade. Mas faça em todo tempo entregar sua vida ao Senhor, em  ação de graças ao Senhor  e confiar totalmente em Cristo! Colocamos Jesus em tudo no passado, no presente e no futuro! Seu coração estará assim totalmente no Alto! Que Jesus reine em toda sua vida!

            Quanto recebemos todas as funções do Senhor da Vinha no nosso dia a dia, não devemos ter comportamento de Ansiedade, por que? Porque nós não somos o Dono da Vinha, A Vinha é do Senhor! Portanto seja o que fizermos, se fizermos com Cristo nosso dia todo, ao final de tudo entregando tudo para Ele, por Ele e  com Ele, nada nos causará Ansiedade. Quem está em Jesus não deve temer os perigos da Ansiedade, pois diz o Salmista: – Não teme receber notícias más pois nas mãos do Senhor seu coração está tranquilo( Salmo 111:7).

            No livro de 2Samuel 23:7 , vemos Sema que se arrisca atrás das linhas Inimigas dos Filisteus, dá de tudo de si, e realiza a sua Missão para o Rei Davi. Quantas pessoas hoje estão diante da notícia em meio a Gravidez de que a bebê que virá terá alguma anomalia, que irá falecer logo após nascer. Quantos podem pensar em interromper esta gravidez, mas muitos pais dirão sim a esta realidade e dar o tempo que Deus permitir para ter em seus braços como pais até o dia da partida. Por que? Porque sabem que esta vinha não é deles. Esta vinha é do Senhor!

            Jack Twyman, doze anos após dar o seu sim, viu seu amigo  Maurice ter um infarto e com 32 anos partir para o Senhor. Perguntado sobre ter sua vida tão próxima do amigo irmão, se não foi muito pesado para ele carregar esta cruz por tanto tempo. Jack respondeu prontamente: – Eu desejaria que fosse mais cinquenta anos. Quando nos prostramos na Presença do Senhor e nos rendemos ao seu comando, o Senhor da Vinha confia que nós cuidaremos bem da sua vinha até o fim. Entregar a vida para o Senhor da Vinha não somente entregar o passado irreversível ou ao futuro imprevisível , mas se colocar no Domínio e nos braços do Senhor, nas Asas do Senhor!

            Não importa o que ocorra em minha vida, o que ocorra em minha história, eu me rendo a ti Senhor da Vinha! Tudo o que tenho e sou, eu te ofereço.

            Padre Walter Shizek, ao se submeter à missão no território soviético foi preso e acusado de ser espião. Foi mandado para Sibéria para Gulogs e mesmo sendo um homem de uma força interior absurda e de uma saúde invejável como atleta, não conseguiu resistir as torturas diárias dos seus algozes e um dia assinou vários papéis renegando tudo em sua vida inclusive os seus votos em Jesus Cristo como Padre. Levado de volta para sua Solitária ali estava apenas ele e Deus. Neste momento ele pode experimentar uma das suas maiores experiências místicas com o Senhor, pois ele tinha se comportado como Pedro, mas Padre Walter não sabia é que até aquele momento ele tinha sido Padre para ele mesmo e não para a Vinha do Senhor. Ele experimentou a Misericórdia do Senhor quando ele menos merecia, e sentiu a parábola do filho pródigo ou do Pai Misericordioso em sua própria história. Naquele momento a Paz de Deus preencheu toda a sua cela e seu coração. Jesus dentro de sua cela mostra toda a sua vida e abre os seus olhos para sempre a profundidade do Amor de Deus!

            As coisas de Deus são simples, basta confiar. Nós é que complicamos tudo. A solução para nossa ansiedade demasiada é tomar consciência que a Vinha é do Senhor! Toda do Senhor e por isso nos rendamos toda as nossas ações ao Senhorio do Senhor!

           

            Oração: Abbá Pai. Senhor da Vinha, neste dia eu quero entregar todo os meus pensamentos, todo o meu passado e o meu futuro. Quero me render ao Seu Senhorio que vem e toma conta de tudo o que tenho e sou. Quero poder realizar dentro da sua Vinha todas as ações que o Senhor me incumbir. Diante de ti meu Deus eu entrego toda a minha história e todos os momentos em que eu quis agir por mim mesmo, agindo por minha própria conta, me afastando das sua ordens e me machucando e machucando os outros. Que a Sua Misericórdia venha sobre mim neste dia maravilhoso que o Senhor fez para nós!   Obrigado Senhor, Louvado Seja Seu Santo Nome! Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *