Dando continuidade a nossa série, qual é o plano, hoje falarei um pouco sobre algo muito peculiar que é fazer parte de um grupo. Por exemplo, quando você tem um irmão ou irmã mais velhos na escola e as pessoas te tratam, como se todos nós desta família fossemos iguais. Ou, ainda quando você é parte do time de algum esporte da escola e você fica conhecido como fulano do futebol, parecendo que são todos iguais.

            Hoje é o dia de Todos Santos, ou seja, todos são iguais. Mas uma correção, no meio desta nossa série o Plano é ser Santo, ok? Então, no meio deste mundo tenebroso somos chamados a ter um plano e cumprirmos para sermos Santos! Com a ajuda  de Deus, com Sua Graça , um dia, este dia será o meu e o seu dia!

            Quando olhamos para a vida dos Santos, pensamos que todos são iguais, mas não é assim. Eles vêm de várias culturas, nacionalidades, caminhadas, enfim, cada um tem sua história.  Eu gostaria de mencionar esta frase que tem ajudado a muitas pessoas, começando por mim: – Todo Santo tem seu Passado!

            São Pio de Pietrelcina ( Padre Pio), disse certa vez: No caminho da Santidade, do nosso Plano, lembre-se que com sua vida deve ser assim: – Seu Passado na Misericórdia de Deus, seu Presente na Graça de Deus e seu Futuro na Providência de Deus. Assim somos chamados a Santidade.

            São Paulo era um cara muito educado por um Doutor da Lei da sua época, Gamaliel. Por outro lado Pedro, pescador bem pouco educado, Madalena prostituta de luxo da época e por outro Nossa Senhor, virgem e Imaculada, de todos os lugares Deus os chamou e os reuniu na Comunhão dos Santos.

            São Tomás de Aquino que ao fazer seus votos foi posto a prova pelos próprios irmãos que contrataram uma prostituta para seduzi-lo, e para tristeza dos irmãos ela foi rejeitada. Por outro lado Santa Terezinha que não apenas se santificou tão cedo, morreu cedo e teve seus pais santificados e ainda mais três de sua família.

            Lembrem-se de Santa Catarina de Siena que em sua modéstia e um coração apaixonado por Jesus e cheio do Espirito Santo, trouxe de volta o Papa da época de Avignon ( França) para Roma. Analfabeta se tornou Doutora da Igreja e se comunicava em seu livro Diálogo que ninguém mais do que o PAI CELESTE.

            São Francisco Sales nosso formador de Santos, patrono desta séria, dizia: – Descubra sua identidade e Viva Bem!. Como Deus criou todas as árvores frutíferas para que em sua estação dessem frutos, Deus nos chama a dar muitos frutos de Santidade na Estação, que é a nossa passagem nesta vida a caminho do Céu. Não importando a sua classe social e sua profissão. Deus está te chamando hoje para dar frutos os quais foram plantados em seu coração.

            Todos os Santos tem uma coisa em comum: – Jesus e devoção a Maria! Todos tiveram a mesma coisa: – UM PLANO!  Este é o segredo. São Francisco Sales dizia que a vida de um homem no caminho da santidade requer ESTRATÉGIA! Isso poderia ser traduzido como REGRA DE VIDA!

            Ninguém gosta de regras para vida, a menos que elas sejam justas e justificáveis. Nós temos uma marca interior de querer sempre sermos rebeldes de alguma forma, e quebrar as regras, por isso a Obediência é uma virtude comum dos Santos e em alguns é totalmente inquebrável como Santa Miriam de Jesus Crucificado, ou Santa Mariam ou ainda a Pequena Árabe.

            Todos os jogos têm regras. O objetivo das regras é proteger os participantes.

            A regra precisa honrar os participantes. A Regra de vida não é restritiva, não é injusta, não é uma estradinha qualquer é uma autoestrada. Se você não tem uma regra para sua vida, você passa apenas a agir de forma apenas reativa! Pense nisso! Se você não tem limites, mapas, contornos, você se perde a cada dia, nós passamos a ser controlados pelas circunstâncias ou pelo ambiente. Daí eu não posso mais ser espontâneo, eu me torno escravo. Com um bom plano, com uma boa Regra eu tenho liberdade. Jesus  disse que se Ele não te libertar você não será realmente livre.

            Quando você desenha seu mapa, sua Regra, faça isso começando hoje, como alguém que se preocupa com você  e quer o seu bem. Não faça isso como um tirano, ou ditador, alguém que quer ser derrubado, mas pense nisso, neste tempo que vivemos, precisamos destes pilares  para não sucumbirmos. Para isso antes de desenhar e traçar o Mapa e a Regra de Vida, precisamos ter a certeza de que nos conhecemos bem, pois ao traçar esta regra teremos a certeza de que nós somos capazes de cumprir tudo isso porque conhecemos nossas fraquezas e fortalezas e temos a Graça ao nosso favor.

            Então começamos nossa séria perguntando quem nós éramos, depois de saber quem somos podemos cumprirmos o que somos BEM, depois fizemos a pergunta chave do Por que! E Agora a pergunta de hoje é ONDE nós estamos?

            O mapa pode estar todos certinho com todos os detalhes, mas se faltar um pedaço estratégico se torna inútil e este pedacinho é : – ONDE VOCÊ ESTÁ!

            Nós sabemos para onde estamos indo, para o céu, queremos ser santos! Mas onde estamos agora? Em todo este caminho onde estou agora? Quais são minhas batalhas e minhas forças? Eu não posso utilizar a Regra de Vida de outra pessoa, pois são as regras desta outra pessoa e não a minha! Nós estamos em diferentes posições no mapa. Hoje eu tenho caído em um certo pecado repetidamente? Hoje eu tenho tido um momento em meu dia para estar com o Senhor?

            O que tem acontecido na minha vida que tem me tirado de onde eu estou? Quanto das coisas da vida atuais tem me distraído. O que tem me impedido de ser quem eu sou e ser bem?

            Muito cuidado de quando estamos fazendo este exame sincero de consciência não cair na armadilha da Comparação e da Condenação! Não faça isso, não se compare ou se condene, apenas observe e aprenda!

            Para seguir adiante eu preciso APRENDER e seguir!

            Certo dia, alguém perguntou ao Monge o que eles faziam o dia todo no Mosteiro? O monge respondeu: – Nós caímos e nos levantamos, caímos e nos levantamos e estamos sempre lutando através da vida! Por isso precisamos do mapa e da regra, pois sabemos onde nossas fraquezas nos faz cair. E se estamos na Regra, levantamo-nos pelo cajado da Misericórdia de Deus! Santo é aquele que também cai, mas que levanta rápido pela Misericórdia de Deus!

            Santo é o pecador que não desiste nunca!

            Nós criamos nossos mapas e tomamos o cuidado para construirmos também as muretas de proteção, para que estejamos sempre dentro do perímetro da nossa segurança, lembre-se de que ao construir tudo isso, fazemos isso porque nos amamos e desejamos tudo de bom para nós. Pense também que onde você constrói muretas outras pessoas podem não precisar delas. Cada Regra e Mapa serve para cada individuo pelas características peculiares de cada um!

            Jesus hoje no Sermão da Montanha nos ensina qual o caminho da Felicidade ainda nesta vida terrena. Estas Palavras de Poder nos ensina como nosso mapa está apoiado e as muretas da nossa estrada. Quantas pessoas hoje estão sofrendo de algo que tira você do agora e aqui, claro as distrações mas também a procrastinação.

            Todos nós sabemos onde caímos e quais as circunstâncias que nos fazem cair! São nesses locais e nos devidos momentos que devemos construir nossas muretas para não cairmos no abismo de novo! Isso serve na minha vida pessoal, na vida conjugal, na vida profissional e na vida religiosa. Sim, vigiai e orai para não cair é estabelecer muretas onde o trajeto do nosso mapa apresenta perigos iminentes.

            Meu convite para esta semana é saber ONDE VOCÊ ESTÁ e estabelecer as muretas da sua vida, onde a fraquezas e as batalhas maiores.

            Vivendo assim, um dia celebraremos o seu dia HOJE!

 

 

Oração: Abbá Pai. Hoje dia de todos os Santos. Eu desejo ser Santo Senhor. Ou Santos ou nada. Preciso hoje, com sua ajuda identificar ONDE ESTOU e quais são as áreas minha vida que precisam de ser construídas muretas de proteção para que não venha a cair no abismo. Sim Senhor, dai-me a Graça cada vez mais do Autoconhecimento e da força para combater o que há em mim que precisa ser reconhecido para ser combatido, sabendo que mesmo assim ainda irei ter quedas, mas confiando na sua Misericórdia eu me reerguirei até o fim!   Obrigado Senhor, Louvado Seja Seu Santo Nome! Amém.