Este Video eu trago para vocês informações de qualidade sobre mitos e verdades com relação a uma possivel segunda onda que estaria acontecendo do outro lado do mundo e como evitar. Saiba mais, clique e entre no meu canal, se inscreva deixe seu like..

 

 

 

Quando especialistas em Saúde Pública se reúnem nos Estados Unidos nestes dias e olham para a situação do Isolamento, uma questão muito importante vem a tona: – O que seria melhor para o país neste momento? Dr. David Katz renomado profissional e professor da Faculdade Albert Einstein levanta alguns pontos muitos oportunos para este tempo:

–          Em primeiro lugar: – Nós não podemos continuar num isolamento social nesta fase da doença. Isolar todo mundo é uma estratégia para a fase 1 ou seja a fase do contágio, e é uma medida de mitigação. A preocupação do:- Quantos irão morrer agora e depois?

 Sinto em dizer, mas serão os mesmos, pois se não morrerem agora, certamente irão morrer depois, quando se soltar a população e a epidemia irá se manifestar do mesmo jeito, pessoas irão se infectar e ninguém saberá e outras irão se infectar e todos saberão e outros irão se infectar e morrerão. Não há um cenário como, vamos salvar todo mundo até tudo isso irá passar . Sinto em dizer que ele estava falando dos Estados Unidos e não do Brasil que outras variáveis ainda se somam como politicas e econômicas e interesses em manter as pessoas trancafiadas, pois alguém no mundo disse que isso era o melhor. Este alguém era um órgão internacional que agora diz que o melhor modelo foi o da Suécia, e os suecos como bons Vikings não foram na onda dos chineses e muito mais da OMS. Bem não há solução sem mortes nesta situação, mas existe um caminho que pode sim minimizar as mortes, que é isolar corretamente as pessoas que são fatores de risco (segundo Dr. Katz) e liberar o restante para o trabalho.

–          Em segundo lugar, esta patologia tem uma taxa de infectividade alta, mas de letalidade abaixo de 1%.  A imensa maioria das pessoas passarão pela doença com sintomas leves. Sim, 98% das pessoas terão sintomas leves o restante terão sintomas e outros terão sintomas críticos e !% dos pacientes dos sintomáticos morrerão. Morrerão idosos, morrerão idosos com fator de risco e jovens ( não se assustem disse ele),porque morrerão jovens com fator de risco seja diabetes, seja obesidade, seja doença pulmonar, seja viciados em drogas, sejam aqueles tem o pulmão comprometidos por várias doenças e vícios e aqueles com estilo de vida muito ruim, porque isso é doença.

–          Terceiro lugar os trabalhos mostram e no último dia 28 saiu um artigo com mais de 2000pacientes que fizeram uso dos medicamentos do protocolo francês com um resultado semelhante ao protocolo de Marseille comprovando a eficácia do tratamento que deve ser instituído no inicio dos sintomas, internado e monitorado (Hidroxicloroquina, Azitromicina e Zinco).

–          Quarto lugar, você que ainda está isolado, se alimente bem e saudável, faça exercícios, durma bem e mantenha sua dosagem diária de Vitamina A, C e D. Não deixe de tomar sol. Quando estamos em casa por muito tempo as doenças cardíacas no atacam se ficarmos sedentários, nossa diabetes fica mais agressiva pois não estimulamos nossos receptores periféricos de insulina. Nosso DNA fica mais lentificado para lutarmos contras as doenças. Ficamos mais suscetíveis às doenças infecciosas. Faça tudo que possa ficar mais saudável. Comece por eliminar neste momento como medida de saúde mental ficar afastado da mídia apocalíptica com entrevistados que não representam a grande maioria dos estudiosos em Ciências Médicas de Verdade, não fique alienado, mas se alimente de notícias verdadeiras.

            Nossos governantes tiveram tempo suficiente para organizar seus sistemas públicos de campanha e adquirir medicamentos para o enfrentamento que já provaram ser os eficazes. Não deixe ser corrompido por noticias apocalípticas como e se o respirador for para você e não tiver. Precisamos sair e viver os dias que estamos sendo privados e ao mesmo tempo deixando na mão de gente que jamais demonstrou confiança quando o assunto era saúde pública. Cada um faça a sua parte para que juntos possamos construir uma cultura que demonstre quem somos e não o quanto copiamos de outros que sempre quiseram fazer deste grande país que é Brasil uma fonte de extração interminável. Que nós possamos fazer desta nossas ações modelos para o mundo, e a partir da COVID19 enfrentemos Dengue, Zika , tuberculose, AIDS e tantas outras doenças infectocontagiosas que diariamente ceifam a vida de muitos brasileiros e que ninguém noticia como deveria.

            Deixo aqui com vocês o site de registro correto para que antes que as emissoras noticiem vocês tenham em mão aquilo que realmente importa: Quantos pacientes morrem de COVID por Milhão de habitantes( mesmo que o números não sejam tão confiáveis) mesmo assim demonstram que o Brasil está distante do que é catastrófico.       

https://www.statista.com/statistics/1104709/coronavirus-deaths-worldwide-per-million-inhabitants/

Pessoal vem comigo neste novo Video do meu canal, espero que todos possam curtir, se inscrever e deixar seu like. ASssunto quentissimo

Precisamos achatar a curva para voltarmos nossas vidas. Não deixe de usar a máscara nem que seja a que você faz de tecido. Não é o ideal mas funciona