capa do livro ecos do silencio

 

Todos nós dizemos coisas erradas. Nenhum ser humano diz o que deve ser dito todas as vezes. Em algum momento na nossa vida nós acabamos dizer uma coisa e arrepender logo em seguida. Viver é perigoso. Este mundo é perigoso. Este mundo não é seguro. Nós podemos viver no medo, ou escolher outra coisa, ou seja, escolher a voz do Senhor que diz: Não tenhais medo, por Ele mesmo ou pelos anjos, neste caso deste tempo, é Gabriel o Anjo que acalma os corações. Ele sempre diz isso e depois desaparece. Que interessante Deus dizendo que fiquemos calmos e depois some. Mas olhando para Maria e José os dois entenderam e disseram OK. Todos eles souberam que o queria dizer o anjo era: Eu estarei contigo até o fim. Deus não fica descrevendo as incertezas Ele somente diz: Eu estou contigo. Nós católicos pensamos muitas vezes que se nós fizermos tudo certo, receberemos o que pedimos. Deus oferece a missão, o chamado, e Ele mesmo.

Lembre que Natal é a Epifania, Emanuel está conosco. Ele se oferece neste mundo perigoso. Além de se arriscar neste mundo Ele simplesmente como Mateus descreve a Genealogia de Jesus, mostrando todo o tipo de gente que a própria Bíblia já havia descrito as histórias das pessoas que seriam seus ancestrais, incluindo prostitutas, e outras famílias defeituosas. Lembre da história de Judah, e Teimar. São os avós de Davi, o grande Rei. Deus não tem vergonha de sua descendência. Mateus sabia que Deus entra nas nossas vidas, que não fica em posição de conforto, Ele se arrisca e vem em nossas famílias defeituosas. A vida de um Cristão é um risco.

Deus que vem neste Natal, Ele se arrisca não somente na Manjedoura mas na Cruz, onde Ele é o Redentor de todo o mundo, mesmo os ateus, se eles aceitarão é outra coisa. Mas a Salvação veio para todos.

Nós precisamos estar prontos todos os dias para lutar, para combater. Não pense em viver uma vida cristã sem risco. Pense em alguém vivendo na China, Shen, de Foujan , lugar completamente Ilegal ser católico. As Missas na China até hoje são quase que domiciliares e proibidas. Fechadas. Um dia Sr. Shen estava abrindo sua casa pela Missa, quando os oficiais chegaram, após todos terem partido, e levaram este homem preso. Totalmente nu e sendo torturado por dias para que entregasse todos os Padres da região. Chegando ao limite de suas forças ele não traiu Jesus e se manteve forte até o fim.

Após liberado tempo depois foi para os Estados Unidos. Chega nos EUA onde tem Missas diárias e ele poderia participar da Missa todos os dias. Mas ao mesmo tempo ele encontrou o outro deus dos americanos. O Dinheiro, se trabalhar muito fará muito dinheiro.  E pela ganância de mais e mais dinheiro, em dois anos não iria mais a Missa dominical nem mesmo no Natal. Um homem que suportou tortura e manteve a fé, mas quando chegou nos EUA, ele deixou de se arriscar, e o mundo tomou conta de sua vida. Ser cristão nos Estados Unidos e aqui no Brasil é  necessária  muita luta para que continue Católico, para que vença as seduções que são muito maiores que as piores torturas da China.  Mas que noticia boa, que aqueles que perseverarem no Nome do Senhor será salvo. Então oremos neste tempo de Natal, pela Igreja Perseguida, Pela Igreja militante, Pela Igreja que sofre, por todos nós e pelo Clero.

Na certeza de que Jesus disse: Eu estarei sempre convosco até fim, renovado em cada Eucaristia até a vinda Final do Senhor Jesus.