Para uma profunda meditação neste tempo fecundo, iniciaremos por assim dizer, que Este mundo não é perfeito. Nós não somos perfeitos. Porém imperfeito não significa não ser AMADO!

Quantas pessoas estão por aí de mal humor. Quando perguntamos , eles sempre dizem nada não. Mas alguma está errada. A resposta pronta é nada não, ou uma distração, eu vou ver e te falo.

            O que as pessoas estão fazendo com  este algo errado que está rolando e ninguém sabe o que é? Quantos  por aí e nós mesmos nos distraindo com mídia social, com Netflix, Amazon Prime, HBO Go ou canais de entretenimento de mil maneiras… Enfim, estamos vivendo um tempo em que as pessoas não querem o silêncio, pois não querem olhar para si mesmos.  Colegas de quarto, quando um está tentando silenciar, vem o outro com telefone até tarde da noite, emitindo luz ou som. Casais que depois de tanto tempo que passavam este momento juntos em paz, pequenos diálogos e até  silêncio, agora iluminam seus quartos com os telefones e Instagram, facebook, WhatsApp, series, filmes e por aí vai. Ninguém quer admitir que há algo de errado. Alguma coisa está rompida no mundo.

            Um exemplo interessante é quando começamos a deixar nossos filhos no Ensino Médio, e eles insistem em ficar uma quadra antes. Eles não querem que os amigos saibam que eles tem um pai e uma mãe. Isto não é insano? Isto não é estranho?

            Eu não quero se associado as  pessoas que mais me conhecem , ou ainda que mais me amam! E todo mundo está achando que isso é normal! Porque  estamos tão rompidos, tão desfeitos? Estamos vivendo num mundo onde tudo está se desfazendo. Então desfeito é normal hoje em dia. Quando perguntamos o que está de errado para nossos filhos ou amigos, e a reposta é: -Nada de errado comigo. Eu estou perfeito do jeito que eu sou ou estou agora. Será realmente?  Você tem passado algum tempo consigo mesmo? Mais do que cinco minutos?  E é verdade. Dez minutos  e rapidamente sabemos que nada está normal.

            Sabem o porquê de nada está ok? Para nós cristãos. Deus não fez nada disso como está hoje. No princípio, tudo era bom e perfeito! Nós pertencemos a este ambiente feito para nós, perfeito em tudo, e não é o que estamos vivendo agora. Todas as árvores e a natureza eram para mim e para você.  Deus fez o Homem a Imagem e Semelhança Dele, completos. Porque então uma árvore que Deus criou seria inapropriada para o ser humano, a imagem e semelhança Dele consumir? Por que neste Amor perfeito entre tudo, e principalmente entre o Homem a Mulher e Deus havia esta árvore que poderia colocar tudo isso a perder?  Deus é Amor e no fez por amor! O Amor em sua essência  necessita da possibilidade da Rejeição! Todo o resto existia para servir o homem a mulher, e o Amor recomendou que não se provasse do único fruto, da única árvore que Ele ordenou que não tocassem. Deus não criou a morte  e nem desejou que tivéssemos desfeito a Aliança. Ele fez tudo bom! Contudo através do tentador a mulher e depois o homem comeram do fruto da soberba, de querer ser Deus, como Deus! Deus tinha ciúme dos seus, pois Ele queria os guardar. E o tentador desde o princípio, teve inveja do ser humano. Inveja, quer dizer eu não quero que você tenha tudo isso. Mais do que não ter, ele não queria que o outro tivesse, isso é inveja.  Com sua inveja, o Mal vai atrás de Eva. Ele faz a pergunta ao contrário. Ele disse: – É verdade que você pode comer o fruto de todas árvores menos desta? Isso se chama redução. Tira a atenção de tudo aquilo que eles tinham e foca no que Eles não tinham. E vai adiante, Deus não quer que você coma desta árvore pois se comerem terão toda a ciência do bem e do mal, serão como Deus! Deus não quer que você sejam como Ele! Eva esqueceu que Ela assim como Adão, já eram  a Imagem e Semelhança de Deus. Ela já era, por isso veio a mentira do tentador(o pai da mentira) e Ela não entendeu. A segunda tragédia disso, é que o tentador fez eles acreditarem que Deus não os amava.

            Quanto de nós hoje podemos acreditar em Deus, achar que Ele bom, mas não acreditar que Deus nos AMA! A maioria de nós crê que Deus nos tolera, que Ele é bom mas que não nos ama. Com Eva, ao não acreditar que Deus a amava, criou este rompimento, tudo estava Desfeito! Eis o momento da entrada do pecado no mundo. Este estado contínuo de imperfeição e instabilidade em que nos encontramos hoje. Esta escolha quebrou e rompeu o mundo. Desde então nós vivemos neste ato de ruptura. Tudo foi desfeito. Algo que falta no mundo e no nosso coração. Esta ferida é fruto deste ato desfeito. Pois então eu não sou o que eu deveria ser. Como vivemos fingindo que está tudo bem, diante das pessoas, porém nós temos a certeza que há algo desfeito dentro no nosso coração, dentro da nossa estima.

            Chesterton é um dos meu super-heróis. Ele viveu muito de sua vida como Ateu. O mundo estava desabando em seu tempo, devastado pela primeira grande Guerra, havia  morte por todo lado. Ele escreveu sobre: – O que há de errado com o mundo? Ele respondeu com uma carta: – Caros senhores, o que há de errado com o mundo começa comigo! E assinou a Carta que o eternizou!

            Chesterton se conhecia o suficientemente para assumir seus erros e suas misérias. Quanto menos tentamos ser o que não somos, melhor entendemos tudo isso. Isso é exemplificado pelo homem que entra pela porta da maternidade onde seu bisneto acabava de nascer, e ao vê-lo se enfureceu, rejeitou,  pois aquele bebê feito para ser amado teria a vida toda pela frente e ele não teria mais pois estava morrendo. Quão invejosos, arrogantes, cruéis podemos ser para com os que deveríamos amar. Não é o mundo que está errado, sou EU! Eu preciso de um Salvador! Sem Deus, eu sou apenas algo que será pó! Eu não sou nem de perto quem eu deveria ser, não sou perfeito, mas eu poderei ser , se entender que eu sou AMADO, por um Deus eterno, que se importa comigo!

            Porque Jesus se deixou ser tentado nas maiores situações que todos nós fomos, somos e seremos? – Pois onde tudo foi desfeito Ele reconstruiu, tomou sobre si nossas misérias e imperfeições.

            No Primeiro Domingo da Quaresma a Palavra de Deus vem unir estas Escrituras entre o Gênesis 2:7-9; 3:1-7 e Mateus 4:1-11. O que foi desfeito pela transgressão de Adão e Eva induzido por Satanás, Jesus vem refazer e mostrar concretamente que com Ele podemos vencer todas as maiores tentações que nos atingir, pois para Deus nada é impossível!

            Jesus após ter sido batizado no Rio Jordão é conduzido pelo Espirito Santo para o Deserto onde permaneceu por 40 dias sendo tentado por Satanás. Do ponto de vista teológico as três grandes tentações de Jesus Cristo no Deserto representam as três tentações que  fez o povo Hebreu cair, nos 40 anos no Deserto!  Eles  haviam se  queixado contra Deus, em situações de fome, os israelitas no deserto se sentiram abandonados por Deus, e Jesus responde, nem só de pão vive o homem, mas de toda Palavra que sai da boca de Deus, porque Ele nos Ama! A segunda tentação no Pináculo do Templo  desafia a confiança em Deus, sugerindo a queda para o anjos virem apanhá-lo, E Jesus responde: – Não tentarás o Senhor teu Deus! E por último a Idolatria, os Israelitas tentaram contra Deus ao construírem o Bezerro de Ouro e Jesus responderá eu Confio no meu Pai: – Adorarás o Senhor teu Deus e somente diante Dele te prostrarás! E o tentador se afastou e os Anjos se aproximaram para O Servir!

            Jesus refez tudo o que foi desfeito! Enquanto o tentador não se importava em ter mas que homem e mulher não tivessem. Jesus na Cruz vai dizer: – Ainda hoje estarás comigo no Paraiso. Que eu não perca nenhum dos meus !

           

           

Oração: Abbá Pai. Hoje eu quero te pedir, venha em mim refazendo tudo o que foi se desfazendo ao longo de toda a minha vida. Senhor, só tu podes me tocar com este Amor que vai  me curando e cicatrizando feridas que muitas vezes eu já tinha desistido de ter algum alento, quanto mais uma cura! Sim, Senhor lava toda a iniquidade que habita em mim! Jesus eu quero ser todo seu Senhor! Faz-me fiel no Teu Amor! Amém