Muitos só conhecem a fama de santo casamenteiro de Santo Antônio de Pádua. Na verdade, Santo Antônio é chamado “doutor do Evangelho”, pela grandeza com que soube pregá-lo. Soube unir muito bem a sua cultura teológica, filosófica e científica.

Quando entrou no convento foi incumbido das humildes funções de cozinheiro e viveu na obscuridade até que os seus superiores, percebendo seus extraordinários dons de pregador, enviaram-no pela Itália e pela França, a fim de pregar nos lugares onde a heresia dos Albigenses e Valdenses era mais forte. Até São Francisco de Assis o chamava informalmente de “o meu bispo”. More »

Santo Ambrósio é o símbolo da Igreja renascente após os sofridos anos de vida escondida e das perseguições romanas.

Por meio dele a Igreja de Roma tratou sem servilismo com o poder público. Foram as suas qualidades pessoais que impuseram o bispo de Milão à devota atenção de todos. Sua atividade diária era dirigida antes de tudo à orientação da própria comunidade, e ele cumpria as suas tarefas pastorais dirigindo ao seu povo mais de uma homilia por semana. More »

Muitos são os devotos de Santo Antônio, mas que não o conhecem com profundidade. Nós devemos reconhecê-lo não só por sua fama de “casamenteiro”, mas por tudo aquilo que viveu e construiu em prol do Reino de Deus em seus 35 anos vividos nesta terra. Santo Antônio foi proclamado doutor da Igreja, pelo Papa Gregório IX (1227-1240), e por ele chamado de “Mestre do Evangelho”, tendo pregado inclusive para esse Papa. More »

10 Pensamentos de Santo Afonso de Ligório, Doutor da Igreja, fundador da Congregação dos Padres Redentoristas:

1. Se estivermos unidos à vontade divina em todas as tributações, é certo, vamos nos tornar santos e seremos os mais felizes do mundo. More »

agostinho1. “Queima, Senhor, corte neste mundo, contanto que me poupes na vida eterna”.

2. “Deus quer destruir em ti o que tu mesmo fizeste e pôr a salvo em ti o que Ele fez”.

3. “Provados pela mesma desgraça, os maus odeiam a Deus e blasfemam enquanto os bons rezam e louvam. A diferença não está na desgraça sofrida, mas na qualidade de quem a sofre”. More »