falsoNo final do século XIX, mas principalmente início do século XX, começaram a surgir vários filósofos com teorias que negavam, e negam, completamente toda a filosofia que o mundo ensinava e, graças a Deus, em muitos lugares continuam ensinando. Essa “nova” filosofia prega que a verdade é relativa: depende de quem pensa. Olhem que loucura! Dessa “nova” filosofia surgiu a liberação sexual, Woodstok, o feminismo e tantas outras coisas com o objetivo principal de relativizar relacionamentos, sentimentos e, como fim, acabar com a família!

Niestche, um desses filósofos, chegou a escrever que “Deus está morto“, numa tentativa de dizer que Deus é coisa antiga e não vale mais hoje em dia…

Bem, irmãos, naquela época, assim como hoje, os cristãos foram e são atacados ABSURDAMENTE por todo mundo. Da metade do século XX pra cá, os cristãos, além de perseguidos, têm sido mortos! Sabe o que é mais impressionante, o número de sacerdotes vem aumentando e o de cristãos também, apesar de tudo isso. Sabe por quê? Porque desde o século I quanto mais cristãos morriam, quanto mais éramos perseguidos, mais aumentava nossa fé e os seguidores de Cristo. Da mesma forma hoje em dia. O que de melhor pode-se fazer para a semente é matá-la, pois assim, ela gera frutos. E assim tem sido hoje em dia também: quanto mais se perseguem os cristãos, mais nossa fé é aumentada.
Perseveremos em nossa fé, com a filosofia que nossa Igreja nos ensina que SIM É SIM e NÃO É NÃO. Não existe esse tipo de filosofia relativista que estão tentando nos empurrar pela goela, através das nossas universidades, meios de comunicação e mídias sociais.
Sejamos fortes e firmes na fé!

Junior Alves / Auckland-Nova Zelândia

Cantor, compositor, músico e palestrante

Comments closed.