O problema do celular é o exagero que nos torna desconectados nos relacionamentos

– Amor, você ouviu o que eu disse?
– Anh?
– O que você acha sobre isso?
– Uhun…
– Uhun o quê, amor? Você entendeu?
– Peraí amor, só preciso responder umas mensagens aqui…

Como o celular pode desconectar o seu relacionamento
Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

WhatsApp, Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat são parte das inúmeras ferramentas que possibilitam encontros virtuais entre as pessoas por meio do celular. Elas facilitam muito a vida, são usadas até no trabalho, atualizam-nos sobre o cotidiano de quem não vemos todo dia, reaproxima quem passou pela nossa infância, quem tem as mesmas necessidades que nós, enfim, muitas possibilidades de relação aparecem nessa vida conectada. Contudo, em que medida temos nos refugiado nessas conexões virtuais e nos desligado das pessoas que convivem conosco?

A realidade sem wi-fi nem sempre é tão maravilhosa e deslumbrante como as pessoas postam freneticamente nessas mídias sociais virtuais, mas é a realidade na qual se vive e é onde Deus nos plantou para que florescêssemos. E não é justo que nós negligenciemos nossos relacionamentos com quem está ao nosso lado, à espera da resposta no “zapzap”, do comentário naquela foto ou forjando um cenário para o próximo selfie.

Quer estragar um momento romântico, divertido e espontâneo? Pare tudo o que está fazendo e prepare a cena para a foto, montada para que apareçam no melhor ângulo. E repita isso várias vezes, a cada paisagem. Lá se foram minutos preciosos da viagem, do almoço e do passeio. Do que a gente estava falando mesmo? Nem importa, afinal, a foto já teve dezenas de curtidas! Ou ignore completamente quem está a sua volta, porque, afinal, você precisa se manifestar, agora, na internet, sobre esse tema que está todo mundo comentando, e comentar também, nem que seja um KKKKK, mesmo que discorde da situação, só para se mostrar engajado.

Eu não sou contra tecnologia, de jeito nenhum, sou casada com um esposo que trabalha nessa área, e lá em casa a gente está em todas essas redes e muito mais, mas me preocupa a dose diária de virtualidade que a vida vem adquirindo. Quando se percebe, é muito natural deixar as pessoas falando sozinhas enquanto você fita a tela do celular. “Desculpa, pode repetir? Eu não estava prestando atenção…”

Será que não estamos preterindo quem está ao nosso lado em busca de um ativismo virtual? Há famílias na qual todos os membros se comunicam pelo WhatsApp. Bacana, desde que isso não substitua a convivência fraterna dessas pessoas, o carinho mútuo, o amor, o afeto, o cuidado e também o compartilhamento ao vivo de tristezas, dores e dificuldades. Para provocar uma guerra, basta esquecer o carregador do celular.

Minha gente, vivemos bem sem isso, não é? Não precisamos nos fazer escravos do mundo conectado!

Eu já fiz um teste e recomendo: passe um dia completamente desconectado. Inicialmente, parecerá uma tortura, mas, ao fim do dia, você perceberá o quanto pôde cuidar das pessoas e das situações que estavam ao seu lado no dia a dia. Depois, teste ficar dois ou três dias, talvez até uma semana longe das redes virtuais. Você verá como seu tempo foi empregado em observar e agir na realidade mais próxima a você.

Ao dar um tempo nesse ambiente conectado, você voltará a ele com mais senso crítico, menos afetado pelas opiniões extremadas, e poderá dosar mais o seu tempo on-line, para que tenha também tempo de qualidade desconectado. Já percebeu como os nossos sentimentos ficam mais aflorados e acalorados na internet? Nós nos sentimos até mais corajosos para nos manifestar, dizer o que bem queremos e entender os demais à nossa maneira, levando tudo ao pé da letra e a ferro e fogo, combatendo as opiniões contrárias como se estivéssemos em guerra, como se não houvesse amanhã e, muitas vezes, magoando quem está dentro e fora do mundo virtual.

Estar on-line não é problema, o problema é o exagero que nos faz escravos da conexão virtual, negligenciando nossos relacionamentos.

Se estiver difícil vencer essa escravidão em casa, desligue a internet e pratique a frase que um restaurante divulgou bastante nas redes sociais: “Não temos wi-fi. Conversem entre vocês”.

Mariella Silva de Oliveira Costa

Mineira , esposa, católica, feliz e amante de uma boa prosa. Jornalista, professora universitária, cientista em formação e servidora pública, Mariella é graduada na Universidade Federal de Viçosa e especialista em jornalismo científico (Unicamp), mestre em ciências médicas (Unicamp) e doutoranda em saúde coletiva na Universidade de Brasília. Participa da Renovação Carismática Católica, desde 1998, onde serviu especialmente no Ministério Universidades Renovadas e no Ministério de Comunicação Social. Contato: mariellajornalista@gmail.com Twitter: @_mari_ella_

 

11037768_820180611396429_7763028901925910661_oInformações: (84) 3201-1689

 

” Logo depois, Jesus foi a uma cidade chamada Naim, e com ele iam os seus discípulos e uma grande multidão. Ao se aproximar da porta da cidade, estava saindo o enterro do filho único de uma viúva; e uma grande multidão da cidade estava com ela. Ao vê-la, o Senhor se compadeceu dela e disse: “Não chore”. Depois, aproximou-se e tocou no caixão, e os que o carregavam pararam. Jesus disse: “Jovem, eu digo, levante-se!” O jovem sentou-se e começou a conversar, e Jesus o entregou à sua mãe.Todos ficaram cheios de temor e louvavam a Deus. “Um grande profeta se levantou dentre nós”, diziam eles. “Deus interveio em favor do seu povo.” (Lucas 7,11-16)

A CURA E UM JOVEM LUNÁTICO - young lunaticJesus chega no momento certo, mo momento em que o corpo está saindo. Nem antes nem depois, mas na hora exata. Ele não se atrasa. Chega a tempo. Ele entra pela porta da qual o corpo está saindo. Isto é uma prova de que Jesus está no lugar certo e na hora certa para mudar tudo. Converter, gerar metanoia. Cada um de nós tem uma “Naim”, um lugar e um tempo de encontro com Ele. Aquela mulher não podia ver o milagre que estava à sua frente (Jesus), porque chorava muito. Os olhos molhados deixam a visão turva diante da realidade.

“Aproximando-se, tocou no caixão” (Lc 7,14). Nesse momento Jesus muda tudo. Ao invés de tocar no morto e realizar o milagre a partir do nada, Ele toca no caixão, na maca. Isso significa que Jesus, além de perdoar o pecado, quer também tocar na profundeza do nosso ser. Tocar na raiz! Quer-nos livres.

Por isso ele ordenou ao jovem: “Levanta-te!” Era preciso que o jovem escutasse a voz de Jesus e desse uma resposta imediata! Jesus fazia a parte dele, mas o jovem deveria fazer a sua!

Mudando o mundo daquele jovem, Jesus mudou a direção de uma multidão!

Somos uma potência. Nascemos para dar certo! Nascemos para mudar!

Sem considerar o que vivemos hoje ou o nosso pecado, Jesus quer mudar nosso mundo, nossa história! Ele quer fazer desta hora uma hora de encontro!

Mas a decisão de mudar é nossa. Diante de uma vida de erros, não somos um erro! É preciso deixar as noias de lado! É preciso viver de metanoia, a mudança de direção, uma nova maneira de pensar! Há uma oportunidade de mudar tudo! E é agora! Jesus não se atrasou! Ele está aqui! Neste lugar, neste tempo, para tocar em nossa maca e dizer: “Levanta-te”.

Não importa o caminho que trilhamos até aqui, nem o número de quedas, o que importa é o tweet que está sendo enviado agora para nós: siga@jesuscristo.

Muitas conversões acontecem conosco! A cada tempo, a cada momento, é tempo de voltar! A música ” Tudo é do Pai”, da banda Dom, fala muito bem disso:

Eu pensei que podia viver por mim mesmo
Eu pensei que as coisas do mundo
Não iriam me derrubar

O orgulho tomou conta do meu ser
E o pecado devastou o meu viver

Fui embora, disse ao pai:
-dá-me o que é meu!
Dá-me a parte que me cabe da herança!
Fui pro mundo, gastei tudo, me restou só o pecado
E hoje eu sei que nada é meu
Tudo é do pai.

Tudo é do pai!
Toda honra e toda a glória,
É dele a vitória alcançada em minha vida.
Tudo é do pai!
Se sou fraco e pecador, bem mais forte é o meu senhor
Que me cura por amor!

Quantas vezes ficamos em nossas vontades, fechados em nosso orgulho mesquinho, pensando que somos bons demais. É ai que caímos. Deixamos o orgulho tomar conta. Querer viver a vida sem Deus é loucura, uma vez que só Ele nos dá a verdadeira alegria, o sentido de viver!

É preciso ter coragem de recomeçar sempre. Saber que somos fracos e que bem mais forte é o Senhor. Receber o perdão exige uma absoluta aceitação, para assim permitir que Deus seja Deus e realize curas, restaurações e reparos. Se não quisermos fazer isso, só obteremos soluções parciais.

Devemos escolher a luz, mesmo quando há muita escuridão que nos assusta; optar pela vida, apesar da visibilidade das forças da morte; e eleger a verdade, mesmo estando rodeado de mentiras. SE EU MUDO, TUDO MUDA!

Texto extraído do livro:

 th (1)

Adquira o seu na nossa loja Canção Nova de Natal com 20% de desconto

Rua: Açu, 335 – Tirol – Natal/RN

Informações: (84) 3201-1689

Visite nossa loja e Boas compras!

Horario de funcionamento:Segunda à Sexta 08:00h às 18:00h / Sábado até 12:00h

10359502_795617280519429_6954628068401129813_n

Vem você também!

Rua: Açu, 335, Tirol (ao lado da Catedral Metropolitana)

Informação: (84) 3201-1689

^79CDCF19D3ADBF32435CAA1E674861FADB674FE50E4C3CAB8C^pimgpsh_fullsize_distrMais informações: (84) 3201-1689

 

10689964_699734226770295_5626118727794811722_n

Atenção juventude de Natal e região…
Quer viver um final de semana diferente com Deus???
Não perca a oportunidade… Esperamos por você!
Inscrições:https://docs.google.com/forms/d/1eE7OTcJZlVtEfFX1djDlhhENzw1mOUKWfuz2u_hgXXI/viewform?c=0&w=1&usp=mail_form_link
Informações:(84)3201-1690 ou jovenssaradosrn@cancaonova.com
@jovenssaradosrn #naExpectativa

Está chegando !!!
Nossa Vigília de Oração Jovens Sarados !
Queremos pedir que você traga uma vela , como também traga um lanche para ser partilhado ! Será um momento lindo de encontro e experiência de Deus!10447851_699424400138718_143660530178412718_n

É com muita alegria que queremos convidar você que é jovem para vir participar da Santa Missa celebrada pelo Padre Edimilson aqui na nossa Casa de Evangelização!
Será uma noite de muita graça e experiência de Deus!
Esperamos por você ! 10612892_697901690290989_1861019254904741713_n