Quando corações se derramam sinceramente diante de Deus, Sua manifestação surpreende. Foi essa a experiência vivida na Casa de Maria por jovens que estão entre o 3º e 5º ano de formação na Canção Nova, o Juniorato. O final de semana onde a Igreja celebrou as Solenidades do Sagrado Coração de Jesus e Imaculado Coração de Maria foi o escolhido por Deus para marcar o Retiro Anual de mais de 40 membros da Comunidade.

:: outras FOTOS deste retiro ::

“O Céu existe e eu toquei durante essa jornada. Deus muito nos amou! Vivemos um experiência única e tocamos na essência do carisma Canção Nova de uma maneira impressionante. No meu coração fica uma gratidão que não cabe dentro mim, um desejo de ser santa… No colo da Mãe, na ação do Espírito, todos entoamos um cântico novo, isso é Canção Nova!”, conta a pernanbucana Mauricéia Anunciada, que vive seu 4º ano na comunidade.

Em cada momento uma marca particular da presença de Deus!
No encerramento deste retiro, domingo 17 de junho,
surge um cântico novo [ OUÇA trecho ]

Reserve em sua vida um tempo especial para o Senhor.
Decida-se e procure as oportunidades, Ele abrirá as portas!

— — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — —
Comentários deste post
— — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — —

”Eu O conheço: Ele é Aquele que é!”

Hoje, assim como em outras inúmeras ocasiões, colho frutos do tempo que morei na casa de formação inicial da Canção Nova, em Queluz/SP. Frutos de um tempo intenso, e da promessa de Deus para a turma que fez o discipulado na casa, em 2010: “por onde passares, frutificarás!” (Som do Céu)… eu tomo posse desse dom!

Muitos são os casos em que nossos familiares, irmãos de comunidade, amigos e pessoas que procuravam a Casa de Maria também experimentaram da graça que provamos.  É muito interessante, mas Deus realmente é surpreendente e quer que todos, cada vez mais, se aproxime Dele.

Foi um período de grande transformação, intimidade com o Senhor, de liberdade interior, formação, reconhecimento da graça de Deus, conhecimento pessoal, e busca pela vontade  d’Ele. Tempo de conhecer profundamente os irmãos, de perceber os mais simples detalhes, por intercessão de Nossa Senhora, e mais, muito mais… eram tantas coisas que parecia até que eu ”não daria conta” (no bom sentido). Era preciso ”correr” para absorver tudo…para ”beber da graça”!

A graça de Deus foi abundante naquele tempo… eu quis fazer a experiência e hoje sou resultado desse Kairós (tempo da graça). E recordar o Discipulado é continuar louvando a Deus por Seus feitos, que foram muitos e que se estendem a tantas pessoas!

Louvo a Deus também por meus responsáveis que estiveram a frente da casa sendo a voz de Deus nos momentos de alegria, de dor, de questionamentos, de restauração, enfim, em cada momento.

Humanamente eu não consigo descrever tudo o Deus fez em mim nesse tempo: os frutos, as grandes amizades, a experiência com Ele, a confiança em Nossa Senhora…

Obrigado Espírito Santo por me fazer lembrar dos feitos do Senhor em minha vida! Isso gera vida! Dá força e perseverança!!!

Como Davi no Salmo 23 eu canto: ”Quem é este Rei da glória?” Eu O conheci: É o Senhor, o valoroso, o grandioso! Ele é Aquele que é!

André Gomes
Vivendo o 4º ano de Comunidade em Cachoeira Paulista (SP)
@andregomescn

.

Edição do texto / fotos: Lizia Costa / Liliana Paula (Discípulas CN 2012)