”Nós vivemos em um mundo na qual praticamente não existe quase nada que não tenha a ver com o universo dos meios de comunicação” disse Papa Francisco

Na celebração da Ascensão do Senhor a Igreja Católica celebra o Dia Mundial das Comunicações Sociais. Nesse ano o Papa Francisco nos convida a refletir e ter a certeza que é possível viver ”esperança e confiança, no nosso tempo ” e nos confirma através da promessa que encontramos na Palavra de Deus «Não tenhas medo, que Eu estou contigo» (Is 43, 5).

Vivemos em uma sociedade conectada, impulsionada e envolvida com algum meio de comunicação social. A missão da Canção Nova é fazer com que essa comunicação seja eficaz, pacificadora e esperançosa, uma esperança que vem do Espirito Santo e que leva muitas pessoas terem um encontro pessoal com Jesus e acreditar em sua vinda gloriosa.

  Visite nosso Facebook/CançãoNovasp

“[É importante] lembrar que a Igreja está presente no mundo da comunicação, em todas as suas expressões, sobretudo para conduzir as pessoas ao encontro com o Senhor Jesus” 

A Canção Nova deseja continuar conduzindo as pessoas viverem esse encontro e para que isso aconteça os nossos fundadores e missionários estão fazendo seus apelos,  desejosos de continuar essa grande e desafiadora missão: Evangelizar através dos meios de comunicação, pregando o Evangelho e a vida nova que nos traz.

”A Canção Nova está fazendo o seu SOS Salve as nossas almas, é um grito de socorro, porque as nossas dívidas estão ai, é preciso pagar os nossos funcionários, eles tem direito, as compras de livros objetos sagrados caíram muito, com isso nós estamos na situação de SOS, faça sua oferta,  faça sua contribuição, faça o seu algo a mais.” Padre Jonas

 

”Estamos levando até  você o nosso apelo, pela Palavra de Deus no ar, pela Graça de Deus as famílias sempre tem nos ajudado. Hoje buscando a palavra do Senhor,  ” Em tudo somos oprimidos, mas não sucumbimos’” 2 Cor 4,8 confiança  em Deus. O Senhor nos concederá a vitória com sua ajuda, com sua contribuição e fidelidade!” Luzia Santiago 

 

”Meus amigos, meu irmãos em Jesus Cristo, sei que no Brasil hoje está impossível se falar de nossa Pátria, mas hoje quero fazer um pedido de coração, um pedido daquele que começou, a colocar o primeiro tijolo na obra de Jesus. Quero fazer esse apelo a todos, até você que faz um ano, dois anos, que não nos ajudam. Chegou a hora que você possa fazer algo que venha ajudar a Obra Canção Nova… Nós sempre vivemos da Providência, Providência de Deus é dizer eu quero que caia em nossas mãos, aquilo que o irmão quer nos doar. A uma promessa de Deus sobre isso ‘‘ Ide a todos pregai o Evangelho, a todas as criaturas”. Hoje Graças a Deus o Brasil e o Mundo assistem a Canção Nova, através da Rádio, Televisão, Internet, Revista, tudo que você possa imaginar nos temos nos meios de comunicação. Hoje não estamos conseguindo tocar mais nada, está difícil tocar sem dinheiro.” Eto Jardim 

Sede os protagonistas da mudança. Usai a vossa vocação para construir um mundo melhor. É este o repto lançado este mês pelo Papa aos jovens de todo o mundo, na edição de abril de O Vídeo do Papa.

                                       Vocacional Canção Nova São Paulo 

Com imagens que fazem um paralelismo entre a atividade desportiva da moda, o cross-fit, e o contributo trazido por essa dedicação, o vídeo deste mês procura tocar os sentimentos da juventude, interpelando as novas gerações sobre o seu papel na sociedade: «Sei que vós, os jovens, não quereis viver na ilusão de uma liberdade que se deixa levar pela moda do momento… que desejais algo maior. É assim, ou estou enganado?», questiona o Sumo Pontífice.

Segundo estudos da ONU, no início de 2012, a população mundial superou os 7 mil milhões, sendo mais de metade deste número (50,5%) constituída por pessoas com menos de 30 anos. Este documento define os jovens como «fator determinante nas mudanças sociais, no desenvolvimento económico e no progresso técnico. A sua imaginação, os seus ideais, as suas perspetivas e a sua energia são imprescindíveis para o desenvolvimento das sociedades em que vivem».

A propósito da intenção deste mês, o diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa e do Movimento Eucarístico Juvenil (MEJ), P. Frédéric Fornos, sj, lembra que «na sua mensagem aos jovens para as Jornadas Mundiais da Juventude de 9 de abril de 2017 (preparando o encontro no Panamá – JMJ 2019), o Papa Francisco animou-os a “melhorar o mundo”, a “deixar um sinal que marque a história”. Agora, no seu vídeo mensal, manifesta a sua confiança nas capacidades dos jovens e na sua generosidade; anima-os a responder à sua vocação e a mobilizar-se pelas grandes causas do mundo», nota o P. Frédéric Fornos, s.j.
Fonte: Rede Mundial de Oração do Papa 

Quinta-feira-de-Adoração (1)Eucaristia nosso tesouroO Corpo de Jesus, presente na Eucaristia, vem atingir plenamente o nosso ser.

Na comunhão:
Quem recebe a Eucaristia recebe o Corpo do Senhor. Ele permanece em nós e nós n’Ele.
Quando comungamos, é a pessoa inteira de Jesus que recebemos, é Cristo Ressuscitado com Seu Corpo glorioso.Ao comungar, entramos em comunhão com as chagas de Jesus, abertas por nós, para curar as nossas feridas e o que o pecado nos deixou. Comungamos o coração do Senhor, que amou e ainda ama cada um de nós, o mesmo coração que foi perfurado pela lança.
 
Na adoração:
A cura física e espiritual de que necessitamos está na adoração. Mesmo na fraqueza, precisamos usar nossa boca, nossa mente, nossos sentimentos e joelhos para adorar Jesus.
A adoração nos tira das garras do inimigo. Mesmo sem palavras, adoremos em espírito, diante do Trono da Graça. Na adoração, a tentação é obrigada a ceder.
Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib

Precisamos da adoração tanto quanto da respiração.

Quinta-feira-de-Adoração (1)

Precisamos da adoração tanto quanto da respiração. Somos acostumados com a promessa de Jesus que diz: “Pedi e recebereis, buscai e acharei, batei a porta e abrir-se-vos-á”. Uma coisa está ligada à outra, se você pede, recebe; se busca, encontra, se bater a porta será aberta. A oração é como ginástica, quanto mais você a pratica, mais afiado você fica. Usei de propósito a palavra “praticar”, porque a oração é como um esporte, como a natação, o pilates… É preciso praticar.

Quando você está acostumado a orar, mas, num determinado momento, já não consegue, a oração não vem, não brota. Você pode estar diante do Senhor sem gozo, sem vontade, mas o seu coração, o seu espírito ora. É impressionante! Parece que essa oração, que exige esforço, é mais gostosa do que aquela oração do impulso.

Revestir-se da armadura de Deus quer dizer deixar que a oração penetre em nós, pois não é contra qualquer um que estamos lutando, mas contra o demônio. E quanto mais estiver próxima a vinda do Senhor, mais intensa será a luta. Nossa luta não é contra a política ou a economia, mas contra o inimigo. Por isso precisamos nos revestir da armadura de Deus, porque já estamos nos dias maus. Precisamos estar inabaláveis, por pior que esteja a luta. (Efésios 6, 10-18 )

 

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib

Fundador da Comunidade Canção Nova