Como é ser sacerdote na Canção Nova?

As características do padre no Carisma Canção Nova

Segundo o nosso próprio pai fundador, monsenhor Jonas Abib, o sacerdote que traz em si o Carisma Canção Nova possui determinadas características distintivas. A primeira dessas características é a jovialidade. Um sacerdote na Canção Nova, a exemplo do seu fundador, preserva a juventude em todas as idades e traz em seu coração o vigor, ardor apostólico, criatividade, que superam em muito a capacidade física do próprio corpo. 

O sacerdote na Canção Nova é amigo, irmão e muito comunitário, ele não é dado aos relacionamentos exclusivos, pois foi feito para ser comunidade e, desde o início de sua formação, exercitou bem a vida fraterna com homens e mulheres, segundo o nosso princípio de sadia convivência. Monsenhor Jonas nos diz que um sacerdote na Canção Nova busca constantemente aprimorar a sua espiritualidade. É um homem amante da Palavra de Deus e não busca Deus para guardar para si, mas para distribuí-lo a um povo sedento.

A Segunda Vinda de Jesus é algo muito vivo em nosso carisma e, por isso, os nossos sacerdotes a aguardam ansiosamente e vivem cada dia como se o Senhor viesse no hoje. Ansiosos pela Vinda Gloriosa de Nosso Senhor, o sacerdote na Canção Nova contagia as pessoas para também aguardar e apressar com a santidade de sua vida a Vinda do Senhor.

Padre Charles, Padre Elenildo e Diácono Márcio em meio aos irmãos de Comunidade. Foto: Paula Dizaró/cancaonova.com

.:Deixaram tudo e seguiram Jesus

.: A conversão como ponto de partida da vocação

“Seja um bom seminarista; e serás um bom padre!”

O Candidato às Ordens Sacras (também conhecido como seminarista) traz em seu coração um chamado e uma escolha. O chamado é um dom de Deus, um dado de Criação que imprimiu nele as características que o tornam mais fecundo e realizado em determinada forma de vida. A escolha é a decisão de assumir esse estilo de vida e potencializar a Obra de Deus em si e nos outros. Um Seminarista na Canção Nova é chamado a viver desde já uma vida sacerdotal nos moldes do Carisma.

Ele não celebra os sacramentos, não vive o Ministério Sacerdotal que tanto almeja em seu coração, mas, desde já, escolhe ser fiel às características que possui, se é verdadeiramente chamado a esse carisma e a essa Vocação Específica. 

Cada uma das características citadas acima a respeito do Sacerdote na Canção Nova não é criada do vazio, não é adquirida somente pela prática, ela já está presente no coração do seminarista, que é verdadeiramente chamado e, agora, precisa escolher com firmeza e fazê-las desabrochar durante o seu tempo de formação no Seminário.

Tocamos concretamente na famosa frase que, um dia, padre Jonas, ainda seminarista, ouviu de um padre ao perguntar o que deveria fazer para ser um bom padre: “Seja um bom seminarista; e serás um bom padre!”.