Depois de meu encontro pessoal, servia ao Senhor em minha Paróquia era fiel e procurava uma vida de santidade. Porém, me faltava algo…

Nesta época conheci a Canção Nova, me encantei, encontrei meu tesouro. Deixei pais, irmãos, casa, emprego, carro, namorada…Para consumir minha vida pelo Evangelho. Encontrei o que me faltava.

Tudo o que se vive neste carisma é o que alimenta e sustenta minha alma. Ser Canção Nova me realiza como filho de Deus, sou feliz.

Sou Canção Nova para glória do Senhor…

Be Sociable, Share!

Nenhum comentário

  1. Pingback: Ademir Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *