Eu o vi rastejando, sem mãos, sem pés, sem olhos. Mas com o sorriso mais lindo que já vi

Sr. Samuane. Um leproso agradecido a Deus. Mesmo que não curado da lepra, mas curado na alma. Vai sempre a Celebração Dominical mesmo que rastejando. Desde 1970 está no leprosário de Nkondezi a cuidado das Irmãs Mercedárias. Incrível como um homem nessa situação sorri, conta histórias e ama a Deus com profunda devoção.

Paremos de reclamar e murmurar por qualquer coisa. Converta-me Senhor!

 

A experiência desta semana foi forte demais…

 

Deus abençoe a todos,

 

 

Forte abraço!

 

 

Padre Ademir Costa

Missionário da Comunidade Canção Nova /Moçambique

Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *