O Pai tem proferido sua declaração, cabe a nós responder ao seu chamado, ou seja, de coração darmos a nossa resposta.

         Todo o Cristianismo se resume a uma questão: – Deus tem permissão para te AMAR?

         Nós temos uma mania de complicar as coisas. Quando o assunto é Cristianismo aí sim nós complicamos ainda mais. Honestamente falando sobre isso vemos como muitos de nós não alcançaram o cerne da questão. Caríssimos podemos resumir em uma questão e uma pergunta. Reflita comigo!

         Os países quando são dominados por outro, no caso aqui no Brasil éramos uma colônia portuguesa. No dia sete de setembro de 1822 foi declarada nossa Independência. Declarar a independência não quer dizer que você é imediatamente independente. O Brasil precisou lutar para que a Independência se concretizasse e assim os Estados Unidos e outros países até hoje. Outro exemplo é um cara que fica falido e vai para rua e grita: – Eu estou falido! Não significa que gritando você pode juridicamente estar.

         Declarar livre não significa que você é ou está livre! Uma coisa é dizer outra e inteiramente diferente é Viver assim!

         Voltando ao início da nossa reflexão , qual é a pergunta que todo cristão deve ter em mente todos os dias! – Deus está te perguntando hoje:

         – Você Me dá permissão para te amar do jeito que você é?

         Esse é o amor de Deus, não importando todos os piores atos que eu e você tenhamos cometido em nossa vida toda. Esta é a grande diferença entre céu e inferno, vida e morte. Deus está hoje aqui te fazendo esta pergunta que ele faz todos os dias e só depende de nós darmos a resposta!

         Nós evitamos dar a resposta, nós adiamos a resposta, nós dizemos que quando formos melhores, quando ficarmos mais velhos! E Deus nos repreende hoje, nesse momento, e ao perguntar: – Agora? Hoje é o dia! Chegou a hora!

         Esta é a Declaração de Deus para conosco! Declaração de Amor! E  a resposta certa é: Sim, Pai , Eu dou permissão para que Senhor me ame Agora! E assim nós demonstramos que nós confiamos Nele!

         Em Harvard há um professor que todo primeiro dia do Semestre ele chega para sua turma e faz a seguinte questão antes mesmo de se apresentar: – Bom dia, se você hoje morresse, chegasse diante dos portões do paraíso e se apresentasse para Deus Pai, o que você responderia a Ele se a pergunta fosse essa: – Porque razão eu te deixaria entrar hoje?

         Quantas pessoas iriam responder: – Porque eu sou uma boa pessoa. Sim comparável a quem? Hitler, Stalin …Mas você e eu  nem somos bons assim! Sabe por quê? Porque comparando com o que nós poderíamos ser, não somos nem de perto tão bons quantos poderíamos e deveríamos ser, do que fomos feitos para ser.

         Outros responderiam: – Nós seguimos os mandamentos. Mas numa reflexão melhor vemos que nem aqueles que nós achamos que seguimos, realmente seguimos.

         Quantos de nós hoje estamos mais preocupados em Glória, glória dos homens, vanglória, ostentação do que de coração darmos a resposta certa: – Quem se glorie que se glorie no Senhor! São Paulo nos ensina praticamente  em todas as suas cartas sobre os perigos de nos gloriarmos e não remetermos a glória ao Rei da Glória!

         Quantas vezes São Paulo que foi reconhecido por ser uma pessoa irrepreensível, publicamente se declarava o pior dos pecadores. São Paulo foi açoitado pelos judeus cinco vezes com 39 chibatadas, pelo fato de pregar publicamente sobre Jesus Cristo o único Senhor e Salvador. São Paulo foi expulso de tantas e tantas cidades e sinagogas e jogado de penhascos. Tudo isso por amor a quem? Por estar falando em nome de quem? Falando de Jesus Cristo e mesmo assim não se vangloriava de suas provações.

         Quem somos nós para nos gloriarmos e dizermos por que estamos na Igreja servindo somos melhores que os outros. Deveríamos estar na Igreja sendo melhores para os outros assim fiéis seguidores do Cristo Ressuscitado.

         A RESPOSTA DE DEUS ATRAVÉS DE SÃO PAULO :- CRISTO ME AMA, DEUS ME AMA E DEU A VIDA POR MIM!  Porque Deus me ama por isso devo entrar no céu, pela Sua Misericórdia. Jesus não morreu por causa de mim, Mas Ele morreu por MIM!.

         Quantas vezes em minha vida eu tenho passado diante da Cruz de Cristo e tenho me atentado a isso? – Meu Senhor, o Senhor me Ama Demais!!!

         Após nós entendermos, tudo passa a fazer sentido. O Senhor se esvaziou por mim em sangue e água na Cruz! Uma amor incontestável, inesgotável!

         Uma coisa é declarar independência outra coisa é fazer valer essa liberdade. Uma coisa é Deus declarar o seu Amor por nós outra é darmos permissão para que Ele nos Ame do jeito que somos e estamos agora!

         No ano de 33 DC,  o Pai DECLAROU a cada um que habita sobre o mundo todo o seu Amor ! Cabe a cada um de nós dar a permissão para que Ele nos ame. Em caso positivo, todas as vezes que você for a Igreja, for a Confissão, for a Missa ao receber a Eucaristia você dará a sua resposta verdadeira dando permissão para que Ele te ame do jeito que você é HOJE!

        

        

         Oremos: Abbá (Pai) Amado, hoje eu quero Senhor, professar a minha fé em ti! Hoje eu quero nesse dia declarar o meu amor por ti Senhor. Sim Senhor eu creio na Sua Misericórdia infinita vindo ao meu encontro nesse momento onde Eu te dou livre acesso ao meu coração, Eu dou te dou permissão plena para me amar do jeito que sou hoje, aqui e agora. Vem Senhor nesse dia me curar, me libertar com a sua infinita Misericórdia, pois eterno é o seu Amor, e eterna é a Sua Misericórdia

Amém

drnasseremonsegnior

 

Neste nosso tempo de meditar sobre Sabedoria, HOCHMA e comparar com as leituras desta semana, hoje somos chamados a refletir sobre: – O que o  Senhor nos adverte? – Não se pode servir a dois senhores! Há que se decidir entre apenas um. Aqui é decisão da nossa vida. Estes dois caminhos: Excelência ou Desastre. O mais importante hoje é entender que a nossa Vida faz Diferença. Quantas vezes nós paramos e olhamos em nossa volta e achamos que todo mundo em nossa volta é melhor, mais significativo do que nós! Jesus nos diz hoje: Sua vida é importante. Você deve construir sua vida, porque ela é importante e relevante. Quantas vezes em nossa vida, nós queremos deixar que os outros tomem nossas decisões.

Deixar nossa vida boiando sobre as águas não vai nos levar em lugar algum.

O que é tomar uma decisão? – É agir com Sabedoria. Construir a vida com  simples decisões, pequenas e importantes decisões  do dia a dia. Nós temos uma tendência em tentar saber o futuro, ter uma garantia para então tomar a decisão. Mas na vida não é assim. A única coisa que não teremos acesso ao tomar uma decisão, é  saber o Futuro. Mas mesmo que não saibamos o futuro, podemos saber muitas coisas que nos levam a tomar uma decisão tão sábia quanto possível.

Quatro perguntas devemos fazer para passar uma porta, tomar uma decisão:

–          Primeira pergunta: – Esta é uma decisão boa? – Se não é uma boa porta não é para você!

–          Segunda pergunta: Esta é uma porta aberta? Como tomar uma decisão de se casar por exemplo depois de conhecer alguém. Mas há uma possibilidade de receber um não, e é uma resposta que deveremos estar preparados para receber!

–          Terceira pergunta: Será uma decisão sábia atravessar?

–          Quarta e última pergunta: Esta é uma porta que eu realmente desejo ultrapassar?

Pois quando tomamos uma decisão pensamos que não podemos mudar totalmente de rumo depois, mas não é assim que vida muda. Exemplo: – Você está em uma Universidade de renome , nos Estados Unidos são chamadas  de IVY League , e aqui  por exemplo estamos falando de Advocacia em Harvard. Após ter se formado em Advocacia pela Harvard Law School  de repente recebe o chamado para ser um Padre por exemplo, como Frei Michael Scanlan! Quanto tempo e dedicação e determinação para cursar todo o caminho que leva a Harvard e de repente Harvard não foi apenas uma porta, já cursado e com todos os grandes escritórios do Leste Americano te ofertando magníficas propostas de emprego, e aparece outra porta, o caminho da Vocação, do chamado, que naquele momento estavam diante dele  a Carreira promissora e outro Caminho vocacional dentro de uma ordem Religiosa e servir a Deus para sempre! E graças o seu Sim, fez da Universidade Franciscana de Ohio se tornar o que é hoje, conhecida no mundo todo pela sua Excelência.

E quando você para diante destas últimas perguntas, e não sabe ainda qual decisão tomar? Obtenha mais informações sobre aquele assunto que a decisão precisa se tomada.

Como em esportes devemos tomar pequenas decisões de forma sábia para quando as grandes decisões chegarem teremos sabedoria para tomá-las. Não há como improvisar quando o assunto é VIDA. Temos que ultrapassar nossos obstáculos e a cada dia eles virão, uns mais outros menos, mas eles virão e devemos estar preparados para ultrapassá-los, e se tomarmos certas decisões não muito sábias, nós temos a chance de corrigi-las.

Assim um Católico deve pensar, pois Deus nos dá a chance do recomeço cada manhã.

Qual a porta sábia? Não há como predizer o futuro então nós precisamos conhecer nossa história, usar as corretas avaliações no presente e saber o que é bom!

Deus nos faz livres para sabermos usar a liberdade para fazer o bem. Mas temos medo de falhar, nos esportes, nos relacionamentos, e na escola. Precisamos saber como perder. Pessoas sábias sabem perder. Pois para sermos sábios temos que aprender como perder. Pessoas sábias aprendem a perder e sofrer. Para ser excelente superamos muitas derrotas. Não há nada em perder e se levantar e recomeçar.  Todos nós amamos vencer, mas a vida não é sempre assim. Quando falamos acerca de quando fomos ou somos alunos, como aprendemos mais e mais com professores mais exigentes. Pois quanto maior nosso desafio maior é a nossa atenção. Isso é o caminho da Excelência. Professores excelentes não fazem as coisas serem difíceis mas fazem as coisas serem POSSÍVEIS.

Assim é Deus com cada um de nós. Ele sabe tudo o que necessitamos e está aí do nosso lado. Deus confia em cada um de nós, por isso somos livres em errar para sermos livres também para retomar. Teste da sua vida necessita perseverança para que cresça em fé e a fé nos encaminha para Sabedoria, Hochma.

Eu posso olhar para o meu passado, eu posso reconhecer o meu presente e escolher a direção certa. Ninguém pode saber o futuro, somente Deus. Então seja Sábio e confie em Deus, a porta certa.