Coragem! O Senhor é o mais forte

Jesus sempre nos encoraja a esperar de Deus o socorro e fortaleza.

Artigo enviado por internauta.

Mirla Rocha

“Coragem! Eu venci o mundo” (Jo 16, 33ss)

É bem verdade que ficamos desanimados constantemente com diversas situações em nossa vida. Na quaresma, então, com o nosso compromisso de jejum e penitência, é comum nos desanimarmos e arranjarmos pequenas desculpas para quebrar a penitência. Penso que, dificuldades, sempre teremos em nossa vida, seja no tempo da quaresma ou em outro tempo da Igreja.

 Leia também: Confessionário: lugar da misericórdia do Senhor

Precisamos aprender a viver bem com tais situações e, como Jesus, passar por elas com sabedoria e serenidade. Ter um comportamento santo diante das dificuldades faz diferença! Lembremo-nos do próprio Jesus, provado pelo sofrimento. Foi desacreditado, negado, abandonado, traído, zombado e, ainda sim, manteve-se firme no caminho com Deus. O exemplo Dele é sempre de fé e de misericórdia, de compaixão com o outro e de confiança em Deus. Também podemos viver assim! Jesus sempre nos encoraja a esperar de Deus o socorro e fortaleza.

Coragem! O Senhor é o mais forte

Em Mateus 13, 55-58, o evangelista narra quando Jesus, em sua própria pátria, não pôde operar muitos milagres por causa da falta de fé do seu povo. O próprio Jesus falou que foi menosprezado. Mas não desanimou! Seguiu ao encontro de outros que também precisavam conhecê-lo! Em Lucas 22, 56-60, podemos ler a história que descreve como Pedro negou Jesus. E Pedro muito amava o Senhor. Mas O negou. O mais interessante é que, após ser negado por Pedro, Jesus o olhou com compaixão, com o perdão.

Ter um comportamento santo diante das dificuldades faz diferença!

Também assim devemos agir diante daqueles que nos negam e nos desprezam! O perdão liberta o coração! Em João 16, 32, o próprio Jesus profetizou que cada um dos seus discípulos o abandonaria na hora de Sua Paixão. E, logo em seguida, também se consolou com a presença do Pai, que sempre esteve com Ele. Jesus nos ensina a ter confiança em Deus! Pois, mesmo que sejamos abandonados pelos nossos, não estaremos sozinhos, pois o nosso Pai que está no Céu não nos abandona. Também devemos viver assim, como Jesus viveu, nessa confiança no Deus que cuida de nós!

cadastre-se grátis e receba todas as novidades do blog por e-mail

Jesus ainda foi traído por um de seus apóstolos, um daqueles que era próximo a Ele, que o seguia e ouvia Suas palavras, vivia com Ele a sua vida. Foi traído por um dos seus (Lc 22, 48)! Mas não desanimou e nem se desesperou. Jesus também foi zombado (Mt 9, 24), fizeram piadas do seu sofrimento (Lc 23, 36). Ele, porém, resignou-se e não abriu a boca (Is 53, 7), sofreu com paciência e serenidade. Em todo o Evangelho iremos encontrar exemplos na vida de Jesus que nos ensinam a superar as nossas dificuldades! Tomemos de Jesus o grande exemplo de vida! Ouçamos Dele a Palavra de força que Ele nos dá para as adversidades: “Coragem! Eu venci o mundo” (Jo 16, 33ss). É imitando a Cristo que iremos conseguir viver bem não só nossa quaresma, mas toda a nossa vida!

“Quando estiveres cansado e desanimado, contempla a Cruz e mira a Eucaristia. Assim, encontrarás a força e o ânimo para continuar a tua peregrinação na Terra. Se a dor de tua alma for profunda e o sentimento de que Deus te abandonou vier a assaltar teu espírito, ainda que tua carne se revele e o peso do sofrimento pareça te esmagar, não temas! Lança um olhar para o Céu ou para o Crucifixo e repete: Também eu, “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito… (Lc 23, 46) “. Érika Vilela

Mirla Rocha
missionária da Comunidade Filhos de Maria
Montes Claros – MG

envie seu artigo para o blog metanoia

Comments

comments