A devoção ao Sagrado Coração de Jesus

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus oferece ao homem grandes bens espirituais.

A espiritualidade do Coração de Jesus tem como objetivo fazer perceber a interioridade do amor Divino que se manifesta pelo conceito de coração. Compreendendo que esta simbologia manifesta uma totalidade. Por exemplo, quando falamos ­­“Coração”, queremos assim revelar a interioridade de uma pessoa.

No domínio da religião, o objetivo da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, quer visualizar a interioridade do relacionamento do homem com Deus. Colocando em destaque e privilegiando a contemplação, pois esta leva a uma intimidade, a um face a face profundo e real com Ele. Isto numa perspectiva de “interiorização-identificação”.

Esta exigência de interioridade e intimidade leva a uma mais ampla e profunda visão da verdadeira natureza do ser humano. Natureza intrinsicamente orientada para Deus e evidenciando que somente nEle o homem encontra a plenitude de vida.

Pelo simbolismo do Coração, neste relacionamento de intimidade, significamos que a totalidade do mistério divino, manifesto na pessoa de Jesus, se torna acessível. Dizer Coração de Jesus é o mesmo que dizer a totalidade de seu mistério humano-divino.

Padre Dehon, um dos preconizadores desta devoção, privilegiando a interioridade,dizia que: “Deus não sabe o que fazer de nossas obras e nosso saber se não tiver nosso coração”.

A devoção ao Sagrado Coração, presente ao longo de toda a História do Cristianismo, assume com Santa Margarida-Maria Alacoque uma dimensão bem mais visível e palpável e se manifesta como devoção do Apostolado da Oração: Primeira sexta-feira do mês, Adoração Eucarística… Com Maria de Alacoque, Deus se torna mais acessível e próximo. Visto numa perspectiva de um Deus amoroso: “Eis o Coração que tanto amou os homens”. Em resposta a este amor, o homem pode e deve amar.

Foto: cancaonova.com

                Daqui nasce um compromisso com o social, amor e justiça. Esta espiritualidade leva o homem a se comprometer com uma perspectiva de justiça social. A tal ponto que Padre Dehon, grande protagonista desta devoção, faz nascer a noção do “Reino social do Sagrado Coração de Jesus”, que quer ser um estímulo “missionário” para a Igreja. Esta perspectiva de compromisso com o “social” tornaria a Igreja mais credível e colocaria, ao mesmo tempo, uma resposta aos anseios da sociedade.

Concluindo, podemos afirmar que a espiritualidade do Sagrado Coração de Jesus oferece ao homem, que se relaciona com Deus, uma proposição espiritual, onde a pessoa, a partir de sua interioridade se compromete com uma adesão total e qualitativamente engajada. O simbolismo do “Coração” compreende uma dimensão antropológica de totalidade. É a pessoa humana em todas as suas diferentes facetas, corpo e espírito, indivíduo e sociedade, masculino e feminino, que se sente integrada e comprometida.

Que esta espiritualidade possa ser uma fonte inspiradora de renovação espiritual oferecida ao homem moderno, sedento de Deus.

Pe. Mateus Buss, scj

 

Plug-ins Sociais