Neste dia queria compartilhar com vocês sobre a Divina Misericórdia. Nós vivemos em mundo atual repleto de inseguranças, o mundo é inseguro, ao invés de nos escondermos atrás das nossas covardias e máscaras, coloquemos como sempre os Cristãos fizeram, as mãos estendidas para servir alguém que neste momento está precisando da nossa presença. Dentro deste mundo inseguro, a Misericórdia de Deus é ESTÁVEL!  Não temais, pois Eu venci o mundo diz o Senhor hoje para mim e para você!           

           

            Hoje gostaria de partilhar com você algo que talvez você jamais parou para pensar sobre isso, e quantos cristãos agora estão longe da sua prática religiosa, porque erraram, porque o inimigo trouxe uma culpa às suas costas e parece que não há mais saída. Eu digo não! Tudo que foi recordado como diz São João, através dos Evangelhos e Atos e as demais cartas foram recordadas para você! Quanta alegria quando vemos uma alma que ao procurar a Misericórdia descobre que todos os seus pecados de toda a sua vida, é apenas uma gota no Mar da Misericórdia do Senhor! Eu quero não a Justiça mas a Misericórdia. Quantas vezes nós chegamos na Igreja e nos colocamos naquela posição de que os demais lá da frente são santos, e nós não. Para todos aqueles que hoje acham que Deus não está dia e noite se preocupando com você e achando uma maneira de te trazer de novo para os braços Dele eu vou contar uma história.

            Helena Kowalska Faustina  nasceu  em 1905 na Polônia marcada pela 1ª Grande Guerra. A Europa estava devastada pela Guerra. Quando ela tinha sete anos sentiu que Deus a queria para viver mais perto Dele, ou seja, para ser uma Freira Conventual. Contudo antes ela serviu com empregada doméstica. Ela teve três anos de estudo apenas. Um dia Helena estava em uma festa e de repente teve a visão de Jesus entrando na festa dela (16 anos), com roupas normais e chegando perto dela Ele disse: – Helena quanto tempo você vai me excluir?   Helena disse toda confusa que o mundo estava todo inseguro, todo incerto e ela também se encontrava no meio daquilo tudo muita confusa, ainda não sentia hora de deixar tudo para trás e entrar no convento. Depois de três anos Helena finalmente foi para o convento.

            Através desta mulher Deus confiou o seu grande mistério de Amor pela humanidade. Deus a escolheu, como diz a Palavra no ventre da sua mãe eu já te conhecia. Helena Kowalska iria se tornar Santa Faustina. No meio daquela confusão em que se encontrava a Polônia quase que Faustina perde a oportunidade de ser para o mundo um canal infinito da graça, Graça sobre Graça!  Tudo isso por conta da Insegurança.

            Hoje nós estamos vivendo neste mundo de tanta insegurança. Não temos mais segurança para viajar , para andar por aí, de repente ceifaram nossa liberdade, aqui um ponto, porque nós permitimos. Lembre-se que na vida as coisas acontecem porque nós criamos ou permitimos.

            Quantas pessoas passaram a vida toda trabalhando de sol a sol, batalhando e juntando dinheiro, investindo e poupando para sua terceira idade. Hoje se encontra com tantas perdas que ao olhar para trás se interroga se tudo isso valeu a pena! Tudo isso porque nada disso nos traz Segurança, nem emprego, nem investimento, nada, nada a não ser ter saúde para as batalhas diárias e ter onde colocar verdadeiramente sua esperança.

            Olhem para os atletas que estão neste tempo todo sem terminar suas temporadas. Quantos seriam o melhor atleta do país ou do mundo, e este ano passaram em branco, desconhecidos. Tudo inseguro!

            Insegurança com trabalho, quantos desempregados agora. Este vírus é apenas mais uma doença, mas na verdade o que nós não queremos ver é que a insegurança vem da presença constante da morte em nossa vida . Contudo somente em momentos como este nós prestamos mais a atenção o quanto a vida é frágil. Insegurança.

            Em qualquer lugar que nós colocamos nossa segurança neste momento se FOI!

            Esta insegurança revela que a Segurança é uma ilusão, certeza é uma  ilusão. Nossos sonhos e planos são facilmente ceifados. Insegurança. Nossa força, nossos talentos,  nosso poder podem ser reais e algumas vezes se vão! Algumas vezes nossa paz passa e nossa fé fica frágil. Quantas vezes nossa segurança pode ser perdida em um momento, em um clique?

            Este mês que entra vamos discutir sobre Insegurança. Falarei sobre vida e não sobre epidemia, vamos deparar como a  Certeza é uma ilusão e  como segurança é uma ilusão. Então vamos caminhar daqui em diante discorrendo sobre a Vida ser insegura! Contudo certeza possa ser normal e segurança possa ser normal. Para isso entraremos no: E se, no mundo de insegurança   tivermos esperança que perdure mesmo em meio a tantas baixas e perdas? E se no mundo de insegurança nós pudermos ter Alegria no meio das Dores? E se tivermos Fé que possa ser forjada no meio de tanta provação e adversidade? E se tivermos Paz mesmo num futuro de tanta incerteza, uma paz que passa todo o entendimento? Caríssimos, eu vos apresento  o Catolicismo! Desde o início dos primeiros cristãos, nós chamávamos nossa Religião de O CAMINHO! Acho que seria ótimo de vez em quando nós nos relembrarmos com muito afinco que tudo começou quando Filipe pergunta a Jesus: – Mestre mostra-nos o caminho. E Jesus responde – Eu sou o CAMINHO, a VERDADE e a VIDA!  Carissimos no meio de toda esta insegurança eu vos apresento a nossa identidade: – SEGUIMOS O CAMINHO há 02 mil anos e iremos através Dele até o fim, Ele tem nome: Jesus! Vinde vós que estais cansados, amedrontados e fatigados e Eu vos aliviarei ( Ninguém disse isso a não ser Jesus).

            Os primeiros cristãos logo após a Ressurreição de Jesus experimentaram tudo isso e venceram. Como eles poderiam ter paz num mundo cheio de guerras e tormentos e perseguições? Como ter alegria se os irmãos ao redor morriam a cada dia de várias causas. Eles não tinham nada tangível para contar naquela época. Eles tinham a solução. Eles viviam em comunidade que constantemente Celebravam a Eucaristia, seja abertamente ou nas catacumbas. Eles viviam em oração e sem oração não tomavam decisões e repartiram seus bens entre si. Tudo o que significava segurança naquela época eles abriram mão para compartilharem entre si e entre a lgreja que se formava. Três coisas são justas e memoráveis: – Posses , prestígio e propriedade, eles abriram mão de tudo. Tudo que para nós nos traz uma paz aparente eles abriram mão. No meio de uma incrível insegurança eles optaram por uma voluntária vulnerabilidade.

            Caríssimos, tudo isso parece tão impensável no tempo de hoje. Isso tudo para eles   foi causa de alegria. Calma aí ,o que eles sabiam naquela época que nós não sabemos hoje? Uma das coisas eles não esqueceram que segurança é uma ilusão e que os desafios e provações são  normais. Viver cada dia como o último. Insegurança é necessário. Não é apenas a regra mas é  necessário.

            Toda provação revela três coisas: – Revela quem somos , nos purifica e nos fortalece. Todo teste revela tudo o que aprendemos certo! Na vida é a mesma coisa. E toda provação é uma grande oportunidade de crescimento interior, onde nós precisamos ser cada vez mais fortes para enfrentar e derrotar os inimigos atuais. Hoje, temos o exemplo da doença e da dificuldade financeira. Teste vai revelar nossa saúde e também nossa capacidade de reação às dificuldades de administrar nossas finanças e assim superar os momentos difíceis. Quantas pessoas neste momento estão recordando o quanto vem desperdiçando dinheiro valioso ganho com tanto esforço, e que deveria na verdade ser fonte de socorro para os mais necessitados neste momento dentro e fora da sua família.

            Teste no purifica, pois neste momento vai revelar onde temos colocando nossa esperança! Ele revela a fonte da minha segurança e me dá a chance para mudar! Muitos tem colocado a paz na conta bancária, na saúde, nisso e naquilo e vem este teste e põe tudo a prova para purificar. Teste purifica a fonte da minha força. Neste momento que as pessoas voltam para a coisas de Deus, porque no meio de tantas falsas seguranças, foram colocando Deus de lado.

            Outra coisa que os primeiros cristãos sabiam! – a Resposta é : – Eles conheciam Jesus Cristo e isto bastava. Todos nós temos a vida no Seu Nome! A certeza do céu! Esta é a nossa única Segurança, no Nome de Jesus! Como Deus Ele é o único que te conhece. Jesus te ama  e Deus é Amor! A profunda verdade é : AMOR ! Não apenas isso , mas a MAIS ALTA FORMA DE AMOR: MISERICÓRDIA!  Misericórdia é o Amor que a gente não merece!

            Misericórdia é o amor que quando a gente merece menos, nós recebemos mais!

            Quando o assunto é relacionamento pessoal, nós dizemos que amamos alguém pelas qualidades que ela tem. Mas quando o assunto é misericórdia é quando nós menos merecemos! Quando a nossa força se foi que a misericórdia é dada.

            Quando merecemos menos é quando Deus deseja mais nos dar! Misericórdia é o amor quando menos merecemos. Não são nossas qualidades que atrai a Deus, e sim nossas falhas, fraquezas e nossas misérias. Nossos pecados que atrai o Amor de Deus na nossa direção. Deus sabe muito bem disso, mas nós esquecemos. Por isso os Padres do Deserto diziam: – A incompreensível Misericórdia!

            Quando Jesus ressuscita Ele vai visitar a todos aqueles que o tinha abandonado. A primeira palavra é Paz ( Eu perdoo vocês), a segunda Soprou o Espirito Santo sobre eles, e os envia, em João 20: – Deu a eles o poder de perdoar em Seu Nome os pecados e também de reter os que não se abrissem! Jesus os envia para levar a Misericórdia Dele aos quatro cantos da Terra! Jesus deu muita Autoridade a todos os apóstolos, através da Sua Misericórdia,  fortificou o coração de todos os Apóstolos.

            Por isso no meio de um mundo de Insegurança tanto tempo depois, quase dois mil anos, Jesus chama Helena, a improvável e confia nela a Mensagem necessária a este tempo até o final dos tempos. Helena se torna Irmã Faustina Kowalska. Jesus mantém visitas frequentes a Irmã Faustina. Diga ao mundo sobre a minha Incompreensível Misericórdia dizia Jesus. No meio deste mundo inseguro mostre a todos a minha Infinita Misericórdia. Não é a santidade deles, mas seus pecados, não são as suas virtudes mas as suas fraquezas e misérias, a todos que necessitam mais. Jesus disse: – Quanto maior o pecador mais direito ele terá a minha Misericórdia.

            São João Paulo II o grande, declarou há vinte anos atrás que o Domingo após a Páscoa seria o Domingo da Misericórdia e ele disse que foi o dia mais feliz de sua vida. Neste dia quem fizer uma Confissão contrita, receber a Eucaristia e fazer a oração pelo Papa receberá o perdão de todos os pecados. Sabemos da força também do Terço da Misericórdia. Esta oração é revestida do poder de abrir o céu a descer sobre seu povo a Misericórdia que o acompanhará por toda a vida e também no dia da morte.

            Jesus disse a Santa Faustina: A alma que rezar esta oração eu o encherei ao final com a minha paz e estará com ela no dia da sua morte.

            Esta oração rezada no momento da morte de alguém, Jesus prometeu estar com o Pai e o Espirito Santo e cobrirá esta alma com a  Sua Misericórdia.

            Finalmente temos o Quadro da Divina Misericórdia. Todo aquele que se prostra diante desta imagem em oração contrita não perecerá e também na hora morte. Neste está escrito: Jesus eu Confio em Vós!

            Lembre-se que a Misericórdia de Deus é infinita mas o tempo da Misericórdia não! Não há ninguém neste mundo que não foi redimido pela Sacrifício de Cristo na Cruz mas nem todo mundo será salvo. Pois haverão muitos que não aceitarão a Misericórdia.

            Todos os que se recusam a ir à Confissão, se recusam a receber a Misericórdia de Jesus. Jesus deseja  dar a Sua Misericórdia! Não espere muito tempo, pois este mundo não é seguro. Vivemos num tempo de muita insegurança.

            Jesus está perguntando para mim e para você neste momento: – Quanto tempo ainda eu tenho que esperar para que você me  entregue totalmente  seu coração?

            Neste tempo de inacreditável insegurança temos a Infinita Misericórdia ao meu e ao seu alcance! Em que temos colocado nossa segurança? A minha proteção está no Senhor que fez o Céu e a Terra! Oh Sangue e Água que jorraram do coração de Jesus , Eu CONFIO EM VÓS! DEUS SANTO DEUS FORTE DEUS IMORTAL, TENDE MISERICÓRDIA DE NÓS E DO MUNDO INTEIRO! AMÉM

           

                       

Oração: Abbá Pai. Hoje eu quero te pedir, venha em mim refazendo tudo o que foi se desfazendo ao longo de toda a minha vida. Senhor, só tu podes me tocar com este Amor que vai  me curando e cicatrizando feridas que muitas vezes eu já tinha desistido de ter algum alento, quanto mais uma cura! Sim, Senhor lava toda a iniquidade que habita em mim! Jesus eu quero ser todo seu Senhor! Faz-me fiel no Teu Amor! Jesus manso e humilde de coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso! Derrama sobre nós a Sua Infinita Misericórdia! Amém.

           

 

           

 

 

           

 

 

 

 

Muitas pessoas batalham pelo PERFECCIONISMO. A misericórdia de Deus no meios das falhas é o Seu Remédio para combater o medo de errar!

         Todos nós quando somos jovens buscamos praticar o maior número de esportes possível, até encontrar nosso lugar. Contudo mesmo depois de nos encontrar seja no futebol, tênis, basquete, atletismo, natação ou vôlei e etc, o que nós somos sempre desafiados quando a prática se torna mais séria, ou seja, quando começamos a praticar a nível de competição, é o medo de FALHAR ou o medo de ERRAR.  Lidar com os erros é como em tudo na vida  uma escada de sabedoria. Quanto mais cedo acostumamos a analisar criticamente nossas falhas, mais cedo vamos adquirindo uma maturidade que irá nos levar ao apogeu.

         Outra coisa que me chama muito a atenção é quando o técnico começa a intimidar o time, dizendo sempre: – Não faça isso, não faça aquilo. Não faça aquilo ou isso e vai ter sucesso nesse jogo, e os jovens vão associando o não faça isso com sucesso e isso é uma grande mentira. Você vai treinar mil vezes, você vai praticar continuamente e somente vai aprender errando. Muitos treinadores estão treinando gente com medo de errar.

         Pense nesses programas onde as pessoas fazem várias coisas estúpidas e caem, dão loopings, dão quedas estranhas. O que todos tem em comum? Não tem medo de falhar, grande características de quem não terá medo de tentar. Muitos de nós faz a ligação de perder com falha e que a derrota é para sempre. Grande engano, não somente nos esportes mas na vida estudantil. Ir mal num prova, não se sair bem num desafio, numa apresentação oral, num concurso de dança ou canto , enfim, algo que te coloque em público, não é o final.

         Erro não é a última palavra. Eu preciso errar e ser livre. Perfeccionismo é um pensamento totalmente errado. Perfeccionismo me faz não tentar, me evitar tentar por que eu posso falhar.

         Uma história bastante interessante era um pai que no jantar perguntava aos seus cinco filhos o que teria acontecido de errado naquele dia. Ele não ficava irado com isso pelo contrário, ele atestava que seus filhos haviam tentado fazer algo diferente naquele dia e não tiveram medo de tentar, de se Arriscar!

         Nós aprendemos que as derrotas nos ensinam muito mais do que nossas vitórias. Quantas vezes nós começamos a seguir Jesus e começamos a ter a falsa idéia de perfeccionismo. Quanta fantasia isso pode ser, pois a Bíblia é cheio de exemplos tanto no Velho quanto no Novo Testamento dos imperfeitos, dos fracos, dos improváveis. No último Domingo ouvimos a narrativa de quando Jesus entra pela porta trancada, encontra seus discípulos cheios de medo. Encontra todos os que haviam traído Ele. Todos que tinham deixado Jesus para trás. Nenhum deles foi perfeito mesmo tendo convivido e seguido por tanto tempo e presenciado tudo, e alguns até se exaltavam dizendo que jamais o trairia. Então vem a Falha: Falha é a oportunidade que Deus encontra para nos dar o maior dos seus Dons: A Misericórdia! O Seu Amor que  nós sabemos que não merecemos!

         Misericórdia é o Amor que nós sabemos que não merecemos! É amor aqueles que falharam.

         Jesus no momento que entra no cenáculo diz: Shalom! Como meu Pai me enviou eu vos envio! Eu perdôo os vossos pecados e vocês devem ir ao mundo fazendo a mesma coisa, amando os que não merecem!

         Eu sou livre para falhar pois eu sou livre para Confiar Naquele que vem em meu socorro. A falha, o  erro não é o final! Nós católicos somos livres para tentar de novo, para recomeçar com Jesus! Não sem ele. Em todos os lugares do mundo, sendo permitido ou proibido há uma Igreja e uma Cruz e nessa Cruz está alguém que está te dizendo : – Você tem idéia do quanto eu te AMO? Pois bem essa é a minha grande prova. Amar a quem não merece.

         No início do século passado, Santa Faustina na Polônia( Cracóvia) em sua visão mística passa a receber a visita de Jesus, da qual tantas maravilhas ela trouxe do coração de Jesus para o mundo. Que maravilha é o Diário de Santa Faustina onde estão documentadas as visitas e quão profundas são as revelações da Misericórdia do Senhor. Não ficou somente aí, Jesus pediu a ela que conseguisse um artista que pintasse o quadro da Divina Misericórdia onde há raios brancos e vermelhos jorrando do coração de Jesus, sendo o branco , a água , o Batismo e o Vermelho o sangue, a Eucaristia. Também pediu a Santa Faustina que solicitasse a Igreja que o primeiro Domingo após a Páscoa fosse celebrada a Misericórdia! Na base do Quadro está escrito em todas as línguas : Jesus eu confio em vós!  Significa que Ele deseja nos curar, nos libertar  e nos salvar.  Ele disse que nesse Domingo fazendo todos os preceitos para o Domingo, Confessar, Comungar e participar da Santa Missa com fervor será um novo Batismo a todos os que por essa porta passar,  que é a minha Misericórdia, a porta do Céu, a porta Sagrada.

         Claro que além de tudo isso, ela recebeu também uma devoção extraordinária, o Terço da Divina Misericórdia que vem as promessas maravilhosas dentre elas a recitação desse Terço no momento da morte, sendo essa alma salva pela Misericórdia. O poder desse Terço é absurdo, principalmente quando nós temos a certeza que nós erramos.

         Como um testemunho que ilustra bem o poder dessa oração. Há 6 anos atrás uma Irmã da Ordem de Santa Faustina, deu este testemunho:

 – Há alguns anos, um jovem Padre passando por um hospital de pacientes terminais se deparou com um caso difícil. As irmãs alertaram o Padre que havia um homem em estado terminal, com câncer que precisava da Unção dos Enfermos. O problema era que o homem se recusava a receber qualquer auxílio religioso. De qualquer forma para agradar as irmãs o Padre entrou com sua maletinha para dar a Unção ao moribundo. Foi então que recebeu essa contestação: – Padre vá embora daqui agora, pegue suas coisas e suma daqui , eu não preciso das suas coisas!. O padre chocado mal fez o sinal de cruz e saiu rapidamente pela porta.  Do lado de fora tinha uma Irmã sentada e que ao vê-lo se levantou, tomou-o pelos braços e implorou: – Padre por favor volte por essa porta. Não desista, eu estarei aqui. Volte por favor. O padre meio confuso, entrou e ao vê-lo o senhor iniciou uma série de palavrões , mas antes que prosseguisse o Padre disse: – Escute, eu não vou fazer nada, eu vou apenas rezar o Terço da Divina Misericórdia. Você pode me interromper quando quiser. Eu preciso rezar esse Terço aqui nesse quarto. O homem acenou positivamente e o Padre começou: – Pela sua dolorosa paixão tenha misericórdia de nós e do mundo todo! Após várias repetições o homem gritou : – PARE! E continuou: – Não há misericórdia para mim! O Padre: – Como ? Claro , a Misericórdia de Deus é para todos!. – Não Padre, Deus não pode me perdoar ! – Padre: – Porque você acha isso?

E o homem contou: Há  25 anos atrás, eu era o responsável pelo controle da vias férreas no plantão noturno. Naquele dia eu estava bêbado. Por estar totalmente bêbado, não Virei a cancela. Havia um carro com um casal e duas filhas vindo na direção da Estação e um trem em alta velocidade, por eu não ter virado a cancela o Trem esmagou o carro com um casal e duas filhas! Deus não pode me perdoar. Nesse dia eu fiz isso, e eu estava bêbado. Naquela noite eu matei uma mãe, um pai e duas crianças. Não há misericórdia para mim. Eu falhei e acabou. Então o Padre perguntou aquele homem onde teria ocorrido este trágico acidente. O Homem então disse o nome da cidade. Então o Padre tomando a palavra: – Meu irmão, filho de Deus. Você está vendo esse Terço, pois então, através desse Terço Jesus quis que o mundo através de Santa Faustina Kovalslka soubesse o significado da sua dolorosa paixão e o Oceano que é a sua Misericórdia. Aquele motorista, sua esposa, seus dois filhos eu os conheci. Naquele dia, eu não pude ir com eles. O pai, a mãe e as duas crianças eram meus pais, e minhas irmãs e eu os perdi. Através dessa oração Jesus está ter perdoando agora de tudo o que aconteceu. Em nome da minha família eu te perdôo por ter sido responsável pelas mortes de todos os meus familiares.

         Naquele momento, o homem em prantos, de joelhos pediu para completar a Confissão e ser absolvido e receber a Eucaristia. O padre então saiu pela porta e não encontrou nenhuma irmã do lado de fora, como ela havia prometido que ficaria até acabar a oração.  Ao atravessar a porta para a Igreja ele viu um quadro com o rosto de Santa Faustina que morreu há anos atrás, e concluiu que era ela que havia pedido ao Padre para voltar.

         Dois dias depois o homem morreu. Essa história já andou pelo mundo, e ocorreu na Polônia, mas pode acontecer em qualquer lugar onde o Terço da Misericórdia for recitado. Pois ao final se diz : Jesus Eu confio em Vós!

         Isso tudo acontece porque nós católicos cremos e confiamos que nossa falhas não é o fim, nosso caso tem concerto, nossas piores ações podem ser entregues aos pés da Cruz e com Jesus alcançar a porta do Céu, pela Sua Eterna Misericórdia.

           

 

Oremos: Abbá (Pai) Amado, hoje eu quero Senhor, professar a minha fé em ti! Eu quero proclamar a minha fé na sua Infinita Misericórdia, que vai além de todo o entendimento humano. Sim Senhor, que disse que o nosso pensar não é o pensar de Deus e por isso temos tanto medo de falhar, tanta preocupação com o perfeccionismo que deixamos para trás o tentar, o arriscar, o buscar em cada passo a ousadia que sempre foi  a marca do Católico. Vem Senhor nesse dia me curar, me libertar com a sua infinita Misericórdia, pois eterno é o seu Amor, e eterna é a Sua Misericórdia

Amém

 

 

Esta semana estamos ainda sentindo os efeitos do Domingo da Misericórdia. Sentimos que Deus nos leva a mar da Misericórdia. Santa Terezinha tocou num ponto importante do Evangelho, que é o pequeno caminho. Deus quer tocar em minha fraqueza, em minhas feridas mais profundas. A Misericórdia do Senhor alcança muitos que foram chamados no último minuto, como o bom ladrão.

Tente amar de acordo com o coração deu a cada um de nós. Através do coração que Deus permitiu um coração machucado, mas especialmente as pessoas mais difíceis. Mesmo em religiosos, os corações são machucados, e as vezes mais machucados ainda.

Jesus se apresenta aos apóstolos no domingo da Misericórdia, ainda com as feridas abertas, que significa que se apresenta estas feridas, como disse a Tomé. Ponha sua mão nas minhas feridas e elas curarão as suas. Achando buraco em nossos próprios corações, saiba que a ferida do coração de Jesus ainda continua aberto por nós.

Batismo é isso, é presente de Deus para nós. Eucaristia é presente para nós, totalmente para nós.

Nada atrai mais amor de Deus para nós que nossos buracos, nossas feridas nos corações. Nada atrai mais o Seu Amor!

Jesus disse a Santa Faustina que fizesse esta imagem pintada, com os buracos em seu coração derramando Sangue e Água e assinado, Jesus eu confio em vós! E com este quadro Jesus colocou 14 promessas a Santa Faustina que espalhasse pelo mundo todo.

O Senhor se lembra sempre de sua Aliança. As almas que recitam este Terço da Misericórdia, receberão grande Misericórdia nesta vida e na hora da morte. Grande noticia, para todos nós que tememos a momento final nosso aqui. A palavra acima das outras, é CONFIANÇA! Para nós é muito difícil confiar. E Jesus se apresenta e diz: Confio em mim!

Para quem confia, uma vez já é suficiente. Tem gente que fica a vida toda pedindo e pedindo para Jesus a presença pois até hoje não foi o suficiente. Confiança é tudo. Exemplificando há um Padre Chinês, que foi preso, Padre HOO, torturado em China, colocado em solitária, totalmente isolado do mundo, com várias doenças, e na Alegria que o mundo não tem, ele dizia, eu sentia a presença de Jesus todos os dias. E um dia foi liberado e mandado para os Estados Unidos, onde foi tratado com tantas doenças. Todas as doenças, foram milagrosamente curadas, pois fibrose pulmonar não tem cura. Seus problemas de coluna nunca ficaram bons. Mas ele dizia, Deus curou a doença que Ele escolheu curar, e o restante eu ofereço para que outros se convertam. Isto é confiança.

Permita que Deus te ame através do seu coração ferido e machucado. Assim é a Misericórdia. Jesus Eu confio em vós!

Lembre-se que um dos maiores devotos da Divina Misericórdia foi São João Paulo II, que morreu na Vigília deste dia! O Senhor escolheu chamar o Peregrino do Amor, no dia de sua maior devoção!

Jesus eu confio em vós!

 

 

 

 

 

Você é o nosso Convidado

Você é o nosso Convidado