É melhor dar do que receber. Mas hoje eu gostaria de dizer que nesta circunstância da Paixão,  eu digo que é melhor  Dar  e Receber. Pois alguma coisa está sendo dado, e se isso não for recebido, parece que foi inútil, foi por nada. Caso não receba, foi desperdiçado ou melhor foi descartado, ou ainda foi REJEITADO.

         O oposto de receber é rejeitar! Quando ouvimos as Leituras desta Paixão, nós nos defrontamos com o Salmo:

         Este presente de Jesus na Cruz, Deus em si mesmo se dando na Cruz por nós! Jesus chora e clama : Elói Elói labasabctani, Meu Deus Meu Deus porque me abandonaste!  Um presente desse, dado com este preço tão alto, se não é recebido é desperdiçado e rejeitado!

         Existe uma música que diz: Quão profundo o Pai nos ama, tem um verso que fala sobre o Pai vira a sua face ! O que isso significa! O Pai o estava rejeitando! A resposta é Não! Jesus está rezando o Salmo 22,

 

– Meu Deus, meu Deus, por que me abandonastes? E permaneceis longe de minhas súplicas e de meus gemidos?3Meu Deus, clamo de dia e não me respondeis; imploro de noite e não me atendeis.4Entretanto, vós habitais em vosso santuário, vós que sois a glória de Israel.5Nossos pais puseram sua confiança em vós, esperaram em vós e os livrastes.6A vós clamaram e foram salvos; confiaram em vós e não foram confundidos.\r7Eu, porém, sou um verme, não sou homem, o opróbrio de todos e a abjeção da plebe.8Todos os que me vêem zombam de mim; dizem, meneando a cabeça:9Esperou no Senhor, pois que ele o livre, que o salve, se o ama.10Sim, fostes vós que me tirastes das entranhas de minha mãe e, seguro, me fizestes repousar em seu seio.11Eu vos fui entregue desde o meu nascer, desde o ventre de minha mãe vós sois o meu Deus.12Não fiqueis longe de mim, pois estou atribulado; vinde para perto de mim, porque não há quem me ajude.13Cercam-me touros numerosos, rodeiam-me touros de Basã;14contra mim eles abrem suas fauces, como o leão que ruge e arrebata.15Derramo-me como água, todos os meus ossos se desconjuntam; meu coração tornou-se como cera, e derrete-se nas minhas entranhas.16Minha garganta está seca qual barro cozido, pega-se no paladar a minha língua: vós me reduzistes ao pó da morte.17Sim, rodeia-me uma malta de cães, cerca-me um bando de malfeitores. Traspassaram minhas mãos e meus pés:18poderia contar todos os meus ossos. Eles me olham e me observam com alegria,19repartem entre si as minhas vestes, e lançam sorte sobre a minha túnica.20Porém, vós, Senhor, não vos afasteis de mim; ó meu auxílio, bem depressa me ajudai.21Livrai da espada a minha alma, e das garras dos cães a minha vida.22Salvai-me a mim, mísero, das fauces do leão e dos chifres dos búfalos.23Então, anunciarei vosso nome a meus irmãos, e vos louvarei no meio da assembléia.24Vós que temeis o Senhor, louvai-o; vós todos, descendentes de Jacó, aclamai-o; temei-o, todos vós, estirpe de Israel,25porque ele não rejeitou nem desprezou a miséria do infeliz, nem dele desviou a sua face, mas o ouviu, quando lhe suplicava.26De vós procede o meu louvor na grande assembléia, cumprirei meus votos na presença dos que vos temem.27Os pobres comerão e serão saciados; louvarão o Senhor aqueles que o procuram: Vivam para sempre os nossos corações.28Hão de se lembrar do Senhor e a ele se converter todos os povos da terra; e diante dele se prostrarão todas as famílias das nações,29porque a realeza pertence ao Senhor, e ele impera sobre as nações.30Todos os que dormem no seio da terra o adorarão; diante dele se prostrarão os que retornam ao pó.31Para ele viverá a minha alma, há de servi-lo minha descendência. Ela falará do Senhor às gerações futuras e proclamará sua justiça ao povo que vai nascer: Eis o que fez o Senhor.

 

Jesus está revelando este Salmo dentro da sua infinita profundidade. As feridas do Santo Sudário, demonstram que foram 340 feridas profundas em Jesus. Neste Salmo, mostra os cachorros as voltas da cruz. Muitos eram crucificados com baixa crucificação onde os cachorros vinham atacar os corpos, mas Jesus foi alta crucificação! Quando vamos discorrendo sobre este Salmo atentamente vamos contemplando toda a entrega de Jesus na Cruz e toda a rejeição do mundo! Parece que Deus o abandonou! Oh meu Deus não está longe de mim!  E quando Jesus grita a seu Pai, o que realmente aconteceu! ELE O OUVIU!. Em tudo eles se comunicavam em doar e receber o tempo todo! Doador e receptor da multiforme graça do Amor que continuamente, ativamente Ama sem cessar!

         Pai em suas mãos entrego meu Espirito! O Pai nunca virará seu rosto do Amor, nunca, mesmo diante de todo o medo do estamos sofrendo, Ele está ali, assim como esteve em toda a Paixão ao lado do seu Filho comunicando o seu amor!

         Nós pobres ovelhas medrosas, temos muito medo de que quando caímos, por nossas fraquezas e iniquidades,  o Pai irá virar o Seu rosto, nos rejeitar, mas isso nunca acontece. Ele sempre nos ama, com Amor Eterno, infinitamente !

         Jesus nos ensina do alto da Cruz que mesmo diante de tudo na nossa vida que pareça rejeição, jamais o Pai nos rejeita e nos ama menos. Ele ama continuamente e constantemente!

         Jesus é o Sumo sacerdote e o Sacrifício! Ele oferte e é a parte maior do Sacrifício.

         Jesus é o Sumo sacerdote, Ele vestia o que todo Sacerdote da época usava HIFAD, que é a veste mais intima  e Sagrada de Israel. O Sumo sacerdote é rejeitado, quando tiram o HIFAD dele, Eles assim rejeitam o seu Rei, o Seu SumoSacerdote, Eterno Sacerdote.

         Hifad era feito sem costura, pela mãe do Sumo Sacerdote. Imagine sua mãe contemplando os soldados retirando aquilo que ele fez com suas mãos adestradas e seu filho rejeitado por todos a ponto de retirar dele o mais intimo de sua sacralidade. Mesmo retirando tudo dele, ainda era o único Doador. E continuando a ser Doador Ele olha para João e diz: Eis sua Mãe e a sua Mãe; Eis aí seu Filho. E neste momento Sua Mãe passou a ser a Mãe de todos nós!

         A única  coisa que Jesus espera de cada um de nós! Nosso Coração! Todos os nossos presentes sejam positivos ou negativos da nossa vida ofertada ao Senhor, é recebido para nossa Salvação!

 

 

 

Oremos: Abbá (Pai) Amado, em tuas mãos entrego meu Espirito. Que eu sempre seja agradecido por tudo o que o Senhor fez por mim e continua fazendo! Eu agradeço Senhor, todo o Amor por mim dispensado e transformado em Sangue e Água na Cruz! Senhor eu te ofereço toda a minha vida. Recebe Senhor o meu bem querer, o meu amor e todas as minhas fraquezas e fortalezas.

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Liberta-me, Restaura-me Senhor!  Amém

Glória a ti Senhor nos mais alto dos Céus agora e para sempre, por todos os séculos dos Séculos. Amém!

 

 

 

 

 

 

 

 

Para caminharmos com alegria, necessitamos algo mais poderoso do que controle

 

         Os primeiros cristãos eram homens e mulheres que viviam na incerteza. Os cristãos de hoje são homens e mulheres que vivem na incerteza. A diferença chave é que eles tinham algo muito maior do que segurança, eles tinham convicção. Mais do que controle eles tinham CONVICÇÃO.

         A pergunta que todos vocês hoje estão na cabeça é: – O que vem a seguir? Qual o próximo passo a dar? Você que hoje está na Universidade, optou por sua carreira ou ainda no início ainda anda muito confuso com esta escolha, isto está pesando em todos os seus momentos de recolhimento, esta pergunta anda te assombrando? O que vem a seguir? Qual o caminho que eu preciso tomar agora? Urgente e tão delicada essa questão. Posso ver nas mentes de vocês meus filhos, meus alunos, que isso está bastante fervilhante e poderia dizer preocupante em suas mentes, e por ser um assunto tão atual, escolhi trazer à tona para  clarear um pouco e ajudá-los a entender e assim prosseguir no caminho da luz, quando falamos como cristãos em Luz, estamos falando da Pessoa de Jesus Cristo Ressuscitado, pois Ele disse: Eu sou a luz do mundo, quem me segue não anda nas trevas mas tem a Luz da vida! Andar na verdade é seguir a Luz, pois Ele também disse, Eu sou o caminho, a Verdade e a Vida!

         Estou falando para os jovens, mas acho que isso vale para todas as idades, quando confrontamos com este questionamento.

         Muitos de nós passamos a vida nos preparando para o que vamos decidir hoje, nos preparando para o que vem a seguir. Já falamos um pouco sobre esse assunto algumas semanas atrás. Vivemos numa sequencia vital, do ensino fundamental à vida acadêmica.  Educar é ensinar os filhos o que vem a seguir, o próximo passo. Quando vamos para a Universidade vamos para sermos preparados para o que há de vir!  Isso as vezes nos dá a ideia, quando estamos vivendo a vida universitária de que teremos o Controle do que virá!

         Preparação é bom, pois preparação nos capacita para o futuro, mas uma certeza precisamos ter, por mais que nos preparemos, não poderemos controlar nosso futuro!

         Muitas pessoas são controladoras e vivem se frustrando e se decepcionando com os outros, pois é muito fácil perder o controle. O controle das coisas é uma ilusão. Muitos deixam de se alegrar, de aproveitar certos momentos saudáveis da vida, tentando controlar as coisas e as pessoas. Ninguém sabe o que vem no futuro.

         Para começar, aproveito este tempo pascal e convido vocês para observar as leituras, onde os apóstolos após Jesus ter sido preso, torturado, mutilado, esfacelado, crucificado e ressuscitado, todos sem exceção, todos estão sem poder, sem controle, sem certeza de nada! Todos estão deste modo com medo! Isso, muito medo. Quando não temos as coisas nas nossas mãos caímos no abismo do medo. O medo nos paralisa, nos acorrenta, nos aprisiona. Jesus se apresenta no meio deles, traz para eles a segurança de um Poder que nós não temos, que dependemos desta força do Alto para sobreviver e disso nasce a Convicção.

         Outra passagem nos narra que os primeiros cristãos vendiam todos os seus bens e partilhavam entre si. Viviam em comunidade e hoje alguém de nós poderia imaginar pessoas vivendo assim? Claro, quem já ouviu falar da Canção Nova ou  nas Novas Comunidades  que vivem assim., Mas na nossa vida secular, imaginamos algo desta proporção? Que lindo que todos venderam tudo o que tinham e não se preocuparam com o que vinha depois.

         Não sei se lembram mas os primeiros 31 papas da história foram Mártires, todos foram mortos! Trezentos anos na sequencia de papas mortos por serem Cristãos e imagina o 32º que não o foi, será que pensaria que era inferior, por não ter entregue sua vida por Cristo?

         Eles viviam em tamanha incerteza, que todos seriam a qualquer momento martirizados. O que vemos então é que parte do DNA do Cristão é não ter senso de controle sobre as coisas, ou seja, viver na incerteza! A certeza que temos como Cristão é que seremos rejeitados por sermos Cristãos! Este assunto é totalmente atual! Pense não somente no mundo, mas na sua casa, você se converteu e de repente todos da sua casa rejeitam esta ideia, você vai escutar coisas do tipo: – Pense com sua cabeça!

         Jesus entra no Cenáculo, e mostra no primeiro momento Suas chagas: – E após mostrar as chagas diz: – O Pai me mandou e assim eu vos envio neste mundo. Vocês serão rejeitados, olhem para as Minhas Chagas, sinal da Rejeição do mundo! O mundo vos odeia porque Me odiou por primeiro! Nós não aceitamos muito estas Palavras até sermos nós os interrogados! Por isso que a Igreja necessita algo muito maior do que Controle! Eu preciso algo maior que controle, muito mais do que saber o que vem a seguir! Tomé é o cara deste caminho! Ele fica muito furioso, quando seus amigos narram que Jesus apareceu no meio deles, e disse: – Se eu não tocar em suas Chagas não acreditarei, pois Eu o vi ser Crucificado, morto, impassível! Alguém já pensou porque Tomé quis colocar seu dedo nas chagas? Que ideia estranha! Quando Ele o vê, Ele cai no chão e diz: Meu Senhor e meu Deus! Naquele momento ele recebe algo maior que o controle! Ele recebeu a convicção!!!! Tomé não apenas acreditou, mas se CONVENCEU! Convencer é vencer junto! É tomar parte de uma Vitória memorável! É Ser um com o vencedor!

         Quando tomamos conhecimento e abrimos nossas mentes com a experiência de Jesus vivo e ressuscitado, sentimos seu Poder e sua força, nos convencemos! Este convencimento nos dá o sustento para nossas batalhas diárias sabendo que Ele é Guerreiro em nós! Nossa força vem Dele e tomamos como realidade algo que nos garante que Alguém muito maior do que nós, em cada um de nós, Tem o controle de Tudo! Einstein dizia que Deus não joga dados! Nada é a ao acaso! Jesus está no controle, tudo em nós muda pela Raiz, mudando nosso paradigma! Somos agora Um com Ele!

         Não sei se vocês sabem, mas as últimas estatísticas mostram que a cada ano desde o ano 2000, Cem Mil Cristãos são mortos/ano.

         Há 20 anos atrás quando você se apresentava na Universidade ou numa entrevista de emprego como Católico ou Cristão, você era imediatamente reconhecido como uma pessoa honesta, séria, proclamadora e defensora da verdade! Isso era muito positivo. E hoje, o quanto mudou! As últimas estatísticas mostram que quando os jovens se identificam como Católicos, são na mesma hora rejeitados, pois vão dizendo que nós somos intolerantes, homofóbicos, hipócritas. O que antes era uma pessoa trabalhadora, boa e cuidadora agora é um grosso, intolerante, arrogante, homofóbico. O antidoto para superar tudo isso é ser Convicto de que isso é a realidade que no rejeita.

         Exemplo simples para hoje é fazer parte de um grupo de alunos em qualquer  Universidade, mundo ocidental, em que sua bandeira é ser PROVIDA ( PROLIFE). Ande com uma campanha na Universidade com este tema e veja como os outros estudantes irão te tratar. Aqui no Rio a pouco tempo houve um ato de intolerância com algo parecido! Então, o que é claro é que no momento que vocês jovens tomam um tema dentro da sua fé para apresentar ao mundo, vem a contracorrente! Nadamos contra a maré. Quando tomamos nossa fé a sério, não importa não sabermos o que virá, qual será o próximo passo, mais ter a  convicção no que cremos e defendemos, pois Ele é a nossa força! É Sempre bom lembrar a última frase de toda Missa: – A Alegria do Senhor seja a vossa Força! Preste atenção numa coisa: – Quando o assunto é fé, e somos tratados desta forma tão grosseria, não é motivo para ficarmos com raiva, e sim para lembrarmos dos nossos irmãos nesses dois mil anos de caminhada, que se rejubilavam, ao poder testemunhar para quem estavam servindo.

         Saindo deste cenário do nosso mundinho e transpondo para o Vaticano. Quando um Papa é escolhido no Conclave, dentro da Capela Sistina há uma Capela a qual  ele se dirige ,conhecida como a  sala das Lágrimas! O escolhido se recolhe nesta sala, logo após ter sido eleito, para chorar! Por que? Porque todos, desde os primeiros sabem que este oficio é maior do que eles, e que muitos de seus precursores foram MORTOS e que ele pode ser martirizado também!  Papa Bento XVI, quando eleito, entrou na sala, se cobriu de lágrimas, mas quando apareceu na sacada estava com um sorriso maravilhoso, e vem logo a seguir esta explicação:  Ele sabia que não tinha controle nenhum sobre tudo aquilo, mas tinha a total e implacável CONVICÇÃO Apostólica! Pois o Espirito Santo o capacitou e Nele está o Controle!

         Então pense algo comigo que muito te ajudará em sua caminhada. Quando você consegue um emprego, uma posição, algo que chega a ser amedrontador para você, saiba que se o Espirito Santo o escolheu para aquele lugar, aquela função que você tem hoje, não é porque você é perfeito ou perfeita, ou porque você é o máximo, mas porque Ele tem a absoluta certeza de que você não vai comprometer aquele lugar! O trabalho é seu mas o controle é Dele!

         O que vem a seguir! Eu não sei mas eu sou Convicto de que o que me espera é o melhor! Eu não tenho o controle mas sou convicto. Jesus quando vence a morte, ele se torna o Vencedor de todas as coisas, por isso, eu e você participamos desta Vitória continuamente, mesmo que para isso tenhamos que perder a nossa vida, pois Ele prometeu, e se  Ele é o que Ele disse que era, eu sou o que Ele disse que eu sou, então  quem perder a sua vida por causa Dele, terá a Vida Eterna!

        

Oremos: Abbá (Pai) Amado, hoje estou aqui diante de Ti! Pois só tu tens Palavras de Vida Eterna. Hoje venho entregar em suas mãos todo o controle da minha vida, das minhas escolhas e do meu futuro! Sim, Senhor eu sei que só Tu tens Poder para através das minhas mãos fazer crescer os frutos do meu trabalho, esta é sua grande promessa! Pai eu preciso vencer toda raiz de perfeccionismo gestada em meu coração, toda a espécie de comportamento controlador, que em segundos as vezes, me faz me decepcionar com as coisas, com as pessoas e culpar o Senhor! Tira de mim Senhor tudo o que me afasta de Ti e  a partir de hoje permanecer Convicto, e levar meus irmãos a alcançar essa Convicção e assim poder, mesmo diante de todo desafio, não negar a minha Fé!

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Liberta-me, Restaura-me Senhor!  Amém

Glória a ti Senhor nos mais alto dos Céus agora e para sempre, por todos os séculos dos Séculos. Amém!

 

O TÚMULO ESTÁ VAZIO

 

                  Muitas pessoas gostam de visitar túmulos e tumbas de personagens famosos no mundo, de Lincoln em Springfield a São Pedro no Vaticano. Nós sentimos uma sensação de paz ao redor desses lugares. Mas uma coisa que nós não esperaríamos em tais túmulos e cemitérios seria ação. É isso que nós encontramos no centro do Cristianismo, como São João narra hoje em Seu Evangelho Pascal.

         Todos os grandes personagens da história estão enterrados e se pode confirmar a presença dos restos mortais. Todo tipo de personagem, sejam militares, filósofos, músicos, artistas, políticos enfim, toda espécie de herói está enterrado e ali não existe mais ação, mesmo se a pessoa tenha sido extremamente  ativa.

         Após toda esta meditação sobre túmulos e história, vamos ao que ocorreu dois mil anos atrás. O túmulo deveria estar sereno, pacífico, calmo, mas ali não era nada calmo e sereno, havia um grande movimento. A primeira a chegar, trazendo   óleos, perfumes, talvez alguma coisa escrita, esta era intenção desta discípula, na verdade uma mulher. De repente a Pedra estava rolada, apesar do peso daquela enorme rocha, incapaz de ser movida por poucas pessoas. Dentro do túmulo está alguém dentro, alguém que se apresenta como um Anjo. Que tremenda sensação, esperar ver alguém morto e o que há é um vivo. Imaginem como os discípulos ficaram atordoados, quando experimentaram aquele acontecimento. O anjo proclama: – Aquele a quem vocês procuram não está mais aqui, vocês verão na Galiléia. Este túmulo é um local de choque, que amedronta as pessoas. Atingir este ponto, nós atingimos o Centro do Cristianismo. Por que os discípulos ficam com medo e saem correndo daquele lugar.

         Deus é o Inimigo da morte. Nós temos medo da morte. Ele nos mostra o seu Poder sobre a morte. Nossa mente odeia a morte. A Ressurreição mais aceitável para o mundo moderno, mostra que diferente dos outros túmulos, este túmulo traz uma ação incontestável. Neste local, Deus demonstra seu Poder.

         O túmulo de Jesus traz uma sensação de ação, pois está vazio. As pessoas não vão ao túmulo de Jesus. Ali se olha para a própria vida e toma direção da Vida Eterna, da Ressurreição.

         Finalmente, uma reflexão pertinente diz respeito ao homem que aparece no Getsêmani que corre nú, deixando a túnica para trás. Nesta passagem da Ressurreição temos esta mesma figura, que no momento da Verdade foge, ele vem com Pedro, mas não tem nome. Este personagem foge, deixando sua Sidonah (túnica) para trás. Quem é este?  Ele é cada um de nós, que precisa a partir da experiência do túmulo vazio, sair pelo mundo para anunciar a Boa Nova. Deixe ser transformado pelo Elã da Nova Evangelização. Ele Ressuscitou e está no meio de Nós! A pedra rolou, e a morte não tem mais poder sobre ninguém por Jesus Cristo! Aleluiah!

 

                  Durante toda esta Semana Santa vemos várias citações a respeito de Jesus, o Messias. Da direção que Ele entra em Jerusalém, o modo do seu transporte, nós vamos encontrando citações atrás de citações, profecias atrás de profecias as quais com Ele pretende tomar retomar o Templo e provar ao mundo que Ele é o Filho de Deus, escolhido para nos Salvar através do seu exemplo revolucionário de amor e perdão.

                  A entrada de Jesus no Domingo de Ramos , suas Palavras e assim como na Sinagoga em Nazareth onde Ele abre o Livro de Isaias e ao final de ler a passagem, fecha o livro e Proclama, hoje cumpriram-se as Profecias! Eu sou!

                  Jesus entra em Jerusalém como São Marcos narra pelo leste, ou seja pelo Oriente. Ele vem de Betânia e Betfage. Jesus cumpre as profecias narrando sobre isso. O Messias viria do Oriente. Veja, o Profeta Ezequiel 10, a Glória de Deus, deixa o templo, para em fronte a porta do Oriente e a glória de Deus estava sobre este lugar e deixa o Templo. A Glória de Deus deixando o templo é uma das passagens mais dramáticas do Velho Testamento, pois o povo de Israel não teria mais onde realizar seus sacrifícios para Yaweh. O Shekinah, deixava seu lugar, pela infidelidade do povo de Deus, pela corrupção do Templo. A Glória saiu e subiu aos céus. Quando Deus voltaria ao Templo da mesma forma como deixou pelo Portão que olhava para o Oriente. Ezequiel profetiza a volta no Capitulo 43. A Glória de Deus entraria pela Porta do Oriente de fronte para o Monte das Oliveiras.

                  Assim o Templo seria reconstruído e restituído. Todos Judeus da época de Jesus sabiam desta Profecia. Os essênios que eram judeus radicais que viviam mais isolados, bem  longe da cidade, esperavam ansiosamente pelo cumprimento desta Profecia, assim como todo o restante do povo Judeu das cidades e do Sinédrio.

                  Jesus dizendo sobre si mesmo, mostra ao povo que o verdadeiro local do Duelo entre Deus e o Inimigo era o Templo, e não mais sacrifícios seriam necessários após Jesus, pois Ele seria o Único, Verdadeiro e eterno Sacrifício do Templo que ecoaria na Eternidade. Marcos narra Jesus vindo do Oriente, A glória de Yaweh vem pelo Oriente, tomando possessão do seu lugar. Ele entrou no Templo e pronunciou o julgamento sobre o Templo. Jesus disse que destruiria o Templo e em três dias reconstruiria, exatamente como Ezequiel profetizou. João narra que o Templo de Cristo era seu próprio corpo. Shekinah agora é o próprio Corpo do Senhor!

                  Zacarias 9:9, Exulta de alegria, filha de Sião, solta gritos de júbilo filha de Jerusalém, eis que vem a ti o teu rei, justo e vitorioso, ele é simples e vem montado num jumento no potro de uma jumenta. O  que tem atrás deste texto. Davi em 2Sam mostra Davi dançando em frente ao Templo. Salomão o filho de Davi, constrói o grande Templo de Jerusalém em ambos os reinos eram Justos. Seguindo esses Reis, os outros caíram na corrupção e o Templo foi corrompido. Um dia um verdadeiro Davi, o verdadeiro Rei tomará a cidade e será um grande Rei que tomará o mundo.

                  Deus, em si mesmo deveria vir libertará seu povo. Isaias, Malaquias , Salmo 45 e tantos outros narrando Yaweh voltando para o Monte Sião e reinando sobre as nações. Deus se tornaria Rei através de um filho de Davi. Zacarias mostra um Rei que entra na cidade como um Rei humilde, com um jumento e não como uma cavalaria árabe. 

                  Jesus é  Deus por si mesmo que entra em Jerusalém, Shekinah que retorna ao Templo. Filho de Davi que entra pela porta do Oriente ou Portão de Ouro e cumpre as profecias.

 

ASSINE SEU NOME – A CRUZ – A PAIXÃO

 

         Este tempo é um tempo de silêncio, tempo de contemplarmos a Cruz Sagrada, Oh madeiro bendito, como cantavam os antigos Padre e Monges. Oh Santo Madeiro!

         A Paixão e morte de Jesus Cristo é um mistério imenso e é tão grande e imenso que às vezes pode parecer impessoal. Mas este evento não foi anônimo e os sofrimentos de Jesus não foram em vão nem tão pouco genérico. Cada momento singular tem um nome anexado, impresso nele, e cada golpe é específico. Enquanto eu não reconheço que o quê Ele fez por fim tornou-se pessoal , o que Ele fez por mim não se torna pessoal, continua sendo impessoal.

         Eu quero trazer isso para nossa vida comum! Todos nós temos uma história onde passamos nossa infância, nossa adolescência, nossa vida antes e durante a Universidade. Reparem que para cada tempo mais anônimos vamos nos tornando, pois vamos mudando de Instituição para Instituição e elas normalmente são maiores do que as anteriores. Quanto isso tem relação com Internato, ou viver dentro de um Campus, temos a cada ano talvez que trocar de acomodação, mas não gostamos muito disso, e queremos deixar a nossa marca, para um dia outro que vier morar ali lerá: – Fulano esteve aqui!  Não gostamos desta história de anonimato ou ser genérico, nós vivemos naquele lugar. Como é legal quando encontramos algum amigo ou amiga que durante um período fomos próximos, assim é a nossa história, queremos deixar nosso nome nos lugares e nas coisas, não ser anônimo!

         A Paixão de Cristo é imensa, é grande, é uma grande verdade e uma grande história. Muito fácil fazer disso um anonimato. Muitos de nós dizemos, que coisa extraordinária que Jesus fez, puxa vida, mas não vejo nenhuma conexão entre o que Ele fez e eu! Eu não tenho meu nome nisso, eu não sei se foi por mim!

         Olhe para imagem de Jesus Cristo na Cruz, e olhe o nome de Jesus lá, INRI, eu não sei se isso tem a ver comigo! Deus morreu por MIM? Isso deveria ser algo imenso!!!

         O Santo Sudário de Turim (Itália) grande legado do Senhor para nós. Este Sudário foi usado por José de Arimatéia que envolveu  o corpo de Jesus. Nós temos isso real, o que foi lido no último Domingo na narrativa da Paixão. Nós temos e está em Turin. A Igreja não diz que você tem que  acreditar no Santo Sudário, mas em quem o Sudário envolveu. Minha fé não está firmada no Sudário mas em quem Ele envolveu. Eu sou salvo por Jesus Cristo. Pois Ele é verdade o caminho e a vida.

         Aprofundando no Santo Sudário pertinente neste época do ano, sabemos que no Século XIX, cientistas usando teste do Carbono propuseram  que este manto deveria, pelos achados, pertencerem a alguém que viveu nos anos de 1300DC. Muitos de nós ouvimos isso. Antes de mais nada, o Santo Sudário é um tecido de Linho que mede 4,36 metros por 1,10m.  Podemos ver que é uma peça grande. O erro da avaliação foi porque há 7 razões que a análise de carbono era falsa, pois incorreram numa série de erros encontrados nessa avaliação, o que trouxe um viés interferindo no resultado final. Para elucidar isso, a ciência moderna convocou na década de 90, portanto muito recente,  2000 cientistas  para estudarem o Sudário de Turim. Desses cientistas, agnósticos, ateus, estudando o Sudário, 95% deles se tornaram Cristãos.

         Essa é uma grande ferramenta para derrubar a tese que Fé e Ciência se opõem, me desculpem os desinformados, mas a pouca ciência nos afasta de Deus e a muita Ciência nos Aproxima ( Louis Pasteur). Os primeiros cientistas eram Cristãos, o método cientifico foi descoberto por Padre Jesuita, teoria do Big Bang , Teorias do Universo Paralelo, Astronomia, Genética, todos Padres e Monges reconhecidos pelo mundo todo.

         Ciência é a busca da Verdade, Fé é a busca da Verdade Sobrenatural e Verdade não pode contradizer Verdade. Ciência pergunta ao mundo O quê e como. e a fé Quem e Porquê! As respostas não podem se contradizer. Muitas coisas em ciência suportam a nossa Fé.

         A ciência olhando e examinando o Sudário: -Não há pigmentos, tintas ou corantes. Ninguém sabe como esta imagem está impressa no Linho. Não se pode replicar. É uma imagem Negativa. Você precisa tirar uma foto e olhar o Negativo para reconhecer a imagem. Nos séculos XIII ou mesmo XVIII não existia revelação em negativo. Eles não podiam reconhecer os detalhes. Eles não tinham como fazer, não tinham tecnologia para isso.

         Quando olhamos para a imagem completa, vemos um homem alto, muito castigado. Olhando para as costas. Na lei Judaica só poderia castigar alguém com 39 chibatadas, mais do que isso seria considerada flagelação imprópria, excesso de violência e era proibida. Era claro que este homem foi exageradamente flagelado. Há marcas neste homem de um instrumento de flagelação com pontas de vidro, ganchos e  de osso, e ferro. Marcas de golpes, 120 golpes, vários deles com múltiplas ponteiras flageladoras destes materiais que poderiam golpear em até 7 vezes simultaneamente, pegando da região occipital e descendo até o calcanhar, rasgando sua pele, suas fáscias, suas aponeuroses, seus músculos, seus vasos, seus nervos, seus ossos.

         Pela análise Forense Francesa, eles viam que tinham dois flageladores um de cada lado. A coroa de espinhos, espinhos grandes, pontiagudos e duros . Os espinhos foram martelados sobre o crânio! Cobrindo toda a sua cabeça com os espinhos cravados! O derramamento de sangue era profuso,  este sangue cobria   todo seu cabelos e face, fruto das feridas cranianas.

         A impressão desta imagem como muitos podem pensar por tanta flagelação, quando em contato com o corpo deveria ser apenas sangue, realmente há sangue, mas não é o configura ser. A imagem foi impressa por luz,  radiação e térmica, comparada segundo a NASA , como uma explosão atômica, e eles concluíram, deve ser no momento da Ressurreição. É apenas 6micron de profundidade. Este corpo foi envolvido com todo o sangue no momento da morte, mas a imagem é impressa no momento da Ressurreição.

         Sobre a o que está impresso, pela análise Forense francesa, revela-se que a Face do Senhor, foi extremamente golpeado em sua face! Haviam dois homens neste momento um a direita e outro a esquerda. O homem que golpeava à direita era mais agressivo. Batia com uma vara, que tinha poder de mutilar. Com a vara ele golpeou o nariz e a cartilagem do nariz foi deslocada da espinha nasal. A ferida do olho direito com golpe de baixo para cima aumenta a fratura no teto da orbita, luxando o olho direito. Esta ferida traz uma dor insuportável para um ser humano.

         Quando os dois mutiladores torturando Jesus na face, já quase cego, vão  dizer: Profetiza! Quem te bateu? Pare um momento por aqui! Quando os mutiladores pergunta quem havia batido Nele, pense: Ele sabia! E continua sabendo até hoje quem o flagela. Ele não sabia apenas quem tinha batido nele, mas toda a vida daquela pessoa, desde a eternidade! Jesus sabia o nome, a família, a geração daquele que o flagelava. Jesus rodeado por uma multidão, não via a multidão via cada um dos seus seguidores e o via por inteiro. Assim Ele não era flagelado e golpeado por estranhos, nenhum deles era anônimo para Ele. Cada um dos flageladores tinha um nome em anexo e era claro para Ele quem era cada um! A verdade que importa é que isso tudo é muito Pessoal! Pois  eu fiz isso! Eu flagelei Jesus! Eu olho para sua face no Sudário e vejo meu nome impresso nas suas chagas. Esta ferida no seu nariz e no olho, eu me lembro de ter feito isso, e ainda mais eu não me importo porque  eu fiz. Eu pus meu nome nisso! Eu assino meu nome nas flagelações do Senhor!  Tudo isso pode ser grande e imenso mas não é anônimo! E o que eu e você temos com isso? TUDO, somos nós os algozes do Senhor!

         Enquanto eu não assumo que tudo isso é pessoal eu não tomo parte na Redenção do Senhor! O que Ele fez por mim quando eu assumo se torna pessoal na minha vida, minha Salvação! Quando eu assumo, Ele me repsonde eu fiz isso por você! Jesus eu fiz isso pelo Senhor e não me importa, e Ele responde Eu fiz isso por você e porque isso me importa!

         A Confissão é a resposta a tudo isso! Jesus eu sinto muito, eu vejo que eu cuspi em você, eu sinto muito, eu não sei porque eu fiz, eu sou são estúpido! Eu sinto muito mesmo! Eu te machuquei com tanta força Senhor, eu sinto muito. Eu sou estúpido, estúpido, estúpido. Eu tenho feito tanta coisa ruim, eu tenho me metido em tanta coisa errada, tenho machucado o Senhor e aos outros, sou tão estúpido. Eu tenho traído tanto e machucado o seu coração traindo as pessoas que eu amo, sou tão estúpido. Eu me rendo! Meus pecados não são anônimos! Tem meu nome nisso. Eu clamo pela minha Salvação!

         Jesus sempre deseja que tudo isso seja purificado em mim e em você, mas precisamos de Confissão! Com todos os meus pecados na mão Jesus diz: Tudo isso é meu! Eu assino meu nome nos meus pecados e Jesus assina o nome Dele em MIM!

         Jesus está dizendo para você e para mim agora: Você é meu! Seu nome está gravado em minhas mãos! Jesus escreve neste momento o Nome Dele em seu Coração! No altar do coração arrependido está o Senhor te justificando e te Salvando!

         Renda-se ao Amor que se fez um de nós para nos Salvar por inteiro! Este é o dia, o dia onde a Morte de Cruz redefine a nossa Morte, para uma Vida Eterna!

 

 

 

 

 

 

Oremos: Abbá (Pai) Amado, em tuas mãos entrego o meu Espirito! Pai em tuas mãos eu entrego a minha vida, o meu coração como um vaso despedaçado, recebe tudo aquilo que sou, tudo aquilo que sinto! Pai em tuas mãos entrego o meu espirito! Entrego meus sonhos, minhas dores, me derramo cheio de confiança! Tuas mãos estão perto de mim, elas me amparam, me tocam para me curar! Pai eu abençoo as horas difíceis da vida em que pude cair, cair nas tuas mãos, sentindo o seu consolo. Bendita as vezes eu que eu caí em tuas mãos. Caí frágil, ferido e pecador, mas me mergulhei em tuas mãos, no teu coração na tua infinita Misericórdia. Eu abençoo todas às mãos que passaram por esta vida me machucando, me ferindo, me molestando e me destruindo. Pois o Senhor veio em todas as situações e vem agora me levantando com suas mãos e assim do alto da Cruz estou crucificado contigo e o que posso ver são apenas as suas mãos, pois nada me importa a não ser suas mãos a me Sustentar, a me restaurar a me Salvar! Suas mãos estão sempre abertas a me amparar, a me cuidar, a me resgatar.  

 

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Liberta-me, Restaura-me Senhor!  Amém

Glória a ti Senhor nos mais alto dos Céus agora e para sempre, por todos os séculos dos Séculos. Amém!