Procrastinação espiritual leva a pessoa ao esgotamento na caminhada

PROCRASTINAÇÃO, eis o termo que devemos meditar hoje, ou seja, a arte de adiar as coisas que deveriam ser feitas logo, ou ainda, que deveriam ser feitas agora. Existe um termo que cabe bem aqui que se chama: PROCRASTINAÇÃO ESTRATÉGICA.  Pessoas pensam que procrastinação é  somente assistir aos seriados na TV; gastar tempo navegando pelas mídias sociais e,  isso sim, seria procrastinação. Mas, ainda não é o que realmente fazemos.

Nós costumamos  fazer um monte de coisa, parecendo que somos muito ocupados, mas não fazemos o que necessita ser feito. A isso chamamos de PROCRASTINAÇÃO ESTRATÉGICA.

As pessoas olham a distância e acham que nós estamos superocupados, mas, nós estamos (realmente) fazendo muitas coisas, quando nós deveríamos fazer uma coisa só, e cada coisa a seu tempo.

Procrastinação na Vida Espiritual 

Esse conceito se aplica não somente à nossa vida diária, mas também à nossa vida Espiritual.

As pessoas, na vida espiritual, se ocupam de uma porção de atividades e se ocupam de uma série de devoções, de ações, ao invés de focar em algo que realmente seja a vontade de Deus para aquele tempo.

Muitas pessoas, hoje, estão numa caminhada errática querendo fazer todas as coisas, abraçar todo tipo de devoção, fazer todo o tipo de atividade dentro da Igreja e na ações externas e acabam se esgotando nesse caminho de superatividade que nada mais é do que Procrastinação espiritual.

São João da Cruz dizia que o excesso de atividade na vida espiritual leva o individuo ao cansaço e ao fracasso de sua caminhada. Por isso não se deve fazer um monte de coisa, e sim “A Coisa”!

Exemplo da Sagrada Escritura

Nas Escrituras estamos cheios de exemplos de Judeus que viviam como os fariseus da época. Queriam fazer as coisas, mas ao final não faziam “A COISA”! Exemplo seria a crítica deles quanto os servos de Cristo, que não lavavam as mãos antes de comer. Mas, na verdade, a obsessão deles sobre lavar as mãos para tudo, levava os seguidores de Jesus a uma exaustão de preocupação, com um suplemento saudável transformado em Requerimento, exigência ou mandamento. Mas, em momento algum, em Levítico, Deus tinha dito que deveria ser exagerado assim, esse exagero tornou-se ação do homem.

Nós somos, muitas vezes, criticados a respeito da nossa Tradição. A Tradição vem da comunicação oral e, também, das Escrituras.

Nós marchamos segurando a Tradição e as Escrituras. Jesus diz que não veio para mudar a Lei mas para dar pleno cumprimento.

Há 73 Livros Sagrados na Bíblia para nós Católicos e, também, a Tradição, isto é,  que não está nas Escrituras veio pela Tradição. Mesmo os livros serem 73, estão relacionados à Tradição que os junta no inicio do Catolicismo e se mantém até hoje.

O problema dos fariseus não eram as Escrituras ou a Tradição. O problema deles confrontando Jesus era : primeiro, crerem que o suplemento poderia ser tomado como Prescrição ou Requerimento. Segundo, por confundirem a aparição sagrada com a presença do Sagrado. Terceiro, eles usavam a tradição para o opcional, ao invés do ESSENCIAL.

O essencial 

Um costume nosso é fazer o sinal da Cruz quando passamos em frente a uma Igreja Católica. Pois sabemos que aquele prédio tem algo especial e merece todo o nosso respeito. É o tabernáculo, ou seja, o Corpo, Alma e Divindade de nosso Senhor Jesus Cristo, portanto, diante do Rei dos Reis nosso respeito. Isso é um suplemento.

Uma pessoa católica que passa diante da Igreja e não faz sinal da Cruz não pode ser condenado, pois não é um Mandamento, um Requerimento, mas um Suplemento. Um exemplo da vida cotidiana é avaliar uma pessoa e dizer que ela é saudável, não pelos suplementos que ela ingere diariamente, mas pelas suas atividades físicas e pela sua alimentação.

Na vida espiritual, o suplemento não pode ser usado como avaliador. Frequentar a Missa todos os Domingos é um Requerimento, e não o sinal da Cruz que se faz quando se passa diante da Igreja. Jesus fala forte quando diz que os Judeus louvavam o Senhor com os lábios, mas os corações estavam longe dele. Por isso, eles faziam muitas coisas mas não faziam a COISA, ou o Essencial.

Nós fazemos muitas coisas, mas não vamos fundo no nosso coração. Ficamos aparentando Santidade com exterioridades, mas não demonstramos Santidade, não exalamos Santidade e, por fim, não vivemos Santidade.

O que está errado  é optar pelo opcional, ao invés de abraçar o essencial. E, assim, não viver o verdadeiro sentido da Fé Católica. Nós não somos chamamos a nos ocupar de uma série de coisas, mas a uma coisa essencial e essa é o que o Senhor está hoje indicando dentro de nós. Então assim nós estamos vivendo uma Procrastinação Estratégica.

Doação e desapego 

Doação é um ato de pegar qualquer coisa na sua vida e oferecer a Deus. Isso é muito precioso, pois demonstra nosso respeito e nosso desapego.

Muitas pessoas contribuem monetariamente com a Igreja, quando poderiam usar esse dinheiro com os seus pais idosos. Isso é o que Jesus chama de Hipócritas. Muitos de nós fazemos isso hoje, fazer o opcional, no lugar do essencial.

Muitos, hoje, estão carregando uma Cruz no peito; um Rosário no bolso; e vivendo por fofocas, por individualidades, por se portar indevidamente quando há uma fila para ser respeitar, ou quando alguém solicita a ajuda física, ou mesmo, quando a vaidade vem acima nas tarefas de comunidade.

Nosso chamado, hoje, é para mudarmos o interior e não o exterior. Para o próximo Domingo desejo que, todos os que participarem da Santa Missa, busquem uma mudança interior verdadeira. Tome uma caneta e um papel e escreva para ofertar no altar das intenções:

Senhor, qual é a Coisa Essencial que eu preciso mudar hoje? Basta entender que é apenas um passo e não doze passos.

Em seguida, perguntar ao Senhor para iniciar a Semana: “Qual a única Coisa que o Senhor deseja que eu faça no próximo dia”?

Desse modo se combate a Procrastinação Espiritual.       

Oremos

Abbá (Pai) Amado, qual é a Coisa mais importante que eu preciso mudar hoje?
Senhor, qual a única coisa que o Senhor me pede para que eu faça?
Senhor, derrube em mim todas as coisas suplementares e que venha de dentro de mim apenas o Essencial.
Senhor, me transforme em um verdadeiro seguidor do Senhor, renovando a cada dia do desejo, ser melhor diante dos seus olhos.
Destrua em mim o pecado da Procrastinação, para que cresça, em mim, os Seus Dons e diminua os meus vícios.

Pai, em Tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém.

 

 

 

 

                        Hoje estaremos dando sequencia a série Quaresmal a RAIZ, ir além da superfície, buscar no profundo do nosso ser as Raízes que necessitam ser transformadas e assim termos uma vida que dá frutos, que frutifica e que inspira outros a seguir o caminho da Verdade e da Vida, ou seja, ser realmente seguidores de Jesus Cristo cumprindo fielmente nossos desígnios verdadeiros que estão guardados no coração de Deus ( Col 3).

                  Antes de começarmos é bom esclarecermos o que significa Hessed ou Hesed. Hesed é uma qualidade do caráter de DEUS Pai que significa o quanto ele nos ajuda a mantermos nossa aliança, o seu Ser Fiel, o seu Ser Misericordioso. Esta Palavra é o cerne das Leituras do último Domingo onde se falou de um povo que apesar de tudo o que Deus tinha feito por eles, como eles eram o povo escolhido, como Deus demonstrava seu Amor fiel ao povo de Israel, mas  eles escolheram permanecer em suas paixões, desejando o poder e a fama, e assim foram corrompendo seu Templo até que Deus permite que esse povo seja tomado, invadido feito escravos e seu Templo, o local do Shekinah, o local de se louvar a Deus, de se sacrificar a Deus, fosse destruído. Assim ficaram na escravidão durante 70 anos, sem um local para seus sacrifícios, sem um local para se Louvar a Deus, sem um local para derramar suas almas. Mas Deus em sua infinita Misericórdia        (HESSED), suscita no coração do imperador Ciro ( persa) que deixe o povo de Israel voltar ao seu lar e reconstruir o Templo destruído. Deus não se deixa economizar em generosidade, quando seu povo se volta para Iaweh novamente. Esta Leitura em 2Crônicas36 é tão importante que vai prenunciar a entrega do Deus Amor em João 3-16, o cerne da nossa Fé! E Deus amou tanto o mundo que enviou seu próprio Filho para que todo aquele que Nele crer não pereça mas tenha a Vida Eterna!

                  Para voltar a Deus é preciso sermos Honestos. O povo de Israel se voltou e demonstrou esta honestidade e Deus como sempre cumpre sua Promessa! Mas muitas pessoas hoje em dia têm muita dificuldade de serem honestas, bem com elas mesmas. Não basta apenas fazermos isso na superfície, precisamos ir na raíz, no interior do nosso coração, na verdade SER RADICAL!

                  Traduzindo um pouco tudo isso para o tempo em que  vivemos. Todos nós gostamos de umas férias, ou feriado prolongado. Muitos inclusive podem visitar outros países. Precisamos de férias para dar valor ao nosso tempo comum. Ela nos dá vida a nossa vida real.

                  Nos Estados Unidos duas mulheres de Minnesota foram para Las Vegas e criaram este termo: O que acontece em Vegas fica em Vegas.

                  Muitos hoje vivem repetindo esta frase perigosa, que alimenta os inconscientes, pois o PROBLEMA NÃO É QUE NÃO SOMOS LIVRES PARA NOSSAS PRÓPRIAS DECISÕES MAS NÃO SOMOS LIVRES PARA ESCOLHER E LIDAR COM AS CONSEQUENCIAS DESTA DECISÕES!

                  Eu não sou livre para escolher as  consequências das minhas escolhas. Por isso precisamos saber que CADA ATO MORAL QUE TOMAMOS É  UM ATO RADICAL POR SI MESMO! Casa escolha é um ato radical. Vem da palavra Latim ( radix) que significa RAIZ!

                  Pois vir do interior da pessoa vem da Raiz. Tudo o que fazemos vem do nosso interior e altera essa raíz. Por isso se torna um problema. Tudo o que ESCOLHEMOS EM PRIVADO, EM SECRETO, LONGE DOS OLHOS DOS QUE CONHECEMOS, NÃO FICAM LÁ, ELES SE REVELAM EM PÚBLICO. TUDO O QUE FAZEMOS EM SECRETO SE REVELARÁ EM PÚBLICO.

                  Oscar Wilde um grande escritor do Século passado e final do anterior, escreveu um livro que tornou bastante conhecido até hoje: O Retrato de Dorian Gray. Este livro retrata a história de um jovem muito bonito, charmoso, inteligente e atraente que um dia tem sua beleza em forma de Quadro, ou seja  ele foi  pintado. Ao final do autorretrato que ficou exatamente como ele se parecia, o mesmo ficou com muito ciúme. Ele dizia que a Pintura ficaria sempre linda, sempre atraente e ele não, ele envelheceria. Então fez um pacto diabólico, que tudo o  que ele fizesse em sua vida que não fosse bonito, digno de elogios e admirações deveriam ser registrados no quadro. Seu desejo foi ouvido pelo pacto demoníaco e então ele prossegue em sua vida lindo e maravilhoso mas fazendo coisas más, e a cada ato seu a pintura ia se deformando a ponto de um dia ele não aguentar mais olhando para si mesmo, ainda lindo, ainda charmoso, atraente e seu autorretrato, ou seja o seu interior carcomido pelas obras diabólicas, ao desfazer o pacto diabólico, não aguenta as marcas e as deformações e as consequências de seus atos e morre repulsivo se tornando velho e deformado e a pintura volta a sua beleza.

                  Nada que fizemos em privado fica em privado. Não porque Deus não nos ama, mas porque Ele nos ama, que é assim!

                  O que foi narrado acima em 2Cr36 o povo estava assim, os sacerdotes, os consagrados e o povo de Judá se corromperam. Eles permitiram pelos seus atos privados revelados em publico que o Templo fosse destruído. Deus permitiu que os inimigos queimassem o Templo e seus objetos preciosos. Deus se mantem fiel pois não pode se contradizer e então  se afasta da infidelidade, mas não do seu Hessed.

                  Este é o preço público do pecado privado do povo e de cada um de nós. Nós experimentamos isso. Deus manda seus anjos, manda seus profetas todos a nos alertar, mas nós vamos para Balada e dizemos o que acontece lá fica lá, mas não é assim! Há o preço público do pecado privado. A isso é chamado Pecado RADICAL. A única forma de combater um PECADO RADICAL É UM AMOR RADICAL!

                  O pecado nos torna as vezes irreconhecíveis até para Deus, mesmo o pecado secreto, privado. Deus ainda assim continua  nos amando, até a nossa Raíz, mesmo quando nem nós mesmos estamos nos amando mais, entregue ao pecado e suas consequências, como o filho pródigo, atrás até dos porcos.  O que Deus fez quando o povo o traiu e teve o Templo incendiado, apresentou seu Amor Radical em permitir que eles ficassem 70 anos sem lugar para louvar Deus, e meus irmãos e irmãs, não há maior desespero para a Alma humana do que estar longe de Iaweh, não ter lugar para Adorar o Senhor! Assim mesmo olhe o Amor Radical, que continua amando, mesmo que o Seu Povo o rejeite. Após 70 anos o povo se volta para Iaweh, que imediatamente através do próprio Rei, faz o povo de Israel retornar à Terra Prometida.  O nosso pecado muda o nosso coração e muda a nossa Raiz. O que Deus faz? Ele vai até lá para nos restaurar com o seu Amor Radical.

                  Como Deus faz tudo isso? Em João 3-16. Amor RADICAL. Nada mais radical do que a minha necessidade radical por ele, que me atrai violentamente para o seu Amor Radical, pela minha escolha mais radical, e assim vemos muitos exemplos de Santos que se converteram dentro desta radicalidade, dentre eles, São Francisco de Assis, Santo Inácio de Loyola, São Paulo, Santo Agostinho e tantos outros.

                  A luz veio ao mundo, mas o povo prefere as trevas do que a Luz. Ao invés de querermos a luz, preferimos ficar nas sombras. Porque eu prefiro o que acontece em Vegas fica em Vegas. Não, não, se deixe restaurar radicalmente pelo Amor Radical.

                  Davi tentou esconder tudo em segredo, mesmo sabendo que Deus vê tudo. Profeta Nathan se aproxima e revela pelas próprias palavras de Davi, que Ele era o homem rico que tinha as ovelhas e tomou a única do outro, tomando a mulher de seu melhor guerreiro.  O que ele fez em privado se tornou revelado em público. Assim ele compôs o  Salmo 32.

                  O Sacramento da Confissão é o grande presente de Deus para que possamos oferecer nossa fraqueza e nossos pecados e nossas necessidades ao Amor Radical e seu poder imediato  restaurador.

                  Há um preço público de um pecado secreto e eu não desejo mais guardar isso dentro de mim, quantos a nossa volta estão necessitando desta palavra. Como Sacramento, não adianta achar que direto com Deus resolve isso, pois Ele deseja a sua parte no Ato de Restauração. Por isso necessitamos da Ação Sacerdotal com o Sacramento da Ordem que nos coloca onde Jesus assumiu nosso Pecado, ou seja na Cruz, e tem Autoridade para apagá-lo. Não é a figura humana ali postada mas a Jesus a nossa sincera e Radical Resposta.

                  Porque Deus nos ama, por nós somos bom? Não porque Ele é bom! Por que nós somos fortes? Não porque Ele é ! Porque Seu Amor por nós, mesmo com nossas misérias, por Seu Filho fomos curados e Salvos, por GRAÇA! Não por nosso merecimento, isso  é Presente de Deus!

                  Ao contrário do que falamos no início, quando o assunto é Calvário, o assunto é Sacramento da Confissão: O que acontece ali, fica Ali!

                 

 

Oremos: Abbá (Pai) Amado, minhas necessidades radicais necessitam de seu Amor Radical. Pai querido eu tenho guardado tanta coisa em meu coração, coisas da minha vida desde pequeno, de adolescente, coisas que me envergonho, coisas da Faculdade e da minha vida adulta. Senhor, quantas vezes eu quis trazer a tona e te confessar, mas fui impedido pela minha vergonha, por vezes eu me retraía diante do Sacerdote. Mas hoje Senhor eu quero trazer a tona tudo que em mim é causa de acusação do tentador frente à Cruz! Eu necessito radicalmente do Seu Perdão Incondicional lavando todas as minhas profundezas. Perdoa-me Senhor de tudo o que eu escondi durante todo este tempo e parecia que me devorava os ossos por dentro. Senhor coloque suas mãos chagadas sobre o meu coração e me dê Vida Senhor! Eu não sabia Senhor que estas coisas viriam um dia à luz, viriam a se manifestar publicamente. Eu não sabia Senhor que o que fazemos secretamente vem se revelar em público, então Eu escolho eu mesmo revelar a Ti Senhor e a mais ninguém, para que diante da sua Cruz eu possa ser perdoado e lavado com teu Precioso Sangue, e pela Água que jorra do seu Coração Aberto.

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Liberta-me, Restaura-me Senhor!  Amém

  

                  Nada tem acontecido do momento da nossa concepção até este momento que tenha sido um desperdício. Jesus chamou seus primeiros discípulos para segui-lo e dar livre acesso a Ele para transformá-los em homens NOVOS. Ao invés de querermos saber como Deus irá nos transformar no futuro, nós podemos olhar para trás em nossas vidas e perguntar: – Como Deus tem nos conduzido no passado? O quê ele está nos chamando agora? Quais são as redes que hoje Ele está me pedindo para largar? E o que eu tenho que agir imediatamente?

Uma Palavra muito importante para que meditemos hoje é a palavra: IMEDIATAMENTE! Esta é a base de ser Discípulo! Para que possamos ser discípulos e ir além do que  são apenas nossas limitações devemos agir.      

Quando você deseja que todos os sonhos de Deus se realizem em você, eis aqui um bom começo para que se torne um bom discípulo. Isso significa que você deseja ser preenchido por este amor que te fará não um seguidor de uma doutrina, um fã de Jesus Cristo, um seguidor de uma filosofia, um modo de viver, mas muito mais do que isso tudo, um Ser NOVO! Quando Jesus assume sua vida pública e diz: – Eis que se cumpre as Escrituras, Eis o tempo favorável, hoje assim como em Nazaré quando Jesus entrou na Sinagoga e depois de ler o livro de Isaías respondeu! -Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir! Lucas 4-21. Completou-se o tempo, ou seja, Jesus proclama que toda a Lei todo o Velho Testamento se concretiza Nele! O que significa então para cada um de nós quando temos um verdadeiro encontro pessoal com Jesus, como São Paulo, o que significa ser pleno na Graça, significa que a partir daquele instante nós nos tornamos aquele que deveríamos ser desde a nossa concepção. A isso chamamos de História da Salvação, para cada um de nós e para todos.

                  Jesus caminha ao lado do Mar da Galiléia e vai chamando os discípulos, pescadores de peixes para se tornarem pescadores de Homens. Ser Discípulo então neste momento se transforma não em uma pessoa legal, uma pessoa boazinha, que lê a Bíblia que faz uma ação de caridade, Jesus não os chamou para ser uma pessoa legal, mas para serem  pessoas NOVAS, ou seja, pessoas que deveriam ser conforme o Plano de Deus, Seu  plano original.

                  Não deveríamos desejar como discípulos que as pessoas digam que somos legais, mas que fiquem estarrecidos como é possível testemunhar o que testemunhamos. Como manter a Alegria em meio a tanto sofrimento! Nossa fé é testada no fogo. Como um filho em Unidade Intensiva, permanecermos em pé, significa que sabemos em Quem confiamos. Por que fomos transformados por Jesus.

                  O que significa ser Pescador? E agora aplicamos a Pescador de Homens: – Significa ser paciente, significa saber que há dias bons e dias não tão bons. Significa que em tudo é preciso coragem e prudência. Significa que se não buscarmos águas mais profundas não apreenderemos o que significa abandono e confiança. Com os irmãos as mesmas características se aplicam.

                  Rei Davi era pastor, para defender, guardar seu rebanho. Deus o chama para defender e guardar e alimentar e governar o Povo de Israel.

                  Saulo de Tarso era uma pessoa extremamente inteligente e ávido por cultura e teologia. Devorava as Escrituras e era discípulo de Gamaliel. Passou metade de sua vida em um lado do entendimento até encontrar Jesus, e ser completado todos os seus vazios e acalmado seus tormentos e assim ele ficou durante oito anos mergulhando na Graça para depois sair e fazer de suas pregações a difusão do Cristianismo no mundo pagão, pagando o preço com o  seu martírio, porém Feliz, dever cumprido. De Saulo passou a se chamar Paulo, do velho ao NOVO, e não se cansava de repetir:-Ele faz Nova todas as coisas, inclusive a mim que sou a mais vil das criaturas, quanto mais em você se pedir o Espirito Santo para que sejais renascido em Cristo, tudo o que é velho passou, Eis que faço nova Todas as coisas!

                  Não há em sua vida desde sua concepção até hoje que tenha sido desperdiçado. Nada, nada foi em vão mas em preparação para o que será feito na sua vida. Hoje o Senhor diz a você, hoje é o dia onde completam as Escrituras em você! Eu não vou começar, mas continuar o Meu Plano em sua vida!

                  Primeiro você deve olhar para seu passado hoje, entrega-lo a Jesus toda a sua historia e começar o Caminho! Para isso consagre 30 minutos para estar com Jesus todos os dias a partir de hoje! Em pouco verá o que Ele já estará realizando na sua vida! Tudo começa agora, imediatamente! O que Jesus hoje está te pedindo para largar sua rede, o que está na sua rede? Vá deixando tudo isso para trás. Depois de entregar, entregue seu coração a Jesus! Assuma em sua vida oração, jejum e penitência e em pouco tempo verá os resultados.

                  Por quê todos os discípulos ao serem chamados IMEDIATAMENTE largaram tudo e seguiram Jesus? Porque obediência tardia é desobediência! Porque quando contemplamos a Verdade, não precisamos de nenhum argumento para querermos outra coisa, como diz a canção:- Só quero a Ti!

                  Certo dia, um estudante universitário de nome Paul,  em uma Universidade Americana,  Católico por criação mas longe das coisas de Deus por um tempo tem uma experiência incrível. Porque ele se interessa por uma colega, aceitou um convite para ir a Missa Dominical! Naquele dia ele estava radiante poder estar ao lado de uma garota tão incrível. No momento que eles iam entrar na Igreja, ela conhecendo este rapaz e suas derrotas disse: – Antes de mais nada, por favor, faça uma Boa Confissão para receber a Eucaristia. Muito confuso, mas querendo agradar aceitou o conselho e foi se confessar! Ele nunca revelou o que houve, mas ao sair do confessionário e receber Jesus foi para casa diferente. Enquanto outros buscavam o que ele vivia buscando entre tantas drogas e noitadas, ele buscava os livros que falavam sobre o Encontro, o chamado, o milagre da Conversão. E foi assim que no meio de suas férias, ligou para um Sacerdote amigo e disse: – Padre eu estou entrando no Seminário, o que mais desejo é ser Sacerdote e poder levar Jesus a toda a criatura! Inacreditável para quem o conhecia, e assim se deu! Hoje é um dos Padres mais atuantes junto aos jovens Universitários americanos, e abandonou a Universidade faltando um ano para o final de seu curso. Perguntado ele respondeu: – Quando se recebe um chamado, não se responde a não ser com uma ação Imediata, pois Obediência tardia é desobediência.

                 

                 

                 

                           Oremos: Abbá (Pai) Amado, eu te peço hoje , uma conversão generalizada na Juventude. Peço uma conversão generalizada nos adolescentes. Peço uma conversão generalizada aos educadores. Peço Senhor que o Senhor inspire cada vez novos Profetas que tenham ousadia de te proclamar como único caminho que merece ser seguido. Que não há salvação longe de ti. E que a única maneira de irmos ao Pai é através do Senhor! Aumente as vocações nas famílias, pois as famílias são os berços das conversões!

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém

                            

         Quem você é, é um dom, um presente dado por Deus! Quem você se torna é seu  presente para Deus! Deus dá a cada um de nós vários talentos-dons-oportunidades no curso das nossas vidas. Cada um desses dons vem com uma responsabilidade. A variedade de dons que temos, devemos investir o quanto Deus tem investido em nós. Não deixe que  a sua vida simplesmente aconteça.

                  Cada um de nós  tem uma variedade de dons e talentos. Você é responsável desta maneira por eles e pela sua vida. Cada um de nós irá responder pelos caminhos que assumimos em nossas vidas. Deus nos dá a oportunidade de viver uma vida com significado, mas muitas vezes ao final de suas vidas descobrem o tanto que desperdiçaram os dons e a própria vida. Você não deve ser esta pessoa que desperdiçou. Você foi feito para viver uma vida com significado!

                  Esta semana estamos refletindo sobre a Parábola dos talentos.

                  Para começar gostaria de fazer esta pergunta:

– Você gostaria de ganhar na loteria?

Uma pesquisa  recente mostrou que 70% das pessoas que ganham na loteria, perdem tudo em pouco tempo. As pessoas que jogam na loteria, trocam um dinheiro por um pedaço de papel com uma probabilidade imensa de ter jogado este dinheiro no lixo. Sim, se você coloca o dinheiro do seu suor neste tipo de coisa, você não é bom com dinheiro! Talvez você nunca tenha parado pensar sobre isso. Nem estamos falando aqui do vício do jogo. Porque as pessoas que ganham perdem então o dinheiro? Interessante, pois não sabem o que fazer para que este valor seja multiplicado, pois não são colocados em um propósito que o faria prosperar.

Voltando para a reflexão sobre os talentos, parecia muito razoável o empregado que recebeu o dinheiro ter guardado o dinheiro em segurança. A questão aqui é ele recebeu o dinheiro com um propósito, e não para o ocultar.

Talento é figurativo, pois era a moeda da época como uma diferenciação de bronze, prata e ouro. Na linguagem figurada são os Dons que recebemos  e estes todos tem um Propósito e se atingirmos este propósito eles serão prosperados. Assim como falamos no outro capítulo, precisamos gastar nossa vida para os outros e não desperdiçar. A vida tem significado, por isso tudo importa. A vida significada ela nos dá oportunidade de vencer ou perder, mas mesmo quando perdemos crescemos.

         Deus vai nos perguntar ao final da nossa vida o que fizemos com os talentos que Ele nos deu. Vivemos hoje em dia, num tempo, onde tantos talentos estão apresentados. Muitas vezes as pessoas fazem destes dons um Peso, uma carga. Porque? Pois os talentos são dados para um propósito e isso tem todo o sentido. Caso não entendamos assim, carregamos o peso da não entrega, da não comunicação do dom para um propósito. Simplificando, temos uma rede automotiva de distribuição mas nos recusamos a entregar, porém além carga toda que vai perecer a que chega vai se tornar um peso ainda maior. Os dons tem uma RAZÃO definida! Também nos lembrando da reflexão anterior, onde deveríamos rejeitar a passividade e assumir nossa responsabilidade,  aqui isso se  torna imprescindível quando o assunto é Dom e Talento.

No meu primeiro livro Semeando Dons Colhendo Vocações, dediquei um capitulo inteiro a palavra Dom. Dom também é uma das denominações no Veni Creator do Espirito Santo. Então deveríamos assumir em nós os dons que recebemos e colocar a serviço dos outros. Nós cristãos somos chamados a comunicar os Dons todos os dias em todas as oportunidades que a vida nos apresentar. Porque sabemos que a vida tem Significado!

Há diferença entre ser Talentoso e ser Habilidoso ou jeitoso. Talento tem que ter propósito. Não deixe os talentos serem um peso na sua vida. Daí vem a pergunta: – Será que eu quero ter estes talentos? Pois traz comprometimento, será que eu quero colocá-los em ação? Tenho certeza de que se não os colocar vá se tornar um grande peso.

Talento e habilidade traz a reflexão de que uma coisa é o talento natural outra coisa e colocá-lo em prática, exercitar. Nascemos com os talentos mas precisamos praticá-los também.

Daniel Coyle em seu livro Código do Talento desenvolve a ideia de que o mito do talento é pensar que a pessoa nasceu com aquele talento e ponto. Claro que há diferença de ter mais ou menos determinado talento, um teria numa escala de 1-5, como cinco no máximo e outros menos. Mas não para por aí. Mesmo que você seja apenas grau 1, se colocá-lo da forma correta multiplicará e crescerá dentro daquele talento.

         Olhando locais no mundo onde há ilhas de produção de talentos. Em Espartacos na Rússia, há um centro de  excelência em treinamento de mulheres que praticam tênis, e produz neste lugar mais jogadores para a ATP ( top10) do que os EUA inteiro, porque? Porque a genética do lugar favorece pessoas supertalentosas? Não porque ali se pratica a excelência, o desejo de vencer desafios continuamente. Acomodar nunca será a palavra daquele lugar, e assim é no Balé Kirov, entre outros locais do mundo que este fenômeno acontece. No Brasil, o maior gestor de talentos em futebol do mundo, quando foi estudado por um técnico inglês (Simon Clifford  de uma escola de formação em Leeds). Ele  concluiu que não era nada do que se fala por aí sobre o talento natural do Brasil que os motiva a serem os melhores, mas a prática até os doze anos de Futebol de Salão, onde apenas os fortemente habilidosos prosperam, pois não há espaço e não há tempo para tomar decisões. As decisões rápidas e surpreendentes fazem toda a diferença.

         Pois voltando para Leeds, colocando suas observações em prática tem revolucionado o Futebol de base inglês, e os resultados nas categorias de base e semiprofissional tem sido estupendas, isso desde 2016.

         O maior praticante de Crossfit americano diz que os últimos dez minutos de seu treinamento o faz ser vencedor pela dificuldade. O que vivemos hoje é a passividade para aprender. Sentam em suas cadeiras, escrevem algumas coisas e passivamente vão aprendendo. Mas a maneira mais produtiva de aprender é vencer desafios, é fazer testes e tirar conclusões sobre os testes com sabedoria. Nós vivemos uma cultura, como disse em outro artigo, da passividade, do vem a nós o vosso reino, e a vida que nós somos chamados a viver requer batalhas contínuas e desafios vencidos. São Paulo nos exorta a sermos perseverantes em tudo, para um  dia alcançarmos a coroa da glória na eternidade.

         Uma das coisas mais passivas que existe é o manual de instrução apresentada em todos os vôos do mundo. Alguém que nunca colocou um salva vidas na vida, será  que com essas demonstrações  será capaz de se vestir em uma situação real de acidente? Claro que não, mas nós passivamente assistimos estas aulas inúteis para a realidade. O melhor seria naquelas esperas entediantes dar a oportunidade para cada passageiro  colocar os salva vidas e pronto, aula prática é tudo.

         Muitos jovens hoje estão com medo de serem desafiados. Medo de situações de pressão. Muitas pessoas evitam desafios. Contudo se não há desafio não há crescimento! Mesmo quando falhamos, crescemos. Uma cultura atual que tenta domesticar as pessoas, tirando delas o desejo contínuo de desafios. Uma vida sem estresse, uma vida sem graça, uma vida sem esperança, uma vida sem conflito, uma vida sem sentido. Quando estamos no volante dirigindo somos os únicos que não podemos dormir nele. Muitos estão dormindo no volante. O volante é a sua própria vida. Muitos estão deixando que outros dirijam as suas vidas, tomem decisões em seus lugares, até para comer não sabem decidir o que comer, ficam atrasando as filas pela indecisão. Que tipo de vida estamos vivendo e pior ensinando nossos filhos a viver. Para onde estaremos rumando em pouco tempo? Bem, deste modo para lugar nenhum, para a vida desperdiçada e para os dons soterrados.  Pessoas preguiçosas destroem uma geração.

         Iniciativa é a palavra. Na parábola, o servo que não fez nada com o talento é punido pela falta de iniciativa. Iniciativa é ação de quem se põe a caminho. A habilidade de iniciar ou dar  seguimento a  um plano ou uma tarefa, isso se chama iniciativa.

         Inferno é cheio de talentos, Céu é cheio de pessoas que tiveram iniciativas e aqueles energéticos. Não fiquem esperando o grande momento, aproveite os pequenos momentos para que quando o grande chegar vocês estejam preparados. Muitos personagens da Bíblia são assim, mas Davi é o cara. Ele se preparou para o desafio maior, lutando contra as feras do campo, se preparando para os conflitos que a vida o esperava e assim ele os venceu e se tornou após seu chamado um grande vencedor e um grande Rei!

         Hoje é o seu momento que faz toda a diferença. Aos alunos de graduação, pós-graduação, datas para entregar seus projetos, provas, final de semestre, aqui vai meu conselho: – Este tempo é o tempo que o atleta chama de Split final! Tome esta corrida sentindo toda a dor do mundo para acabar, pois vai acabar e você vai ficar bem, tudo vai ficar bem, mas este sofrimento de agora será compensado. Fica na corrida, não desista, são mais cem ou duzentos metros que precisamos finalizar, eu sei, tem pedra, tem neve, tem barro, mas estamos na reta final e depois de passar por tudo que passaram neste semestre não baixe a guarda, nunca pare de lutar, não desista. Quem você é, Deus deu para você, quem você se tornou é o presente que você dá para Deus!

 

         Oremos: Abbá (Pai) Amado, dá-me forças hoje para o combate. Tira de mim toda a passividade, toda a irresponsabilidade. Vem em mim me mostrando claramente quais são os meus dons, oh Pai! Eu sei que tenho tentado usá-los e multiplica-los, mas também sei que tenho fraquejado em muitas situações, por isso peço perdão. Afasta para longe de mim, toda a preguiça e não deixe que sucumba na tentação de desistência, do desânimo, fortalecei minhas pernas e meus músculos para que me mantenha sempre em ordem de batalha até o fim. Senhor, que tudo que eu faça hoje tenha um propósito, e este propósito e fazer a Sua Vontade e conquistar a coroa da Glória. Faz-me fiel!  

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém!

 

HERDAR OU  POSSUIR

 

Muitas vezes estamos como adultos retornando a casa de nossos pais, e quando abrimos armários, cristaleiras e coisas deste tipo nos deparamos com os presentes que nossos pais ganharam quando se casaram e nunca usaram. Cristais, cerâmicas caras, copos, travessas de prata, muita prataria, tecidos bordados que serviriam para jantares muito especiais e nunca vimos em nossa existência, alguma vez terem sido usados. Neste momento caímos em nós mesmos e vemos como as pessoas acumulam coisas que nunca usarão. E o pior é quando isso é uma herança, e o pior quando vamos discutir para quem ficará coisas como estas que sabemos de antemão que nunca usará. Não junte para si, tesouros aqui na terra, pois tudo passa.

Neste inicio de semestre, pessoas novas se conhecendo, todos se perguntando qual é o seu nome, de onde é você e o que está cursando?

Imagine se hoje alguém vem para você, você está esperando que te pergunte estas três perguntas e esta pessoa te  pergunta: – Em que você acredita?

Muito diferente de perguntar o que seus pais acreditam, de onde você vem, mas pergunta, Em que você acredita?

O que Jesus pergunta aos apóstolos caminhando em Cesaréia de Filipe, perto da nascente do Jordão, um dos lugares mais lindos e especiais que eu conheço, Ele pergunta: – O que o povo diz que Eu sou? Mas na verdade todos erraram, menos Pedro que tomando a Palavra anuncia que Jesus era o filho do Deus vivo! Porque Jesus te pergunta hoje : – Em você, para você quem Eu sou?

Na verdade nós todos paramos para responder como: – Eu nasci católico, cresci, recebi meus sacramentos, mas… Eu vinha em uma caminhada com um movimento jovem mas… O melhor seria dizer: – Eu nasci católico, cresci, e agora…Não é mais mas, mas então… Muitas pessoas dizem conhecer Jesus, até ateus estudam teologia para saber quem Jesus é! Mas conhecer o Senhor  é muito mais do que saber quem Ele é: Na verdade ser convertido é: – Eu conheço profundamente, pois eu Encontrei Jesus! Ele é vivo e Real. Não é uma filosofia, um personagem da história, um psicólogo, um filosofo, Jesus é DEUS , verdadeiro homem verdadeiramente Deus. Caímos então no Livro de Jó, que era um homem direito, e que Deus permite o Tentador testar a fé deste Jó, que era para todos um homem irrepreensível. Deus dialoga no fim de todas as misérias de Jó, quando Jó reage, quando se revolta, mas nesta hora Jó encontra em capitulo 43: – Eu ouvia o Senhor pela palavra, mas agora eu O vi com meus olhos. Quando Jó se torna honesto Deus se faz presente. Antes ele tinha as respostas, mas agora Jó tem a presença e o conhecimento de Deus vivo.

Não temos fé em idéias, nós acreditamos, cremos em uma Pessoa! Deus vivo, na Trindade. São Paulo diz Eu sei em Quem eu ponho minha confiança ( 1carta Timóteo). Para se ter na Universidade o mesmo conhecimento da ciência quanto da fé, é necessário ter uma experiência pessoal com Jesus, e pronto, isso realmente muda a sua vida.

A vida muda porque encontrou o Senhor. Daí poderá dizer: Eu cresci católico e agora eu sei em quem eu ponho minha confiança pela fé. Então a Missa passa ser a coroação do relacionamento de toda a semana, e não um encontro casual com Deus.

Nós agora não falamos de Deus mas com Ele. Este é o nosso relacionamento com Deus. Sem nenhuma timidez em demonstrar a fé. Diante de coisas que não são de Deus, não são recomendados para o Senhor, não me serve.

O que este semestre irá mudar em sua vida, é verdadeiramente Encontrar o Deus de seus pais. Como Santo Agostinho escreveu: – Tarde te encontrei meu Amor! Se referindo a todo tempo de busca longe deste Deus tão perto, deste Jesus tão próximo, deste Espirito Santo tão presente, mas que não pode entrar se não abrimos a porta, que somente tem uma fechadura por dentro. Renda-se ao Senhor e entregue seus planos, seu projetos, seus sonhos e suas metas e com Ele trilhe seus caminhos, que poderão às vezes até parecer com os de Jó, que precisa às vezes perder para ganhar em dobro. Pois as portas que o Senhor abre não se fecha e as que Ele fecha jamais se abrirão!

Esta não é uma fé que você herdou, mas uma fé que  doravante você possuirá!