Dr. Nasser e Guido

 

Não é tão difícil ser Santo. Pois se somos tocados pelo Senhor e vivemos em Cristo seremos já Santos. Ninguém é excluído disso. A decisão de ter uma vida com propósito.  Mesmos as coisas mais difíceis nesta vida têm propósito. Uma vida que importa ser vivida. Ser santo não significa que faça tudo de forma impecável, nem tampouco coisas incríveis. As historias dos santos não era todo dia coisas incríveis, mas sim momentos na vida daquele santo que foi uma coisa ou algumas coisas incríveis. Mas o importante é que quem realmente operou naquele momento foi o próprio Jesus. Santidade é fazer a vontade de Deus, do jeito que Ele pediu e por ele.

Como saber o que Deus quer? Então vai uma dica. É sempre alguma coisa que você sabe. Deus sempre fala claramente. Deus não fica dificultando as coisas. Deus se mostra. Deus nos fala claramente. Não é confuso. É sempre em algo que nós sabemos. Pois Ele nos conhece.  Por isso o que muitas vezes nos dificulta é a nossa ansiedade. Deus não fica esperando que você responda uma pergunta que Ele ainda não fez.

Quando não estamos entendendo o que estamos ouvindo, mantenha em contato com Ele em paz. Obedeça seus preceitos e se mova, continue caminhando na Fé, e Deus irá se comunicar mais de perto.

Quando Deus fala, Ele fala em algo que podemos fazer agora. E nos torna fortes e estável e em paz. A consistência que recebemos Dele nos momentos que Ele fala e nos mantém, nos faz Santos.

As condições externas não podem interferir em nossos objetivos, quando o assunto é a nossa vida, nossas obrigações, nossas realizações e nossos chamados em Deus, nada de fora pode nos atrapalhar. Parece um atleta que treina meses para o desafio e nada o detém de treinar. Vida de fé é assim.

Quando alguém que nos ama e que amamos também nos pede alguma coisa, fazemos imediatamente. Assim é com Deus. Portanto Santidade se alcança dentro de nós com o Senhor!

 

 

 

MORTE ESPIRITUAL

“Cair numa insensibilidade empedernida é o mesmo que morrer; assim também ser cego na alma é igual a perder a visão física. Pois aquele que caiu na insensibilidade é privado da força doadora de vida e aquele cuja alma é cega é privado da Luz Divina, através da qual o homem pode ver e ser visto.”

(S. Gregorio do Sinai)

Amados, hoje vivemos um tempo onde a batalha está totalmente no visível. O Inimigo sabendo que pouco tempo lhe resta colocou o inferno sobre a terra ( Apocalipse 12-12).

Sim, se queremos continuar tendo Missas diárias em todo lugar onde há um filho de Deus sofrendo precisamos nos penitenciar, precisamos nos unir com o Rosário pelo mundo todo. Precisamos imobilizar o mal com nossas orações…Precisamos clamar a Deus pelos Sacerdotes, pela santidade de cada um deles, pois vivemos um tempo terrível de neopaganismo, vivemos um tempo terrível deixando por movimentos da Igreja que esvaziaram a Igreja e deixaram o relativismo habitar as mentes e os corações dos católicos. Por isto não pense você que sua casa será poupada. Por isto não pense você que sua família será poupada sem o seu esforço, sem o seu empenho, sem sua mortificação…

Faça a sua parte, como dizia Santo Inácio, como se você fosse o único responsável…Ore, ore muito, faça jejuns e penitência, pelos Sacerdotes. Há muita mentira no ar, e  o pai da mentira tenta dividir o povo de Deus, tenta enfraquecer os vocacionados ao Sacerdócio, mas na história da Igreja, quanto mais se tentava destruir o povo cristão, mas cristãos se multiplicavam, assim foi com Roma assim está sendo hoje…Mas todos aqueles que abraçam a Fé, entendam como a os Atos lidos no dia de hoje, quando São Paulo diz, tenho que ir a Jerusalém e o Espirito Santo me diz que sofrerei tribulações e dores, mas como disse ontem no Evangelho, no mundo terei tribulações mas Coragem, Eu VENCI O MUNDO!!!!

Então povo de Deus, dobrem seus joelhos, unam-se a nós, mantenham os ouvidos ligados e os olhos atentos, para defender os Consagrados por Deus!!!

No Senhor temos a nossa força!!!!

Como diz o Salmista: Uma coisa Deus falou, duas entendi: O Poder e a Bondade somente vem de Deus!!!!

Coragem