Search Results for: ano mariano

Meditemos sobre o final do Ano Nacional Mariano e a comemoração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Neste dia 11 de outubro de 17, chegamos ao fim do Ano Nacional Mariano, instituído pela Congregação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e no dia 12 comemoramos o jubileu de 300 anos do encontro milagroso da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida nas águas do Rio Paraíba Rio Sul, na atual cidade de Aparecida-SP. O povo católico brasileiro está em festa pelos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil!

Meditemos sobre o final do Ano Nacional Mariano e a comemoração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Imagem de Nossa Senhora Aparecida

No fim deste Ano Mariano, ao celebrarmos o jubileu dos 300 anos de Aparecida, nosso coração deve encher-se de alegria pelas graças e bênçãos concedidas por Deus através das mãos maternais da Virgem Maria. Devemos agradecer a nossa Mãe e Rainha por tantos favores recebidos nestes três últimos séculos. Além disso, apesar das “nuvens negras” que pairam sobre a sociedade do Brasil e do mundo, apesar da violência, das guerras, da separação das famílias, das ideologias que se espalham rapidamente, somos chamados por Nossa Senhora a uma atitude de fé e de esperança. Como outrora, supliquemos a nossa Mãe e Padroeira nos ajude a ser valorosos e a dizer nosso sim ao chamado de nosso Senhor Jesus Cristo ao amor, à santidade. Continue lendo…

Meditemos sobre a alegria de celebrarmos a memória de Nossa Senhora das Dores neste Ano Mariano.

Neste Ano Mariano, no qual celebramos o jubileu de 300 anos de Aparecida e o de 100 anos de Fátima, é significativo que celebremos com grande júbilo a memória de Nossa Senhora das Dores. Esta festa torna-se ainda mais significativa porque na última das aparições de Fátima Maria Santíssima apareceu não somente sob os títulos de Senhora do Rosário e do Carmo, mas também com o de Virgem das Dores.Meditemos sobre a alegria de celebrarmos a memória de Nossa Senhora das Dores neste Ano Mariano.

Essa tríplice aparição mariana aconteceu justamente no dia 13 de outubro de 1917, conforme prometeu no mês anterior, no dia13 de setembro. Com isso, a Mãe de Deus parece nos mostrar o quanto as devoções do Rosário, do Escapulário e a Senhora das Dores são caras a ela e ao próprio Deus. Além disso, o fato de Nossa Senhora ter aparecido sob esses três títulos no mesmo dia revela-nos o quanto essas três devoções estão intimamente ligadas entre si. Outro fato que corrobora com essa ideia é que o anúncio dessa aparição aconteceu no mês de setembro, no qual celebramos Nossa Senhora das Dores e a aparição sob os três títulos foi em outubro, mês do Santo Rosário. Continue lendo…

Meditemos sobre a Páscoa do Senhor Jesus Cristo neste ano dedicado especialmente a Virgem Maria.

Neste Tempo Pascal deste Ano Mariano, no qual comemoramos os 300 anos de Aparecida e os 100 anos das aparições de Fátima, meditemos sobre a Páscoa de nosso Senhor Jesus Cristo e à luz da fé inabalável da Santíssima Virgem Maria. Esta meditação torna-se ainda mais significativa e oportuna, pois estarmos comemorando a Páscoa neste mês dedicado a Nossa Senhora. Além disso, foi justamente no dia 13 de Maio que a Senhora do Rosário apareceu aos Três Pastorinhos de Fátima, Portugal.

Meditemos sobre a Páscoa do Senhor Jesus Cristo neste ano dedicado especialmente a Virgem Maria.

Aparição de Jesus ressuscitado a Virgem Maria

Esta meditação torna-se ainda mais especial se praticamos a Devoção dos Primeiros Sábados, em reparação das ofensas cometidas contra o Imaculado Coração de Maria. Pois, uma dessas práticas reparadoras é a meditação de 15 minutos a respeito de um ou mais mistérios do Santo Rosário. Este texto que se segue, uma transcrição e adaptação de um vídeo do Padre Paulo Ricardo sobre “A fé de Maria no Ressuscitado”, pode nos ajudar a meditar sobre a Páscoa de nosso Senhor Jesus Cristo, que a Igreja Católica comemora durante cinquenta dias. Continue lendo…

Saiba por que o Ano Mariano é um tempo extraordinário para praticarmos a devoção dos primeiros sábados, em reparação ao Imaculado Coração de Maria.

Há algumas semanas, publicamos um artigo sobre a reparação ao Imaculado Coração da Virgem Maria como um dos “Três propósitos para 2017, o Ano Mariano”. Na oportunidade, apresentamos o jubileu dos 300 anos de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, que motivou o Ano Nacional Mariano, e os 100 anos das aparições de Nossa Senhora do Rosário de Fátima como razões para praticar essa devoção, tão querida por Jesus Cristo e pela Virgem Maria. Ademais, dissemos que essa devoção, praticada nos primeiros sábados, tem como finalidade a reparação das ofensas cometidas contra o Imaculado Coração.

Saiba por que o Ano Mariano é um tempo extraordinário para praticarmos a devoção dos primeiros sábados, em reparação ao Imaculado Coração de Maria.

Imaculado Coração de Maria

Hoje, queremos retomar o tema com mais algumas razões que fazem dessa devoção muito oportuna em nosso tempo, especialmente neste Ano Mariano. A Santíssima Virgem alertou-nos para os perigos que estariam presentes em nossos dias, em várias de suas aparições. No entanto, nelas Nossa Senhora também prometeu a sua presença materna, a sua proteção, para as pessoas que a ela recorrerem com fé e devoção. Devido a esse auxílio materno, há uma batalha espiritual entre ela e a serpente, profetizada desde o princípio (cf. Gn 3, 15). Consequentemente, em nossos dias, o Imaculado Coração de Maria está sendo ultrajado mais do que nunca, por isso, precisa de reparação. Ademais, o próprio Jesus Cristo é ofendido pelas ofensas contra sua Mãe Imaculada e deseja essa devoção reparadora. Continue lendo…

Neste Ano Mariano, comemorativo dos 300 anos de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, meditemos sobre o mistério da Imaculada Conceição de Maria.

Neste Ano Nacional Mariano, no qual comemoramos os 300 anos de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, é significativo que meditemos sobre o sublime mistério da Imaculada Conceição de Maria. Em nossa meditação, nos voltemos para Carta Encíclica Fulgens Corona, na qual o Sumo Pontífice Papa Pio XII nos transmite a doutrina da Imaculada conforme os Santos Padres e Doutores, a Tradição e o Magistério da Santa Igreja Católica.

Neste Ano Mariano, comemorativo dos 300 anos de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, meditemos sobre o mistério da Imaculada Conceição de Maria.

Nossa Senhora da Imaculada Conceição

Através da Carta Encíclica Fulgens Corona, o Papa Pio XII proclamou o primeiro Ano Mariano para toda a Igreja Católica na história, em comemoração do primeiro centenário da definição do dogma da Imaculada Conceição da Bem-aventurada Virgem Maria. Nesta Carta, Pio XII convidou os fiéis a aprofundar o conhecimento da doutrina da Imaculada Conceição. Por ocasião do Ano Nacional Mariano, é muito oportuno que meditemos piedosamente esta doutrina, tendo em vista que nossa padroeira é Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Continue lendo…

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com