Algumas pessoas simplesmente passam pelas suas vidas assistindo a vida dos outros. Mas tem algumas pessoas, que tem uma sensibilidade para gastar sua vida e não desperdiçar. Estas pessoas sabem fazer planos, traçam objetivos, se doam aos outros e têm sempre um olhar para o horizonte. Certa vez um rapaz, Tedley Ounces, após um acidente de carro resolveu, em sua idade juvenil fazer uma lista das coisas que ele deveria realizar, desde encher duas cestas de lixo em coisas legais de Nova Iorque após degustar estas delícias no Central Park, até cruzar a Groenlândia, erguer uma empresa de expressão no pais,  valendo milhões de dólares e fazer algumas coisas muito pelas  pessoas carentes.  Eram 101 coisas para fazer antes de morrer. NO final ele conclui que o que na realidade ele desejava era viver a vida como um presente, e que mostraria as pessoas o quanto elas podem realizar se tiverem objetivos e não viver a vida sem significado. O QUE EU ESCOLHO FAZ A DIFERENÇA

                       Muitas pessoas olham para trás na vida e concluem como desperdiçaram ela.  Não desperdice sua vida. Não fique repetindo que não faz diferença as coisas, pois tudo faz diferença. Muitas pessoas na cultura ocidental vivem na ilusão de que podem fazer tudo o que quiserem, porém essa é uma grande mentira. Você não pode fazer tudo o que quiser pois o tempo se esgota e ninguém conseguiria fazer tudo que deseja, além disso nesta frustração faria ainda menos do que era para fazer.

                       As nossas vidas são limitadas, por isso devemos estar preparados para as ações.  Olhando para a Escritura Sagrada que diz quem são as virgens prudentes. Aquelas que guardam combustível para hora certa, a hora da chegada do noivo. A nossa vida é a espera e o tempo de chegada a nossa meta.  Não podemos agir como se não esperássemos o nosso Noivo, que  é o próprio Deus nos visitando. Gastar a vida ou desperdiçar?

                       Nós vivemos dizendo que precisamos de mais tempo. Mas seguramente se tivéssemos mais tempo continuaríamos a desperdiçar o tempo.  Quantos de nós hoje estamos gastando nosso tempo inutilmente em jogos, shows e Netflix. Vá até o website :  Tiii.med e veja quanto tempo você perde na frente da TV vendo um show ou um seriado no Netflix. Que desperdiço. Olhe para certos programas e vai ficar chocado pois o resultado passa dos três dias!!! Quanto tempo desperdiçado! Bingo!

                       Media social nos leva aos maiores desperdícios de tempo de toda história. Além de nos isolar dos próximos ainda nos causa problemas visuais. Eu convido você a reparar que na maioria das vezes que estamos mexendo no Instagram, Facebook, Youtube,  WhatsApp, na verdade estamos de curiosidade e não porque aquilo é relevante. Mas a hipocrisia humana sempre tenta justificar dizendo que algo interessante sobre alguma inspiração que a pessoa está vivenciando naquele tempo. Mentira, é quase o tempo todo curiosidade. Desperdiçando nosso tempo. Sêneca filósofo romano dizia, que não é a vida que é curta, mas nós desperdiçamos a maioria do tempo. A vida é longa se nós soubermos como gastá-la.

            Falando agora sobre uma comparação entre nossas vidas e as dos fisiculturistas. A diferença é que eles estão sempre buscando uma vida e uma imagem de si próprios que eles conseguem se projetar para ter aquele tipo de corpo. Nós não conseguimos projetar o que queremos ser. Nossas decisões determinam nosso destino. Nossa visão foca nossas decisões.

                       Voltando as Escrituras nos deparando com as 10 virgens, sendo a metade prudente e outra metade não. A ideia aqui que Jesus nos passa é na verdade quando a morte chega, quem está preparado e quem não está. E quem não estará preparado ouvirá da boca do Senhor: – Eu não te conheço.  Desta frase tão forte vem a reflexão sobre se estamos ou não com o óleo das virgens em quantidade suficiente, ou seja, como está o nosso relacionamento com Jesus hoje?  Então óleo quer dizer obras de amor por Jesus  e aos outros, luz para o mundo, óleo quer dizer o quanto passamos por esta vida amando, ainda mais, aos que mais necessitam deste amor, aos mais difíceis. Óleo significa também missão. Por isso,  a pergunta nos remete ao inicio desta reflexão: Gastar ou Desperdiçar? Não perca seu tempo com conversas vazias, com pessoas vazias, realce sua vida com conversas sadias, conversas que levam a refletir.

                       Minha pergunta neste final, vem provocar uma reação em cada um de vocês: – Eu estou em frente a TV, ou tela de computador ou ainda pior, smartphone, já é tarde, porque não desligo e vou dormir? Assim eu começo a descobrir que me desobedeço a todo momento, e estou passando a minha vida não fazendo o que eu tenho quer fazer, nem o que desejo fazer. Olhe para última semana sua, você realmente fez o que você deveria fazer? Como vencer esta inutilidade, simples como o homem do início da reflexão, faça um painel de coisas que você necessita fazer no dia de hoje e na semana e vá trabalhando tudo continuamente. Podemos começar descrevemos hoje como seria sua Semana mais legal da sua vida. Como seria?

                       Para se tornar muito bom em uma coisa, não basta apenas um tempinho. Você pode até aprender a fazer aquilo, mas não de forma excelente. Para tal são necessárias dez mil  horas de prática. Para se tornar apenas razoável naquilo, são necessárias vinte horas.  O melhor momento de se plantar uma árvore é vinte anos atrás. O segundo melhor momento é Agora! Steve Jobs quando foi recontratado pela Apple, para livrá-la da ruina, ele disse: As pessoas acham que focar em alguma coisa é dizer sim para aquilo que precisa de foco, mas em empresas, focar é dizer Não a outras boas ideias ao redor.

                       Para finalizar, quando falamos de Sabedoria, falamos de personificação de Deus! Quem procurar a Sabedoria vai encontrá-la! Buscando onde o Senhor está, Ele te dará Sabedoria, como Salomão.

                       Desta forma, vivam suas vidas como vocês foram chamados e não desperdicem um só segundo neste caminho para a Eternidade! Vivam sempre este dia como ser fora o último e desta forma o Senhor que vê tudo mesmo no oculto vos dará a recompensa! Amém!

Oremos: Abbá (Pai) Amado, Neste lugar onde o Senhor desejou que eu estivesse hoje, fala no meu coração! Senhor não deixe que eu mergulhe no mar do desperdiço. Não deixais Ó Pai que eu me perca de suas mãos que me socorre, que me conforta e que me frutifica. Sim Senhor eu quero gastar minha vida, consumir minha vida como Vela que queima no altar, me consumir de amor! Tu és o meu tudo, e por isso consagro minha vida hoje ao seu coração para que eu não me perca de ti. É no Senhor que eu confio e nada temo!  

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém!

 

                                      

            Quando falamos sobre viver uma vida com significado, tenho que mencionar a vida do Guido Schaffer, Servo de Deus e no caminho da sua Beatificação. Terminando sua residência em Clínica Médica passa a dedicar sua vida aos pobres. Guido nunca recebeu remuneração por seu trabalho pois fazia por amor incondicional a Jesus. A vida do Guido tinha significado.  Guido já havia deixado a medicina e ingressado no Seminário para ser Sacerdote quando recebeu o chamado do céu e voltou para Deus, poderia olhar os dias de sua vida e mesmo diante de tanta coisa significativa que fez pelos marginalizados, ultrajados, abandonados, prostituÍdos, doentes, enfermos, cativos, feridos, e mesmo assim se arrependeria dos momentos em que desperdiçou a sua vida em coisas que não o levou a lugar nenhum. Momentos estes que considero aqui como passividade. Isso foi para uma pessoa que foi um autêntico missionário. Mas o mundo iria olhar Guido e dizer que desperdício de rapaz! Um cara bonito, inteligente, culto, saudável, fazendo tudo isso para quê? Qual o propósito disso? Que história é essa de servir Jesus Cristo? Essa Igreja que está sendo tão criticada? O que para o mundo é desperdício de vida, para Deus é vida com Significado! Viver e fazer da sua vida uma eterna doação, vida com Responsabilidade! Santo Inácio de Loiola dizia que deveríamos fazer tudo como se fôssemos os únicos responsáveis! Quanto ferida teríamos evitado, em não esperar do outro e assumir a nossa responsabilidade, assim como Madre Teresa de Calcutá e tantos outros Santos.

                       Honestamente, o que estamos fazendo hoje em nossas vidas é desperdiçar nossas vidas. Nós estamos vivendo e morrendo, existindo, apenas passivamente olhando nossas vidas. Hoje com a minha idade posso olhar minha vida e ver quanto desperdiço. Que desperdiço. Recebemos tantos dons de Deus em nossa vida, conhecimento, sabedoria e de repente paramos de agir, de tomar nossas vidas em um ato de doação! No tempo em que eu caminhava com Guido tínhamos muitos afazeres em Deus, mas tempo depois de sua morte, talvez eu tenha esmorecido e deixado de comunicar aquilo que recebi da maneira como deveria, e penso hoje comigo, que desperdiço! Mas muitas coisas aconteceram no meu caminho, e o Senhor sabe e tem me direcionado novamente para aquilo que Ele deseja que eu faça. Mas sem pensar em toda a minha vida, é claro como não pensar em quanto tempo fui passivo numa vida sem real valor. O mundo nos faz ficar assim se olhamos para ele, pois ele quer que nossas vidas não tenham significado e por isso possamos fazer o que nos der na cabeça, assim como os ateus que não conhecem a Deus. E se não conhecemos a Deus, não temos a intenção de agir, pois o Amor nos faz agir, e Deus é amor!

                       Você entrou na faculdade cheio de sonhos e expectativas e agora você está nos anos seguintes e olha para seu tempo de formação e nota que tem desperdiçado este tempo. Neste tempo de ser o protagonista da sua vida você tem deixado o em torno agir sobre você e tem sido apenas um observador da sua vida, passivo e não um protagonista. Mas a boa notícia é: Você pode mudar sua vida a partir de hoje. A partir de hoje você pode começar a viver uma vida de Significado, de valor! Há algo em você desenhado pelo Criador que faz de você ter significado. Vida com valor e significado já te colocada na vida com Objetivo. Muitas vezes nós olhamos para nós mesmos e vemos esta imagem de coisas muito peculiares para nós e gostamos de ver coisas que poderemos fazer, mas poucos de nós presta atenção nesta visão e apenas alguns de nós AGEM nesta visão para colocá-la em serviço. Vida com PROPÓSITO, isso significa que este propósito faz dele seu OBJETIVO! Aquele dia em que você decide buscar e fazer de tudo para alcançar este objetivo.

                        Muitos jovens hoje vão para a faculdade por alguém disse que depois do ensino médio tem que ir para a faculdade. Você escolhe dentro da faculdade uma profissão porque alguém disse que era para ser assim e a profissão uma especialização porque alguém falou para ser assim e depois casar e ter filhos porque alguém disse que era assim e vamos fazendo as coisas passo a passo sem parar para pensar que, muitas vezes estamos sendo conduzidos, não porque nós decidimos procurar estes caminhos,  mas porque alguém disse que era assim, mesmo que não estejamos onde nós amamos estar, porque somente iremos amar estar onde Deus quiser que estejamos. Todas as coisas acima são boas, desde que sejam por nós abraçadas e não porque as coisas nos abraçaram. Abraçar quer dizer ter significado.

                       Ateísmo quer comunicar que todo este mundo é um acidente. É a visão niilista de tudo. Por isso se justifica fazer tudo aquilo que você quer fazer e nada tem valor. Este é problema. Por outro lado, quando se crê, tudo em volta tem significado e valor. Em Niilismo e ateísmo você não tem nada a perder, mas não tem nada a ganhar. Por outro lado, quando se crê, você pode até perder mas ganhará muito mais, pois crescerá com isso. E tudo o que você faz respeita o que está em volta. Mesmo quando você perde, você cresce! Isso significa um ganho maior. Assim sendo assim não posso mais ser passivo em relação a vida!

                       Quando falamos sobre relacionamento, ou seja, em jovens que se decidem viver um relacionamento e também se contrair em matrimônio, algo muito importante precisa ser apresentado a eles, pois faz toda a diferença. Certas reflexões vão fazê-los parar para pensar para não cometer os erros de outros. Uma das coisas que precisa ser realçado aqui, é que todos homens e mulheres têm suas feridas. Mesmo que já sejam pessoas que trabalham bem suas feridas, já tem inclusive um autoconhecimento adequado, quando a palavra é relacionamento algo maior virá. Muitos de nós cometemos erros inerentes a não colocar as coisas nos devidos lugares, ou seja, o homem em tudo fica querendo deixar que a mulher decida, exemplificando: – o que você quiser querida…Do jeito que você quiser querida e assim vai, este é o lado Passivo masculino em detrimento do não conflito. O segundo lado é a mulher tomando o controle para fazer tudo que ter que ser feito. Controle feminino é a palavra do momento. As frases femininas bem comuns: – Deixa que eu resolvo, este é o problema então deixa comigo. O objetivo é que tudo permaneça perfeito. Mas como tudo aquilo que não se conduz da forma justa acontece é que vai desgastando e um dia, o homem acorda e pensa, como não tenho controle em casa, porque as coisas aqui não estão do meu agrado, porque que ninguém me consulta para tomar as decisões e do lado da mulher vem: – Porque ele não faz nada , não toma as decisões e assim gestam os conflitos. Este arranjo inicial foi de certa forma confortável para ambos os lados mas agora vem o conflito, pois se tornou tenso e agora, o que fazer? Na vida e no relacionamento passividade é uma confortável forma de se eximir de RESPONSABILIDADE! Isso é grave. Muito atual esta reflexão. O objetivo não é rejeitar passividade para ter controle, o objetivo é rejeitar passividade e abraçar Responsabilidade! Como é bom fazer isso antes de se relacionar! Depois é continuidade. Não basta ter a visão, a percepção, mas ação. Há que se ter AÇÃO NA REALIZAÇÃO DAS COISAS! Transformar as coisas em coisas reais. As pessoas mais felizes desta vida são aquelas que as vezes nem estão tão próximas de atingir seus objetivos, mas estão no caminho e isso por si já traz alegria, verdadeira alegria. Quando estas pessoas descobrem as verdadeiras intenções de Deus nas suas vidas, vão muito além até do que estão vendo, e vão feliz. Deus precisa que nós tomemos nosso caminho e coloquemos ação naquilo que Ele coloca no nosso coração.  Onde Ele nos colocar, onde tenhamos que ir, não para resolver problema, mas fazer o que nos é chamado a fazer. Não adianta ir ao Sistema de Saúde, ao Sistema Político, ao Sistema Financeiro para resolver os problemas que estão lá, antes de tudo precisamos ir dentro de nós e resolver o nosso interior, para depois ir para o exterior. Esta é uma grande diferença entre o Ocidente e o Oriente, pois todas as revoluções feitas no Ocidente foram feitas com Guerra, com atos externos, para mudar o sistema, mudar outras pessoas.

No Oriente a revolução é no interior das pessoas, os japoneses dizem que a Revolução Interior é a que mais dará frutos para toda a sociedade. Comece com a revolução dentro de você, mudando as coisas que não deveriam estar lá dentro.  A revolução exterior faz com que as pessoas se tornem más, iradas, cínicas, hipócritas.

Na década de 60 houve o Concilio Vaticano II, claro que há uma boa parte positiva nele, e se perguntamos hoje as pessoas que eram muito dedicadas na Igreja naquela época quando aconteceu, e que ficaram muito empolgadas com ele na época, hoje preferem não opinar sobre o assunto ou estão muito furiosas com a Igreja. Pois a mensagem da época era de que a Igreja iria mudar para que as pessoas mudassem. Acontece, que a revolução exterior e não de cada pessoa não trouxe uma mudança para melhor, pelo contrário as pessoas se tornaram cínicas, arrogantes, hipócritas e muitos se foram da Igreja. A diferença na época pois a promessa era de que a Igreja iria mudar, e as pessoas iriam mudar e ninguém revelou que quem tinha que mudar eram os corações das pessoas que fazem parte da Igreja Universal Católica Apostólica Romana. No Evangelho de Domingo Jesus apontava aos fariseus que tinham o controle de tudo, influenciavam a mudança de tudo no exterior e não o interior. Eles tinham tudo nas mãos em Israel e desperdiçaram.

Hoje precisamos buscar uma vida com significado. Então abramos o nosso coração com São Paulo, aos Tessalonicenses, que exorta seu povo a não buscar apenas interesses mundanos, mas o tempo todo fazer a vontade de Deus, e cumprir seus desígnios para um bem maior. Não importa o que façamos, excelente emprego, excelente trabalho não é o suficiente, mas que   rejeitemos passividade e abracemos nossas responsabilidades, pois Deus no convoca a este salto de qualidade na nossa vida e não uma vidinha, um viver aborrecido constantemente apenas deixando para os outros a chave da nossa felicidade. Não e não, pois não é assim a vontade de Deus a meu e a seu respeito.

Guido viveu sua vida o tempo todo, rejeitando passividade e abraçando a responsabilidade de levar a Palavra de Deus a todos, seja com suas pregações e orações, mas com suas ações em obra de caridade em tão pouco tempo indo para o Senhor tão cedo.  Quantas vezes Guido ia surfar evangelizando, viajando para outras cidades mais distantes evangelizando, diante de todos que Deus colocava em seu caminho. Andando nas ruas de Copacabana, na Lapa, nos becos, estendendo a mão em orações e ações aos miseráveis. Viver assim é viver a vida sem desperdiço. Não podemos viver nossa vida com este tesouro intocável. Precisamos viver com PROPÓSITO! Por que do contrário não é viver, é apenas existir. Mesmo que precisamos viver a partir de hoje somente mais um dia e acabar nossa vida amanhã, teríamos feito algo a mais, para evitar em nós o desperdício. Deus não precisa dessas ações, nós sim!

                      

 

                      

                      

            Oremos: Abbá (Pai) Amado, hoje eu quero te pedir que Sua Destra venha sobre nós, revelando em nós todos seus planos em nosso caminho. Senhor afasta de nós tudo que em nós é desperdício. Tira de nós a Passividade e coloque um desejo contínuo de assumir nossas responsabilidades. Dá-nos um coração Adorador, da sua Palavra e da sua Eucaristia. Afasta de nós toda a tibieza, todo o esmorecimento, o desânimo. Enchei nossa Alma com o Espírito Santo, o Dínamos que no impele a galgar os mais altos degraus de atitudes concretas na construção do Seu Reino, para ao chegar a derradeira hora da nossa partida tenhamos combatido o nosso bom combate e assim alcançar a coroa dos Santos!  

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém!

 

 

 

 

SUFICIENTE: NUNCA SERÁ O SUFICIENTE

 

                                      

           

                       Estamos num tempo, em que as pessoas muitas vezes querem o controle das coisas, o alcance de tudo em suas mãos ao infinito e além. Mas como ter tudo em suas próprias mãos? Isso é insano. Não podemos pensar em tudo, cuidar de tudo, enfim. As pessoas ficam olhando por exemplo para Media Social e se comparando, pensando consigo mesmas, eu não estou fazendo tudo o que eu posso fazer. Pessoas se questionando porque não estão fazendo o suficiente. Mas a questão é : – O que há de errado em não fazer o suficiente? Não somos robôs, temos nossas limitações e nem sempre as coisas saem como desejamos. Ficamos às vezes nos perguntando: – Como esta pessoa consegue tempo para tanta coisa, para sair, para fazer esportes que requerem tempo, para estar sempre elegante, sempre arrumado(a), sempre saudável, sempre alerta sem sono, quantas horas do dia esta pessoa tem?

            Em nossa cultura  vivemos neste lugar, onde estamos sempre nos sentindo DEFICIENTES. Porque em nossas vidas, nós não poderemos fazer tudo de maneira suficiente. Suficiente será suficiente em algumas vezes mas não em todas.

                       Falando sobre fé, isso é um grande perigo, porque ficamos cobrando que não estamos rezando o suficiente. Nós ficamos achando que conseguimos fazer tudo. E caímos na real de que não podemos fazer tudo, porque não podemos fazer tudo. E também fazer tudo não seria o objetivo. Pois fazer uma coisa realmente relevante seria o objetivo.

                       O objetivo é fazer o que é certo para atingir o objetivo. Fazendo uma coisa certa neste caminho coloca o resto em ordem, ou seja, coloca as coisas em sequência na forma correta. Interessante saber, o grande mandamento de Jesus é Amar a Deus sobre todas as coisas e Amar os outros como a si mesmo, faz com que tudo se encaixe da maneira correta. Pense comigo, a obstrução disso acontecer está sempre nas razões que colocamos e que sufoca este Amor. A pergunta então é : O que estamos fazendo hoje que está sufocando o Amor?

                       São Paulo em Tessalônica, vai dizer que este povo é maravilhoso, especial, super admirado, mas o que sufocava Deus neles era a idolatria. Quantos ídolos hoje estamos colocando e sufocando Deus e o Amor em nós? Talvez a indiferença? Há uma coisa hoje em minha vida  que é incompatível com Amar a Deus sobre todas as coisas? Quando mudamos esta coisa em nossa vida o resto se torna óbvio para nós.

                        Falando sobre isso vem o Efeito Diderot( filósofo francês que amava viver na miséria), e um dia ele recebeu uma desafio pois era o   casamento de sua filha e ele tinha que dar alguma coisa para ela como dote. Tendo ele tantas coisas boas a serem vendidas acabou recebendo de Catarina II ( Russa) uma compra de uma obra sua, ela o pagou muito bem. Com o dinheiro que recebeu não somente deu dote a sua filha como resolveu dar uma volta e ver algumas coisas que estava necessitando para comprar e descobriu que uma coisa levava a outra e a isso descreveu como Efeito Diderot(como se fora efeito em cascata). Porque mudou uma coisa, as outras se tornaram óbvias.

                        No lado positivo do efeito Diderot, quando mudamos uma coisa em algo bom, o resto ficará óbvio. Começamos a fazer exercício e logo descobrimos que necessitamos uma alimentação mais saudável. Algumas músicas fazem isso assim conosco, e vamos mudando nosso gosto, quão melhor vamos conhecendo música de qualidade. 

                        O que é mais difícil para me fazer amar mais a Deus? O que faz crescer  o Amor a Deus?  Oração, jejum e penitência. Muitas vezes é difícil fazer estas três coisas. Mas precisamos de Objetivo para que isso naturalmente aconteça. Uma coisa é importante neste caminho. Quando olhamos para isso precisamos definir três coisas em nossas vidas para aumentar este amor:

‘           1) Estado de Vida : Se estamos solteiros, na faculdade e quando estamos casados com filhos recém nascidos e assim vai.

            2) Circunstâncias da vida: Quando estamos doentes, sobre um leito de hospital. Estou perto de entregar uma tese de doutorado, etc.  

            3) Tempo de sua vida: Uma mulher que está com cinco filhos menores de 12. Estará o tempo todo cuidando de filhos.

                       São Paulo da Cruz dizia : Quando o assunto é oração: Dê a você o descanso que você precisa. Peça a natureza que te ajude a louvar a Deus. Ouça a Palavra de Deus através das flores, dos jardins, dos pássaros, enfim da natureza. Por isso o tempo de oração não deve ser pesado. Quando pensamos em fazer todas as orações, ladainhas, novenas, terços, e ainda nos sentirmos que não é o suficiente, estamos prestes a cair no desânimo e nos falta sabedoria para enxergar que o que nos afasta de termos momentos maravilhosos com Deus todos os dias e podemos fazer isso de maneira mais inteligente sendo mais Específicos. Decida sua oração não a noite quando está cansado, nem de manhã ao acordar. Faça após sua primeira aula na escola, na faculdade, no mestrado ou após a primeira parte da reunião, pois já estaremos muito mais alertas. Decida o que fazer pois é importante: Escolha uma coisa e a faça direito, seja : Um rosário, ou uma leitura da Bíblia, uma novena, enfim faça uma coisa mas a faça bem, como São Francisco fazia.

                       Uma vez tomada esta decisão agora você precisa fazer um compromisso para  ser consistente. Nesse momento você acaba de estabelecer uma aliança com Deus. Faça ações de Amor todos os dias. Pais que decidem por fazer ações de amor quando é necessário,  não importando o que estão sentindo, amarão mais seus filhos. Ações de amor, independe do fatos, fazem crescer o amor. Assim o Amor cresce constantemente em suas vidas.

                       Santidade é isso, é fazer a vontade Deus como Ele quer, porque Ele deseja.

                       Não são as coisas que nos fazem Santos, mas Deus nos faz Santos. Deus que faz o Amor crescer. Por isso que fazendo uma coisa de maneira concreta, estaremos colocando Deus sobre todas as coisas e as outras coisas entrarão em harmonia. Deus colocará Amor onde em nós não está havendo agora, neste momento, pois Deus é Amor, e sabe onde sentimos esta necessidade constante desse Amor que não extingue nunca pela vontade Deus. Deixe-se abrasar pelo Amor de Deus que hoje quer definitivamente morar, habitar em cada um de nós!

                      

                      

            Oremos: Abbá ( Pai) Amado, hoje eu quero te pedir que Sua Alma Santifique-me. Vem Espírito Santo Criador, restaurar em mim o primeiro Amor. Vem Espírito confortai-me de todas as minhas lutas diárias. Derrame sobre cada um de nós o Seu Amor! Deixe-me Senhor fazer as coisas como o Senhor deseja, quando o Senhor desejar, e as fazê-la de coração aberto para que o Seu Amor preencha todos os meus vazios. Fortalece me Senhor para os desafios de cada dia, para que minha vida seja a minha grande oração, refletindo este Amor que o mundo não conhece, para que mais almas sejam direcionadas ao Seu Amor, que deseja ser eternamente ser Amado!  

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém!

 

O que está por trás do sentimento de abandono

 

            Recentemente pudemos ler ou  assistir no cinema e agora no Netflix o filme  baseado no livro: Marte , livro de Andy Wheir. Acho que todos que assistiram ou assistirão terão um sentimento parecido. O que fazer quando você é deixado para trás? Além de ter sido deixado para morrer além disso ainda estava ferido. A lição que tiramos  desta experiência para refletir, enquanto estamos ali sofrendo com o autor naquela  situação dramática, é ver o possível. Este astronauta entende que para continuar vivo e ainda assim conseguir ser resgatado, deveria  se voltar para o passo a passo de tudo que precisava ser feito. Ele não olhava para o impossível e sim para o que era possível. Inicialmente tratar de sua ferida, tomar antibiótico. Depois como se alimentar neste tempo que poderia durar muito dias, meses ou anos.

Voltamos para o tempo de hoje, quantos acontecimentos no mundo. O mundo está louco, nosso país um manancial de informações a todo momento nos chocando e tentando nos paralisar. O que fazer? Bem, não paralise pelos acontecimentos, busque focar sua vida naquilo que você pode fazer e faça, não espere os outros fazerem. Não se canse de buscar todos os dias fazer o que tem que ser feito e fazê-lo bem. Precisamos buscar tomar as nossas decisões de forma correta e para isso saber bem o que fazer é um bom começo. Informação é a base de tudo.

                       Fazendo um paralelo com as escrituras desta semana, vemos o profeta Isaías profetizando cento e cinquenta anos na frente  de seu tempo, narranod sobre o Rei Ciro  que prepararia o povo de Israel para voltar a sua terra e reconstruir o Templo. Jeremias um pouco mais a frente vai também falar sobre este tempo, Jeremias 29: Vocês podem não saber tanto o que estará acontecendo nesses tempos, mas casem, cultivem, tenham filhos, construam suas casas. O que nos paralisa neste momento, é querer garantias! Contra esse sentimento tenha por base a fé. Nós sabemos bem o que temos que fazer agora e assim nos será garantido o próximo passo, pois Deus estará cumprindo Sua Promessa. Por que então nós procrastinamos tanto assim para tomar as decisões. Dizendo melhor por que nós demoramos tanto para fazer as coisas? Muitas pessoas acham que procrastinam porque são preguiçosos, mas isso não é verdade, procrastinam por que elaboram um mecanismo de evitar o Estresse que isso causa em nós. Estranho não? Mas é verdade. Nós queremos evitar o estresse. Todo mundo sabe como lavar pratos e porque não lavam e mantem as coisas sempre limpas? Pense nisso em sua vida hoje? Nós procrastinamos não para evitar as tarefas, os deveres e os afazeres, nós fazemos isso para evitar o estresse que a tarefa nos impõe. Isso revela algo muito profundo. Nós não nos movemos porque temos medo de não sermos suficientemente competentes. O maior medo é de não  ser competente, capaz, hábil o suficiente para realizar. Daí vem esta grande ANSIEDADE. Em nenhuma época da história o povo se sentiu com tanta ansiedade como vemos no presente momento! Nós estamos nos sentindo abandonados, indefesos, sem possibilidade de sermos ajudados, socorridos. Uma das razões desta ansiedade é a Supervalorização do perigo e a desvalorização da nossa capacidade de defesa. Por isso eu me paraliso. Uma das razões de tudo isso é ao invés de buscarmos um Crescimento Interior para conquistar as coisas de fora, a sociedade como um todo vem buscando Realizações, Conquistas EXTERIORES. Infelizmente é isso que vem acontecendo. Neste desvio de objetivo, estamos errando o objetivo que constrói a sociedade justa. Quando focamos no crescimento interior, mesmo que não vençamos, continuamos nossa batalha para vencer. Mas quando o foco é conquista exterior, as vitórias e as derrotas não dependem mais da pessoa, e daí vem o sentimento de perda, de falha, de derrota. As pessoas como muito medo de falhar ficam constantemente em ansiedade que vai tomando conta dela, como ansiedade generalizada. Por isso que quando sua vida é baseada em crescimento interior, o não entrar em uma determinada famosa Universidade não parece ser o fim do mundo, mas para uma pessoa que estas coisas significam quase  tudo na vida da pessoa, o não ingresso significa uma catástrofe, assim foi provado pelo estudo realizado na Universidade de Dortmund, avaliando candidatos  a esta estimada Universidade (Ivy League) em suas reações quando eram informados de suas reprovações, devido ao fato de  suas notas não serem suficientes para alcançar a admissão. Mesmo na falha a pessoa está sob controle quem se baseia sua vida em crescimento interior. Porém os que baseiam sua vida em não falhar, quando falham paralisam e foi isso que este estudo demonstrou.

                       Tim Greg descreveu algo muito importante para o dia de hoje: – Nós não estamos preparando nossos filhos para resolver seus próprios problemas. Não estamos dando a oportunidade a eles de entrar em algo complicado e conseguir resolver por eles mesmos. Fazer as coisas corretas, sem monitoramento adulto. Eles precisam sabe que podem falhar e continuar vivos e reagir. Assim nós estamos com filhos de 18 anos, adultos, pedindo ainda ajuda aos pais para resolver seus problemas de adulto.

                       O primeiro dever dos pais não é resolver os problemas de seus filhos, mas encorajá-los a lutar pelos seus sonhos, mesmo diante de tantos desafios que o mundo apresenta. Jamais proteja seus filhos do mundo e sim os treine para os desafios de suas vidas.

                       Quantas vezes principalmente as mães, querendo estragar seus filhos, permitem por razões muitos estúpidas, dores indeterminadas, febrículas, ou mesmo cansaço, que os filhos faltem às suas aulas. Quão irracional é este ato, pois tirou dos seus filhos a habilidade de superar estas frescuras e sobreviver! Não devemos tirar dos nossos filhos nunca a oportunidade deles em tendo chance de dizer sim a preguiça dizer não e encarar a superação. Assim se fazem crescer adultos batalhadores, que não qualquer dor, ou febrícula ou indisposição que pode impedir o cumprimento de seus deveres.

                       Não me esqueço do diálogo entre um filho e uma mãe no corredor da morte por seus crimes no Estado do Texas. A última palavra deste filho à sua mãe foi culpá-la por ajudá-lo a estar ali, por ter criado ele com rédeas soltas, bem linguajar de texano. Nada aqui para defender um lado ou outro mas para demonstrar as consequências de se deixar nossos filhos que já sabem andar ficarem nos nossos colos.

                       Você pode encarar o que te desafia e vencer. Você vai saber que é mais poderoso do que pensa. Deus é um pai educador e nos suporta para tudo o que é bom, para o nosso crescimento. Ser competente é fazer as coisas bem mesmo quando nos sentimos abandonados. Você pode agir mesmo quando você não acha que é capaz para aquilo. Não importa quão gênio você é, a vida é maior.

                       O Senhor disse a seu povo de Israel por Isaías tempos antes acontecer a libertação do seu povo do reino Persa, que iria operar esta libertação através de um Rei que nem conhecia o Senhor dos Exércitos. Assim Ele hoje quer fazer na sua vida e na minha. Dar-te a certeza de que ao darmos as rédeas ao Senhor, ao darmos a permissão para a Sua ação em nossas vidas, em nossos problemas atuais e futuros, em nossas missões, em nossas vocações, com todo o nosso sim e ação, se for para o nosso bem, Acontecerá! Creia nisso, pois é Promessa de Deus para nós!

                       Jesus nos disse pela boca de João. Que neste mundo teremos muitos problemas, muitas batalhas, muitas provocações, muitos desafios, mas não tema Eu venci o mundo e estarei com vocês até o fim! Mateus 28-18.

                       Louis Zambrine, um grande atleta preparado para ser um vencedor na olimpíada. Contudo foi chamado para o Exercito na Segunda Guerra Mundial.  Lutando no Pacífico como piloto, foi atingido pelo inimigo e caiu no mar onde tinham dezenas de tubarões e o inimigo ao redor. Lutando para sobreviver, imóvel para não ser descoberto pelo inimigo e nem pelos tubarões agarrado ao resto da aeronave. Finalmente conseguiu sobreviver e  foi lançado pelas ondas a uma praia onde antes mesmo de pisar na areia, acabou sendo capturado pelos japoneses e levado a um campo de concentração, onde por dois anos foi torturado até a beira da morte. Então veio o resgate, a rendição e o envio do Louis para a América novamente. Ao chegar em sua casa, durante anos apesar de ser amado por sua esposa, tratava todos com severidade e agressividade. Até que um dia após muitos maus tratos, sua esposa finalmente o desafiou a vir com ela, como última gota a um Retiro de Cura onde ele relutou até o fim, mas ela mostrou que era a última gota, última chance, último recurso  e ele se pôs a acompanhá-la. Para surpresa de todos mal o momento de oração começou e Louis se viu aos prantos de forma tão copiosa como jamais se viu na vida daquele homem desde que voltou do terror da guerra e do campo de concentração. Naquele momento Jesus o curaria da Síndrome Pós-traumática, dando a Louis a chance de uma nova vida, agora no Poder de um Deus que veio habitar um coração que sempre fora seu. Louis se achava superpoderoso antes e durante a guerra. Mas voltou derrotado e devastado, dependente químico. E agora descobriu que o Poder e a bondade vem somente de Deus como diz o salmista. Quando Jesus , Ele é mais do que o suficiente na nossa Vida! Ele gritou ao final eu não sou poderoso Jesus, Tu és! Louis perdoou todos que o torturaram. E Jesus fez grandes coisas através de Louis a partir daquela noite e manteve sua família até o fim!

                       Jesus é mais do que o suficiente em nossa vida. Receba o Senhor Jesus em sua vida hoje, dizendo: – Vem Senhor em socorro, todos os dias das minhas fraquezas. Eu não sou capaz de vencer este mundo, mas O Senhor Já venceu e vence e vencerá em todos os dias da nossa existência!

                      

            Oremos: Abbá ( Pai) Amado, hoje eu preciso entregar minhas batalhas, meus desafios, minhas derrotas, meus medos, minhas misérias, minhas concupiscências, meus vícios, meus tormentos, minhas ingratidões, meus falsos desejos, minha indiferença, minha ganância, minha autossuficiência, minha vanglória, minha avareza, minha soberba, minha falta de fé, minha idolatria ao mundo, ao reconhecimento público, ao lugar da frente da assembleia, ao exagero, ao apego, a tudo isso que me escraviza e me atormenta em suas mãos.

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém!

 

VOCÊ NUNCA VAI TER O SUFICIENTE DAQUILO QUE VOCÊ NÃO NECESSITA

 

            Por que esta geração atual tem MEDO de não ter o suficiente. Aqui no Rio de Janeiro, nesta semana, um certo supermercado faz aniversário e por isso seus preços são muito em conta. Filas se formam na abertura, parece Black Friday nos EUA, as pessoas se atropelam, as pessoas vão abarcando tudo o que está em promoção nas lojas, vindo para fora o pior de cada um, consumindo coisas dentro da loja e deixando lá dentro sem pagar, uns esbarrando nos outros e carregando caixas, pacotes, pilhas de coisas. Será que usarão tudo o que compraram? Será que terá valido a pena tanta violência para obter tais coisas? Será que conseguiram determinar o SUFICIENTE para suas vidas naqueles dias? Talvez tenham medo de não ter o suficiente! Tem pessoas que vivem dentro de apartamentos ou casas onde as coisas vivem amontoadas. Tem um programa de TV que mostra pessoas que vivem com tanto apego, que mal tem espaço para caminhar em suas casas! Qual o motivo para tamanho desequilíbrio mental?

            Recentemente um estudo realizado pela Universidade Cornell em Nova Iorque sobre pessoas e alimentos. Neste estudo onde 180 pessoas foram colocadas em mesas onde elas não sabiam do que estaria acontecendo, somente que seria servido sopa. Eles iam tomando a sopa e não se davam conta de que pelo fundo a tigela ia se enchendo. Somente duas destas 180 pessoas descobriram que havia um refil, pois uma olhou por debaixo da mesa e viu os tubos e uma outra levantou a tigela para beber mais rápido e ao encontrar resistência descobriu os tubos. O restante tomou duas vezes e meia o que uma pessoa normal tomaria sem se dar conta.

            Outro estudo eles faziam testes com pessoas com pipoca e filme! Os pesquisadores tinham colocado pipoca armazenada por 5 dias, imaginem o gosto de pipoca velha! E neste dia eles serviam essas pipocas em dois tamanhos e ao final do filme eles perguntaram o que as pessoas acharam do filme e da pipoca. Apesar de todos reclamarem da pipoca eles pegaram e comeram toda a pipoca do maior tamanho, e a conclusão foi de que não tinham comido pipoca o suficiente. Esta ideia de não ter alcançado o suficiente ronda a cada um de nós todos os dias.

            Nós queremos mais, e não temos o suficiente. O problema que é parece sempre que não vamos ter o suficiente. Apesar de hoje vivermos num tempo entre os mais confortáveis de toda a história. Nós temos todas as facilidades em nossa própria casa. Não precisamos ir ao banheiro fora de casa, ao contrário temos vários banheiros, temos tudo ao nosso alcance. E mesmo nestes tempos as pessoas são tão apegadas a tudo, que não abrem mão de nada, mesmo sem precisar.

            Neste dia venho com a mensagem de São Paulo ao Romanos que nos diz: –  O Senhor irá nos suprir de tudo que necessitamos. Mas em nossa cultura não temos a noção do que é suficiente, cultura do consumismo. Mesmo sabendo que hoje nós temos necessidades, hierarquias de necessidades, há um primeiro nível de uma pirâmide sobre   conforto social que é: Habitação, alimentação e vestuário. Segundo nível psicológico que é: Aceitação, Amor e entendimento. E o último é o nível da nossa aspiração, auto realização. Diferença existe entre necessidades e vontades. O que realmente nós necessitamos!

            Alguma coisa muito poderosa está a minha volta que me gera ansiedade se eu vou ter o suficiente. Precisamos ter a consciência da diferença entre necessidades e frivolidades. Muitos de nós não temos a noção desta diferença e necessitamos saber. Muitas das nossas coisas são opcionais e não necessidades.

           

Como todos nós somos influenciados hoje em dia com toda esta era de tecnologia. Às vésperas do lançamento da nova versão do telefone da moda, em ter o novo, o maior em tamanho e o maior em memória. Para quê?  O nosso está funcionando perfeitamente sem problemas, mas tememos não acompanharmos a evolução e não termos o suficiente, aqui em memória e velocidade e autonomia. Estamos refém dos nossos desejos. Quando deixamos nossos telefones em casa, temos que voltar, pois não podemos ficar sem ele! Cultura da dependência e da ansiedade.

            Recentemente um jovem me contou sobre sua vida e me disse que ele estava arrasado, pois sua namorada havia finalmente terminado com ele. Mas ao contar a história ele também relatou que esta era a oitava vez. No final ele concluiu que não estava arrasado por ela o ter deixado, mas por ter medo de ficar sozinho e ninguém o encontrar pelo caminho.

            Nós nunca poderemos ter o suficiente daquilo que não precisamos!

            Por isso vivemos na cultura do excesso e o problema da cultura do excesso, quando me encho de coisas que eu não necessito, chego a conclusão de que eu vivo numa cultura do EXCESSO e por isso é uma cultura de INFELIZES!  É a cultura do MEDO. Nós precisamos aprender a viver sem todas as coisas. Para ser feliz, nós precisamos aprender a viver com todas as coisas e também sem elas. Na abundância e na privação total. Por isso é possível ser feliz tendo e não tendo. É possível ser feliz saudável ou diante de uma doença.  Mas atenção, precisamos ter cuidado para não nos confundir de sermos livres em Cristo, com minimalismo. Pois nestas circunstâncias de falta das coisas um Cristão se levanta com Jesus Cristo sendo o self supply, ou seja, o Senhor vem em socorro das nossas misérias e fraquezas e nos faz continuar sendo felizes mesmo sem termos nada. Pois Ele disse, quem perde tudo por minha causa será rico no Reino do Céus. Não junte para si tesouros aqui na terra, onde tudo passa.

            Quando São Paulo escreveu sobre o Senhor vem em sua suplência, em Filipo, ele estava preso, numa prisão absurdamente terrível. Não sabia se voltaria a comer um dia, as situações daquelas prisões eram miseráveis. Mas quando faltava comida ele jejuava, e as vezes faltava mais e ele jejuava ainda mais, e sobre todo este caos, ele sabia em quem ele punha sua confiança. Suficiente é um ato de Fé! Saber que o Senhor vem em socorro das nossas fraquezas fortalece o nosso coração para as terríveis provações.

            Suficiente é o ato de Fé! Eu digo isso, porque eu confio em um Deus fiel! Mesmo que não tendo o que eu necessito hoje, eu ainda tenho o que eu preciso, pois eu tenho um Jesus que se mantém em movimento na minha vida!

            Retorne comigo para o tempo do povo de Israel no deserto, onde Deus fazia chover sobre eles o Maná e dizia: – Pegue apenas o que vocês necessitam para este dia, nada mais. É o suficiente.

            Eu convido a todos para este semana e para este dia. Talvez hoje para você seja parar com Netflix, mídia social, facebook, TV, internet, seja lá o que você não consegue parar e se concentre no seu tempo, para dizer BASTA, é o SUFICIENTE! Aqui se aplica oração, jejum e penitência. Isso clama  por disciplina! Saber dizer Não, trará de volta as suas mãos um ato de fé, e o controle da sua vida!  A oração me traz de volta para o olhar ao transcendente e me isolar de todos estes estímulos externos. Toda vez que nós desligamos nosso PC, nosso fone, nossa TV, fazemos um ato de Fé. Deus nos quer felizes e não ansiosos.

            Por fim, saibamos dizer: – Eu tenho o suficiente. Faça esta semana este exercício de viver alegre e livre, quebrando todo aquilo que bloqueia sua vida hoje de ser mais determinado e disciplinado. O que está me tornando ansioso e escravo desta tecnologia, sem saber o momento correto de desligar. Levante seus olhos para o monte de onde vem seu socorro, peça ao Senhor que quebre toda a raiz de ansiedade e medo e no momento seguinte o Senhor já estará fazendo você colher o pão do céu, trazendo Alegria e Liberdade.

           

                       

 

Oremos: Abbá ( Pai) Amado, hoje eu quero te pedir, ensina-me o momento certo de parar! Ajuda-me a passar mais tempo no silêncio da oração, ouvindo tudo o que o Senhor está me dizendo para este dia! Afasta-me de toda ansiedade, frivolidade, medo, insegurança, necessidade de auto-aceitação, curiosidade exagerada nas informações. Dá-me Sabedoria para reconhecer hoje todos os excessos da minha vida e restaura o meu coração na Paz que somente vem de Ti! Eu quero dizer não e saber discernir o que é SUFICIENTE na minha vida e assim viver feliz sendo na penúria ou na abundância.

Pai em tuas mãos entrego meu coração! Cura-me Senhor, Restaura-me Senhor!  Amém!