Recentemente um amigo meu, extremamente talentoso em música, guitarrista, e trabalha em uma banda católica. Voltando de uma viagem do Sul, em uma hora e meio de voo, ele experenciou estar ao lado de uma mulher, executiva, totalmente descrente sobre as coisas de Deus. Quando ela pergunta o que ele fazia e porque estava nesta viagem ele disse. Eu sou músico profissional, e tenho diversos shows com minha banda e quando não estou tocando estou compondo, ou produzindo. Ela entusiasmada com o papo, segue tentando supor que tipo de banda seria a dele, quanto sucesso ele já estava fazendo, e de repente ele diz: – Eu sou um músico católico! Era óbvio que pelas suas expressões faciais, ficou escandalizada. Pensando consigo mesma em centésimos de segundo, o que levava um jovem de 25 inteligente, supercharmoso, encantador, saradão, estar neste caminho. Então ela decide questioná-lo, e nestas horas se pergunta porque Deus existe, quais as evidências, por que ser católico e não outras religiões afinal no mundo há tantas, e finalmente as questões todas que envolvem os escândalos da Igreja e mais de uma hora e dez de discussão, e com paciência o jovem tentava argumentar com esta mulher, até que ele repara que muitas vezes que ela se virava no banco, fazia um semblante de dor, e foi neste momento que ele viu que aquela conversa não iria a lugar algum. Com muito jeito, perguntou à mulher de onde vinha aquela dor! –Ela responde que há anos sofria com esta dor no tornozelo e pé direito e que ninguém conseguia curá-la! Após dez minutos acusando vários médicos que ela já tinha ido, com nome e sobrenome dos famosos, o jovem a interrompeu: – Você gostaria que eu rezasse por você? A mulher ficou meio estremecida e pela gentileza que ele perguntou ela disse: – Claro, agora? Ele disse não. Quando chegarmos ao Aeroporto, ao lado da esteira de malas me encontre. E foi assim que aquela mulher totalmente ateia recebendo uma oração daquele jovem, e ele havia perguntar para ela: – SE Jesus te curar você fará Dele seu Senhor? Ela respondeu claro. E no meio da oração, aquela mulher não sentia mais nenhum desconforto no seu pé! Ela pulava, forçava e não sentia mais nada. Um milagre que fez de uma ateia em Cristã em 30minutos. O que fará logo depois. Assim como muitos de nós, caminhando por este mundo, após este momento fecundo, a pessoa por quem rezamos, aceita Jesus como Senhor e Salvador e depois o que será desta pessoa? Muitas vezes irá no próximo domingo o mais rápido possível à Missa e quando chegar na primeira Paróquia e como ela será recebida?  Sinceramente, se hoje você chegar em uma Paróquia você encontrará discípulos de Jesus? Encontraremos? Ou encontraremos pessoas e grupinhos interessados em tomar conta dos outros e não testemunhar que encontrou Jesus e serve a Ele e não aos homens, não com a intenção de ser reconhecidos pelos homens. Será que esta pessoa depois deste encontro extraordinário, perseverá pelo nosso testemunho? Ou daremos a esta pessoa um monte de regrinhas, grupinhos ou ainda pior, diremos que o curso de iniciação para o batismo começa somente em setembro e estamos em junho! Pois bem, esta pessoa tem uma grande chance de se desapontar e de uma forma surpreendente pela sua formação e cultura, abrirá uma Igreja Cristã! Abocanhará a Palavra de Deus e falará das coisas de Deus. E nós perdemos quem sabe uma grande pregadora, que nas mãos certas frutificaria dentro da sua amada Igreja Católica Apostólica Romana. Por isso que Jesus nos pede, aprendei de MIM! Jesus nunca dizia, aprendei com os homens, aprendei com um monte de noticia que tem por aí, ou com livrinhos de autoajuda, Ele disse aprendei de mim! Pois o meu Jugo é suave e o meu fardo é leve.

Quem esta semana entre nós que nos denominamos discípulos, gastamos nosso tempo com Jesus, na Palavra, no Catecismo ou num Livro de formação, compare quanto tempo você está se dedicando as últimas notícias seja na TV, seja na Internet, seja no Facebook, seja no Instagram, seja no Feed News. Então estamos dando um baita contratestemunho, não adianta tentar ser discípulo sem aprender como é REZAR. Rezar é passar metade do tempo falando com Jesus e outra metade ouvindo Jesus. Rezar é o relacionamento com Jesus. Hoje sabemos muito mais sobre Jesus que os apóstolos sabiam sobre Jesus. Mas pouco de nós conhecemos Jesus. Saber sobre alguém e conhecer é muito diferente. Jesus tem que ser o Senhor do meu aprendizado e do meu amor, então passe seu tempo com Ele!

Hoje experimente ficar quinze minutos com Jesus, sendo metade falando com Ele e outra metade ouvindo Ele. Abra seu coração para Ele, mesmo você tendo certeza que Ele sabe tudo sobre você. Jesus quer ter um relacionamento sincero com cada um de nós. Quanto a nossa vida seria transformada se tivéssemos este objetivo para prosperar na fé. Jesus disse: Tome meu fardo e meu jugo e me dê o seu. Pense em colocar este Fardo e Jugo como se fosse uma mochila. Se colocamos sozinho é como colocar uma mochila de 20Kg em um ombro só. E daí ter que andar um dia inteiro com estes 20Kgs num mesmo ombro. Como é doloroso e impossível caminhar tamanha distância assim. Experimente colocar a mochila corretamente nos dois ombros. Que maravilha, caminhar muito melhor, e mais e mais, com menos esforço. Agora experimente colocar as faixas que também descem pelas costas de se fecham na região da pelve, ou seja como um cinto de segurança de 4 pontos. Daí você pode escalar montanhas que será fácil carregar.

Voltando no relacionamento com Jesus, tudo da sua vida está dentro da Mochila. O que está a mais dentro desta mochila que você não precisa mais carregar. O que ainda você está carregando nas mãos porque é tão apegado a isso que tem medo de perder. Ou seja, estamos cheios de coisas que estão pesando nossa caminhada. Apresente hoje para Jesus sua mochila e suas mãos e peça a Ele que esvazia os excessos. Deixe apenas o que é valoroso. Deixe no chão coisas como: Relacionamentos errados que pesam nossos corações. Trabalho é algo que muitas vezes se torna tão intenso que toma lugar de tudo na mochila. Pessoas preocupadas em sucesso a qualquer preço. Vicitudes, quantos de nós somos viciados em tantas coisas e hoje além de tudo ainda tem os vícios de ficar nos telefones, computadores e similares. Peça a Jesus o Dom da temperança para julgar com

Ele o que precisamos hoje dispensar. Desapegar!

Voltando a Paróquia, como é legal termos em todas áreas discípulos. Assim quando chegar alguém na Paróquia com um determinado perfil, tenha um discípulo que Jesus formou para acolher, ensinar e ajudar a caminhar, com um novo discípulo, pois Discípulos fazem Discípulos! Peçamos ao Senhor que faça de nós cada vez mais melhores discípulos, não do que os outros mais melhores para os outros.

 

Recentemente, um fato muito triste aconteceu ao mesmo tempo que houve a explosão em Manchester ( Inglaterra) e pouco foi noticiado. Mas este fato nos leva a refletir seriamente sobre nossas próprias vidas e nossa existência. O que aconteceu há um mês atrás quando um ônibus no sul do Cairo(Egito), repleto de  Católicos peregrinos que peregrinavam em direção a um Mosteiro histórico e foram abordados por extremistas islâmicos. Vinte e nove pessoas foram colocadas para fora e uma por uma foram questionadas decidindo sobre vida ou morte. Primeira pergunta: – Você é Cristão? E a segunda pergunta: – Você está disposto a negar Jesus Cristo agora e se tornar Muçulmano?

Todos foram tentados a salvar suas próprias vidas, mas não negaram e todos morreram martirizados.

O ocidente quando olha para este fato diz: – Isso é o oriente médio, não vá para lá! Ou pior: – Onde estavam os parentes dessas pessoas que deixaram que elas dessem a vida por Jesus? – E seguem os comentários : – Por aqui não é assim, nós não temos este tipo de decisão! Mas pensar assim é um grande engano. Estamos hoje aqui para falar não apenas sobre os executores destas pessoas, mas do Mal. Na ultima frase do Pai Nosso temos o Mal como uma pessoa,  por isso é maiúsculo!

Todas as manhãs somos perguntados: – Por quem nos estamos vivendo hoje? E a noite: por quem nós vivemos hoje?

No momento da escolha, nós normalmente fazemos a opção errada. Todos nós. Esaú e Jacó (Gen 25) eram irmãos onde Esaú era o primogênito, grande caçador, vivia pelas aventuras  e tinha o apreço de Isaac seu pai, enquanto Jacó vivia perto de Rebeca sua mãe. Ser primogênito era herdar tudo do pai, assim como Isaac herdou tudo de seu pai Abraão.  Um dia Esaú chegou da caçada, cansado e ao ver um sopa de lentinhas de Jacó disse: – Me dê isso aí vermelho pois estou morrendo de fome!  Jacó disse: – Esaú, me dê sua primogenicidade por este alimento. Esaú  respondeu: – Sim, e fez o juramento de passar aquilo que é o mais precioso em família de Deus, a primogenicidade, pois desde Abrãao o filho mais velho é consagrado ou  oferecido ao Senhor. Este foi o preço de Esaú.

Bernard Shaw contava um dia que diante de uma Lady muito sensual atrevidamente perguntou: – Por cinco milhões você faria uma coisa inapropriada comigo? – Ela respondeu : – Bem, por cinco milhões, talvez. E ele seguiu :- E por cinco reais?   Enfurecendo-se ela responde :- Como assim, que tipo de mulher você acha que eu sou? – Bernard disse: – Isso já não está mais em discussão, agora estamos acertando apenas o preço.

Qual é o seu preço hoje?

Quantas vezes estamos tentando viver uma vida em Cristo e acabamos  por fazer coisas que nos compromete como Cristão, ou seja, negamos o Senhor!

Todos nós hoje somos Esaú! Para Deus todos somos primogênitos. E com tanta facilidade nós abrimos mão dessa posição de Primogênito!

Nós dizemos que somos cristãos, a menos que estivermos em casa, e lá ninguém vive na fé, então eu nego minha fé lá. Ou no trabalho, como sermos profissionais de saúde e chegando lá teremos que decidir se vamos ou não negar Jesus:- Quando chega o assunto de contracepção, esterilização, aborto, eutanásia.

Outros negam Jesus assistindo Programas de TV e filmes que negam Cristo, ou seja negamos por entreterimento, porque é divertido. Nosso preço é a conveniência! Estou disposto a negar Cristo por conveniência, diante de todos antes de me alimentar, por respeito humano, não faço meu agradecimento! Para não chamar a atenção eu nego a Cristo. Eu não testemunharei Jesus se isso for inconveniente. Eu não vou fazer alguém se sentir estranho, eu fico com medo do que os outros vão pensar de mim…E Jesus no último domingo começa nos falando em Mt:10 – Não tenhais medo!

Não é porque uma pessoa vive no pecado, vive em outra religião, vive em relacionamento de mesmo sexo, ou na infidelidade ou ainda em marginalidade, não é por tudo isso que estas pessoas são nossos inimigos. O inimigo real é aquele que pode destruir nossa alma, e de certo até os islâmicos que mataram os vinte nove cristãos não são nossos inimigos.

Estamos em batalha todos os dias contra o inimigo que quer nos destruir todos os dias. Temos nosso grande General que é Cristo ao nosso favor e seus Anjos. Não há exceção nesta vida, todos estamos em guerra, dá pra entender! Muitos estão no meio desta batalha, vestidos com roupa de festa, sem estar em posição de ataque, prontos para serem abatidos pelo inimigo que não tem misericórdia. Estar preparado todos os dias é se colocar em posição de combate e combater o bom combate.

Há um livro sobre a Arte da  Guerra de Sun Tzu, grande general japonês, que diz: Se você conhece seu inimigo e conhece você mesmo, você nunca temerá nem mil batalhas. Você saberá como combater e nunca perecerá. Mas se você não conhece seu inimigo ou você mesmo, a derrota é iminente, e ainda mais, se você não conhece nem um nem outro, você já está derrotado.

Todos os dias a pergunta deve ser feita: Por quem eu luto todos os dias?  Estratégia, Táctica. Eu conheço minhas fraquezas e clamarei o Senhor que fortaleça minhas fraquezas para a vitória. A segunda pergunta é tão importante: – Por quem eu combati hoje? E se neste dia não combatemos tanto assim com o Senhor, olhe para Ele com sinceridade de coração e se arrependa, e você escutara´: – Amanhã recomeçaremos, pois você vale muito mais para mim do que milhares de pardais(Mateus 10)!

Pois os que confiam no Senhor, são como os montes de Sião que não se abalam, combaterão e não cairão. Confie no Senhor pois somente Ele renova as nossas forças, Ele nos dá todos os dias Asas de Águia ( Isaias 40)!

Convido a todos hoje neste final de Semana que assistam o primeiro filme da série As Crônicas de Nárnia! Observe todos os diálogos aos olhos da fé, esta é uma Aula de C.S.Lewis para cada um de nós, sobre que batalha estamos travando no dia de hoje! E quem fez o maior de todos os Sacrifícios por cada um de nós! E Ele venceu! O Leão de Judá!

 

 

FUTILIDADE! VOCÊ É CONVIDADO(A) HOJE A NÃO VIVER MAIS ASSIM! DEIXE-SE LIBERTAR DO QUE TE APRISIONA!

 

Ao meditar sobre este tempo em vivemos, parece que vivemos uma nebulosa, ou seja todos os pensamentos de uma vez só em nossa mente. Parece que estamos sendo dominados por muitas coisas, não importa se já somos adultos e estamos vivendo a situação política brasileira e econômica em meio às dívidas, aos compromissos, aos filhos. Ou se somos jovens em meio a final do semestre ou do ano letivo, onde estamos em provas, testes, estágios, formaturas, crise vocacionais, enfim. Tudo isso ainda mergulhado nas mídias sociais que ainda ajudam a piorar as coisas em termo de solicitação, informação e contribuição para aumentar ainda mais esta Nebulosa em que nos encontramos. Pense você que está terminando seu curso, e faltam duas semanas, neste momento tantos trabalhos de conclusão, provas e para onde ir depois. Pense que daqui a duas semanas tudo isso acabou! O que virá depois que vai te dominar? E te fazer ficar com um monte de coisa na cabeça, como uma espessa neblina, totalmente embaçado.

Assim é a vida, é uma nebulosa. A gente pensa que terminando este período tudo vai acabar, mas não é assim. Somente mudaremos para outras coisas que dominarão nossa mente, nossa atenção, nosso tempo, ou seja, tudo isso é embaçante! Ou seja, nós mudamos de uma coisa para outra. A esse fenômeno os antigos chamavam de CONDUTA DE FUTILIDADE! O que quer dizer? – Isso quer dizer, INCAPACIDADE DE PRODUZIR UM RESULTADO! Especialmente o resultado que você deseja!

Como é a vida baseada em futilidade: Você acorda, se levanta, vai para o trabalho, volta para casa, come alguma coisa e vai dormir! Isso é assim, todos os dias todos os dias de nossa vida, da vida do Presidente do país, da vida do Papa, da vida de qualquer pessoa deste planeta: Acorda, se levanta, vai para o trabalho, volta para casa, come alguma coisa e vai dormir! Assim é o exercício de futilidade. O que fazer para dentro de tudo isso para alguma coisa me preencher, me realizar? Eu posso olhar para meu relacionamento, para minha vida de trabalho, sempre é assim. Esta é a má noticia!

Qual é a boa noticia! Citarei a Leitura da Carta de São Pedro lida no último domingo: 1 Ped 1,17-21. Sabeis que fostes resgatados da vida fútil herdada de vossos pais, não por meio de coisas perecíveis, como a prata e o ouro, mas pelo Precioso Sangue de Cristo, como de um cordeiro sem mancha nem defeito.

As coisas fúteis todas têm um fim em si mesmo! Não são capazes de preencher o nosso coração. Como viver diferente disso? Viver com Reverência! Reverência significa (veneração pelo que se considera sagrado ou se apresenta como tal)

Reverência também quer dizer vida com ATITUDE, ser ATIVO, ACORDADO, tratar cada momento com o valor apropriado de cada momento. Vá para um Formatura seja reverente, vá um casamento seja reverente, vá a um velório e seja reverente dê o valor que este momento merece. Muitas vezes encontramos uma pessoa, que seria a última vez nesta vida. Quantos jovens ficam com uma outra pessoa de qualquer jeito, e no dia seguinte sequer lembra do nome daquela pessoa! Ser reverente é viver com valor! Ser fútil e estar quase sempre dominado pelo pecado.  Jesus nos salvou de coisas que nós jamais poderíamos se livrar sozinhos. Esta é a boa noticia!

Os discípulos de Emaús que ouvimos no último domingo, andavam cabisbaixos, tristes e chocados, mas Jesus se aproxima e com muita pedagogia explica para eles toda a história da salvação, anda com eles, deixa que eles o convidem para ficar, e depois parte o Pão resumindo tudo o que é a Missa, e somente ali eles reconheceram que era Jesus o Ressuscitado. Quantos de nós estamos assim, não reconhecendo que Ele está caminhando ao nosso lado, que é um Deus ativo, que importa com os mínimos detalhes da nossa vida. E nós não o reconhecemos, pois vivemos uma vida baseada na Futilidade. Não vivemos com Reverência.  Desde o inicio Deus tem tentado chamar a nossa atenção, nos ensinar, nos alimentar, nos resgatar das garras deste mundo fútil. Porque nós não reconhecemos isso, nós vivemos na Nebulosa.

Por isso necessitamos ter vida Reverente. Como receber continuamente esta força motriz. Eu convido cada um de vocês reviver o Caminho de Emaús, venham a Missa todo Domingo até o fim da sua vida. Por que? Por que se você vier a Missa todo o Domingo esperando que Deus vai falar contigo lá, seja bem-vindo! É o que Deus mais gosta de fazer. Falar com todos os seu filhos! Se você não vai à Missa esperando que Deus fale contigo, que não creia que Ele quer falar, realmente a Missa para você é futilidade, não vai te mudar! Mas se você entra pela porta da Igreja esperando que Deus fale contigo, que seja ativo na sua vida! Ele certamente se manifestará a você como se mostrou a todos desde sua Ressurreição e os dias de hoje e para sempre.

Eu te convido a vir no próximo Domingo à Missa e traga um papel onde vai escrever nele: QOOQ

  • Quem é Deus? Defina o que Ele é para você naquele dia (Deus poderoso, Deus forte, Deus imortal, Deus perto, Deus que eu não vejo, Deus Pai, Deus amigo, Deus meu, Deus tudo…Isso é louvar a Deus!
  • Onde? Onde está Deus na sua vida hoje! Reconheça onde Ele esteve hoje, onde Ele está
  • O que queima no seu coração? Diga ao Senhor, uma prova, um emprego, falta de dinheiro, relacionamento difícil, Vício, injustiça, ferida, doença…
  • Qual a Palavra que Ele está falando agora para você: Seja no panfleto da Missa, seja na Bíblia que você poderá levar a toda Missa que você for, seja nas Palavras do Sacerdote, seja na Música ministrada! Escreva não apenas no papel, mas no seu coração! Grife, se é uma Passagem da Bíblia, sublinhe, coloque a data na sua Bíblia, pois naquele momento, naquele segundo Deus falou. O Senhor se lembra sempre da sua Aliança.

 

Dicas, não seja profundo quando está escrevendo. Somente confunde mais as coisas. Seja prático. Você continuando verá que cada vez ficará mais espontâneo.  Não seja repetitivo, tente transformar as coisas com Jesus em coisas concretas e não subjetivas. E não tenha vergonha do Senhor pois Ele nunca teve de você.

Este é um grande Exercício Espiritual, que o retirará de tudo que te domina, e Ele o faz por causa da Eucaristia, por causa da Ressurreição de Jesus, de tudo que nos mata. Ele é ativo, Ele nos alimenta, Ele nos fortalece. Estamos neste mundo, mas não somos deste mundo. E tenho certeza que você se tornará aquilo que Deus sonhou quando te formou no ventre da sua mãe. Viva com Reverência, porque somente assim chegaremos a dar os frutos que o Amor espera de nós. Santo Inácio de Loiola dizia que Devemos fazer todas as coisas como se fôssemos os únicos responsáveis, cobre menos dos outros e mais de você!

 

 

Esta semana estamos ainda sentindo os efeitos do Domingo da Misericórdia. Sentimos que Deus nos leva a mar da Misericórdia. Santa Terezinha tocou num ponto importante do Evangelho, que é o pequeno caminho. Deus quer tocar em minha fraqueza, em minhas feridas mais profundas. A Misericórdia do Senhor alcança muitos que foram chamados no último minuto, como o bom ladrão.

Tente amar de acordo com o coração deu a cada um de nós. Através do coração que Deus permitiu um coração machucado, mas especialmente as pessoas mais difíceis. Mesmo em religiosos, os corações são machucados, e as vezes mais machucados ainda.

Jesus se apresenta aos apóstolos no domingo da Misericórdia, ainda com as feridas abertas, que significa que se apresenta estas feridas, como disse a Tomé. Ponha sua mão nas minhas feridas e elas curarão as suas. Achando buraco em nossos próprios corações, saiba que a ferida do coração de Jesus ainda continua aberto por nós.

Batismo é isso, é presente de Deus para nós. Eucaristia é presente para nós, totalmente para nós.

Nada atrai mais amor de Deus para nós que nossos buracos, nossas feridas nos corações. Nada atrai mais o Seu Amor!

Jesus disse a Santa Faustina que fizesse esta imagem pintada, com os buracos em seu coração derramando Sangue e Água e assinado, Jesus eu confio em vós! E com este quadro Jesus colocou 14 promessas a Santa Faustina que espalhasse pelo mundo todo.

O Senhor se lembra sempre de sua Aliança. As almas que recitam este Terço da Misericórdia, receberão grande Misericórdia nesta vida e na hora da morte. Grande noticia, para todos nós que tememos a momento final nosso aqui. A palavra acima das outras, é CONFIANÇA! Para nós é muito difícil confiar. E Jesus se apresenta e diz: Confio em mim!

Para quem confia, uma vez já é suficiente. Tem gente que fica a vida toda pedindo e pedindo para Jesus a presença pois até hoje não foi o suficiente. Confiança é tudo. Exemplificando há um Padre Chinês, que foi preso, Padre HOO, torturado em China, colocado em solitária, totalmente isolado do mundo, com várias doenças, e na Alegria que o mundo não tem, ele dizia, eu sentia a presença de Jesus todos os dias. E um dia foi liberado e mandado para os Estados Unidos, onde foi tratado com tantas doenças. Todas as doenças, foram milagrosamente curadas, pois fibrose pulmonar não tem cura. Seus problemas de coluna nunca ficaram bons. Mas ele dizia, Deus curou a doença que Ele escolheu curar, e o restante eu ofereço para que outros se convertam. Isto é confiança.

Permita que Deus te ame através do seu coração ferido e machucado. Assim é a Misericórdia. Jesus Eu confio em vós!

Lembre-se que um dos maiores devotos da Divina Misericórdia foi São João Paulo II, que morreu na Vigília deste dia! O Senhor escolheu chamar o Peregrino do Amor, no dia de sua maior devoção!

Jesus eu confio em vós!