Uma das maiores revelações cristãs para o mundo é o Sermão da Montanha. Neste sermão Jesus revela a verdade dos nossos corações. Nós precisamos da LEI. Ele quer que sejamos livres pela Lei. Não quer abolir a Lei. Mas fazer o nosso coração semelhante ao Dele. Para que isso aconteça devemos assumir nossa responsabilidade, agir e abraçarmos e dependermos da força que Ele nos dá.

           

            Hoje gostaria de partilhar com vocês um assunto muito atual. Quão facilmente eu e você  quebramos as regras e burlamos a lei! Pois é, um exemplo comum eu diria sobre Leis de trânsito. Necessitamos que alguém nos puna seja presencialmente ou eletronicamente para sentirmos a dor da punição. Pois precisamos da Lei. A velocidade indicada é 80km e andamos a 100Km. No pedágio a velocidade é 30 e queremos passar a 40km, aviso de escola e ficamos torcendo para que não seja horário escolar, o que jogaria a velocidade lá embaixo. Quanta liberdade sentimos quando após sermos parados na estrada e o policial rodoviário nos diz , que nós poderíamos estar até 92km mas  não 100km. Que sentimos um liberdade nesses doze km a mais que está sendo sugerido nas placas.

            Quando o assunto é criminologia, interessante estudo feito nos Estados Unidos mostrou que aumentar a austeridade da pena não reduz criminalidade. O que melhora os índices de controle é o criminoso perceber que pode ser preso. O ato de ser apanhado e punido, não importa quão austera ela seria. Então não é a pena menor ou maior que determina e sim o medo de ser pego naquele limite. Todos temos um coração assassino, criminoso. Mesmo se eu obedecesse a todos os semáforos do mundo, há uma coisa dentro de mim que é fraqueza , que me faz avançar o sinal, por isso eu posso dizer que tenho um coração propenso a algo fora da lei. Eu quebraria a lei até eu ter a segurança de que eu não serei pego.

            No sermão das montanhas, Jesus discorre sobre as cinco Antíteses. Lembram de que Ele diz: Mt 5: 17-37

37Seja o vosso ‘sim’: ‘Sim’,
e o vosso ‘não’: ‘Não’.
Tudo o que for além disso vem do Maligno.
Palavra da Salvação.

 

            Quando Jesus fala sobre tudo isso e menciona os fariseus, Ele fala pois os Fariseus eram os que viviam obedecendo meticulosamente a Lei. Jesus quer dizer que a regra não é obedecer apenas a Lei, o objetivo é ter o Coração igual do Pai.

            Lembrando de novo, temos um coração criminoso e desta forma, quebramos a Lei continuamente. Sem Ele , sem o Espírito Santo não temos nada de Santos! Deus não quer que sejamos acorrentados na Lei, mas livres pois Se amamos cumpriremos a Lei naturalmente. Quantas vezes o nosso coração ao invés de amar nosso irmão, condenamos e não vemos o  mal que temos dentro do nosso coração, no mínimo faríamos pior do que ele  fez. Isso determina o que temos dentro de nós. Temos um coração machucado e ferido, e precisamos do Senhor para amar e ver nossos irmãos com liberdade de coração, ver com Jesus significa ver lá no interior e não através de aparências e condenações frívolas.

            Nós olhamos para outra pessoa e desejamos ela, no modo de usá-la. Pior ainda EU FARIA SE EU PUDESSE! Nós temos um coração capaz de quebrar o que de mais importante temos em nossa vida que é um Juramento de Matrimônio ou um Celibato! Este coração que é criminoso que é capaz de manipular pessoas, enganar as pessoas, romper alianças. Então, todos os que a Palavra de Deus é um Fardo Pesado, segundo João Paulo II, tem um coração ferido e machucado capaz de quebrar todas as Leis que seria para os libertar, e quebrando os faz escravos e servos das consequências. A única razão para que a Lei para mim é um problema porque eu desejo violar a lei! Mas Jesus hoje quer anunciar um coração que pode ser convertido, liberto não forçado, ser restaurado a partir do Coração do Pai.

            Voltando então para o que fazer diante do nosso coração criminoso, como fazer para transformar este coração num coração semelhante ao do Pai. Para que isso aconteça devemos assumir nossa responsabilidade, agir e abraçarmos e dependermos da força que Ele nos dá.

            Nós não podemos mudar as circunstâncias. Muitas vezes não podemos também mudar as consequências do que foi escolhido. Nós somos responsáveis pelas nossas escolhas. Não podemos mudar as circunstâncias mas podemos escolher o que nós escolhemos. O que nós escolhemos será nos dado. Ter responsabilidade para permanecer no Amor e na Lei . Dizer não a morte e escolher a Vida. Nós não podemos escolher como uma pessoa nos trata, mas sim como  responder.

            Quantas vezes nós agimos de forma incontrolável, agressiva e inconsequente com alguém, mas temos uma chave para resolver isso, antes da próxima Missa, se volte para o seu irmão e se reconcilie então vá louvar a Deus. Não deixe este coração criminoso voltar a existir. Peça perdão, se humilhe. O Orgulho nos mantém longe do perdão. Pare e peça perdão. Diga que sente muito por ter sido motivo daquele ato impensado.

            Quais são as fontes da suas tentações? Todos nós de alguma forma reconhecemos quais são essas fontes e se livrar delas é um bom começo para se fortalecer no combate da responsabilidade e prevenção de novas quedas. Talvez para você hoje seja as suas companhias, suas redes sociais, enfim, as avenidas que te levam aos erros. Livre-se delas e serás livre. Tudo que te leva a tentação de quebrar as regras e a lei, livre-se. Então, a Sabedoria divina vai te dizer nestas situações: – Seja paciente com você mesmo, não desista de tentar e tentar,  seja implacável com seu meio ambiente, com o seu ao redor. Eu me conheço, eu sei onde eu caio, então seja paciente contigo. Não deixe seu meio te controlar.

            Purifique seu viver. Você mesmo sabendo que seu telefone, seu tablet, seu computador, seus apps, tudo isso pode ser o caminho das tentações, seja implacável, em usar apenas para seu trabalho e para seu dia a dia, não deixando que estes caminhos venham nas horas inesperadas, decida por agir e não por ser passivo diante das possibilidades de violar a Lei.

            Sempre diga a Verdade! Sempre diga a verdade ou ao menos nunca MINTA! Quem está sob a verdade toma a responsabilidade. Ação é viver na verdade.

            Ao final, muitos de nós sentimos que não temos força para mudar tudo isso. A força não é nossa, a nossa força vem do quanto nos abrimos ao Senhor, Ele diz: O Poder e Bondade só vem de DEUS! Sozinho não temos nada disso. Santo Agostinho sentindo que desejava mudar de vida, mas não tinha força para isso ouviu uma voz de criança dizendo a ele para abrir a Palavra. Ele obedece e abre a Palavra em 1 Corintios   onde São Paulo abre os olhos daquela comunidade para que não agisse se não conforme a luz do Dia.

            Estas três ações, podem mudar o coração criminoso e assassino para um coração que obedece, que age como um coração Livre , como coração igual ao Pai.

 

Oração: Abbá Pai. Abra nossos corações Senhor para que possamos converter estes corações semelhantes ao Seu. Sem ti não somos nada, sem o seu Amor, sem sua Unção. Tira de nós tudo aquilo que não é de ti, coloca em nós tudo aquilo que te imita, vem Senhor em socorro das nossas fraquezas. Para que o nosso Sim, seja Sim e o nosso Não , Não! Dai-nos um Coração igual ao Teu! Amém

           

 

           

 

 

           

 

 

 

 

 

            Nós sabemos que Deus é fiel porque Ele tem cumprido tudo o que Ele prometeu. Contudo Ele não precisa cumprir tudo o que Ele não prometeu!

           

            Hoje estamos no Natal. Comecemos nossa meditação através da promessa. Quantas expectativas nossas vidas estão cheias. Quão interessante é quando nós temos que dar uma nota, ou um tipo de pontuação, com estrelas, como no UBER, e como quando o assunto são nossas expectativas, nós temos a tendência em pontuar menos, como uma  ESTRELA apenas, porque estávamos esperando algo que nunca nos foi prometido. A mentalidade deste mundo de ser : Mentalidade de uma ESTRELA!

            Hoje estamos meditando a Carta de São Paulo aos Hebreus, e o autor relata que hoje as Promessas de Deus no Velho Testamento se cumpriram. Hoje as promessas de Yaweh através do Profetas em diferentes tempos se cumpriram. E quantas foram? Pois bem, foram 156 profecias a respeito de Jesus. TODAS ELAS FORAM CUMPRIDAS.

            Do ponto de  vista da  Matemática(Estatística), interessante notar que  por exemplo, para que Jesus Cristo nascesse em Belém, naquele dia, a probabilidade era de 1/300.000, para que uma pessoa cumprisse isso, deveria cumprir esta estatística. E a Estatística de todas as profecias serem cumpridas é tão mínima que é difícil descrever em números e sim em potência.

            Isaias profetiza todo o nascimento de Jesus, depois a sua Paixão, morte e Ressurreição. Recentemente muitos críticos duvidaram dos Capitulos 52-53 do Livro de Isaías. Suspeitaram  que a Paixão tivesse sido  incluída no Livro de Isaias pelo homem! E Deus se manifesta novamente, deu um jeito todo inconstestável como sempre.  Todo o Livro de Isaías e claro, contendo Isaias 52-53 do servo sofredor, é totalmente exposto no Museum Histórico  Judaico em Jerusalém dentro dos manuscritos de Qumran, transcritos muitos antes de Jesus nascer.

            Deus prometeu que sofreria por nós, que por suas chagas nós fomos e seremos curados. Olhe bem nas escrituras de Isaias neste tempo de Natal: – Príncipe da Paz, Emanuel, é o próprio Deus.

            Tudo o que Ele prometeu Ele cumpriu e cumpre até hoje e para sempre. O que o mundo pontua tudo isso! Uma estrela! Indiferença.

            Um fato bastante interessante a respeito de uma das canções natalinas mais tocadas no mundo, com uma letra absolutamente comovente vem de um fato curioso. Um famoso poeta, católico afastado, ou seja, cresceu na Igreja e depois se afastou encontrou seu Pároco desde sua infância. O Pároco veio até ele e pediu para que pudesse compor uma poesia ou canção para a noite daquele Natal. Ele imediatamente disse que sim, e ao meditar o nascimento de Jesus através do Evangelho de São Lucas escreveu uma das letras mais lindas até hoje compostas. Como ele não era músico, recorreu a um grande compositor, seu amigo pessoal e mostrou a letra a este amigo que era Judeu. O resultado é foi Holly Night! Veja como Deus age através de dois improváveis para que algo de extraordinário aconteça e toque o mundo. Infelizmente para os dois , tudo isso foi pontuado provavelmente em apenas UMA ESTRELA!

            O problema sempre será quando após a manjedoura, após toda a maravilha da criação se dobrar a vinda do Seu Criador feito homem, após seu crescimento Ele irá dizer: – Renuncie a si mesmo, tome sua Cruz e me siga. Além disso vai dizer no Mundo terei muitas provações, muitos sofrimentos, mas Eu venci o mundo! Ele vai ser Fiel a tudo aquilo que Ele prometeu! Jesus não vai ser fiel ao que Ele não prometeu! Nós não seremos fiéis.

            A questão a seguir é : Ele nunca prometeu que não sofreríamos. Ele nunca disse que não teríamos problemas, que não morreríamos para esta vida. Ele nunca disse que era fácil. Porém Ele disse que estaria ao nosso lado até o fim!

            Nós então damos apenas uma ESTRELA a tudo isso.  Jesus pode confiar em mim,  e em você? Eu aceito Jesus como Ele é?

            Franz Jagerstatter por outro lado, era um grande maestro, cresceu como católico, mas se afastou. Contudo no seu casamento, ao visitar Roma, teve um Encontro Pessoal com Jesus, um verdadeiro tornado. Voltou para sua terra natal, transformado pela Palavra e pelo desejo de servir aos outros e ao Senhor. Era a Segunda Guerra, e o Nazismo tomou conta da sua região. Franz foi contra tudo que o Nazismo pregava e pregava publicamente. Ao combater o Partido Nazista, recusando fazer parte do Exército Nazista, professou sua objeção de consciência. Franz vendo todos a sua volta se rendendo ao Nazismo, foi contra! Ele de peito aberto proclamava que Jesus o pedia que fossa fiel até o final. E assim foi morto pelo Exército Nazista em 1943. Para Franz, Jesus era 5 Estrelas.

            Deus nos deu por outro lado, uma forma diferente de ser uma estrela. Ele nos deu a grande Estrela, a Luz do mundo , Jesus!

            Deus deu aos três  Reis sábios uma Estrela. Os Reis seguem a Estrela e vêm parar em Jerusalém e se dirigem ao Palácio, onde os Reis vivem e encontra Herodes. Herodes  os recebe e se mostra surpreso por não saber de quem eles estavam falando. Continuam seguindo a Estrela Solitária e chegam a uma Manjedoura e dentro daquele estábulo encontram um casal e um bebê. Ali encontram a pobreza da pobreza habitando aquele lugar. Ali estava o Rei dos Reis. Eles precisaram tomar uma decisão, dar ou não os três presentes que trouxeram para um Rei. Pela fé eles o fazem! Não era o que eles esperaram , mas o que foi prometido por Deus, e ao reconhecerem em suas almas Jesus o Rei dos Reis, se prostraram e adorando o Menino Deus  viram a promessa ser cumprida!

            Aceitem Deus como Ele é. Uma profecia, Uma  Estrela e Deus como Ele é! Uma Estrela neste caso é o suficiente.  

 

 

 

 

            DEUS NÃO PRECISA DE NÓS. CONTUDO ELE TEM DEMONSTRADO QUE  NÃO QUER CURAR, TRANSFORMAR OU SALVAR O MUNDO SEM A NOSSA AJUDA. ELE PRECISA DE PESSOAS QUE SEJAM DISPONIVEIS E CAPAZES PARA SEU SERVIÇO.

            Para começarmos a reflexão de hoje, a pergunta que se segue é: – Deus ainda necessita de nossa ajuda hoje? Neste exato momento?  Neste tempo em que estamos vivendo? Será que Deus ainda se importa conosco?  Você crê nisso?

            Eu Creio não somente que Deus se importa conosco, que ele ainda age no mundo em todo momento , e sim, necessita da nossa ajuda neste exato momento!

            Desde a criação onde Deus realiza e cria tudo até a criação do homem, Ele o fez por si. Após nos fazer a Sua imagem e semelhança, tudo, tudo o que Ele decidiu fazer foi com a nossa colaboração. Abra a Bíblia em qualquer livro que não seja o início do Gênesis e você irá encontrar Deus agindo através do ser humano.

            Deus está sempre dizendo:- Escuta Israel, eu quero fazer uma coisa, mas não quero fazê-lo por mim mesmo, Eu quero fazer contigo.

            A única questão é : – Eu quero fazer com Deus?  Emanuel é Deus conosco. Anjo Gabriel, Lucas 1, aparece à Maria e anuncia: – Você será a Mãe do Salvador! Deus não diz que aparecerá um ser adulto ao lado de Maria, mas O Espírito do Senhor descerá sobre você Maria e em você se dará a Concepção do Filho do Homem. O Verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós através do Sim de Maria. Nada que Ele faz deixa de passar  pela nossa concordância.

            Olhe para José, São José. José é chamado a ser pai, mas não um pai após uma relação intima com sua esposa Maria. José tomará Jesus como seu filho crendo que Maria foi concebida pelo Espírito Santo ( Deus ).  Inicialmente ele não entende, tenta fugir, tenta proteger Maria de um escândalo. Porém ao ser interceptado por um Anjo em sonho, vê a realidade da Glória de Deus que chega e anuncia diante de seus olhos. José volta e retoma a história junto ao desejo de Deus. Para que alguém possa servir a Deus, duas coisas precisam estar juntas, DISPONIBILIDADE E CAPACIDADE. Quando Deus o chama e nos chama, precisamos estar disponíveis para nos mover na direção que Ele apontar e sermos capazes de realizar sua tarefa, como a Palavra diz, não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos.

            A FORÇA  vem dessas duas virtudes acima e delas José era um ser cheio dessas virtudes, não era perfeito, pois não era livre do pecado como Maria, mas era virtuoso, tanto que a Palavra de Deus dirá sobre José poucas coisas  e a maior delas : – José era um homem BOM!

            Padre Joseph F. Callahan, escreveu muitas coisas sobre o bravura e o homem. Muitos de seus escritos versam sobre a personalidade de São José , inclusive a Consagração a São José. Em momento nenhum na história de São José vamos ver algo que os Ocidentais sempre tentaram fazer com São José, que seria fazê-lo velho. José não era velho, nem tampouco fraco. José era um homem viril, porém em todo tempo soube controlar sua virilidade. Que ser humano teria tido a coragem de voltar quando o Anjo lhe apresentou a missão?  José voltou, e tomou o seu lugar na história da Salvação. José era descendente de Davi e tinha o sangue de Davi, o grande Rei em suas veias. José sabia lutar e como lutar, sabia trabalhar, sabia prover, sabia defender , sabia se guiar pelos caminhos das decisões. José era um homem de fé, pois somente assim reconheceria a ação transcendental de Deus em seus atos. José era um homem de oração,  sabia se relacionar com Deus e se por a caminho, José era um homem Disponível e Capaz.

            Beato Fulton Shean descreve a respeito do que as ideologias  recentes vem fazendo ao ser Homem, como uma forma antinatural de fazer os homens, antes dominadores, desbravadores, guerreiros em várias conotações, em pessoas fracas, porque assim todos estariam mais seguros. Fazendo os homens fracos, estes não seriam mais perigosos. ERRADO, você pai e mãe , se vocês estão criando homens para as batalhas que temos hoje e as que virão, que façam dos mesmos meninos perigosos! Que palavra forte. Jamais tente domesticar um ser que nasceu para ser guerreiro. Precisamos filhos que se tornem guerreiros para o futuro. O que é melhor, ser um menino homem legal ou BOM! Lembre-se de alguém em sua faculdade, em sua vida como homem, que quando você fazia algo de errado ele te fazia concertar, não somente com palavras mas também com atos! Sim, o que você pensa desta pessoa?  Que  este cara é um cara legal, ou que este cara é um cara perigoso, que por ser bom no sentido correto da palavra, ele sabe te trazer para o caminho certo!

            A virtude verdadeira da Força é que eu tenho força suficiente para fazer o que eu quero, mas eu a uso para fazer o que é CERTO, ou melhor, ao que eu sou chamado a fazer de forma correta, e se alguém do meu convívio está se desvirtuando, eu sei trazê-lo de volta com moral ao cominho da retidão.

            Leonard Sax em seu Livro Boys Adrift ( 5 conversas que você deve ter com seu filho) aborda a crise dos jovens meninos em nossa cultura. Nossa cultura tem criado duas formas de meninos na atualidade, a primeira é o Bruto, o que tem força e  abusa dos outros, o menino é o CARA. A  a segunda é o cara Preguiçoso. Ele é capaz desperdiçar sua força, ou seja, passa o tempo da sua vida em vídeo games, media social de forma compulsiva ou dormindo, não faz nada perigoso, mas não faz nada   de bom. Ambos usam suas forças de forma errada! A alternativa é cultivar sua força para colocar a serviço dos outros. Usar a força para servir os outros.

            Voltando para nossa reflexão de hoje sobre a figura de São José, podemos afirmar que Deus escolheu um cara Perigoso para uma Missão Perigosa. José  também foi  o escolhido. José tinha que proteger o Filho de Deus, o menino Jesus do Rei Herodes. Ele tinha que ser destemido, ser perigoso, ser bravo e ser valente.

            Na Evangelho, Jesus descreve suas características pessoais : -Eu sou manso e humilde de coração. Bem, aqui temos um termo MANSO que merece toda a nossa atenção para não nos confundirmos, manso com ser fraco. Jesus não era nem um pouco fraco e em todos os momentos que foi necessário usou sua força com total controle de tudo. Manso, podemos referir a um cavalo selvagem, que após a doma, passa a ser o mesmo cavalo anterior, com toda sua força, com todo o seu poder, mas que agora está sobre controle, isso é ser Manso, totalmente diverso de fraco.

            Jesus ao dizer manso, diz que todo o seu poder divino está sob controle, para ser usado quando fosse necessário.

            Lembremos do nosso pai quando nós éramos crianças?  Nosso pai era o cara, o forte, o nosso tudo, o mais inteligente. Quando chegamos a adolescência já começamos a achá-lo estúpido. O que muda é que os Pais gastam as suas energias e forças com seus filhos por serem mais jovens, mas o tempo passa e os traços da idade começam a pesar. Gastaram suas energias com seus filhos e agora o tempo pesa. Mas outros pais gastam suas energias com o trabalho, com seus hobbies, com hábitos errados que enfraquecem o homem.

            O Mal odeia a paternidade. Todos os homens neste mundo são a imagem e semelhança de Deus Pai, por isso o tentador quer denegrir a figura paterna de alguma maneira, seja fazendo com que  os filhos comparem seus pais, seja fazendo com que os filhos de alguma forma guardem ressentimentos dos seus pais, sempre começando com coisas pequenas e cultivando-as para torna-las maiores e até mortais. O Pai é para os filhos o rumo da vida e o rumo da fé. Tantos filhos desejam a carreira do pai. Pai significa também Proteção. Como é bom estar perto do Pai, e poder abraçá-lo quando tantos não o tem mais.

            O demônio é como o Leão que ronda pelo mundo para devorar as almas e quando as encontra desprevenidas, as devora. Exemplo : O leão mais jovem quando decide tomar o lugar de um leão mais velho, ele se aproxima da alcateia e desafia o mais velho, não se mostrando apenas, mas trazendo para uma luta onde o objetivo é triturar os órgãos  genitais do outro, pois se o fizer, já o tirou daquele lugar para sempre. Assim o Mal vem nos retirar da nossa comunhão com Deus e assim nos fazer vagar pelo mundo com a morte nos assolando, pois o salário do pecado é a morte, não é Deus que se afasta de nós, mas somos nós que decidimos nos afastar pela ação do Mal, que é uma pessoa.

            Muitos pais hoje estão perdendo suas forças buscando as coisas sugeridas pelo que vem aos seus olhos. Muitos perdendo suas forças sendo castrados pela pornografia, principalmente pelos computadores e telefones e tablets. Como estes homens estarão Disponíveis e Capazes para a missão do Senhor se estão distraídos pelos desejos pervertidos mundanos?  Por isso pais, peçam a intercessão, se consagrem a São José, que um dos seus títulos é : – Terror dos demônios!  A Tradição da Igreja nos ensina que São José era carpinteiro ou operário. Todas as vezes que se punha a trabalhar os demônios jogavam suas ferramentas no chão e José  as recolhia  cantando Salmos e louvando ao Senhor!

            Quão fantástico é São José. Ele é o único ser humano que Jesus chamou de Pai! São José é o modelo de paternidade. Ele era perfeito?  Não , ele era capaz e disponível. Ele ensinou com Maria o seu filho  Jesus rezar.  Ele educou Jesus desde sua infância. Ensinou o Verbo Divino.  Por isso Deus realizou junto com São José o que ele quer fazer hoje comigo e com você, desde que estejamos DISPONÍVEIS E CAPAZES.

           

           

           

           

           

 

Oremos: Abbá (Pai) Amado, hoje eu quero Senhor me colocar inteiramente a disposição da Sua vontade. Quero entregar tudo o que eu sou capaz hoje ( diga sua profissão e seus talentos) a toda Missão que o Senhor hoje deseja me confiar. Senhor eu peço como Pai, que me faça consagrar à São José , aquele que te protegeu de todos os perigos visíveis e invisíveis. Aquele que não mediu forças para te fazer crescer na Fé no Senhor!

Amém

 

 

 

 

 

 

            Comparação   é o desejo de ser melhor do que o outro. No coração de quem se compara há o medo! A vulnerabilidade vem com esse medo.

            Um dos maiores presidentes dos Estados Unidos foi Ted Roosevelt. Conhecido como o URSO. Quando ele era criança se sentia como uma criança frágil, doente e muito medrosa. Um dia ele tomou a decisão de reagir a tudo isso e passou a treinar seu corpo e sua mente para ser mais forte, mais corajoso e mais destemido. Há muitas histórias sobre TED, mas uma é  muito interessante:-  Ted foi militar e participou de grandes batalhas defendendo seu país. Chegou a lutar em Cuba sofrendo tudo que um combatente podia sofrer na época. Quando TED era candidato à Presidência em campanha pelo país sofreu um atentado a bala em Milwaukee e mesmo com o ferimento no tórax fez seu discurso por 1 hora e meia, terminando chamou seu assessor e disse: – Pronto, agora pode me levar para o hospital. Até ele morrer ainda manteve o projetil em seu tórax para lembrá-lo de suas superações. Assim  TED era o conhecido como  BEAR (  O URSO). Suas condecorações superam qualquer outro candidato à Casa Branca e toda a história, pois de uma criança medrosa e frágil, se tornou um dos homens mais fortes da maior potência mundial. Ele foi o mais jovem presidente dos Estados Unidos, com 42 anos de idade. Mesmo com tudo o que ele fez e representou, sempre sabia que, não importando todas as suas realizações, havia um ladrão em cada esquina da sua vida, e este ladrão tem um nome, seu nome é COMPARAÇÃO! COMPARAÇÃO É O LADRÃO DA ALEGRIA! É o que faz qualquer coisa ser menor do que realmente é.

            Tomando o Caminho de Jesus, quando ele nos capacita como discípulos Ele nos promete várias virtudes e dentre elas a ALEGRIA. Jesus nos promete Alegria e porque a maioria dos cristãos não experimenta constantemente a Alegria? Pois somos roubados dia e noite pela ansiedade, pelas preocupações , mas o que mais nos rouba  a alegria é a Comparação, assim dizia TED ROOSEVELT!

            É impossível viver uma vida com alegria se deixamos a Comparação permear nosso caminho. O preço da Comparação não é apenas perder a alegria mas perder a ALMA!

            Muitas vezes nós evitamos comparação para evitar grandeza. Mas isso não é verdade. Nem toda comparação é ruim. Nós temos um desejo interior de sermos competitivos e isso é bom.

            Eric Erikson, grande escritor em Neurociências do Comportamento,  diz que nós somente nos conhecemos quando nos comparamos aos que estão ao nosso redor. Eu posso ver alguma coisa em você que eu vejo em mim, ou não e assim vamos nos reconhecendo. Estas são as comparações saudáveis. Seria como um mapa que vamos comparando o nosso interior com os outros. Muitas vezes o que nos incomoda nos outros  se reflete no que nós temos em nós mesmos e comparando reconhecemos para combater.  

            C.S.Lewis diz que Orgulho é ficar feliz sobre alguém ser menos do que nós, ser menos bonito, ser menos inteligente, ser menos talentoso. Comparação e orgulho é essencialmente competitivo. Comparação do ponto vista negativo tem em sua essência o MEDO, o medo de encontrar alguém que faz algo melhor do que eu, e então as pessoas passam a ser ameaças . Isso  quer dizer que o seu MAIS  significa o meu MENOS! Alguém pode ser mais bonito que eu, mais inteligente, mais  talentoso. Falando sobre hoje a realidade de mídia social, nós não nos comparamos às celebridades no Instagram, mas aos nossos próximos. Há algumas pessoas que se  não fosse pela comparação certas pessoas que estão próximas a nós seriam nossos melhores amigos.

                        Quantos jovens se tornaram escravos da comparação, e aqui eu chamo a atenção de todos os que vivem assim hoje, parem de se maltratar, isso os mantém medíocres. Eu também falo a formadores, professores, religiosos, que pela presença de outros similares que vem visitar suas escolas e universidades, passam a se tornar ameaças, pois ao final de tudo quando seus alunos irão dar testemunhos de quanto aquelas pessoas puderam edificar aqueles alunos, e você professor, com eles diariamente não escuta isso a tanto tempo e na mesma hora vem a comparação para te destruir, ao invés de rasgar um elogio aos visitantes , que podem ser comparados aos  semeadores que vieram semear  para sua colheita, preferem comparar, sentir aquele sentimento retido no interior de algo que não é bom. Como somos medíocres quando nos prendemos as comparações.

            Quando você passa por isso acima, chamamos de Comparação indesejada. Faça o seguinte exercício:

–           Seja paciente com você mesmo. Isso é tão velho quanto a existência humana. Então seja paciente.

–          Aprenda e se esforce como TED para ser melhor em tais circunstâncias. Tente se vencer.

–          Caim ao invés de se superar e buscar cultivar as virtudes de Abel, preferiu matá-lo pela ameaça que o irmão oferecia. Ressentimento é uma coisa muito vil. Culpar uma pessoa por ela ser  ela mesma. Porque eu não faço uma coisa eu fico com ódio por aquela pessoa que faz aquilo muito bem.

            Ressentimento é tomar um veneno para matar outra pessoa. Pessoas que são assim, vão ficando isoladas, pois a consequência do ressentimento é perder uma comunidade, uma vida em comum. De tanto afastar as pessoas, vai se afastando do mundo e vivendo uma vida de solidão. Perdoe as pessoas e perdoe a sim mesmo e verás a Alegria voltar ao seu coração e a necessidade de estar em comunidade.

            Deixe de ser vulnerável afastando as comparações e os ressentimentos. Não deixe que as pessoas sejam uma ameaça para você.

            Comparação para ser destruída precisa ser combatida, tendo paciência consigo mesmo. Para Renunciar ao ressentimento, evite comparação, evite o isolamento e se reconcilie com os outros e consigo mesmo. A Alegria reascenderá dentro de você!

           

           

           

           

           

 

Oremos: Abbá (Pai) Amado, hoje eu quero Senhor entregar aos seus pés toda espécie de comparação voluntária que eu tenho cultivado em mim. Ensina-me e me dê a graça da Paciência. Combata comigo em meu coração o ressentimento através do perdão e da reconciliação. Faça Senhor que eu volte ao convívio dos meus irmãos e de todos os que o Senhor apresentar para estar ao meu lado, com amor, com paciência e com Alegria.

Amém

 

 

 

 

 

         O Pai tem proferido sua declaração, cabe a nós responder ao seu chamado, ou seja, de coração darmos a nossa resposta.

         Todo o Cristianismo se resume a uma questão: – Deus tem permissão para te AMAR?

         Nós temos uma mania de complicar as coisas. Quando o assunto é Cristianismo aí sim nós complicamos ainda mais. Honestamente falando sobre isso vemos como muitos de nós não alcançaram o cerne da questão. Caríssimos podemos resumir em uma questão e uma pergunta. Reflita comigo!

         Os países quando são dominados por outro, no caso aqui no Brasil éramos uma colônia portuguesa. No dia sete de setembro de 1822 foi declarada nossa Independência. Declarar a independência não quer dizer que você é imediatamente independente. O Brasil precisou lutar para que a Independência se concretizasse e assim os Estados Unidos e outros países até hoje. Outro exemplo é um cara que fica falido e vai para rua e grita: – Eu estou falido! Não significa que gritando você pode juridicamente estar.

         Declarar livre não significa que você é ou está livre! Uma coisa é dizer outra e inteiramente diferente é Viver assim!

         Voltando ao início da nossa reflexão , qual é a pergunta que todo cristão deve ter em mente todos os dias! – Deus está te perguntando hoje:

         – Você Me dá permissão para te amar do jeito que você é?

         Esse é o amor de Deus, não importando todos os piores atos que eu e você tenhamos cometido em nossa vida toda. Esta é a grande diferença entre céu e inferno, vida e morte. Deus está hoje aqui te fazendo esta pergunta que ele faz todos os dias e só depende de nós darmos a resposta!

         Nós evitamos dar a resposta, nós adiamos a resposta, nós dizemos que quando formos melhores, quando ficarmos mais velhos! E Deus nos repreende hoje, nesse momento, e ao perguntar: – Agora? Hoje é o dia! Chegou a hora!

         Esta é a Declaração de Deus para conosco! Declaração de Amor! E  a resposta certa é: Sim, Pai , Eu dou permissão para que Senhor me ame Agora! E assim nós demonstramos que nós confiamos Nele!

         Em Harvard há um professor que todo primeiro dia do Semestre ele chega para sua turma e faz a seguinte questão antes mesmo de se apresentar: – Bom dia, se você hoje morresse, chegasse diante dos portões do paraíso e se apresentasse para Deus Pai, o que você responderia a Ele se a pergunta fosse essa: – Porque razão eu te deixaria entrar hoje?

         Quantas pessoas iriam responder: – Porque eu sou uma boa pessoa. Sim comparável a quem? Hitler, Stalin …Mas você e eu  nem somos bons assim! Sabe por quê? Porque comparando com o que nós poderíamos ser, não somos nem de perto tão bons quantos poderíamos e deveríamos ser, do que fomos feitos para ser.

         Outros responderiam: – Nós seguimos os mandamentos. Mas numa reflexão melhor vemos que nem aqueles que nós achamos que seguimos, realmente seguimos.

         Quantos de nós hoje estamos mais preocupados em Glória, glória dos homens, vanglória, ostentação do que de coração darmos a resposta certa: – Quem se glorie que se glorie no Senhor! São Paulo nos ensina praticamente  em todas as suas cartas sobre os perigos de nos gloriarmos e não remetermos a glória ao Rei da Glória!

         Quantas vezes São Paulo que foi reconhecido por ser uma pessoa irrepreensível, publicamente se declarava o pior dos pecadores. São Paulo foi açoitado pelos judeus cinco vezes com 39 chibatadas, pelo fato de pregar publicamente sobre Jesus Cristo o único Senhor e Salvador. São Paulo foi expulso de tantas e tantas cidades e sinagogas e jogado de penhascos. Tudo isso por amor a quem? Por estar falando em nome de quem? Falando de Jesus Cristo e mesmo assim não se vangloriava de suas provações.

         Quem somos nós para nos gloriarmos e dizermos por que estamos na Igreja servindo somos melhores que os outros. Deveríamos estar na Igreja sendo melhores para os outros assim fiéis seguidores do Cristo Ressuscitado.

         A RESPOSTA DE DEUS ATRAVÉS DE SÃO PAULO :- CRISTO ME AMA, DEUS ME AMA E DEU A VIDA POR MIM!  Porque Deus me ama por isso devo entrar no céu, pela Sua Misericórdia. Jesus não morreu por causa de mim, Mas Ele morreu por MIM!.

         Quantas vezes em minha vida eu tenho passado diante da Cruz de Cristo e tenho me atentado a isso? – Meu Senhor, o Senhor me Ama Demais!!!

         Após nós entendermos, tudo passa a fazer sentido. O Senhor se esvaziou por mim em sangue e água na Cruz! Uma amor incontestável, inesgotável!

         Uma coisa é declarar independência outra coisa é fazer valer essa liberdade. Uma coisa é Deus declarar o seu Amor por nós outra é darmos permissão para que Ele nos Ame do jeito que somos e estamos agora!

         No ano de 33 DC,  o Pai DECLAROU a cada um que habita sobre o mundo todo o seu Amor ! Cabe a cada um de nós dar a permissão para que Ele nos ame. Em caso positivo, todas as vezes que você for a Igreja, for a Confissão, for a Missa ao receber a Eucaristia você dará a sua resposta verdadeira dando permissão para que Ele te ame do jeito que você é HOJE!

        

        

         Oremos: Abbá (Pai) Amado, hoje eu quero Senhor, professar a minha fé em ti! Hoje eu quero nesse dia declarar o meu amor por ti Senhor. Sim Senhor eu creio na Sua Misericórdia infinita vindo ao meu encontro nesse momento onde Eu te dou livre acesso ao meu coração, Eu dou te dou permissão plena para me amar do jeito que sou hoje, aqui e agora. Vem Senhor nesse dia me curar, me libertar com a sua infinita Misericórdia, pois eterno é o seu Amor, e eterna é a Sua Misericórdia

Amém