Missionária testemunha sua transformação em Deus

Missionária da Canção Nova testemunha a ação de Deus em sua vocação

“A Comunidade Canção Nova é feita de pessoas criadas por Deus, criadas juntas, e ordenadas por Ele para realizar a Missão Canção Nova neste mundo. Quando Deus concebe um desígnio, Ele já cria também as pessoas que Ele quer juntas, para que esse Seu desígnio se concretize. Por isso, as pessoas que Deus criou Canção Nova serão agregadas, uma após a outra, cada uma a seu tempo”.

Os Membros da Comunidade Canção Nova se distinguem em dois modos de compromisso: Núcleo e Segundo Elo. Os membros do Núcleo se dedicam ao apostolado como atividade principal, empenhados em tempo integral na vida e nas atividades da Canção Nova. Já os membros do Segundo Elo são aqueles que constituem aliança em torno do Núcleo, não vivem em regime de dedicação integral, continuam a residir em suas próprias casas. São chamados a viver a identidade e missão da Comunidade Canção Nova nas condições ordinárias da própria família, profissão, vida social.

Renata Oss é membro da Comunidade Canção Nova no modo de compromisso no Segundo Elo, a mesma relata seu testemunho de vivência da sua vocação:

“Cheguei em Cachoeira Paulista no ano de 2004. No ano de 2006 casei-me e logo depois, em 2007, fiz o meu primeiro compromisso na Comunidade Canção Nova na pertença para o Segundo Elo (após dois anos de caminho vocacional).

Arquivo pessoal: Renata, seu esposo Brais Oss e a filha Sofia.

Juro que eu não imaginava como seria essa caminhada, foram muitos desafios em todas as áreas da minha vida. Primeiro a vida consagrada, vivê-la com coerência, responsabilidade e disposição. Nunca foi me cobrado nada, afinal, quando você diz “sim” a Deus em uma comunidade, não espere ser cobrado, você tem que fazer de tudo que está ao seu alcance para que sua vida seja condizente com sua escolha, que é servir a Deus.

Antes de iniciar o caminho vocacional eu vim morar em Canhoeira Paulita pois na minha cidade não tem Canção Nova próxima. Posso afirmar que foi um dos maiores desafios largar toda a minha família, isso exigiu muito de mim. Hoje tenho 12 anos de vida consagrada, sou casada, tenho uma filha e moro em Cachoeira Paulista onde fica a sede da Comunidade Canção Nova. Todos nós três vivemos uma vida austera em Deus. 

Durante o caminho vocacional fui acompanhada por uma irmã de comunidade que me acolheu e me fez ver que valeria a pena todo aquele sacrifício. Afinal, a Palavra de Deus nos fala em Mateus 19,29: “Também todos aqueles que tiverem deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos ou terras, por causa do meu Nome, receberão cem vezes mais e herdarão a vida eterna.” Todos os dias, durante o meu caminho vocacional e até hoje, eu me apego a essa promessa de Deus e ela me sustenta, pois, desafios sempre teremos, e as lutas para nos tirar do caminho de Deus sempre vão acontecer, mas quando as tribulações vêem eu me apego novamente a essa Palavra e ela me refaz.

O mais bonito foi ter visto essa Palavra se cumprir em minha vida no ano de 2006 quando me casei. Eu experimentei como é bom servir a Deus, porque eu nunca me imaginava casada com filhos eu sempre dizia que isso não era para mim, que eu nunca iria formar uma família. Deus me surpreendeu mais uma vez me dando um marido consagrado a Deus e uma filha maravilhosa, com a essência formada em Deus.

Outros testemunhos:

:: O Senhor me quis e me amou mais do que eu merecia

:: Deixei meus pais, meu trabalho e vim atrás da vontade de Deus

Hoje eu digo para você que vale a pena ser de Deus, seja em uma comunidade, seja na sua paróquia, o mais importante é ser integralmente de Deus. Tribulações sempre teremos, mas o “como” você passa por essas tribulações, é que é o diferencial quando se é de Deus.

Sou muito feliz e realizada na minha escolha, em consagrar-me a Deus em uma comunidade, e principalmente a Canção Nova, porque aqui Deus me transformou, reestruturou e me ressuscitou (literalmente).

Amo ser Canção Nova, amo minha comunidade.”

Assim como a Renata Oss você também pode ter vocação à Comunidade Canção. Talvez você sinta uma inquietação para descobri qual é o seu “lugar neste mundo”. Talvez você seja Canção Nova!

Conheça os passos para um discernimento vocacional no compromisso do Segundo Elo.