Meditemos com Santo Afonso Maria de Ligório sobre o insondável mistério da Anunciação e a resposta generosa da sempre Virgem Maria.

O mistério da Anunciação do Arcanjo São Gabriel: “Ecce concipies in utero et paries filium, et vocabis nomen eius Iesum — Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus” (Lc 1, 31), foi coroado com a resposta da Santíssima Virgem Maria: “Ecce ancilla Domini, fiat mihi secundum verbum tuum — Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1, 38) e o mistério da Encarnação do Verbo de Deus.

A Anunciação do Anjo a Virgem Maria

Podemos pensar que a reposta da Mãe de Deus aconteceu facilmente e que não houve uma reflexão a respeito desses elevados e sublimes mistérios. No entanto, a Santíssima Virgem ficou cheia de temor, pois foi colocada pela Anunciação do Anjo diante de uma decisão importantíssima. Não se tratava somente da decisão mais importante de sua vida, mas também de todo gênero humano. Continue lendo…

Leia artigo de Ana Lígia Lira com o tema “Ave-Maria do povo sertanejo”, sobre a devoção mariana do povo nordestino.

Neste artigo intitulado “Ave-Maria do povo sertanejo”, Ana Lígia Lira da Silva nos fala sobre a profunda devoção mariana do povo do sertão do nordeste, a partir de suas próprias raízes. A autora do livro “O Diário do Silêncio”, com palavras que nos remetem à simplicidade do povo nordestino, quer nos levar a conhecer a experiência de fé desse povo tão sofrido e, ao mesmo tempo, tão cheio de esperança. Sem mais delongas, seguem as palavras de Ana Lígia Lira:

Leia artigo de Ana Lígia Lira com o tema “Ave-Maria do povo sertanejo”, sobre a devoção mariana do povo nordestino.

Imaculado Coração de Maria e Sagrado Coração de Jesus

Ao receber o convite para escrever meu primeiro artigo para este blog, logo veio à minha mente a música “Ave-Maria Sertaneja” (Luiz Gonzaga). Talvez seja por ter vivido boa parte de minha vida no sertão de Pernambuco. Então, pensei em falar um pouco da fé que meus olhos viram e ainda veem por aqui. Continue lendo…

Meditemos sobre a fuga da Sagrada Família, Jesus, Maria e José para o Egito e colhamos abundantes frutos espirituais.

Meditemos sobre a fuga da Sagrada Família, Jesus, Maria e José para o Egito e colhamos abundantes frutos espirituais.

A fuga de Jesus, Maria e José para o Egito

Na segunda dor de Maria Santíssima, contemplamos a sua fuga, com o Menino Jesus e São José, para o Egito. Santo Afonso Maria de Ligório nos ajuda a meditar sobre esse profundo mistério do amor de Deus, que por vezes nos desinstala e nos leva para onde não queremos ir. A Sagrada Família de Nazaré viveu esse mistério de modo exemplar, como que para nos mostrar como devemos assumi-lo em nossas vidas.

A profecia do velho Simeão, segundo a qual uma espada de dor transpassaria o Coração Imaculado da Virgem Maria (cf. Lc 2, 35), foi um prenúncio deste mistério, que acompanharia a Mãe do divino Redentor por toda a vida. Este não era nenhuma novidade, pois as Sagradas Escrituras já alertavam a respeito dos que se fazem servos do Senhor: “se entrares para o serviço de Deus, permanece firme na justiça e no temor, e prepara a tua alma para a provação” (Eclo 2, 1). No entanto, o mistério do sofrimento na vida de Nossa Senhora tem algo de novo e muito importante para nos ensinar. Continue lendo…

A batalha espiritual entre a Mulher revestida de sol e o Dragão vermelho pode ser compreendida como a luta entre dois amores: amor e egoísmo.

Santo Agostinho diz que a história da humanidade consiste na luta entre dois amores: amor e egoísmo. Esta batalha espiritual entre amor e egoísmo está presente simbolicamente no livro do Apocalipse, na Mulher revestida de sol e no grande Dragão vermelho.A batalha espiritual entre a Mulher revestida de sol e o Dragão vermelho pode ser compreendida como a luta entre dois amores: amor e egoísmo.

Estas duas formas de interpretar a história da humanidade primeiramente nos ajudam a identificar de qual lado dessa batalha espiritual nós estamos lutando. A partir disso, somos chamados a fazer uma escolha entre o amor e o egoísmo, entre a Mulher e o Dragão. Pois, não há como conciliar essas realidades, pois são antagônicas, incompatíveis entre si. Continue lendo…

Conheça o “Credo di Maria” ou “Credo Mariano”, uma belíssima oração composta por um coração apaixonado por Nossa Senhora.

Neste Ano Nacional Mariano, rezemos com amor e confiança a belíssima oração chamada “Credo di Maria” ou “Credo Mariano”. Esta oração foi composta por São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, também conhecido como São Gabriel da Virgem Dolorosa ou simplesmente São Gabriel das Dores, um jovem que tinha um coração profundamente apaixonado por Nossa Senhora. Em seu “Credo di Maria”, São Gabriel recorda-nos a fé profundamente mariana e, ao mesmo tempo, cristocêntrica dos santos de todos os tempos da Igreja Católica.

Conheça o “Credo di Maria” ou “Credo Mariano”, uma belíssima oração composta por um coração apaixonado por Nossa Senhora.

Nossa Senhora das Dores

Como todo bom membro da “Congregação da Paixão de Jesus Cristo” ou simplesmente “Congregação Passionista”, São Gabriel nutriu um profundo amor à Paixão de nosso Senhor Jesus Cristo e às dores de sua Mãe, Maria Santíssima, tanto que assumiu o título de Nossa Senhora das Dores em seu nome religioso. Unido intimamente a Jesus Cristo crucificado e a Virgem das Dores, São Gabriel santificou-se rapidamente e alcançou os cumes da perfeição cristã. Nas palavras de seu “Credo di Maria”, São Gabriel nos revela traços marcantes de sua espiritualidade, o amor e a confiança que nutria para com a Santíssima Virgem. Continue lendo…