estudo-biblico-como-fazer-o-diario-espiritual-cleber-rodrigues-cancao-nova

Hoje, compartilho com você a continuidade do artigo A Bíblia no meu dia a dia (Mons Jonas Abib) que escrevi neste blog e trago de modo simplificado a metodologia proposta pelo Monsenhor Jonas Abib sobre como pode ser feito um Diário Espiritual de modo fácil e prático. Espero que goste das dicas. Boa leitura!

O segredo do Diário está em ser diário: todos os dias

“Fazer o Diário Espiritual é muito simples. À primeira vista, parece que ele não vai produzir nenhum fruto especial. Mas quando posto em prática na vida cotidiana, esse trabalho mostra trazer em si uma incalculável riqueza” afirma o padre salesiano e Fundador da Comunidade Canção Nova.

Como fazer?

  • Use um caderno, caderneta, agenda ou fichário.
  • Reserve uma folha em branco para cada dia.
  • No alto de cada página, coloque a data do trabalho: dia da semana, mês e ano.
  • Depois desenvolva de sua maneira pessoal o Diário, considerando os cinco itens a seguir.

1. Promessas de Deus
No trecho que você lê a cada dia, é bem capaz que você encontre promessas de Deus. É muito fácil identificá-las: são coisas que Deus promete. A Bíblia está repleta de promessas de Deus. Ele não precisa prometer; contudo, na qualidade de Pai, promete.

Veja bem: são promessas de um Deus fiel que sempre cumpre a palavra dada a seus filhos.

Podemos confiar nas promessas de Deus; podemos correr riscos por elas: Deus não falha. Por isso, vale à pena conhecer as promessas que Ele nos faz. E, o que é mais importante, devemos gravá-las em nossa mente e em nosso coração. Assim, anote diariamente as promessas de Deus que encontrar na leitura.
Nem sempre vamos encontrar promessas divinas nos trechos que lemos. Se não as encontrarmos, nada teremos a anotar. Contudo, são tantas promessas de Deus que encontraremos muitas, e com freqüência.

Eis alguns exemplos:

  • João 1,12. “A todos aqueles que o receberam, aos que crêem em seu nome, deu o poder de se tornar filhos de Deus.”
  • Mateus 18,20. “Onde dois ou três estão reunidos em meu nome, aí estou no meio deles.”
  • Efésios 6,8. “E estais certos de que cada um receberá do senhor a recompensa do bem que tiver feito.”

2. Ordens de Deus a serem obedecidas
Deus, que é Pai, tem prescrições claras pra nortear a nossa vida. Ele manda, prescreve, proíbe, ordena; tudo para nos conduzir como filhos muito amados. Seguir Seus mandamentos, obedecer-Lhe às ordens é o segredo da vida.

É do nosso interesse, portanto, conhecer e guardar as ordens que Deus nos dá. Tal como acontece com as promessas, as ordens de Deus são abundantes na Bíblia, embora não as encontremos em todas as passagens que lemos. Porém, sempre que você encontrar uma ordem de Deus, anote-a cuidadosamente no seu Diário. É bem simples distingui-las.

Alguns exemplos:

  • Jo 13,34. “Amai-vos uns aos outros como vos tenho amado.”
  • Mt 5,37. “Dizei somente sim, se é sim, e não, se é não.”
  • Lc 6,27-28. “Amai os vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, abençoai aos que vos maldizem e orai pelos que vos injuriam.”

Em geral, o verbo imperativo – daí, fazei, ide, buscai, recebei, perdoai, sede… – é sinal de uma ordem.

3. Princípios Eternos
Os princípios são leis que governam o Reino de Deus, ou seja, no Reino as coisas funcionam desta maneira. Neste mundo tudo é regido por leis: os astros, os minerais, as plantas, a eletricidade, o corpo humano, etc. As leis são princípios imutáveis que determinam o modo de ser de cada uma dessas coisas. O cientista precisa conhecer os princípios que regem a sua ciência.

O Reino de Deus também é regido por princípios eternos, imutáveis, leis permanentes. O Reino de Deus funciona da maneira descrita nesses princípios. É vital que os filhos do Reino conheçam os princípios pelos quais ele é regido. Deus que revelar aos seus filhos os segredos do Reno, os mistérios do mundo sobrenatural. Eis porque a Palavra de Deus esta repleta de princípios. No início parece difícil, mas em pouco tempo você conseguirá identificar esses princípios eternos, essas leis permanentes do Reino de Deus.

Alguns Exemplos:

  • Lc 18,14. “Todo aquele eu se exaltar será humilhado, e o que se humilhar será exaltado.” Queiramos ou não, é assim que acontece; isso é imutável, não muda nunca!
  • 1Tm 6,7. “Porque nada trouxemos a este mundo, como tampouco nada podemos levar.”
  • Tito 1,15. “Para os puros, todas as coisas são puras. Para os corruptos e descrentes, nada é puro. Até sua mente e consciência são corrompidas.”

4. Mensagem de Deus para mim hoje
Em tudo quanto você leu, em tudo com que trabalhou até no seu Diário, qual é a mensagem de Deus para você? É certo que Deus tem uma mensagem para você. Basta ficar atento, em atitude de expectativa para descobri-la. Anote a mensagem todos os dias. Não deixe que ela se perca.

Faça anotações bem pessoais, com suas próprias palavras. Seja simples, nada de complicações.

5. Como posso aplicar isso em minha vida?
Esta é a parte mais pessoal e concreta de todo o Diário. Não é preciso, nem eu quero, dar muitas explicações a esse respeito. O próprio Deus vai inspirá-lo (a) todo dia a perceber de que maneira poderá aplicar à sua vida concreta as coisas que leu e comas quais trabalhou.
Tome nota. Não basta descobrir; é muito importante anotar diariamente.

Suas anotações serão um roteiro para a sua vida. O fato de registrarmos por escrito o que Deus nos inspira a pôr em prática na nossa vida transforma de maneira decisiva nossa maneira de ser e de agir, bem como o nosso relacionamento com Deus.

Leia também: Por que fazer o estudo da Palavra de Deus?

Saiba mais sobre este tema aqui, aqui e adquira o livro

Que Deus te abençoe!

Um abraço,
Cleber Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *