Descubra como os valores familiares podem nos tornar mais humanos e sociáveis
camarotizacao-e-a-desagregacao-social

No dia 04 de janeiro de 2015, a 2ª fase da Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) pediu aos candidatos que elaborassem uma dissertação discutindo a “camarotização” da sociedade brasileira, a segregação das classes sociais e a democracia. Achei a proposta interessante e resolvi pesquisar um pouco mais sobre esse assunto e, principalmente, abordá-lo aqui numa perspectiva cristã. Afinal, o que é desagregação social? Qual o sentido de camarotizar um espaço público? Quais impactos desta tendência na sociedade? Continue lendo…

O amor e a sexualidade humana: forte expressão do amor de Deus

amor-e-sexo-sao-a-mesma-coisa

O ser humano é chamado ao amor e ao dom de si na sua unidade corpórea-espiritual. Feminilidade e masculinidade são dons complementares, pois a sexualidade humana é parte integrante da capacidade concreta de amor que Deus inscreveu no homem e na mulher. A sexualidade é uma componente fundamental da personalidade, um modo de ser, de se manifestar, de comunicar com os outros, de sentir, de expressar e de viver o amor humano. Continue lendo…

amor-vencera-com-padre-jonas-abib

Hoje, o Sistema Canção Nova de Comunicação transmitiu, ao vivo, o programa O Amor Vencerá que é um momento de intercessão e que contou com a presença do Monsenhor Jonas Abib, Luzia Santiago e Padre Arlon Cristian. Caso você não teve condições de acompanhar, disponibilizo abaixo, na íntegra: é só ouvir, interceder e compartilhar! Continue para ouvir…

mensageiros-do-senhor-que-vem-monsenhor-jonas-abib

Realmente o Senhor sempre nos deu um instrumento maravilhoso para anunciarmos aquilo que Ele quer. “E eis uma voz a clamar: ‘Preparai o caminho, preparai o caminho do Senhor’”. Este é o trecho de uma música que também diz: “Vejo um rei vindo da montanha”, sim, nós O vemos porque está cada dia mais próxima a vinda do Senhor. Continue para ouvir…

tony-allysson-soberano-cancao-nova-show

Show de lançamento do CD “Soberano” na Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), dentro do Acampamento Clamando por Milagres. Ouça aqui na íntegra. (Se preferir, ouça em mp3)

Deus me unge para lutar e eu não vou retroceder”, foi assim que o cantor Tony Allysson iniciou o show de lançamento do CD “Soberano” na Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), dentro do Acampamento Clamando por Milagres. Além das músicas do recente trabalho, o cantor levou aos fiéis a rezarem com canções do seu primeiro trabalho, como “Marca da Vitória”, que contagia por sua profundidade e unção.

A canção mais esperada da noite, “Soberano”, que dá o nome do seu novo CD, não demorou para ser entoada. Segundo o músico ela nasceu de um profundo momento de adoração diante do Santíssimo Sacramento e proporcionou um momento de oração, louvor e entrega aos presentes:

Ele faz o mar se abrir
Sinto o Teu poder fluir em mim
Deus de milagres
Te adorar é o meu prazer

Soberano, Maravilhoso
Deus que não sabe o que é falhar
Soberano, Fiel
Sei que Ele nunca vai deixar de me amar

Além desta, outras músicas fizeram parte da apresentação como “Purifica-me” e “Minha Família”, que são fruto da experiência vivenciada pelo ministro de música nos inúmeros shows e missões realizados por ele em todo o Brasil nos últimos anos.

(cancaonova.com)

A comunidade religiosa e a maturidade pessoal

comunidade-religiosa-e-amadurecimento-pessoal

A comunidade religiosa pelo fato de ser uma «Schola Amoris» (Escola de Amor), que ajuda a crescer no amor para com Deus e para com os irmãos, torna-se também lugar de crescimento humano. O caminho é exigente, pois implica a renúncia de bens certamente muito apreciáveis, mas não é impossível. Isso o demonstra a multidão dos santos e santas e as maravilhosas figuras de religiosos e religiosas que mostraram como a consagração a Jesus Cristo «não se opõe ao verdadeiro progresso da pessoa humana, mas por sua natureza lhe é de grandíssima ajuda».

O caminho para a maturidade humana, premissa para uma vida de irradiação evangélica, é um processo que não conhece limites, porque comporta um contínuo «enriquecimento» não somente dos valores espirituais, mas também dos de ordem psicológica, cultural e social.

As grandes mudanças acontecidas na cultura e nos costumes, orientadas mais para as realidades materiais do que para os valores espirituais, exigem especial atenção a algumas áreas nas quais as pessoas hoje parecem particularmente vulneráveis. Continue lendo…

“Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo” (Mateus 1, 16)

a-genealogia-de-jesus-padre-wagner-ferreira

Para mim, uma das passagens mais intrigantes da Sagrada Escritura é a narrativa que conta a genealogia de Jesus e hoje, providencialmente, ao participar da Santa Missa no Santuário do Pai das Misericórdias, o evangelho do dia na liturgia é justamente esse trecho do livro de São Mateus (capitulo 1 e versículos do 1 ao 17).

Ouça atentamente homilia realizada pelo Padre Wagner Ferreira e descubra: afinal, o que nos diz essa narrativa da humanidade de Jesus? Qual mensagem a Palavra de Deus quer nos dizer ao apresentar-nos os antepassados de Jesus? Como eu e você também podemos permitir que a salvação alcance nossa história e a história de nossas famílias?

Continue lendo…

show-feito-tudo-para-todos-ao-vivo-cancao-nova-hosana-2014

Na noite do dia 6 de dezembro de 2014, sábado, na sede da Comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP) aconteceu o “show irmãos”, que contou com a presença de vários músicos da Comunidade Canção Nova. Esse belíssimo momento foi transmitido, ao vivo, pelo Sistema Canção Nova de Comunicação. Ouça aqui na íntegra. (Se preferir, ouça em mp3)

Continue lendo…

Quanta gente vive a infelicidade de simplesmente ser bom. “Eu sou bom, não sou uma pessoa má, tenho minhas ‘escapadas’, mas não sou perdido”. Meus irmãos é muito pouco para um cristão ser considerado simplesmente bom, pois quando sou simplesmente bom,e apenas isso, estou deixando de remar contra a correnteza.

Muitas vezes somos pessoas que participam da Igreja, trabalham pelo reino de Deus, mas não têm a vida nova. São simplesmente boas.

Há uma passagem da Bíblia em que um jovem correu até Jesus e suplicou-lhe: ‘Bom Mestre, que farei para alcançar a vida eterna?’ Jesus disse-lhe: ‘Por que me chamas bom? Só Deus é bom’ (Marcos 10,17ss). Jesus disse para o jovem: “Por que me chamas bom?” Era porque Jesus sabia que aquele jovem se considerava bom. Aquele jovem era bom, talvez como nós. E o que aconteceu? Jesus fixou nele o olhar amoroso e disse-lhe: ‘Uma só coisa te falta; vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me'” (Marcos 10, 21).

Seja você quem for, mesmo que esteja mal e numa vida estragada, Jesus está fixando o olhar em você. Ele o ama na situação em que você estiver. Hoje, Ele está olhando para você com imenso amor e o aguarda a segui-Lo. Deus não quer você numa vida estragada e estragando a vida do outros. O Senhor o ama como você está e como você é. Se o Senhor quer perdoar-nos, então por que nós mesmos criamos resistência a este amor incondicional? Deixemos cair nossa armadura. Deixe Jesus nos amar. Não é preciso sentir nada. É uma questão de vontade e não de sentimentos.

Na hora de pecar, o demônio o manda fazer tudo depressa, mas na hora de aceitar o amor de Deus, ele fica querendo que você deixe para depois.

O lugar do pecado é aos pés da cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo. Não podemos guardar o pecado em nosso coração. Está na hora de fazer as “trouxas” desse pecado e colocá-lo aos pés da cruz de Jesus. Reconheçamo-nos pecadores, mas não aceitemos a infelicidade de ser simplesmente bom. Queremos ser a cada dia melhores, muito bons, queremos ser santos! (por Mons Jonas Abib)

Se preferir, baixe em MP3

cristaos-e-o-direito-a-greve-trabalho-doutrina-social-da-igreja

Sim, pode. Mas, calma! Leia o artigo todo e entenda os limites morais desta mobilização. Hoje, pela manhã, após assistir a um telejornal que noticiou sobre uma greve em hospitais no Distrito Federal, fiquei com a dúvida: qual o papel do cristão neste contexto? É moralmente correto um cristão associar-se e participar de uma greve? Qual o papel do empregador que se diz cristão? Para fundamentar e esclarecer esses questionamentos, li e compartilho abaixo um trecho do Compêndio da Doutrina Social da Igreja que instrui sobre os Direitos dos Trabalhadores. Boa leitura! Continue lendo…