Abraça o que é teu, permanece fiel. Luta sem desanimar.

santidade-me-inspiraO que te inspira a seguir com sua vida, mesmo que, às vezes, as circunstâncias sejam contrárias e te aborreça? O que te inspira a ser ainda mais caridoso(a), ter mais e mais esperança no dia a dia? Hoje, compartilho algumas histórias reais que emocionam e inspiram. Para cada filme um olhar sobre personagens e narrativas que refletem a possibilidade de fazermos a diferença no mundo, com criatividade e com o auxílio da graça de Deus. “Os santos traduzem o Divino no humano e o eterno no tempo”, afirmou Bento XVI. E quanto a nós, que santidade de vida? Que homens devemos ser?

Pra mim, o que me inspira é saber que tenho um tempo de vida limitado aqui na Terra. Essa limitação de tempo e espaço, me lança a uma sensação de urgência, me impulsiona ao desejo de ser, primeiramente, feliz – amando e sentindo-me amado e, também, em fazer algo, da melhor maneira possível, para que outros (especificamente você) sinta-se também profundamente amado(a) por Jesus e acolha em sua vida a amorosa condução do seu Espírito Santo. Por isso, antes de continuar a leitura, desafio você a retomar agora a busca pela felicidade em sua vida, mas por meio da amizade com Jesus. Topa? Repete comigo: “Senhor Jesus, eu livremente, a partir de agora o adiciono como ‘amigo’ em minha vida. Amém.” Pronto. Parece que nada mudou, né? Só parece! Viva pra valer isso que você pediu e me procure daqui uns anos…

Agora, voltando ao tema sobre o que me inspira, já tive a oportunidade de escrever um pouco da minha história no post “Ser discípulo na Escola da Fé“, mas hoje sinto-me profundamente amado por Deus e, graças a Deus, descobri meu lugar de apostolado na Igreja: ser missionário na Comunidade Canção Nova, por uma missão, por uma causa.

Assim, que sua vida não seja medíocre – apenas na média – mas, que a santidade da minha vida, da sua vida e de todos os cristãos em unidade, apresse a segunda, gloriosa e definitiva vinda do Senhor – e Ele logo virá. Inspire-se. Santifique-se!

 

 fb_rvj#SantidadeMeInspira

Para algumas pessoas, “gente que inspira gente” é somente slogan publicitário, mas pra muitas outras é uma realidade concreta e possível. Leia abaixo alguns relatos.

Vanúsia MariaJosé é um santo que me inspira. Porque em todos os momentos da minha vida ele se apresenta como um pai espiritual orientando-me protegendo-me.” por Vanúsia Maria do Espírito Santo (missionária na Canção Nova)

 

Guilherme CristovãoFelipe Neri é um santo que me inspira. Porque ele foi capaz de ter um olhar profundamente evangélico sobre a sua vida e sociedade, ao ponto de mudar as estruturas do seu ser e daqueles a sua volta.” por Guilherme Christovão (missionário na Canção Nova)

 

Patricia FélixGiuseppe Moscati é um santo que me inspira. Vendo o despojamento que ele tinha de si mesmo e até mesmo dos seus sonhos para o bem comum e ajudar aos outros, a disponibilidade dele e o amor pela vida me inspiram muito!” por Patricia Félix (missionária na Canção Nova)

 

Leila limaAntônio de Pádua é um santo que me inspira. Pois demonstrou a luta pessoal pela santidade.” por Leila Lima (missionária na Canção Nova)

 

João MarquesGiuseppe Moscati é um santo que me inspira. O que me inspira é a simplicidade que o mesmo demonstra ter durante todo o filme, nas suas escolhas e objetividade. Sua renuncia ao amor da sua vida para fazer uma pessoa feliz sendo essa pessoa tendo-o o mesmo como rival.” por João Paulo Marques (missionário na Canção Nova)

 

Rosiane MarquesRita de Cássia é uma santa que me inspira. Ela viveu todos os estados de Vida: foi filha (sempre obediente aos pais), esposa (apesar de ter tido um marido malvado, rezou e contemplou a conversão do mesmo), mãe (soube educar seus filhos na fé e os ofereceram a Deus, pela salvação deles) e religiosa (mesmo humanamente não podendo mais entrar no Convento, Deus a justificou a colocando milagrosamente lá). No Convento sofreu muitas humilhações e deu grande exemplo de santidade.” por Rosiane Marques (missionária na Canção Nova)

 

Maria PinheiroJoão Paulo II é um beato que me inspira. O filme ‘Karol – o homem que se tornou Papa’ me inspira, primeiro, porque retrata a vida de um grande homem, um santo homem: João Paulo II. Sua vida, por si só, é motivo de inspiração para mim”, por Maria de Fátima Pinheiro (missionária na Canção Nova)

 

Lizia Carla CostaGiuseppe Moscati  é um santo que me inspira. Na minha decisão por ser missionária na Com. Canção Nova vivi uma experiência com Moscati, através do filme. Foi um tempo que estava muito apegada ao meu querer, meus projetos, o desejo de realizar-me. A vida de entrega de Moscati abriu-me para este desejo de entregar-me sem reservas, de ver que vale a pena muitas vezes perder e abrir mão de projetos para dar-se aos outros. Sair do meu egoismo e enxergar que existe um mundo de pessoas esperando um sorriso, um olhar, esperando ver Deus através de mim!” por Lízia Carla Costa (missionária na Canção Nova)

Agradeço aos meus amigos e irmãos de comunidade pela partilha. Que, agora, após ler os testemunhos acima, você descubra também na vida dos santos, diferentes formas de inspiração para seu dia-a-dia. Ergue-te, pois, Deus te fez um(a) vencedor(a)!
 Aproveite agora e inspire-se!

 


Responda: Qual santo(a) te inspira e porque? 
Deixe sua resposta abaixo.


 

Que Deus nos abençoe, até a próxima!

Veja também:

 

Siga @CleberRodrigues

Comunidade Canção Nova