Porque o coração do jovem é um terreno fértil que ainda precisa dar frutos – e bons frutos. Fazer o estudo bíblico é a melhor forma de descobrir o caminho para a felicidade. Quando um rapaz está apaixonado por uma moça ele a observa, se aproxima, faz de tudo para estar próximo: deixa bilhetes, oferece presentes e emite sinais concretos de que está interessado por ela. Da mesma forma uma moça quando está apaixonada por um rapaz, ela procura conhecê-lo melhor, saber dos gostos, procura saber seus gostos.

De modo parecido, ao longo da história da humanidade, Deus emitiu e nos emite sinais – pela Sagrada Tradição (transmitida oralmente) e pela Sagrada Escritura (por meio das cartas), onde ambas constituem um só depósito da palavra de Deus confiado à Igreja – que está disposto a nos presentear com sua amizade, a fim de que, pelo anúncio de salvação, o mundo inteiro ouvindo creia, e, crendo, espere e, esperando, ame.

O que é a Bíblia?

A palavra “Bíblia” vem do grego e significa “coleção de livros”. É composta por 73 livros sendo 46 no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento, (a palavra “testamento” significa: aliança). Por sua profundidade e beleza é considerado o mais interessante, completo, eficaz, provocativo, marcante, atual e maior best-seller de todos os tempos. De acordo com a pesquisa recente “Retratos da Leitura no Brasil” realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a Bíblia Sagrada aparece em primeiro lugar na preferência dos leitores ouvidos na pesquisa, repetindo a marca do estudo anterior, feito em 2007.

Contudo, ao ler a Bíblia, é preciso ter em mente que Deus falou de modo humano, através de homens inspirados que viviam num contexto histórico, que utilizaram um gênero literário e tinham uma intenção: revelar a face percebida de Deus. O universo não apareceu por si, por acaso. Toda a criação é um modo de Deus comunicar-se com o ser humano, uma comunicação amorosa. Tudo o que foi criado é obra de Deus, a natureza fala a linguagem de Deus, o universo, com suas leis naturais, também fala a linguagem de Deus. Ele fala ao ser humano por meio de acontecimentos.

Assim, o ofício de interpretar autenticamente a palavra de Deus, escrita ou transmitida, foi confiado unicamente ao Magistério vivo da Igreja cuja autoridade se exerce em nome de Jesus Cristo. Não é algo que está acima da Palavra, mas ao seu serviço. Portanto, muito cuidado para não ler tudo ao “pé-da-letra” (Sola Scriptura), numa visão fundamentalista, influenciada pelo racionalismo, a ponto de esvaziarem, por completo, o texto bíblico e aquilo que o autor humano queria dizer.

Palavra de Deus = Bíblia + Tradição + Magistério

Como uma mãe que ensina seus filhos a falar e, com isso, a compreender e a comunicar, a Igreja, nossa Mãe, nos ensina a linguagem da fé para introduzir-nos na compreensão e na vida da fé. Existe um grupo de pessoas no mundo que você tem um acesso privilegiado. São pessoas que te ouvem, que prestam atenção naquilo que você diz, naquilo que você faz, que leem todos seu posts e tweets. Sabe por que? Porque você tem acesso especial aos seus corações. É a porção das pessoas que esperam por seu anúncio missionário. Aproxime-se, evangelize.

YouCat nos ensina, no parágrafo 491, que “A Bíblia é como uma fonte para a oração. Orar com a palavra de Deus significa utilizar a palavra e os acontecimentos bíblicos na própria oração. A Sagrada Escritura, especialmente os salmos e o Novo Testamento, são um tesouro valioso. Lá se encontram as orações mais belas e fortes do mundo judaico-cristão. Orar com elas liga-nos a milhões de pessoas orantes de todos os tempos e de todas as culturas mas, sobretudo, ao próprio Cristo, que está presente em todas essas orações”.

Portanto, o jovem, deve realizar a leitura orante da Bíblia frequentemente para aprender a vida nova que Jesus Cristo veio trazer. Ler com coragem. Ler para aprender a amar melhor. Ler para descobrir que é amado (a), profundamente, por Deus. Ler para descobrir em cada trecho a melhor forma de enfrentar os desafios cotidianos. Ler para aproveitar bem o tempo de vida. Ler para ter autoconhecimento. Ler para fugir das ocasiões de pecado, que leva a morte espiritual e, consequentemente, também física. Ler para se preparar e permanecer bem-disposto para a segunda vinda de Jesus. Ler, curtir e compartilhar.

Finalizo com um versículo do livro do Livro de Eclesiastes: “Lembra-te do teu Criador nos dias de tua juventude, antes que venha o tempo da aflição” (Ecl 12,1). O amor que Deus tem por nós é único, por isso, acredite: a Palavra de Deus foi escrita para você.

Cleber dos Santos Rodrigues

Comunidade Canção Nova