a-solucao-para-o-brasil-e-o-espirito-santo-cleber-rodrigues-cancao-nova

Hoje, compartilho com você uma homilia realizada por Monsenhor Jonas Abib na Comunidade Canção Nova, onde ele destacou a importância de vivermos conduzidos pelo Espirito Santo. De modo especial, ele se dirigiu aos brasileiros e afirmou – profeticamente – que a necessidade mais urgente do Brasil é o derramamento do Espirito Santo. “O Senhor quer que aconteça para o Brasil um novo Pentecostes, um novo avivamento como aconteceu naquele lugar [no Cenáculo]. Por mais incrível que isso pareça, a solução para o Brasil se chama derramamento do Espírito Santo, avivamento do Espírito Santo”Continue lendo…

Todos os anos o reitor-mor Pe. Ángel Fernández Artime, 10º sucessor de Dom Bosco apresenta uma mensagem com o objetivo de motivar e renovar a Família Salesiana para mais um período de desafios e realizações. Essa mensagem, instituída por Dom Bosco e tornada tradição por seus sucessores, é chamada de “Estreia”. É um dos materiais mais aguardados para a realização do trabalho pastoral na congregação. Neste ano de 2016, a Estreia, traz como lema “Com Jesus, percorramos juntos a aventura do espírito!” e disponibilizo, na íntegra, o texto produzido pela Agência Info Salesiana e adaptado pela Inspetoria Salesiana Nossa Senhora Auxiliadora (São Paulo, Brasil). Que Dom Bosco, através deste material, nos eduque para a Santidade! Boa leitura. Continue lendo…

Doutrina Social da Igreja: evangelização e promoção humana

A doutrina social é parte integrante do ministério de evangelização da Igreja. Daquilo que diz respeito à comunidade dos homens — situações e problemas referentes à justiça, à libertação, ao desenvolvimento, às relações entre os povos, à paz — nada é alheio à evangelização e esta não seria completa se não levasse em conta o recíproco apelo que se continuamente se fazem o Evangelho e a vida concreta, pessoal e social do homem. Continue lendo…

O progresso espiritual está na mortificação da imaginação pela vida da razão.

imaginacao-a-servico-do-espirito

Hoje partilho uma reflexão sobre a imaginação e como podemos renascer a partir do alto. Com ponto de partida utilizarei a frase: “Vós deveis nascer do alto”, narrada no evangelho de João 3,7b-15 no diálogo entre Jesus e Nicodemos. Como nós também podemos nascer do alto? O que é a imaginação? Como uma pessoa pode manter pura a sua conduta? Continue lendo…

A corrupção traz graves consequências morais aqueles que a cometem

dinheiro-sujo

O “caixa dois é um dinheiro não contabilizado, não oficializado. Você percebeu como, cada vez, os termos “improbidade administrativa, irregularidades, desvio de verbas, contratos sem licitação, gestão fraudulenta, esquemas, maquiagem dos números”,… tem aparecido nos noticiários em matérias sobre corrupção? Mas, o que está por trás disto? Quais as consequencias morais deste tipo de atitude? Qual o papel do cristão diante de propostas tentadoras em seu local de trabalho, na gestão do condomínio ou até mesmo em seus trabalhos pastorais na Igreja? Continue lendo…

o-perigo-das-novelas

 
Hoje, quero partilhar um assunto muito importante: o risco das novelas para a sua felicidade. Pode parecer exagero, mas não é! Estudo noticiado pela BBC relaciona o aumento do número de divórcios no Brasil nos lares onde existe o hábito de assistir  a presença das novelas costumam apresentar críticas a valores tradicionais

Estudo do BID relaciona novelas a divórcios no Brasil

Um estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) sugere uma ligação entre as populares novelas da TV Globo e um aumento no número de divórcios no Brasil nas últimas décadas. Na pesquisa, foi feito um cruzamento de informações extraídas de censos nos anos 70, 80 e 90 e dados sobre a expansão do sinal da Globo – cujas novelas chegavam a 98% dos municípios do país na década de 90.

Segundo os autores do estudo, Alberto Chong e Eliana La Ferrara, “a parcela de mulheres que se separaram ou se divorciaram aumenta significativamente depois que o sinal da Globo se torna disponível” nas cidades do país. Além disso, a pesquisa descobriu que esse efeito é mais forte em municípios menores, onde o sinal é captado por uma parcela mais alta da população local.

Os resultados sugerem que essas áreas apresentaram um aumento de 0,1 a 0,2 ponto percentual na porcentagem de mulheres de 15 a 49 anos que são divorciadas ou separadas. “O aumento é pequeno, mas estatisticamente significativo”, afirmou Chong.

Os pesquisadores vão além e dizem que o impacto é comparável ao de um aumento em seis vezes no nível de instrução de uma mulher. A porcentagem de mulheres divorciadas cresce com a escolaridade. O enredo das novelas freqüentemente inclui críticas a valores tradicionais e, desde os anos 60, uma porcentagem significativa das personagens femininas não reflete os papéis tradicionais de comportamento reservados às mulheres na sociedade.

Foram analisadas 115 novelas transmitidas pela Globo entre 1965 e 1999. Nelas, 62% das principais personagens femininas não tinham filhos e 26% eram infiéis a seus parceiros. Nas últimas décadas, a taxa de divórcios aumentou muito no Brasil, apesar do estigma associado às separações. Isso, segundo os pesquisadores, torna o país um “caso interessante de estudo”.

Segundo dados divulgados pela ONU, os divórcios pularam de 3,3 para cada 100 casamentos em 1984 para 17,7 em 2002. “A exposição a estilos de vida modernos mostrados na TV, a funções desempenhadas por mulheres emancipadas e a uma crítica aos valores tradicionais mostrou estar associada aos aumentos nas frações de mulheres separadas e divorciadas nas áreas municipais brasileiras”, diz a pesquisa.

Fonte:

  1. Soap Operas and Fertility: Evidence from Brazil (PDF)
  2. Television and Divorce: Evidence from Brazilian Novelas (PDF)
  3. http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2009/01/090130_noveladivorciobrasil_np.shtml
  4. http://pt.wikipedia.org/wiki/Comédia_romântica

 


fale-comigo NOTA: Há muito tempo, me preocupa a realidade das subversão moral comunicada através do lixo televisivo sequenciado, também conhecido como tele-novelas (e que, infelizmente, que é exportado à tantos outros países). Basta, um pouco de inteligência para percebermos que a grande maioria das telenovelas brasileiras, tem enredos, no geral, com temas muito semelhantes se comparadas. Na maioria das vezes, misturam drama, romance e violência de uma forma bem peculiar, com o objetivo de ter como público-alvo: mulheres adultas (sexo feminino).

Talvez você nunca tenha percebido, mas o enredo de uma telenovela costuma ser muito parecido ao de uma comédia romântica. Segundo descrito na Wikipedia, “o argumento básico de uma comédia romântica é que duas pessoas se conhecem mas, apesar da atração óbvia que existe entre elas, não se envolvem romanticamente por algum fator interno ou por alguma barreira externa, como o fato de um deles ter uma relação amorosa com outra pessoa, por exemplo. Porém, em algum momento, depois de diversas cenas cômicas, eles se separam por alguma razão e, só daí, se dão conta do quanto eles são perfeitos um para o outro. Após um espetacular esforço, ou uma coincidência incrível, eles se encontram novamente, declaram-se amor eterno, e vivem felizes para sempre.”

Pronto! Está revelada a técnica usada para influenciar a sensibilidade feminina causando assim nas mulheres uma confusão sobre sua própria identidade afetiva e sexual. É uma escravidão, disfarçada de liberdade. Infelizmente, muitas mulheres tem sido influenciadas ao longo das décadas e sofrendo essa “lavagem” cerebral. Por fim, deixo como sugestão dois artigos que escrevi e poderão aprofundar o entendimento desta questão. São eles: “Feminino, feminilidade e feminismo: a ideologia por trás da etimologia” e “Blood Money: indústria do aborto é desmascarada em documentário“.

Mudança de hábito exige criatividade. Inove, mude a tradição do “horário nobre” em sua casa. Quem disse que a única diversão na sala da casa é diante da TV? E mesmo se for diante do televisor: assuma o controle remoto. Não pense duas vezes em trocar de canal ou escolha bons filmes. TVs conectadas à internet pode favorecer o acesso a conteúdo formativos e com bons valores. Quer ser feliz? Dê mais qualidade aquilo que oferece em sua casa. Se preciso, traga os álbuns de fotos e conte outras histórias. Afinal, é justamente neste storytelling que somos naturalmente atraídos: boas histórias e narrativas.

Esclarecimento: Assista a explicação do Padre Paulo Ricardo sobre como as novelas são comprovadamente utilizadas para moldar o comportamento social e destruir as famílias.

Que Deus abençoe as famílias. Amém.


Cleber Rodrigues
Comunidade Canção Nova

 Importante: esse artigo foi publicado dia 10/06/2014 as 11h17min, ou seja 2 dias antes do abertura oficial (12 de junho) e 33 dias antes do término (13 de julho). Obviamente, não sabia que o Brasil teria o péssimo desempenho que teve (ficando em 4º lugar na classificação e o vergonhoso 7×1 contra a Alemanha) e muito menos a repercussão negativa que esse evento tem tido desde então: os casos de corrupção na entidade organizadora, sucateamento da infraestrutura construída as pressas em muitos lugares, a baixa popularidade do governo federal daquela ocasião. Assim, o texto original deste artigo será mantido para preservar a intuição profética do mesmo. Boa leitura.

“Eles vendem o justo por dinheiro, o indigente, por um par de sandálias; esmagam a cabeça dos fracos no pó da terra e tornam a vida dos oprimidos impossível”(Amós 2, 6-7)

eu-nao-torco-desta-vez-2-cleber-rodrigues-cancao-nova

Recentemente, escrevi aqui sobre o legado da Jornada Mundial da Juventude e também partilhei uma proposta para solucionarmos o Brasil. Hoje, porém, quero apenas compartilhar alguns dados e a minha irrelevante opinião sobre o campeonato mundial de futebol, que acontecerá nos próximos dias aqui no Brasil. Diante das notícias que tenho lido sobre os gastos e o andamento das obras, minha vontade é fazer igual Jesus fez: trançar um chicote com cordas e “ir para as ruas”. Porém, vontade é uma coisa que dá e passa, por isso, não vou trançar nada, nem sairei para as ruas. Continuarei vivendo, normalmente, trabalhando e fazendo minha parte com fé em Deus e pé na estrada.  Continue lendo…

A primeira mulher matemática do mundo foi… uma freira Católica! 

maria-gaetana-agnesi

Hoje é celebrado o 296º aniversário de Maria Gaetana Agnesi, (Milão, 16/05/1718 a 9/01/1799) matemática, filosofa e linguista reconhecida por ter escrito e tratado o cálculo diferencial e o integral, e ter sido a primeira professora universitária do mundo, sendo nomeada, em 1750, como catedrática de Matemática Superior e Filosofia Natural na Universidade de Bolonha – primeira universidade do mundo e fundada pela Igreja Católica. Agnei é considerada uma das mais importantes cientistas do século XVIII. Em 1739, aos 21 anos, Maria queria entrar para um convento, mas seu pai se opôs. Ela obedeceu e não o fez, mas rejeitou toda a vida pública, levando uma vida retirada e piedosa. Ela se concentrou em estudar livros religiosos e de matemática, em casa. Além, do contexto familiar e sócio-econômico, podemos dizer que os valores cristãos auxiliaram Maria Gaetana em sua trajetória acadêmica? Considerando como hipótese, podemos dizer que a inteligência é uma recompensa da fé? É possível chegar a Verdade também pelo uso da razão? Quem tem fé em Deus é mais feliz? Continue lendo…

Quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra.

justiceiros-violencia-urbana-2O assunto e hoje é polêmico, porém, muito necessário. Para não dizerem que “falo somente das flores”, sinto-me impulsionado por Deus, a falar também das pedras. “Ãh, pedras?” Que legal, então o assunto será geologia, petrologia? Não. Hoje não falaremos sobre petrologia (pelo menos, não diretamente) e prefiro deixar as estruturas ígneas, sedimentares e metamórficas para outro momento. Porém, para não frustrar os geeks de plantão, manterei a analogia geológica: vamos conversar sobre “corações endurecidos” e petrificados.

Começaremos refletindo sobre a violência urbana, passaremos a conduta justiceira e terminaremos no poder transformador da misericórdia.

Provavelmente, você já deve ter acompanhado nos noticiários a onda “sem-noção” de querer “fazer justiça com as próprias mãos” manifestadas, principalmente, por determinados grupos. É algo tão vergonhoso e assustador ao ponto das autoridades policiais já terem registrado, neste ano de 2014, casos de espancamentos, linchamentos e humilhação pública por outros cidadãos em diversas localidades do País. Infelizmente!

Que a vida está dura pra todo mundo, que há uma sensação de impunidade, que a corrupção é praticamente um “câncer social” com metástase em quase todas as áreas, disso tudo nós já sabemos. Que a tendência do mundo é piorar, isso não é também não é novidade (basta ler na Bíblia Sagrada, o livro de Mateus a partir do capítulo 24, por exemplo). Que a paz e a segurança definitiva será somente quando Jesus vier pela segunda e definitiva vez  – para se encontrar aqueles que perseverarem até o fim – também não é novidade. (leia, por exemplo, em II Pedro 2,3ss). Mas, o que de fato está acontecendo? Voltamos à época do “olho por olho, dente por dente”? Pagar as ofensas igual por igual não muda situação de ódio. A expressão “olho por olho, dente por dente”, também chamada de “Lei do Talião” pode ser encontrada no livro do Êxodo 21, 24 e refere-se quando a justiça era feita pelas mãos dos homens. Tal a reparação qual o dano, ou seja: bateu? Levou! 

Mas, qual deve ser a postura dos cristãos diante destes fatos? Será que somos tão perfeitos(as) assim? Qual a diferença entre justo e justiceiro? Continue lendo…

São José mereceu o nome de “Justo” porque possuía, de modo perfeito, todas as virtudes.

SAO-JOSE-ANUNCIONo dia 19 de março, mesmo em meio ao Tempo Quaresmal é dia solene, porque é o Dia de São José, esposo da Virgem Maria e pai adotivo de Jesus Cristo. No dia dedicado a esse homem fiel, obediente, cheio de fé, totalmente entregue a Deus e a Seu serviço, também celebramos o Dia dos Homens – que são chamados a seguir esse modelo de santidade.

São José nos ensina hoje que, quem quer receber Jesus, precisa receber também Sua Mãe, esse tesouro precioso do Senhor. José, companheiro; José, amigo; José, homem de Deus!

Segundo Papa Francisco “José é ‘guardião’ porque sabe ouvir a Deus, deixa-se guiar pela sua vontade e, por isso mesmo, se mostra ainda mais sensível com as pessoas que lhe estão confiadas, sabe ler com realismo os acontecimentos, está atento àquilo que o rodeia, e toma as decisões mais sensatas. Nele, queridos amigos, vemos como se responde à vocação de Deus: com disponibilidade e prontidão; mas vemos também qual é o centro da vocação cristã: Cristo. Guardemos Cristo na nossa vida, para guardar os outros, para guardar a criação!”

Continue lendo…