Tag: auto estima

Deus criou pessoas feias?

Com certeza, Deus não criou pessoas feias. Pois, feiura ou beleza são conceitos subjetivos de interpretação pessoal ou cultural. Portanto, o foco aqui é conversarmos sobre auto-estima.

Se por acaso, você se considera uma pessoa feia, veja algumas dicas bem-humoradas para se tornar uma pessoa mais bonita:

  1. Encontre-se com Deus
  2. Olhe para o espelho todas as manhãs e diga: “hmmm que gato (a) que sou!” rs
  3. Identifique a beleza que há em você. Olhe-se com carinho e veja as características e qualidades que são maravilhosas.
  4. Seja feliz, bem humorado(a): leve a vida “na esportiva”.

 

Se você olhar bem para as pessoas, perceberá que cada pessoa tem sua beleza própria. Mas, você precisa enxergar isso: principalmente em você. Quem não enxerga beleza em si mesmo, não se cuida e quem não se cuida contribui para a ‘enfeiruização’ do mundo. Cultive a auto estima e o amor por si mesmo(a): entregue-se pra Jesus, saia da feiura e… tome água pelo menos 5 vezes ao dia!

Na exortação apostólica “A Alegria do Evangelho“, papa Francisco pede que a beleza seja também uma via de evangelização e destaca não se trata de fomentar um relativismo estético, que pode obscurecer o vínculo indivisível entre verdade, bondade e beleza, mas de recuperar a estima da beleza para poder chegar ao coração do homem e fazer resplandecer nele a verdade e a bondade do Ressuscitado”.

Que Deus te abençoe.
Um abraço,

Cleber Rodrigues

Veja também:

Ops! Será que estou azedo e azedando?

limaoVocê considera-se uma pessoa com sentimentos de inferioridade? Com complexo de culpa? Raivosa? Ríspida? Bruta? Com baixa auto estima? Que sente-se rejeitado(a)? Alguém que traz uma profunda dor na alma? Alguém rotulado de “azedo(a)”? Então, seja bem-vindo(a): Jesus te acolhe e quer curar sua alma agora!

Hoje, quero partilhar essa maravilhosa pregação de cura interior, ministrada por Monsenhor Jonas Abib, em 14/01/05. Leia o resumo extraído do site oficial PadreJonas.com

headphones-9 Ouça aqui a pregação: “Dai me tuas tristezas”

Read More

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén