A reciprocidade faz parte da amizade: é preciso cativar.

transfiguração-bloch

A meta de todo cristão precisa ser o Céu. Essa é também a minha meta! O episódio da “Transfiguração de Jesus” mencionada no evangelho de Mateus 17,1-9 foi o tema da liturgia neste 2º Domingo da Quaresma. Por ser, para mim, um dos trechos mais bonitos e intrigantes das Sagradas Escrituras, resolvi partilhar algumas percepções com você. Em primeiro lugar, destaco alguns elementos interessantes para aqueles(as) que buscam encontrar-se com Deus e ouvir a sua voz: a necessidade ir para “um lugar retirado”, “numa alta montanha” e, também, elementos sobrenaturais “nuvem luminosa” que possui (?) “sombra” que cobre aqueles que dela se aproximam.

Você já fez a experiência de subir numa montanha? “Ouvir” o silêncio? “Respirar” um ar mais rarefeito? “Ver” o quão longe sua visão pode alcançar? “Descansar” no cansaço? “Saborear” a conquista? É uma grande aventura: para os corajosos e as corajosas. Porém, uma vez lá no alto, a satisfação da conquista e a experiência adquirida não tem preço. Vejo que é com isso que Jesus quer nos “presentear” e nos fazer ainda mais próximos uns dos outros, na caridade e no amor fraterno.

Por que será que Jesus não chamou os Doze, mas somente os três para subir?

“Para conceder a graça de verem e viverem de forma antecipada seu momento glorioso, através da Transfiguração. Seu rosto mudou, as vestes mudaram e ao lado de Jesus, apareceram as duas figuras mais significativas do Antigo Testamento: 1) Moisés representando a Lei e a Aliança estabelecida com Deus e 2) Elias, o maior dos profetas. Jesus, no entanto, era maior que a lei e os profetas” afirma Padre Roger Araujo, em homilia.

 

trans-
(latim trans, além de) prefixo
Elemento que significa além de, para além de, atravessar, através.

fi·gu·rar
(latim figuro, -are) verbo transitivo
1. Formar a figura de.

trans·fi·gu·rar
verbo transitivo
1. Mudar a figura, o aspecto de.
2. Transformar.

Vejo como uma segunda conversão para o trio, ali presente no alto, Pedro, Tiago e João, foram consolados por Jesus e tornaram-se testemunhas do “pleno agrado de Deus por Jesus” e saíram com uma missão: “escutai-o”, “levantai-vos”, “não tenhais medo”. E principalmente, “não revelem nada até minha ressurreição” (cf vers. 20).

Do consolo oferecido aos três amigos no Monte Tabor quando transfigurado, ao desejo de ser consolado por eles no Monte das Oliveiras, quando estiver desfigurado. Quem é amigo, busca viver a reciprocidade. Essa é a amizade que Jesus quer manter também conosco: amor fraterno ao próximo, sobretudo ao próximo que está sofrendo.

Mas, quem é meu próximo? É aquele de quem eu me aproximar. Você aceita o desafio de hoje: dar o primeiro e o segundo passo e fazer-se próximo(a), sobretudo numa proximidade de coração e de alma?

A dinâmica da vida do cristão é que precisamos subir ao monte para experimentar o sobrenatural, mas também precisamos descer e fazer a diferença no mundo. Ser um outro cristo.

ico-video Pra ouvir

Para te ajudar nesta reflexão, recomendo que você baixe ou adquira a pregação Eu vos convido a Transfiguração realizada pelo Dunga, no dia 06/07/2008, durante o 10º Acampamento PHN, na Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP).

O mundo quer desfigurar meu viver
Trazendo os meus olhos ao que vai perecer
Mas Deus me convida ao monte subir
Para que de seus planos eu não venha a desistir
Toda vez que oro eu me sinto feliz
E me arrependo do que errado eu fiz
Sua força invade todo meu viver
Transfigurando todo o meu ser
Eu quero entrar nesta nuvem Senhor
Sentir seu amor
tomando conta de Mim
Ouvir sua voz me dizendo assim
A tenda eu fiz e é o seu coração
É só viver pensando em mim
Imagem e semelhança templo onde eu quis morar
Se come o meu Corpo e bebe o meu Sangue
Em mim pode se transformar

 

ico-video Para conhecer

Faça uma peregrinação virtual pelo Monte Tabor:

Igreja da Transfiguração (Monte Tabor, Israel)

Com os corações transfigurados para o amor: até a próxima!
Que Deus te abençoe.

 

Fonte(s): Homilia Diária, Liturgia Diária, Dicionário

 

 

Veja também:

 

Cleber dos Santos Rodrigues
Comunidade Canção Nova